A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTORIA DA EVOLUÇAO DO COMPUTADOR. Historia do Computador O primeiro computador do mundo foi o ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Computer),

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTORIA DA EVOLUÇAO DO COMPUTADOR. Historia do Computador O primeiro computador do mundo foi o ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Computer),"— Transcrição da apresentação:

1 HISTORIA DA EVOLUÇAO DO COMPUTADOR

2 Historia do Computador O primeiro computador do mundo foi o ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Computer), uma concepçao do Professor John Mauchly, conjuntamente com o professor J. Presper Eckert. Mauchly e o Eckert propuseram em 1943 ao exército norte-americano, em plena II Guerra Mundial, a construçao deste primeiro computador, tendo como objectivo o auxilio nos cálculos de precisao necessários para a balística. Foi anunciada a sua conclusao em 14 de Fevereiro de 1946 e foi patenteado em 26 de Junho de 1947

3 O ENIAC era programado através de milhares de interruptores, podendo cada um dele assumir o valor 1 ou 0 consoante o interruptor estava ligado ou desligado. Para o programar era necessário uma grande quantidade de pessoas que percorriam as longas filas de interruptores dando ao ENIAC as instruçoes necessárias para computar, ou seja, calcular. O ENIAC torna-se obsoleto e economicamente inviável de manter após 10 anos de operaçao, tendo sido desmontado

4 O ENIAC serviu de inspiraçao para muitos outros computadores que se seguiram como: o EDVAC (Electronic Discrete Variable Computer); o ORDVAC (Ordnance Variable Automatic Computer; SEAC (Standards Automatic Computer) e o UNIVAC, este último também construído por Eckert e Mauchly para o processamento dos dados dos censos da populaçao americana. Em 1955, um computador já só pesava 3 toneladas e consumia 50 kwatts de potencia, tendo um custo de $

5 Com o tempo, os transístores passaram a ser a base da electrónica, seguindo-se a VLSI (Very Large Scale Integration), ou seja, a construçao de circuitos cada vez mais pequenos por forma a que possam ser mais leves e dispender menos energia, por terem menos superfície para a dissipaçao de energia por calor A diminuiçao do tamanho fez também diminuir a quantidade de energia necessária e o custo caiu com a produçao em série dos novos processadores.

6 Um Pentium a 150Mhz é capaz de realizar 300 milhoes de somas por segundo, enquanto o ENIAC apenas conseguia realizar A memória do ENIAC apenas permitia guardar 200 bits, enquanto qualquer computador tem pelo menos 128 Mbytes, ou seja, bits. Nos meados da década de 70 os computadores começaram a ter preços cada vez mais acessíveis. Em 1981 a IBM lançou no mercado o PC (Personal Computer).

7 Isto significa que em 2010 os processadores terão a velocidade de 50Ghz e em 2020 terão uma velocidade de 2000Ghz. Para os menos conhecedores desta área, os melhores computadores actuais (Novembro/2004) funcionam a 3,2Ghz...

8 Impacto na Sociedade Todos os dias somos confrontados com as TIC (tecnologias da informação e comunicação) e por mais que nos queiramos alhear do assunto, esta verdade é irrefutável, quer com os seus benefícios, quer com os seus custos. Temos que concordar que, hoje em dia, é indispensável um conhecimento de informática, para todos os que queiram exercer a sua actividade quotidiana sem precisar de recorrer à ajuda de terceiros. Na realidade a informática está instalada entre nós. "os computadores estão presentes nas mais variadas esferas da actividade social"As TIC, tal como todas as inovações, têm os seus aspectos positivos que serão porventura em grande quantidade e também alguns negativos.

9 os modernos computadores electrónicos automáticos, especialmente os digitais, vêm modificando profundamente todos os sectores da vida humana. O seu emprego em bancos, companhias de seguros, empresas comerciais, torna-os mais eficientes sob vários aspectos, alterando os métodos de trabalho tradicionais. No campo científico e técnico, o impacto dos computadores foi e continua a ser muito grande: eles permitiram resolver problemas considerados anteriormente como irresolúveis. São "preciosos auxiliares dos médicos para fazer diagnósticos, especialmente no caso de doenças extremamente complexas a sua existência permite solucionar problemas tais como: o trânsito da cidade de Lisboa que "é gerido pelo sofisticado sistema Gertrude". São igualmente "computadores que controlam a aterragem, a descolagem e o voo dos aviões e o tráfego ferroviário. As reservas de lugares e a emissão de bilhetes dos aviões e dos comboios são também feitas por computador" encontrando-se os vários terminais espalhados por muitas localidades como é o caso dos terminais multibanco.

10 Em muitos sectores da vida laboral, hoje em dia quase já não se consegue passar sem o computador, "... o computador tornou-se no instrumento de trabalho primordial, (...) é difícil conceber hoje em dia o trabalho de um jornalista, de um bancário, de um economista, de um arquitecto, de um trabalhador gráfico ou de um cientista, sem usar este instrumento" As TIC estão também presentes no nosso quotidiano das mais variadas formas, desde os mais elementares objectos de uso pessoal, tais como o relógio digital, telefones, automóveis...

11 O computador permite estabelecer interligações em actividades consideradas anteriormente dissociadas tais como os jogos electrónicos e a televisão. Podemos dizer, que no futuro o computador influenciará a maneira de agir e de pensar da sociedade. Este veio modificar, "a noção que as pessoas têm de si próprias, umas das outras e da sua relação com o mundo (...) o computador desafia a nossa própria noção de pensamento"

12 O computador desperta nas pessoas os mais variados tipos de reacções. Alguns adultos, principalmente aqueles que nunca ou raramente o utilizam, vêem-no com cepticismo, receio, desconfiança e como um potencial inimigo. A reacção dos jovens face ao computador é totalmente diferente. Estes vêem-no com curiosidade, naturalidade e com grande entusiasmo. Os jovens têm o seu primeiro contacto com o computador geralmente através dos jogos, surgindo a normal curiosidade acerca do seu funcionamento interno e o seu interesse pela programação.

13 O papel da escola face às novas tecnologias deveria ser o de proporcionar às crianças o contacto com as mais diversas aplicações do computador, dando-lhes assim uma perspectiva realista, sobre o que se faz no mundo do trabalho. Seymour Papert defende a ideia de que "o que é bom para os profissionais, é bom para as crianças", "elas são capazes de se interessar profundamente e de assumir um notável sentido de responsabilidade ao manejarem o computador como um instrumento de trabalho, como o fazem os adultos e, em especial, os verdadeiros profissionais".

14 Cada vez mais será exigido às pessoas que ajam com desembaraço, versatilidade e boa capacidade de enfrentar e resolver situações, pois a informação existente hoje, rapidamente se torna absoleta e segundo afirma Ponte "preparar as pessoas para viver e agir desta forma será uma função primordial dos sistemas educativos" No entanto, o computador e a sua utilização nas múltiplas e variadas funções veio substituir muita mão de obra, criou desemprego e a necessidade de reconversão de muitos profissionais, e, simultaneamente, deu origem a novas profissões.

15 A entrada do computador na vida das pessoas trouxe consigo também alguns problemas de cidadania e de privacidade. Em sectores do mundo laboral, muito do trabalho mais monótono, duro e mais perigoso, passou a ser realizado somente por computadores. Actualmente, sem que nós o saibamos, existe informação em computadores mais ou menos detalhada sobre a nossa pessoa, que poderá ser mal usada pelos que a ela tenham acesso.

16 Outro dos problemas criados pelo computador é o uso que é feito dele, para fins ilícitos. Principalmente os piratas informáticos, criam toda a espécie de problemas, pois quebrando as barreiras de segurança dos sistemas informáticos, processam "transferências de dinheiro dumas contas bancárias para outras...", outra forma consiste em "aceder à memória do computador e modificar a informação nela existente, causando, por vezes, graves prejuízos aos seus utilizadores legítimos"

17 Papert, o maior defensor das potencialidades educativas do computador afirma: "acredito que certos usos da tecnologia computacional e das ideias computacionais podem prover as crianças com novas possibilidades de aprender, pensar e crescer tanto emocional como cognitivamente" Segundo Vamos "uma iniciação mínima à informática será em breve indispensável a todos, jovens ou velhos, se quiserem exercer a sua actividade quotidiana sem assistência e sem constrangimento

18 As novas tecnologias permitem "privilegiar sempre a relação professor/aluno, sabendo que as tecnologias mais avançadas só poderão contribuir para a relação (transmissão, diálogo e confrontação) entre quem ensina e quem é ensinado" Noutro sentido "a tecnologia pode lançar pontes entre países industrializados e os que o não são, e levar professores e alunos a balançar- se a níveis de conhecimento que sem ela nunca poderiam atingir

19 As novas tecnologias da informação têm que ser introduzidas rapidamente na escola, pois o contrário pode ter repercussões negativas a todos os níveis de ensino científico e tecnológico, quer se trate da formação de professores ou do sistema educativo propriamente dito" além disso "bem utilizadas, as tecnologias da comunicação podem tornar mais eficaz a aprendizagem e oferecer ao aluno uma via aliciante de acesso ao conhecimento e competência"

20 Hoje em dia sabemos que o conhecimento verdadeiramente importante não se apoia na memorização de grandes quantidades de dados, mas na capacidade de utilizar eficazmente informação por isso o essencial é saber-se procurar a informação de que se necessita (Ponte, 1992, p.83).

21 Existe uma diferença abismal entre a evolução tecnológica sofrida pela sociedade e a que existe na escola onde esta evolução ou é muito reduzida, ou praticamente inexistente. A responsabilidade da escola perante o avanço tecnológico é grande e ela precisa de vencer esse desafio. Se não o fizer corre o risco de se tornar ineficaz e obsoleta, incapaz de preparar os jovens para o mundo de amanhã, "corre o risco de se constituir como travão do próprio progresso social e perder desse modo toda a sua razão de ser"

22 Na escola, o computador deve ser um instrumento de trabalho a que os alunos devem ter o acesso facilitado tal como tem a outros da sala de aula, para poder ser um elemento capaz de transmitir poder e liberdade sem constrangimentos, sobretudo por parte dos alunos com menos destreza ou conhecimentos.

23 Os avanços tecnológicos aumentam a um nível assustador e com a generalização da Internet depressa o computador vai ser tão corrente nas nossas casas quanto o é hoje a televisão. O défice tecnológico-cultural e a consequente privação dos novos meios de comunicação gerará subcidadãos e subpaíses. Eis o grande desafio feito à escola: preparar os jovens para o futuro num mundo que dia a dia estará cada vez mais informatizado.

24 fim Feito por: Helena Felix; Rita Gomes; Marcínia Margarida; Patricia Silva Data: 28/o9/2009


Carregar ppt "HISTORIA DA EVOLUÇAO DO COMPUTADOR. Historia do Computador O primeiro computador do mundo foi o ENIAC (Electronic Numerical Integrator and Computer),"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google