A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Trabalho elaborado por: Andreia nº2 Clara nº4 Daniela nº7 Joana nº10 11ºC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Trabalho elaborado por: Andreia nº2 Clara nº4 Daniela nº7 Joana nº10 11ºC."— Transcrição da apresentação:

1 Trabalho elaborado por: Andreia nº2 Clara nº4 Daniela nº7 Joana nº10 11ºC

2 O florescimento de cidades deve-se: -à utilização dos cursos de água como vias de comunicação -facilidade de acesso à água -energia e alimentação -existência de solos férteis para a agricultura nas suas margens Sofrem o perigo de inundações Depende do leito do rio

3 O leito do rio é o espaço que pode ser ocupado pelas águas, existindo assim três tipos de leitos:  Leito aparente – é o sulco por onde normalmente correm as águas e os materiais que elas transportam.  Leito de inundação – é o espaço do vale que é inundável em épocas de cheias.  Leito menor ou leito de estiagem – é a zona ocupada por uma menor quantidade de água, por exemplo no Verão. Fig.1 Leito menor, leito aparente e leito de inundação

4 No percurso de um rio podem considerar-se três zonas:  Curso superior  Curso médio  Curso inferior

5  Rede hidrográfica é um conjunto formado por um curso de água e todos os seus afluentes.  Bacia hidrográfica é a área de toda uma rede hidrográfica. Tendo sempre em consideração o relevo, a natureza das rochas, o clima da região, a cobertura vegetal e a acção antrópica. Influencia o comportamento dos rios

6 Fig.2 Rede hidrográfica de Portugal Fig.3 Bacias hidrográficas de Portugal

7 Os rios desenvolvem trabalhos geológicos como as acções de erosão, de transporte e de deposição dos materiais, a sedimentação. De forma selectiva

8  Erosão - é a extracção progressiva do leito e das margens devido à pressão que a água exerce sobre as saliências do leito e das margens. Fig.4 Desgaste da paisagem  Transporte - os materiais são levados para maiores distâncias. Os fragmentos sólidos de todos os tamanhos designam-se por detritos e fazem parte da carga sólida do rio.

9 O transporte dos detritos processa-se por:  Suspensão (se forem materiais finos)  Saltação  Rolamento ou arrastamento (se forem materiais pesados) Fig.5 Diferentes formas de transporte de materiais

10  Sedimentação - deposição dos materiais ao longo do leito e nas margens. Ordena-se de acordo com as dimensões, com o peso dos detritos e com a velocidade da corrente. Quando ocorrem cheias o rio galga para a planície de inundação, depositando materiais nas margens.

11 Os aluviões são depósitos que ficam na planície da inundação tornando essas zonas mais férteis. Atendendo às razões climáticas, por vezes, há elevados caudais de difícil previsão e regularização. Construção de barragens

12 Nas barragens, a água acumulada forma uma albufeira. Assim há regularização do caudal a jusante (próximo da foz) da barragem. Essa água acumulada pode ter outras utilizações, como por exemplo:  abastecimento das populações;  irrigação de terrenos agrícolas;  aproveitamento hidroeléctrico.

13 Por outro lado, depositam-se no fundo materiais transportados pelo curso de água.  Diminui a capacidade de armazenamento de água;  Reduz a quantidade de atritos debitada no mar

14 Para a regularização dos rios, um outro processo consiste na canalização Remoção de obstáculos do leito Alargamento Regularização Aprofundamento

15 O Homem explora demais o território perto dos cursos de água, sofrendo assim consequências incontornáveis. Desadequada acção antrópica

16 A intervenção do Homem contribui para o agravamento das situações de risco. Para evitar estas situações deve ser assegurado o ordenamento do território, fazendo uma gestão racional dos espaços.


Carregar ppt "Trabalho elaborado por: Andreia nº2 Clara nº4 Daniela nº7 Joana nº10 11ºC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google