A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

16ª Reunião Ordinária Comitê Temático Tecnologia e Inovação 27 de setembro de 2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "16ª Reunião Ordinária Comitê Temático Tecnologia e Inovação 27 de setembro de 2012."— Transcrição da apresentação:

1 16ª Reunião Ordinária Comitê Temático Tecnologia e Inovação 27 de setembro de 2012

2 Assuntos de Pauta Articulação com os Fóruns Regionais e outros CTs Participação no Forum Regional do Rio Grande do Norte Resposta ao Anexo I (IPEA/MEC) Apresentação das Ações 5w2h Ferramentas de Apoio Apresentação Sebrae e INPI

3

4 Título: Disseminação da Normatização e da Certificação no Contexto Acadêmico Instituição: IPEA Representante: Mauro Oddo Nogueira

5 Instituição Executora: Ministério da Educação Instituições Participantes: MDIC, MCTI, Conselhos Federais de Profissões Justificativa: Necessidade de difusão e consientização sobre o uso de Normas Tecnicas e Certificação no País.

6 Objetivo Geral: Difuldir conceitos e as diferenças entre regulamento, Norma Tecnica e Certificação Objetivo Especifico: Prover aos profissionais das areas ligadas a produção de conhecimentos sólidos acerca dos temas citados Público alvo: Cursos Superiores de áreas de produção, Engenharias, administração, farmácia, Turismo, Ciências contábeis, etc…

7 Resultados esperados: Inclusão como área de conhecimento obrigatória nos curriculos de cursos superiores ligados a produção. Sensibilizar e difundir estes temas junto aos empresários de MPE para mudança cultural na gestão.

8 Metodologia : 1)Definir escopo da propostá; 2)Levantamento de informações: Pesquisar junto ao MEC e outros envolvidos sobre o temas e assuntos relacionados; Identificar fluxo de aprovação de conteúdos para o curriculo oficial de escolas e universidades; 3)Elaboração de Proposta e encaminhamento Verificar a Politica Nacional de Capacitação

9 1)Composição de GT para andamento das atividades para entrega deste produto; 2)Inclusão direta no plano de trabalho, com definição de responsaveis; 3)Cancelamento ou adiamento destas atividades.

10 Assuntos de Pauta Articulação com os Fóruns Regionais e outros CTs Participação no Forum Regional do Rio Grande do Norte Resposta ao Anexo I (IPEA/MEC) Apresentação das Ações 5w2h Ferramentas de Apoio Apresentação Sebrae e INPI

11 Ação 1 - Propor melhores práticas de políticas setoriais para incentivo e apoio coletivo a Tecnologia e Inovação para ME e EPP AtividadePorqueComoQuandoQuem Identificar ações exitosas e casos de sucesso dentre APLs existentes Buscar iniciativas que já deram certo, modelos de sucesso e boas práticas nos temas: Fazer consulta em Universidades, Sebrae, Agencias de Fomento CNPQ, Embrapa Instituições representativas, Ministérios, Projetos MCTI, FAPs, Camara Federal, legislação vigente de incentivo. setembro Participantes do Forum + Coordenadores. Sob a responsabilidade do Consultor Extensionismo Tecnológico (Sebraetec e Sibratec, SBRT), Editais para a MPE e Inventor independente. Consultar Foruns Regionais sobre necessidades de inovação e casos de sucesso Secretarias Tecnicas Alinhamento com os demais CTs para identificação de temas comuns Consultores Elaborar documento de referencia com etapas de realização, setores, atores envolvidos, valores e resultados alcançados. Consultor

12 Situação Quando as demandas forem definidas, encaminhar ao Sebrae para verificar como o Sebrae pode atuar em conjunto com o Fórum. Solicitação para Sebrae sobre Serviços Tecnologicos mais acessados via Sebraetec Coordenação está monitorando para quando for publicado, termos acesso para análise pelo Comite.

13 Ação 2 - Ajustar linhas de financiamento para Tecnologia e Inovação para ME e EPP AtividadePorqueComoQuandoQuem Identificar gargalos para acesso a financiamento de inovações Garantir que as propostas possuam impacto positivo no acesso a linhas para inovação para as MPEs Alinhamento de ações com o CT de Investimento e financiamento setembro Consultores e Coordenadores Consultar Fóruns Regionais sobre necessidades, gargalos, casos de sucesso e formas de melhorias Secretarias Técnicas Mapear atores envolvidosCoordenação Reunião CNPQ Pintec / FINEP / CONFAPs / ANPEI Setembro Coordenadores Coordenadores e Consultores Articular com os participantes para ampliar o acesso a linha de financiamento com as FAPs e outras intituições de financiamento ao fomento Elaborar documento de referencia contendo dificuldades e possibilidades de melhorias Marcar reuniões estratégicas para apresentação de documento de referencia e validar modelos propositivos de melhoria aos órgãos competentes, identificando os tramites necessários, tempo previsto e o tipo de proposta mais adequada a ser feita Outubro Coordenadores, Consultores e DEPME Propor modelo de funcionamento elaborar documento propositivo Apresentar Minutas de propostas para serem encaminhadas aos órgãos responsaveis Novembro - Plenária Coordenadores, Consultores e DEPME

14 Situação Com a equipe do Cartão BNDES a coordenação está trabalhando na ampliação do número de fornecedores: BRASSCOM (TIC); ANUP (laboratórios de Univ. Particulares); ESCOS (eficiência energética); ITI (certificação Digital); dados estatísticos do Cartão BNDES são atualizados com D-1. 05/09 Em conversa com Sebrae, agendar reunião com Paulo Alvim + Enio. Possibilidade de atuar conjuntamente com o Sebraetec, Gestão de Projetos de Inovação e Agentes Locais de Inovação. Enio vai encaminhar quais maiores demandas dos Serviços tecnológicos para inclusão na lista de serviços do Cartão BNDES.

15 Ação 3 - Propor alterações no Marco Legal de inovação contemplando ME e EPP AtividadePorqueComoQuandoQuem Identificar formas de apoio a inovação e seus gargalos garantir que a legislação vigente esteja de acordo com as necessidades de MPE e propor novos modelos de incentivo a inovação Alinhamento de ações com os demais CTs para identificar as tematicas comuns e definir (acompanhamento/realização) SetembroConsultores Identificar atores participantesSetembroConsultor Consultar Foruns Regionais sobre necessidades, propostas e modelos exitosos Julho / Setembro Secretarias técnicas Consultar o Codigo nacional de Inovação em Tramitação na Camara e Senado. Validar com esta sendo contemplada a MPE. Ver qual o fluxo de tramitaçào e quem é o relator Prever o apoio ao Inventor independente Prever o Acompanhamento da Regularização. Consulta aos Estados (verificar se o Sebrae Possui este levantamento) sobre a regulamentação e Lei de inovação Incubadoras de Empresas - prever na proposta. Consultar Amprotec Coordenadores e Consultor Fazer constato com Concect e Confap Fazer consulta em Universidades, Sebrae, Agencias de Fomento CNPQ, Embrapa Instituições representativas, Ministérios, Projetos MCTI, FAPs, Camara Federal, sobre analises e propostas de melhoria na legislação vigente de incentivo.

16 Situação Sebrae atuará na capacitação de Consultores para atender demandas especificas de captação e elaboração de projetos de inovação. Pesquisa e consolidação de lista com os Estados que já possuem a Lei de Inovação regulamentada.

17 Ação 4 - Melhorar ambiente para o investimento de capital de Risco para as ME e EPP AtividadePorqueComoQuandoQuem Identificar gargalos legais para provimento desta modalidade junto a MPE Subsidiar a elaboração de um ambiente legal para que seja possível operar de forma facilitada Alinhamento de ações com os demais CTs para identificar as temáticas comuns e definir (acompanhamento/realização) Agosto Consultores e Coordenadores Identificar atores participantes coordenadores e Consultor Consultar Fóruns Regionais, Fazer consulta em Instituições e agencias de Fomento, sobre necessidades, propostas e modelos exitosos Setembro/ Outubro Secretarias Técnicas, Coordenadores e Consultor Elaborar proposta de ação coletiva para implnatação de ações Reunir informações para composição de documento de refencia para melhorias no acesso a esta modalidade de financiamento Consultor e Coordenadores Propor Modelo de Funcionamento Propor documento com grupo de ações e responsaveis para relaização de melhorias no ambiente legal. modelo de proposta será de acordo com a instituição responsavel para garantir que o pedido seja efetivo. (Proposta de projeto, Projeto de Lei, Normativa, etc...) Novembro Coordenadores, Consultor e DEPME

18 Ação 4 Situação Necessidade de desenvolver capacitação para startups e para investimentos de capital de risco. CTTI deverá encaminhar quais conteúdos deverão ser desenvolvidos. Reunião entre o CT Tecnologia e inovação com Endevor e Anjos do Brasil na elaboração da indicação de conteúdo para uma capacitação especifica neste assunto.

19 % Público alvo Curso Básico Curso Intermediário Curso Avançado Diagnóstico + Filtro Etapas da Preparação PRODUTOS SEBRAE: foco na deficiência do empresário Demandas encaminhadas para atendimento a partir das necessidades identificadas durante cada etapa de diagnóstico ou capacitação Curso ABDI+FGV Curso Endeavor +IEC Curso Endeavor +Anjos Curso INPI Desafio: Coordenar as ações já existentes!!! Anjos Criatec FINEP Inovar BNDES ABVCAP Aceleradoras Venture Fórum Seed Fórum Desafio Brasil Diagnóstico + Filtro

20 Ação 5 - Sensibilizar a ME e EPP sobre a Propriedade Industrial - INPI AtividadePorqueComo Quando Quem Realizar atividades de sensibilização Sensibilizar a MPE quando a Importancia da Propriedade Industrial Reunião com INPI para definir Atividades do Plano de Trabalho - Validar as agendas e sugerir Formato para o INPI de Sensibilização para o FR e Capacitação para empresas no mesmo dias (manha e tarde) Julho DEPME, INPI, Coordenadores, Consultor Organizar e realizar Seminário sobre fortalecimento e desenvolvimento das MPEs e Propriedade Industrial - Check List OutubroDEPME, Consultor Consultar Foruns Regionais sobre necessidades, propostas e modelos exitosos OutubroSecretarias Tecnicas Identificar locais/ atores/ eventos locais /nacionais para a realização de 1 Palestra sobre Apoio e fomento as MPEs OutubroCoordenadores, Consultor Realização de 1 Palestra sobre Apoio e fomento as MPEsNovembroDEPME Aplicar questionario com participantes sobre perfil e dificuldades da MPE sobre o assunto e elaborar documento NovembroINPI, Consultor, DPME Realizar atividades de Capacitação Capacitar a MPE quando a Importancia da Propriedade Industrial Reunião com INPI para definir Atividades do Plano de TrabalhoJulho DEPME, INPI, Coordenadores, Consultor Preparar atividades para realização do mini curso.OutubroDEPME, Consultor realizar mini curso sobre Inovação e Propriedade IndustrialNovembroDEPME Aplicar questionario com participantes sobre perfil e dificuldades da MPE sobre o assunto e elaborar documento OutubroINPI, Consultor, DEPME Atividades Academicas Apoiar por meio de estudos e pesquisa e por meio de Grupos de trabalho todas atividades entre INPI e MDIC Reunião com INPI para definir Atividades do Plano de TrabalhoJulho DEPME, INPI, Coordenadores, Consultor Propor formato de atuação no ambiente do Fórum Permanente e Fóruns regionais agosto DEPME, INPI, Coordenadores, Consultor

21 Ação 5 Situação Contato com INPI, dia 12/07 com Luzia. Enviado com as ações. Informaçòes sobre o Forum. Foi incluido no mailing do Forum. INPI encaminhou os conteúdos dos Cursos. INPI Negócios pode entrar na execução do ACT. Luzia de férias até dia 10/08. 21/08 - Contato com minuta de texto para envio aos Foruns Regionais e para apresentação. 06/09 - Contato com Luzia sobre minuta de texto para divulgação Foruns Regionais e apresentação na próxima Ordinária 16/09 - Confirmação de agenda para apresentação das ações no Forum Permanente 20/09 - Divulgação por sobre as Ações do Acordo de Cooperação

22 Assuntos de Pauta Articulação com os Fóruns Regionais e outros CTs Participação no Forum Regional do Rio Grande do Norte Resposta ao Anexo I (IPEA/MEC) Apresentação das Ações 5w2h Ferramentas de Apoio Apresentação Sebrae e INPI

23 ABDI

24

25

26 FINEP Programa TECNOVA Apoiar o desenvolvimento de novos produtos, serviços e processos que agreguem valor aos negócios e ampliem seus diferenciais competitivos. A meta global é que cerca de 700 empresas sejam apoiadas em todo o território nacional. Elas receberão, cada uma, recursos que variam de R$ 120 mil a R$ 400 mil Serão R$ 190 milhões em recursos para aplicação em micro e pequenas empresas (faturamento anual até R$ 3,6 milhões). Lançamento da carta convite – FAP – estará disponível no site da FINEP a partir do dia 28 de setembro 2012

27 FINEP Programa SUBVENÇÃO ECONOMICA Promover um significativo aumento das atividades de inovação e o incremento da competitividade das empresas e da economia do país. É realizada por meio de chamadas públicas disponibilizadas no site da FINEP. Edital Conjunto para o setor de petróleo & gás – inova petro – 01/2012: projetos com valor mínimo de um R$ 1 milhão, com prazo de execução de até 60 (sessenta) meses. Desenvolvimento de tecnologias voltadas a atender às demandas da cadeia produtiva das seguintes linhas temáticas: - Processamento de Superfície, Instalações Submarinas, Instalações de Poços.

28 MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES Programa REDES DIGITAIS DA CIDADANIA Selecionar Fundações de Apoio a Pesquisa FAPspara implantação de programas ligados as linhas Temáticas do Programa. Edital com valores previstos de R$ a R$ , com prazo de execução de até 24 (vinte e quatro) meses. Data de envio de proposta: 21 de setembro a 9 de outubro de 2012 Contatos: Edital de chamamento público n 01/2012 Redes Digitais de Cidania Fone:

29 Apresentações dos Convidados Sebrae Nacional Unidade de Acesso a Inovação Tecnologica Enio Duarte Pinto INPI Instituto Nacional de Propriedade Industrial Denise Gregory

30 Ministério do Desenvolvimento, Indústria E Comércio Exterior Secretária de Comércio e Serviços Departamento de Micro, Pequenas e Médias Empresas


Carregar ppt "16ª Reunião Ordinária Comitê Temático Tecnologia e Inovação 27 de setembro de 2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google