A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto em Grupo PET - Zootecnia • DANIELA ATÍLIO VIANELLO • FERNANDA CAPONE BUZATTO • HUGO FELIPE DA COSTA SANTOS • KARINA PEREZ DA SILVA • KARLA CRISTINA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto em Grupo PET - Zootecnia • DANIELA ATÍLIO VIANELLO • FERNANDA CAPONE BUZATTO • HUGO FELIPE DA COSTA SANTOS • KARINA PEREZ DA SILVA • KARLA CRISTINA."— Transcrição da apresentação:

1 Projeto em Grupo PET - Zootecnia • DANIELA ATÍLIO VIANELLO • FERNANDA CAPONE BUZATTO • HUGO FELIPE DA COSTA SANTOS • KARINA PEREZ DA SILVA • KARLA CRISTINA DE OLIVEIRA • MIGUEL MACHADO • VANUSA GODOY • VICTOR FAVARETTO PINTO ANTONIALLI Docentes: Professor Dr. Valdo Rodrigues Herling Professor Dr. Rogers Ribeiro

2 Levantamento de dados e tratamento de dejetos do setor de suinocultura do campus administrativo da USP de Pirassununga-SP

3 Introdução • Carne mais apreciada no mundo - 39% do consumo (Food and Agriculture Organization) • 1º colocado - Hong Kong, na China - 69 kg/per capita/ano • Brasileiros - 12 kg/per capita/ano, sendo 80% produtos processados e embutidos (Abipecs) • Consumo no Brasil : - falta de informação - ideia antiga de que a carne suína tem gordura em excesso • Mas com técnicas modernas de criação e abate, a carne teor bastante baixo de gordura e valor reduzido (Roppa, 1999).

4 Introdução • Esse consumo de carne suína, traz conseqüências graves ao meio ambiente, para atender a essa demanda, existe hoje uma população de suínos no mundo de 1 bilhão de cabeças (EMBRAPA). • Suinocultura - alto impacto ambiental, 15% das propriedades algum tipo de manejo de dejetos, Belli Filho (2001). • Sendo todo restante dos efluentes é diretamente depositado em lagoas de decantação inadequadas nas quais: - infiltração no solo (falta de revestimento) -contaminação dos rios - eutrofização das águas - poluir lençóis freáticos, a atmosfera e o solo -prejudicando a saúde humana

5 Introdução • Faz-se assim necessário desenvolver técnicas de tratamento dos efluentes provenientes deste tipo de criação: - Esterqueiras - Lagoas anaeróbias - Lagoas facultativas - Lagoas aeradas - Lagoas com plantas enraizadas - Decantação com peneiras de microfiltros - Composteiras (Adubos) Valor ao - Biodigestores (Geração de energia) Dejeto (SEBRAE/RS, 2007)

6 Introdução • Assim, sabendo da importância da aplicação dessas técnicas para o meio ambiente e também para a prevenção de diversos males que podem afetar a sociedade humana • Projeto de tratamento para efluentes gerados na criação de suínos.

7 Fundamentação teórica • A suinocultura na última década, observando este crescimento através da análise de indicadores sociais e econômicos: - Volume de exportação - Participação no mercado mundial - Aumento do número de empregos na área entre outros fatores (GARCIA & PALMEIRA, 2006).

8 Fundamentação teórica • Gráfico 1: Evolução das exportações de suíno brasileiras em milhões de toneladas. Fonte: Abipecs

9 Fundamentação teórica • Gráfico 2: Estimativa do mercado mundial de produção de carne suína em milhões de toneladas. Fonte: OCDE/FAO

10 Fundamentação teórica • Em contraposição dos aspectos positivos que o crescimento da suinocultura apresenta, é considerada pelos órgãos de fiscalização ambiental como uma atividade de grande potencial poluidor, acima das outras criações. • Grande quantidade de dejetos diariamente. Um suíno que pesa entre 16 e 100 quilos produz até 8,5% de seu peso corporal em fezes e urina por dia. (Embrapa)

11 Fundamentação teórica • Tabela 2: Produção média diária de esterco (kg), esterco + urina(kg) e dejetos líquidos (L) por animal por Fase. • Além da fase de desenvolvimento do animal, também está associado ao sistema de manejo adotado e aos aspectos nutricionais de cada um. Fonte: Oliveira, 1993

12 Fundamentação teórica • A poluição gerada, fezes suínas é responsável: - Proliferação de insetos - Contaminação do solo - Erradicação de várias espécies aquáticas existentes em reservatórios naturais (Perdomo e Lima, 1998). • São ricos em determinados elementos químicos, que em altas concentrações prejudicam a água, ocasionando a eutrofização. (GASPAR, 2003). Sendo os mais poluentes para a água o nitrogênio (N) e o fósforo (P).

13 Fundamentação teórica • A porção gasosa também compromete a saúde dos animais e do homem, além de corroer equipamentos e edificações. Cerca de 50% dos suínos em confinamento, tem problemas respiratórios decorrentes da inalação dos gases. (Perdomo et al., 2001). • O maior problema: destino dos dejetos!!! • Grande parte dessas propriedades suinícolas apresenta como local de despejo tanques naturais, em que recebem os dejetos sem nenhum tipo de tratamento, permanecendo em contato direto com o solo.

14 Fundamentação teórica • A solução mais acessível financeiramente, é a impermeabilização desses tanques, com a finalidade de impedir a contaminação do solo e de lençóis freáticos, juntamente com o recolhimento periódico do material. • Outra forma para solucionar o problema é a instalação de um sistema fechado, o biodigestor (Figura 1).

15 Fundamentação teórica • Figura 1: Transformação do material orgânico em energia por meio de um biodigestor. Fonte: Adriano Medeiros, 2009

16 Objetivo • Assim, temos como objetivo do presente trabalho realizar: - levantamento de dados do potencial poluidor do setor de suinocultura - Posteriomente, colocar em funcionamento um biodigestor e uma composteira para dar um destino adequado ao efluente gerado no setor - Adequar as lagoas de decantação que estão sendo utilizadas • O setor, no momento, não recebe qualquer tipo de tratamento.

17 Justificativa • Desta forma, o presente projeto se justifica, por três aspectos centrais: 1.Preocupação com o meio ambiente. 2.Minimização de custos. 3.Visão social.

18 Metodologia • Limpeza e a impermeabilização das lagoas de decantação. Para isso, maquinários específicos serão essenciais para a retirada dos dejetos já depositados no fundo que estão em contato direto com o solo. Profundidade mínima de 2,5 metros – Adequação no setor. • Em seguida: faz-se necessária a impermeabilização do solo, já que esta é a principal maneira de evitar contaminação.


Carregar ppt "Projeto em Grupo PET - Zootecnia • DANIELA ATÍLIO VIANELLO • FERNANDA CAPONE BUZATTO • HUGO FELIPE DA COSTA SANTOS • KARINA PEREZ DA SILVA • KARLA CRISTINA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google