A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ADEROALDO ANTÔNIO DOS SANTOS ANA CÁSSIA NOGUEIRA VIEIRA JOSÉ ERIVALDO SANTOS DE ANDRADE WALLACE MORAES apresentam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ADEROALDO ANTÔNIO DOS SANTOS ANA CÁSSIA NOGUEIRA VIEIRA JOSÉ ERIVALDO SANTOS DE ANDRADE WALLACE MORAES apresentam."— Transcrição da apresentação:

1 ADEROALDO ANTÔNIO DOS SANTOS ANA CÁSSIA NOGUEIRA VIEIRA JOSÉ ERIVALDO SANTOS DE ANDRADE WALLACE MORAES apresentam

2 PAIDÉIA A EDUCAÇÃO GREGA Aspectos Relevantes

3 O homem pode converter-se no mais divino dos animais, sempre que se eduque corretamente; converte-se na criatura mais selvagem de todas as criaturas que habitam a terra, em caso de ser mal-educado. Platão Os empíricos conhecem o que, mas não o porquê das coisas. Os outros (os teóricos) pelo contrário, conhecem o porquê e a causa. Aristóteles

4 INTRODUÇÃO CONTEXTO QUE PERMITIU O DESENVOLVIMENTO DA PADÉIA A PAIDÉIA SEGUNDO ARISTÓTELES CONFRONTO DAS EDUCAÇÕES GREGA E BRASILEIRA CONCLUSÃO BIBLIOGRAFIA

5 Como Jaeger, entendemos que o termo grego paidéia, palavra pertencente ao título deste trabalho, “é a única designação exata do tema histórico nele estudado”, insistindo na necessidade da utilização do termo grego para evitar que, em português, fosse lançado mão, simultaneamente, de uma ampla gama de termos como educação, cultura, civilização, tradição, já que cada um destes termos representa, apenas, uma faceta de paidéia..

6 Werner Jaeger escreveu páginas discorrendo sobre paidéia, mas é o subtítulo de seu livro que configura e transmite bem uma visão global deste vocábulo: “A Formação do Homem Grego”.

7 Marilena Chauí, em sua brilhante obra, infelizmente ainda não acabada, conceitua paidéia como “Educação ou cultivo das crianças, instrução, cultura.” [ [

8 O CONTEXTO DA PADÉIA Havia, na época, um surto de desenvolvimento em diversos campos da atividade humana. Homero, com a Ilíada e a Odisséia, já cantava em versos a grandeza da Grécia, engrandecendo-a ainda mais, não apenas narrando fatos, mas, também, analisando meticulosamente as causas dos fatos, fazendo-o de forma mística, abandonando o costume da narração com apelo exagerado aos monstros. Se já não bastasse Homero, havia a Teogonia de Hesíodo que procurava o ordenamento entre os deuses, o que era um evidente apelo para o ordenamento entre os homens. Reinava um equilíbrio sócio-político e o comércio encontrava-se bem estruturado e em pleno desenvolvimento.

9 Em determinado momento da história grega começa a haver o abandono dos mitos, os quais tiveram, em Homero, um grande educador. A Ilíada e a Odisséia, a medida que suas tramas se desenrolavam, apresentavam conceitos éticos, estéticos e espirituais.

10 A PAIDÉIA SEGUNDO ARISTÓTELES

11 “Com respeito a conhecer os filhos que devem ser abandonados ou educados, precisa existir uma lei que proíba nutrir toda criança deforme.” Aristóteles fala da limitação do número de filhos, demonstrando que desde aquela época pensava-se e praticava-se tal limitação.

12 Hoje, filósofos, religiosos e tantos outros se levantam contra o aborto, em qualquer fase do feto, mas poucos se levantam quanto a tragédia da matança de algo tão precioso quanto a iniciativa, “assassinada” por programas do tipo “fome zero”, esquecendo-se que sem iniciativa não haverá educação, não haverá trabalho, não haverá comida e a própria vida ficará comprometida.

13 Aristóteles enaltece a importância da boa alimentação em geral, e do leite em particular. Enfoca a necessidade de conceder às crianças, em seus primeiros anos, ampla liberdade de movimento, recomendação esta que apenas há poucas décadas passamos a acatar, vista haja o antigo costume de enfaixar rigidamente nossos bebês. Ponto curioso do bem ao contrário dos nossos costumes, era o de permitir, impor mesmo, que as criancinhas fossem submetidas a temperaturas baixas, tornado-as aptas, a suportarem o frio.

14 Ao contrário da escola contemporânea, que prestigia o estudo das ciências, a paidéia as toleram, desde que não se tenha, neste campo “a pretensão de chegar à perfeição”. Não se descuida Aristóteles do descanso, que deve ser alternadamente propiciado em relação ao trabalho. A ginástica visa obter saúde e força, enquanto a literatura prestar- se-ia ao comércio e à economia, enquanto que o desenho permitiria ao grego melhor julgar os artistas.

15 A obsessão dos gregos pela boa formação do corpo era tanta que o estudo do desenho não tinha por objetivo cousas práticas como a configuração de imóveis, mas sim “uma concepção mais fina da beleza dos corpos”. Afirma que, na formação, primeiro dever-se-ia formar o corpo, depois, o espírito.

16 AS EDUCAÇÕES GREGA E BRASILEIRA Justamente alguns dos nossos atuais “Temas Transversais” constituem a base fundamental da educação grega, a saber: “a gramática, a ginástica e a música, acrescentando-se-lhes, por vezes, o desenho”. Para os gregos tais disciplinas, exceto a música, são úteis para a vida, enquanto esta se volta para a distração.

17 CONCLUSÃO A EDUCAÇÃO GREGA torna-se de vital importância na medida em que inspiraram e continuam a inspirar todo o mundo civilizado na estruturação do Ensino, seja ele a nível infantil, juvenil ou adulto; técnico ou universitário.

18 Decorridos tantos séculos, grande parte dos ensinamentos de Aristóteles, Platão e outros pensadores gregos são, ainda hoje, atuais, tanto mais se feitas as adaptações necessárias em face das novas condições sociais, que não mais toleram o escravagismo, a exclusão dos menores, das mulheres e dos estrangeiros do contexto da educação.

19 Acima de tudo, os registros feitos neste trabalho são um convite à meditação, afinal, por sermos ser(es), devemos pensar.

20 ARISTÓTELES. A POLÍTICA. BARRAL, Welber. METODOL. DA PESQUISA JURÍDICA. CHAUÍ, Marilena. INTROD. À HISTÓRIA DA FILOSOFIA. CHAUÍ, Marilena. CONVITE À FILOSOFIA. HESSEN, Johannes. TEORIA DO CONHECIMENTO. JAEGER, Werner. PAIDÉIA. MARCONETTI, Luís. PRIM. ELEM. DE FILOSOFIA. MONDIM, Batista. CURSO DE FILOSOFIA. REALE, Giovanni. ANTISERI, Dario. HIST. DA FILOSOFIA TEIXEIRA, Evilázio F. Borges. A EDUCAÇÃO DO HOMEMSEGUNDO PLATÃO.


Carregar ppt "ADEROALDO ANTÔNIO DOS SANTOS ANA CÁSSIA NOGUEIRA VIEIRA JOSÉ ERIVALDO SANTOS DE ANDRADE WALLACE MORAES apresentam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google