A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F); Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F);

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F); Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F);"— Transcrição da apresentação:

1

2 Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F); Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F); Cartão de Resposta: cada questão possuirá duas colunas uma para assinalar como verdadeiro e outra como falsa a afirmativa; Cartão de Resposta: cada questão possuirá duas colunas uma para assinalar como verdadeiro e outra como falsa a afirmativa; Cartão de Resposta: Se assinalar as duas colunas (V) e (F) para mesma afirmativa – anulada; Cartão de Resposta: Se assinalar as duas colunas (V) e (F) para mesma afirmativa – anulada;

3 Preenchimento do gabarito: caneta hidrográfica preta; Pode ser utilizado caneta esferográfica azul ou preta (Bic Cristal); preencher todo o círculo de cada item sem ultrapassar o limite da linha de circunferência; Preenchimento do gabarito: caneta hidrográfica preta; Pode ser utilizado caneta esferográfica azul ou preta (Bic Cristal); preencher todo o círculo de cada item sem ultrapassar o limite da linha de circunferência;

4 Pontuação: o aluno tem possibilidade de variar a quantidade de acertos; a afirmativa é falsa também vale nota; pode deixar a afirmativa em branco; Pontuação: o aluno tem possibilidade de variar a quantidade de acertos; a afirmativa é falsa também vale nota; pode deixar a afirmativa em branco; Pontuação: a nota por questão é feita pela fórmula: N. (0,4) – n (0.4), onde: N = número de acertos (afirmativas corretamente assinaladas pelo aluno); n = número de erros (afirmativas incorretamente assinaladas pelo aluno); “Obviamente que caso o número de erros for igual ou superior ao de acertos, a nota da questão será zero”; Pontuação: a nota por questão é feita pela fórmula: N. (0,4) – n (0.4), onde: N = número de acertos (afirmativas corretamente assinaladas pelo aluno); n = número de erros (afirmativas incorretamente assinaladas pelo aluno); “Obviamente que caso o número de erros for igual ou superior ao de acertos, a nota da questão será zero”;

5 Pontuação: 1º exemplo Afirmativas verdadeiras: A, B e D. Afirmativas falsas: C e E. Pontuação: 1º exemplo Afirmativas verdadeiras: A, B e D. Afirmativas falsas: C e E. Cálculo da nota da questão: Afirmativas corretamente assinaladas: A, C e D: 3 acertos; Afirmativas incorretamente assinaladas: B e E: 2 erros; Cálculo da nota da questão: Afirmativas corretamente assinaladas: A, C e D: 3 acertos; Afirmativas incorretamente assinaladas: B e E: 2 erros; Nota do aluno nessa questão: Ele teve 3 acertos e 2 erros; 3 acertos – 2 erros = 1 x 0,4 = 0,4 Nota do aluno nessa questão: Ele teve 3 acertos e 2 erros; 3 acertos – 2 erros = 1 x 0,4 = 0,4 Resposta do aluno Afirmativas verdadeiras: A, D e E. Afirmativas falsas: B e C. Resposta do aluno Afirmativas verdadeiras: A, D e E. Afirmativas falsas: B e C.

6 Pontuação: 2º exemplo Afirmativas verdadeiras: A, B e D. Afirmativas falsas: C e E. Pontuação: 2º exemplo Afirmativas verdadeiras: A, B e D. Afirmativas falsas: C e E. Resposta do aluno Afirmativas verdadeiras: A e E. Afirmativas falsas: C. Afirmativas em branco: B e E; Resposta do aluno Afirmativas verdadeiras: A e E. Afirmativas falsas: C. Afirmativas em branco: B e E; Cálculo da nota da questão: Afirmativas corretamente assinaladas: A, C e D: 3 acertos; Afirmativas incorretamente assinaladas: nenhuma; Cálculo da nota da questão: Afirmativas corretamente assinaladas: A, C e D: 3 acertos; Afirmativas incorretamente assinaladas: nenhuma; Nota do aluno nessa questão: Ele teve 3 acertos e nenhum erro; 3 acertos X 0,4 = 1,2 Nota do aluno nessa questão: Ele teve 3 acertos e nenhum erro; 3 acertos X 0,4 = 1,2

7 Portanto na dúvida: Melhor não marcar; Porém... Ás vezes é necessário arriscar.... Portanto na dúvida: Melhor não marcar; Porém... Ás vezes é necessário arriscar....

8 Considerado grau de conhecimento e interpretação crítica do conteúdo; Não serão consideradas respostas em forma de “esquemas”; Resposta em linguagem cursiva, dentro da norma culta; Perde nota nos erros de português; Considerado grau de conhecimento e interpretação crítica do conteúdo; Não serão consideradas respostas em forma de “esquemas”; Resposta em linguagem cursiva, dentro da norma culta; Perde nota nos erros de português; Histologia humana: 10 questões; Fisiologia humana: 08 Reprodução: 04 Genética: 5 Ecologia: 5 Patologias: 5 Histologia humana: 10 questões; Fisiologia humana: 08 Reprodução: 04 Genética: 5 Ecologia: 5 Patologias: 5

9

10 15. (EVANGÉLICA – 2013) Se uma mulher chega com o cabelo em tom laranja, nunca antes usado, e o marido a recebe com um "que lindos seus novos brincos", ela deve pensar duas vezes antes de se irritar com ele. Não se trata apenas de falta de atenção ou afeto. Já se sabia que o daltonismo é mais frequente entre homens. Um estudo conduzido por Isaac Abramov, do Brooklyn College, revelou que os olhos dos homens são mais sensíveis a pequenos detalhes e a objetos que se movem em grande velocidade, enquanto as mulheres distinguem as cores mais facilmente. Eis por que mulheres revelam mais aptidão para combinar cores e por que homens gostam de corridas de automóvel. Avalie as afirmativas sobre o olho humano, a visão e o daltonismo. a) ( ) O daltonismo é um distúrbio autossômico causado por um alelo recessivo localizado na porção homóloga do cromossomo X, o gene X d, enquanto seu alelo dominante X D determina a visão normal. b) ( ) A mulher de genótipo X D X d, embora possua um gene para o daltonismo, não manifesta a anomalia, que se trata de uma condição determinada por um gene recessivo. Além disso, nunca poderá gerar uma filha daltônica. Daltonismo é uma herança de genes localizadas em cromossomos sexuais. Localizado na porção não homóloga do cromossomo X. Poderá gerar uma filha daltônica (X d X d ), basta casar com um homem daltônico (X d Y).

11 15. (EVANGÉLICA – 2013) Se uma mulher chega com o cabelo em tom laranja, nunca antes usado, e o marido a recebe com um "que lindos seus novos brincos", ela deve pensar duas vezes antes de se irritar com ele. Não se trata apenas de falta de atenção ou afeto. Já se sabia que o daltonismo é mais frequente entre homens. Avalie as afirmativas sobre o olho humano, a visão e o daltonismo. c) ( ) Um gene recessivo que esteja presente no cromossomo X de um homem tenderá a se manifestar, uma vez que pode não existir um alelo dominante que impeça sua expressão. d) ( ) A esclerótica encontra-se na parte anterior da corioide e é responsável pela cor dos olhos, evitando reflexos de luz que prejudicariam a formação de uma imagem nítida. e) ( ) A presbiopia, também denominada vista cansada, ocorre à medida que a idade avança. É causada pela perda da capacidade de acomodação da íris e pode ser corrigida com o uso de lentes convergentes. De fora para dentro: esclerótica (esclera), corioide e retina. A cor dos olhos é devido a corioide e não a esclerótica. Genótipo do daltonismo: Mulher Homem X D X D : normal X D Y: normal X D X d : normal portadora X d Y : daltônico X d X d : daltônica

12 18. (EVANGÉLICA – 2013) É bom saber o tipo sanguíneo, da mesma forma como se deveria saber sobre colesterol ou pressão arterial. Uma pesquisa recente sugere que pessoas de sangue tipo O são menos suscetíveis a problemas cardíacos do que aquelas que possuem sangue A, B, e AB. O estudo, realizado por cientistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, concluiu que as pessoas com o tipo sanguíneo mais raro, o AB, são as mais vulneráveis a doenças do coração. Para essas pessoas, a probabilidade de desenvolver doenças cardíacas é 23% maior do que para quem tem o tipo sanguíneo O. A pesquisa também descobriu que, para pessoas com sangue do tipo B, o risco de doenças cardíacas aumentava em 11%, e para pessoas com sangue tipo A o aumento era de 5%. Os pesquisadores não sabem a razão desse aumento de risco. Eles vão agora analisar como os grupos sanguíneos reagem a um estilo de vida mais saudável. Sobre sangue, coração e riscos cardíacos, julgue as afirmativas. a) ( ) Indivíduos do grupo AB têm tanto aglutininas A + quanto B - em suas hemácias, e o plasma não contém aglutinogênios. Assim, alguém com sangue AB pode receber sangue de qualquer grupo, mas só pode doar sangue para outros com tipo AB. Grupos sanguíneos GenótipoAglutinogênios (nas hemácias) Aglutininas (anticorpos – no plasma) A I A I A e I A i AAnti-B B I B I B e I B i BAnti-A AB I A I B ABnão possui O ii não possuiAnti-A e Anti-B Indivíduos do grupo AB não tem aglutininas no seu plasma. Contém os aglutinogênios A e B nas suas hemácias. Grupo AB é receptor universal, mas somente pode doar para grupo AB.

13 18. (EVANGÉLICA – 2013) É bom saber o tipo sanguíneo, da mesma forma como se deveria saber sobre colesterol ou pressão arterial. Uma pesquisa recente sugere que pessoas de sangue tipo O são menos suscetíveis a problemas cardíacos do que aquelas que possuem sangue A, B, e AB. O estudo, realizado por cientistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, concluiu que as pessoas com o tipo sanguíneo mais raro, o AB, são as mais vulneráveis a doenças do coração. Para essas pessoas, a probabilidade de desenvolver doenças cardíacas é 23% maior do que para quem tem o tipo sanguíneo O. A pesquisa também descobriu que, para pessoas com sangue do tipo B, o risco de doenças cardíacas aumentava em 11%, e para pessoas com sangue tipo A o aumento era de 5%. Os pesquisadores não sabem a razão desse aumento de risco. Eles vão agora analisar como os grupos sanguíneos reagem a um estilo de vida mais saudável. Sobre sangue, coração e riscos cardíacos, julgue as afirmativas. b) ( ) Se um homem do grupo A -, filho de pai do grupo O -, tiver filhos com uma mulher do grupo B +, filha de mãe do grupo O -, a chance de nascer uma menina com sangue tipo O - é de 1/16. Grupos sanguíneos Genótipo Aglutinogênios (nas hemácias) Aglutininas (anticorpos – no plasma) A I A I A e I A i AAnti-B B I B I B e I B i BAnti-A AB I A I B ABnão possui O ii não possuiAnti-A e Anti-B Pai O (ii) Homem A (I A i) Mãe O (ii) Mulher B (I B i) I A I B ; I A i ; I b i ; ii Grupo O = 1/4 Rr ; Rr ; rr ; rr negativo = 1/2 Chance de menino: 1/2 Menina: 1/2 1/4 x 1/2 x 1/2 = 1/16 Fator RhGenótipo PositivoRR ou Rr Negativorr

14 18. (EVANGÉLICA – 2013) É bom saber o tipo sanguíneo, da mesma forma como se deveria saber sobre colesterol ou pressão arterial. Uma pesquisa recente sugere que pessoas de sangue tipo O são menos suscetíveis a problemas cardíacos do que aquelas que possuem sangue A, B, e AB. O estudo, realizado por cientistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, concluiu que as pessoas com o tipo sanguíneo mais raro, o AB, são as mais vulneráveis a doenças do coração. Para essas pessoas, a probabilidade de desenvolver doenças cardíacas é 23% maior do que para quem tem o tipo sanguíneo O. Sobre sangue, coração e riscos cardíacos, julgue as afirmativas. c) ( ) Se um indivíduo do grupo A + for submetido a uma cirurgia cardíaca e necessitar de uma transfusão de sangue, poderá recebê-lo dos tipos A + ou A - e de O + ou O -. Grupos sanguíneos do indivíduo Recebe deDoa para AA e OA e AB BB e OB e AB ABA, B, AB e OAB OOA, B, AB e O

15 18. (EVANGÉLICA – 2013) É bom saber o tipo sanguíneo, da mesma forma como se deveria saber sobre colesterol ou pressão arterial. Uma pesquisa recente sugere que pessoas de sangue tipo O são menos suscetíveis a problemas cardíacos do que aquelas que possuem sangue A, B, e AB. O estudo, realizado por cientistas da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, concluiu que as pessoas com o tipo sanguíneo mais raro, o AB, são as mais vulneráveis a doenças do coração. Para essas pessoas, a probabilidade de desenvolver doenças cardíacas é 23% maior do que para quem tem o tipo sanguíneo O. Sobre sangue, coração e riscos cardíacos, julgue as afirmativas. d) ( ) Acredita-se que o LDL colesterol seja capaz de absorver cristais de HDL colesterol que começam a ser depositados nas paredes dos vasos, retardando assim o processo aterosclerótico e o risco cardíaco. e) ( ) A pressão arterial diastólica corresponde ao momento em que o ventrículo esquerdo volta a encher-se para retomar todo o processo da circulação. Esse valor geralmente está dentro da média dos 80 mmHg. LDL – lipoproteína de baixa densidade: transporta colesterol e triglicerídeos do fígado e intestino delgado ás células. Chamado de colesterol ruim – altas taxas – relacionados com aterosclerose e portanto com o AVC (acidente vascular cerebral) e infarto. HDL – lipoproteína de alta densidade: chamado de colesterol bom – capaz de retirar ateromas das artérias. HDL Pressão arterial: Sistólica = 120mmHg Diastólica: 80mmHg.

16 37. (EVANGÉLICA – 2011) Ao contrário do Rei Salomão, que para resolver o impasse entre duas mulheres que reclamavam a posse de uma criança, propôs dividi-la ao meio, a ciência moderna dispõe de métodos analíticos para os grupos sanguíneos e o DNA, os quais ajudam a solucionar questões dessa natureza. Uma mulher pertencente ao grupo sanguíneo AB entra na Justiça porque seu companheiro, do grupo A, recusa-se a assumir a paternidade do filho, do grupo B. Analise a situação e responda ao que se pede. a) Por que, com base apenas nesses dados, o juiz não pode dar nenhuma posição definitiva sobre o caso? Porque o resultado do exame de grupo sanguíneo serve apenas para excluir a paternidade, caso não observado em tal situação (mulher AB; homem A e criança B). Companheiro grupo A (I A i ou I A I A ) Mulher grupo AB (I A I B ) Filho grupo B I B I B ou I B i Grupos sanguíneos Genótipo A I A I A e I A i B I B I B e I B i AB I A I B O ii

17 37. (EVANGÉLICA – 2011) Ao contrário do Rei Salomão, que para resolver o impasse entre duas mulheres que reclamavam a posse de uma criança, propôs dividi-la ao meio, a ciência moderna dispõe de métodos analíticos para os grupos sanguíneos e o DNA, os quais ajudam a solucionar questões dessa natureza. Uma mulher pertencente ao grupo sanguíneo AB entra na Justiça porque seu companheiro, do grupo A, recusa-se a assumir a paternidade do filho, do grupo B. Analise a situação e responda ao que se pede. b) Para que o juiz pudesse dar um resultado conclusivo, qual deveria ser o grupo sanguíneo da criança? Companheiro grupo AB ( I A I B ) Mulher grupo O ( ii) Filho grupo O ii Grupos sanguíneos Genótipo A I A I A e I A i B I B I B e I B i AB I A I B O ii A mulher pertence ao grupo AB (I A I B ), sendo o filho do tipo B (I B -). O pai pode pertencer aos grupos A (I A i), B (I B I B e I B i), AB (I A I B ) ou O (ii). Dessa forma não há como excluir nenhum tipo de grupo sanguíneo do pai. Caso a mãe e o filho fossem do grupo O (ii) o pai nunca poderia ser do grupo AB (I A I B ). Nesse caso pode-se fazer a exclusão de paternidade.

18 37. (EVANGÉLICA – 2011) Ao contrário do Rei Salomão, que para resolver o impasse entre duas mulheres que reclamavam a posse de uma criança, propôs dividi-la ao meio, a ciência moderna dispõe de métodos analíticos para os grupos sanguíneos e o DNA, os quais ajudam a solucionar questões dessa natureza. Uma mulher pertencente ao grupo sanguíneo AB entra na Justiça porque seu companheiro, do grupo A, recusa-se a assumir a paternidade do filho, do grupo B. Analise a situação e responda ao que se pede. c) Com base no exame de DNA, que se baseia na identificação de marcas genéticas específicas (bandas) encontradas no DNA da mãe, do suposto pai e do suposto filho, o juiz concluiu que o homem era o pai da criança. Por que o exame de DNA permite tirar conclusões tão precisas, em casos como esse? Porque esse exame determina sequências de nucleotídeos de DNA (que se materializam em forma de bandas), o que permite conferir se algumas das sequências encontradas na criança são provenientes do suposto pai.

19 14. ( EVANGÉLICA – 2011) Sabendo-se que do casamento entre um mulato médio e uma mulata clara nasceram crianças brancas e mulatas, avalie as afirmativas de acordo com o padrão de herança quantitativa. a) ( ) Cruzando-se indivíduos AAbb com Aabb, podem nascer indivíduos mulatos médios e claros. Herança quantitativa ou poligênica: AABB = 4 dominantes = pele negra AABb ou AaBB = 3 dominantes = pele mulata escura; AAbb, aaBB, AaBb = 2 dominantes = pele mulata média Aabb ou aaBb = um dominante = pele mulata clara aabb = quatro recessivos = pele branca Gametas - Aabb AAbb Abab AbAAbbAabb AAbb = 2 dominantes – pele mulata média Aabb = 1 dominante – pele mulata clara;

20 14. ( EVANGÉLICA – 2011) Sabendo-se que do casamento entre um mulato médio e uma mulata clara nasceram crianças brancas e mulatas, avalie as afirmativas de acordo com o padrão de herança quantitativa. b) ( ) A probabilidade de pais mulatos médios diíbridos gerarem filhos mulatos escuros é de 4/16. Herança quantitativa ou poligênica: AABB = quatro dominantes = pele negra AABb ou AaBB = três dominantes = pele mulata escura; AAbb, aaBB, AaBb = dois dominantes = pele mulata média Aabb ou aaBb = um dominante = pele mulata clara aabb = quatro recessivos = pele branca Gametas - AaBb AaBb ABAbaBab ABAABBAABbAaBBAaBb AbAABbAAbbAaBbAabb aBAaBBAaBbaaBBaaBb abAaBbAabbaaBbaabb Pele Mulata escura: 3 dominantes: 4/16 ou 1/4

21 14. ( EVANGÉLICA – 2011) Sabendo-se que do casamento entre um mulato médio e uma mulata clara nasceram crianças brancas e mulatas, avalie as afirmativas de acordo com o padrão de herança quantitativa. c) ( ) De acordo com a constituição genotípica do casal mencionado, é possível gerar um descendente negro. Herança quantitativa ou poligênica: AABB = quatro dominantes = pele negra AABb ou AaBB = três dominantes = pele mulata escura; AAbb, aaBB, AaBb = dois dominantes = pele mulata média Aabb ou aaBb = um dominante = pele mulata clara aabb = quatro recessivos = pele branca Pele mulata média = 2 dominantes: AAbb, aaBB, AaBb Pele mulata clara = 1 dominante: Aabb ou aaBb Pele negra = 4 dominantes – Portanto? Impossível... Pois todos os cruzamentos sempre formarão pelo menos um gene recessivo; Gametas AAbb: Ab; aaBB: aB; AaBb: AB, Ab, aB, ab Gametas Aabb: Ab e ab; aaBB: aB;

22 14. ( EVANGÉLICA – 2011) Sabendo-se que do casamento entre um mulato médio e uma mulata clara nasceram crianças brancas e mulatas, avalie as afirmativas de acordo com o padrão de herança quantitativa. d) ( ) O provável genótipo desse pai mulato médio é AaBb, e o dessa mãe mulata clara é Aabb. Herança quantitativa ou poligênica: AABB = quatro dominantes = pele negra AABb ou AaBB = três dominantes = pele mulata escura; AAbb, aaBB, AaBb = dois dominantes = pele mulata média Aabb ou aaBb = um dominante = pele mulata clara aabb = quatro recessivos = pele branca Possíveis genótipos do pai mulato médio: AAbb, aaBB, AaBb Gametas: Ab aB AB, Ab, aB ab Possíveis genótipos da mãe mulata clara: Aabb ou aaBb Gametas: Ab e ab aB e ab Nasceram crianças mulatas e brancas (4 recessivos);

23 14. ( EVANGÉLICA – 2011) Sabendo-se que do casamento entre um mulato médio e uma mulata clara nasceram crianças brancas e mulatas, avalie as afirmativas de acordo com o padrão de herança quantitativa. e) ( ) Um casal que apresentasse, respectivamente, genótipos aaBB e Aabb, poderia gerar mulatos escuros. Herança quantitativa ou poligênica: AABB = quatro dominantes = pele negra AABb ou AaBB = três dominantes = pele mulata escura; AAbb, aaBB, AaBb = dois dominantes = pele mulata média Aabb ou aaBb = um dominante = pele mulata clara aabb = quatro recessivos = pele branca Gametas - Aabb aaBB Abab aBAaBbaaBb AaBb: pele mulata média; aaBb: pele mulata clara; Impossível pele mulata escura – três dominantes;

24 37. (EVANGÉLICA PR ) A hipercolesterolemia familiar é uma doença genética relacionada com o transporte e metabolismo do colesterol. Os indivíduos com tal doença apresentam níveis excessivamente altos dessa substância no sangue, correndo risco elevado de desenvolver aterosclerose – depósito de gordura nas paredes das artérias. Esse depósito dificulta a circulação sanguínea nessas áreas, aumentando assim os riscos de doenças cardíacas e de acidente vascular cerebral (AVC). É uma doença com transmissão autossômica dominante. Com base nas informações contidas do texto, analise o heredograma, de uma família com hipercolesterolemia, e responda às questões que se seguem.

25 37. (EVANGÉLICA PR – 2010) A hipercolesterolemia é uma doença com transmissão autossômica dominante. Com base nas informações contidas do texto, analise o heredograma, de uma família com hipercolesterolemia, e responda às questões que se seguem. Hipercolesterolemia dominante: AA ou Aa Normal Recessivo: aa aa Aa AA ou aa

26 37. (EVANGÉLICA PR ) A hipercolesterolemia é uma doença com transmissão autossômica dominante. Com base nas informações contidas do texto, analise o heredograma, de uma família com hipercolesterolemia, e responda às questões que se seguem. aa Aa AA ou aa a) O casal 1 x 2 poderá vir a ter filhos com hipercolesterolemia tanto homozigoto quanto heterozigoto? Justifique sua resposta. Sim, pois como eles são heterozigotos os filhos têm 25% de chance de nascerem homozigotos e 50% de chance de nascerem heterozigotos para a característica em questão (hipercolesterolemia familiar). Aa X Aa AA, Aa, Aa, aa Hipercolesterolemia dominante: AA ou Aa Normal recessivo: aa Hipercolesterolemia homozigoto: AA (25%); Hipercolesterolemia heterozigoto: Aa (50%)

27 37. (EVANGÉLICA PR ) A hipercolesterolemia é uma doença com transmissão autossômica dominante. Com base nas informações contidas do texto, analise o heredograma, de uma família com hipercolesterolemia, e responda às questões que se seguem. aa Aa AA ou aa b) Qual a probabilidade de um indivíduo com genótipo igual ao designado com o número 7, casado com um que tenha genótipo igual ao designado com o número 8, gerar um descendente normal? A chance é de 50%, uma vez que o genótipo do casal é aa x Aa. Indivíduo 7 X indivíduo 8 aa X Aa Aa, Aa, aa, aa Hipercolesterolemia AA: (50%); Normal: aa (50%)

28

29 19. (EVANGÉLICA – 2013) Um laboratório de bioengenharia sul- coreano, liderado pelo polêmico especialista em células-tronco Hwang Woo-souk, confirmou que tem um projeto de clonagem de uma espécie de mamute lanudo (Mammuthus primigenius), extinta há anos. Com esse objetivo, a empresa sulcoreana Sooam Biotech assinou um acordo com a Universidade Federal Nordeste da Rússia, o qual lhe dá o direito exclusivo de estudar as células de mamute encontradas semanas atrás na Sibéria. Os pesquisadores da fundação sul-coreana tentarão clonar o mamute lanudo usando amostras de tecido e óvulos de uma elefanta asiática atual (Elephas maximus). Tendo o caso como referência, julgue as afirmativas que se seguem. a) ( ) Se o experimento proposto obtiver sucesso, o animal clonado não terá material genético exclusivo de mamute, pois o DNA mitocondrial será originário de Elephas maximus. Acredita-se que as mitocôndrias do espermatozóide dos mamíferos são geralmente destruídas pelo óvulo após a fertilização. Nessa clonagem reprodutiva será usado o óvulo da elefante asiática com o núcleo (material genético) do mamute.

30 19. (EVANGÉLICA – 2013) b) ( ) A clonagem terapêutica é semelhante à clonagem reprodutiva, mas difere pelo fato de a blástula não ser implantada no útero. Essa técnica objetiva produzir uma cópia saudável do tecido ou do órgão de um doente para transplante. Clonagem reprodutiva é usada para produzir uma duplicata de um indivíduo existente. Baseia-se na remoção do núcleo de um óvulo e substituição por um outro núcleo de outra célula somática. Após a fusão, vai havendo a diferenciação das células Após cinco dias de fecundação, o embrião agora com 200 a 250 células, forma o blastocisto. É nesta fase que ocorre a implantação do embrião na cavidade uterina. Após o período de gestação surge um indivíduo com patrimônio genético idêntico ao do doador da célula somática. Clonagem terapêutica é um procedimento cujos estágios iniciais são idênticos a clonagem para fins reprodutivo, difere somente no fato do blastocisto não ser introduzido em um útero. Ele é utilizado em laboratório para a produção de células-tronco (totipotentes) a fim de produzir tecidos ou órgão para transplante. Esta técnica tem como objetivo produzir uma cópia saudável do tecido ou do órgão de uma pessoa doente para transplante.

31 19. (EVANGÉLICA – 2013) Um laboratório de bioengenharia sul- coreano, liderado pelo polêmico especialista em células-tronco Hwang Woo-souk, confirmou que tem um projeto de clonagem de uma espécie de mamute lanudo (Mammuthus primigenius), extinta há anos. Tendo o caso como referência, julgue as afirmativas que se seguem. c) ( ) A clonagem é natural em todos os seres originados pela reprodução assexuada, ou seja, na qual não há participação de gametas, como é o caso de certos monera, protistas, fungos, vegetais e animais. d) ( ) Em mamíferos como elefantes e mamutes, a produção dos óvulos nos ovários dependerá inicialmente da multiplicação das ovótides e das secreção de FSH e progesterona. e) ( ) Em humanos, os clones naturais são gêmeos fraternos originados por poliovulação e compartilham o mesmo DNA, ou seja, o material genético originado pela divisão do óvulo fertilizado. ovogônias estrogênio. idênticospoliembrionia

32 38. (EVANGÉLICA – 2013) A ideia de que as mães sempre têm seus filhos na mente parece ser literalmente verdade. Uma descoberta, publicada na revista científica Plos ONE, sugere que o ato de conceber não representa a transmissão de material genético apenas da mãe para o filho. O caminho oposto é possível, e parte do DNA do feto pode entrar no cérebro da mãe e permanecer ali por décadas. Isso poderia, inclusive, estar associado a doenças neurológicas na mulher. Essa linha de pesquisa sugere que precisamos de um novo paradigma em nossa própria concepção biológica de como somos formados. Pensamos ser um produto genético de nossos pais biológicos, acrescido de sorte genética. Mas isso parece estar errado: no útero nós também podemos adquirir o DNA deixado de irmãos mais velhos ou do irmão gêmeo. No curso de nossas vidas podemos ter traços do DNA dos filhos que geramos ou até de filhos que não chegamos a conceber, mas que perdemos num aborto. E esse DNA pode permanecer conosco um longo período de tempo. a) Descreva o processo de autoduplicação do DNA. DNA polimerase DNA ligase

33 A molécula de DNA tem a forma de uma espiral dupla, assemelhando-se a uma escada retorcida, em que os corrimões seriam formados pelos fosfatos e pentoses, e cada degrau seria uma dupla de bases ligadas às pentoses. A sequência das bases nitrogenadas ao longo da cadeia de polinucleotídeos pode variar, mas a outra cadeia terá de ser complementar. Se em uma das cadeias tivermos: A T C G C T G T A C A T, na cadeia complementar teremos: T A G C G A C A T G T A. A molécula de DNA tem o poder de se autoduplicar (replicação). Pela ação da enzima DNA-polimerase, as pontes de hidrogênio são rompidas e as cadeias de DNA separam-se. Posteriormente, por meio da ação de outra enzima, a DNA-ligase, novas moléculas de nucleotídeos vão ligando-se às moléculas complementares já existentes na cadeia original, seguindo as ligações A-T e C-G. Dessa forma, surgem duas moléculas de DNA, cada uma das quais com uma nova espiral proveniente de uma molécula-mãe desse ácido. Cada uma das duas novas moléculas formadas contém metade do material original. Por esse motivo, o processo recebe o nome de síntese semiconservativa. A autoduplicação do DNA ocorre sempre que uma célula vai iniciar os processos de divisão celular (mitose ou meiose).

34 b) Se na análise de um DNA foram encontrados 22,5% de nucleotídeos de Guanina, qual será a porcentagem esperada para cada uma dos outros nucleotídeos? Resposta: Citosina: 22.5%; Timina: 27,5%; Adenina: 27,5% c) Quais são as ligações que mantêm estável uma molécula de DNA e entre quais componentes ocorrem? Resposta: Ligações externas entre fosfato e pentose (açúcar) de uma mesma cadeia de nucleotídeos e as ligações internas representadas pelas pontes de hidrogênio entre as bases nitrogenadas de nucleotídeos de cadeias opostas. Guanina liga-se com citosina e adenina liga-se com a timina; Quantidade de guanina deve ser igual a de citosina. Assim como, quantidade de timina igual a de adenina; 22, 5 de guanina = 22,5 de citosina – somando = 45% 100 – 45 = 55% divide-se por 2, assim = 27.5 Assim, 27,5 de timina e 27,5 de adenina;

35 16. (EVANGÉLICA – 2012) Cientistas chineses desenvolveram um tipo de arroz transgênico que tem 10% de seu conteúdo proteico formado pela versão humana da albumina, encontrada no sangue. Cerca de 500 toneladas por ano dessa substância são utilizadas para a produção de vacinas e remédios e para o tratamento de queimaduras e de cirrose. O problema é que a albumina é obtida atualmente por doação de sangue e cultivada em soro. Isso dificulta seu uso em larga escala e aumenta o risco de contaminações, por exemplo, por vírus. Por isso, os chineses resolveram produzi-la no arroz. O trabalho está publicado na revista científica PNAS. (Adaptado do disponível em: ) Considere o texto e conhecimentos sobre biotecnologia para avaliar as afirmativas. a) ( ) A tecnologia do DNA recombinante permite que se faça a transferência de genes entre espécies diferentes, originando organismos transgênicos. b) ( ) Utilizando-se a técnica de “reação da polimerase em cadeia”, é possível produzir in vitro uma grande quantidade de moléculas de DNA idênticas. c) ( ) A albumina é uma proteína plasmática de alto valor biológico, com função principalmente imunológica; por isso é utilizada em produção de vacinas. Técnica do DNA recombinante: insulina, albumina, fatores da coagulação, hormônio do crescimento, ativadores de defesa contra certos tipos de câncer. Imunoglobina Albumina : transporte de ácidos graxos livres e potencial osmótico(retenção de água);

36 16. (EVANGÉLICA – 2012) Cientistas chineses desenvolveram um tipo de arroz transgênico que tem 10% de seu conteúdo proteico formado pela versão humana da albumina, encontrada no sangue. Cerca de 500 toneladas por ano dessa substância são utilizadas para a produção de vacinas e remédios e para o tratamento de queimaduras e de cirrose. O problema é que a albumina é obtida atualmente por doação de sangue e cultivada em soro. Isso dificulta seu uso em larga escala e aumenta o risco de contaminações, por exemplo, por vírus. Por isso, os chineses resolveram produzi-la no arroz. O trabalho está publicado na revista científica PNAS. (Adaptado do disponível em: ) Considere o texto e conhecimentos sobre biotecnologia para avaliar as afirmativas. d) ( ) Certos vírus e bactérias podem ser utilizados como vetores na transferência de genes específicos entre organismos diferentes. e) ( ) Por sua composição química nutricional, esse arroz sofrerá digestão enzimática na boca, no estômago e no duodeno, nessa sequência. Boca – digestão de carboidratos (amido) pela amilase salivar; Estômago: digestão de proteínas pela pepsina; Duodeno (intestino delgado) pelas enzimas amilase pancreática (resto do amido) e tripsina (resto das proteínas); Intestino delgado termina com a ação das enzimas do suco entérico: maltase digere a maltose e as peptidases que digerem os pequenos peptídeos formando aminoácidos;

37 16. (EVANGÉLICA PR ) O Prêmio Nobel de Química de 2009 foi dividido entre Venkatraman Ramakrishnan e Thomas Steitz, dos Estados Unidos, e Ada Yonath, de Israel, por seus trabalhos sobre a estrutura do ribossomo. Eles criaram modelos em 3D que mostram como diferentes antibióticos atacam o ribossomo. Essa visualização é útil para a criação de novas drogas, para a compreensão de como as bactérias desenvolvem resistência a esses medicamentos – e de meios de contornar essa resistência. O trabalho dos três, além de desvendar um antigo mistério – como o DNA é lido, com grande precisão, pela célula – permitiu a imagem do ribossomo em ação e a compreensão de como antibióticos bloqueiam a função dos ribossomos nas bactérias, desativando-as. A respeito dessa organela celular, avalie as afirmativas. a) ( ) São estruturas que atuam tanto no interior de células eucarióticas como de procarióticas produzindo proteínas, a partir das instruções contidas no DNA. b) ( ) Podendo ser encontrados livres no citosol ou associados às membranas do retículo endoplasmático granular, os ribossomos são constituídos de proteínas associadas a um tipo especial de ácido nucleico, denominado ácido ribonucleico ribossômico (RNA r).

38 16. (EVANGÉLICA PR ) O Prêmio Nobel de Química de 2009 foi dividido entre Venkatraman Ramakrishnan e Thomas Steitz, dos Estados Unidos, e Ada Yonath, de Israel, por seus trabalhos sobre a estrutura do ribossomo. Eles criaram modelos em 3D que mostram como diferentes antibióticos atacam o ribossomo. Essa visualização é útil para a criação de novas drogas, para a compreensão de como as bactérias desenvolvem resistência a esses medicamentos – e de meios de contornar essa resistência. O trabalho dos três, além de desvendar um antigo mistério – como o DNA é lido, com grande precisão, pela célula – permitiu a imagem do ribossomo em ação e a compreensão de como antibióticos bloqueiam a função dos ribossomos nas bactérias, desativando-as. A respeito dessa organela celular, avalie as afirmativas. c) ( ) Os ribossomos participam ainda de outros processos, como a formação do acrossoma do espermatozoide nos animais e a formação da lamela média nos vegetais. d) ( ) São as proteínas criadas pelos ribossomos que constroem e controlam os seres vivos, na escala química. e) ( ) Para a síntese de proteína, o ribossomo deve associar- se a uma molécula de um outro tipo de ácido nucleico, o ácido nucleico transportador (RNAt), que contém a informação genética para a síntese de uma referida proteína. Complexos de Golgi mensageiro (RNAm),

39 38. (EVANGÉLICA PR ) Observe as sequências hipotéticas de aminoácidos presentes em um segmento de uma proteína responsável pela formação dos bicos de quatro espécies aparentadas de tentilhões. Cada letra representa um aminoácido. espécie 1: A B C D E F C V W V P K L M F V L F G A D L L D A H L espécie 2: A B C D E F R V W V P K L M F V L F G A D L L D A H L espécie 3: A B C D E F C V W V P K L M F V L F G A D L L D A L H espécie 4: A B C D E F C V W L M F V L F G A D L L D A H L a) Considerando que as espécies 2, 3 e 4 se originaram da espécie 1, que tipo de mutação ocorreu na proteína de cada uma dessas espécies? O segmento proteico da espécie 2, embora apresente o mesmo número de aminoácidos que o da espécie 1, possui um aminoácido diferente ao longo de sua cadeia, o que caracteriza um tipo de mutação conhecido como substituição (um nucleotídeo foi substituído por outro). No caso da espécie 3, também com o mesmo número de aminoácidos, o que se observa é uma alteração na sequência dos dois últimos aminoácidos, caracterizando uma mutação conhecida como inversão. No caso do segmento proteico da espécie 4, o tipo de mutação que se observa é a deleção, em razão da diminuição do número de aminoácidos presentes em seu segmento.

40 38. (EVANGÉLICA PR ) b) Pode-se afirmar que as sequências idênticas de aminoácidos observadas nos segmentos das proteínas das 4 espécies são sempre codificadas por sequências idênticas de nucleotídeos? Justifique sua resposta. Não, em razão de o código genético ser degenerado, ou seja, um mesmo aminoácido pode ser codificado por mais de um nucleotídeo.

41 14. (EVANGÉLICA – 2009) --- A T G A G T T G G C C T C C T T A C T C A A C C G G A G G A --- A tabela a seguir apresenta alguns códons de RNA mensageiro e os respectivos aminoácidos codificados por eles. Com base nos dados contidos na tabela e com a informação de que a primeira trinca de bases nitrogenadas à esquerda de uma das fitas de DNA, que servirá como molde para a formação do RNA mensageiro, corresponde ao aminoácido metionina, analise as afirmativas subsequentes. a) ( ) A sequencia de bases nitrogenadas do RNA mensageiro transcrito com base no segmento de DNA, que contém como primeira trinca aquela responsável pela codificação da metionina, é: UACUCAACCGGAC. O códon AUG é denominado códon de início de tradução – ele que determina o local da molécula de RNA m que tem início a formação para a cadeia proteica. Sempre é iniciada pela metionina. Portando a cadeia deve começar com AUG e não UAC.

42 14. (EVANGÉLICA – 2009) --- A T G A G T T G G C C T T A C T C A A C C G G A --- A tabela a seguir apresenta alguns códons de RNA mensageiro e os respectivos aminoácidos codificados por eles. Com base nos dados contidos na tabela e com a informação de que a primeira trinca de bases nitrogenadas à esquerda de uma das fitas de DNA, que servirá como molde para a formação do RNA mensageiro, corresponde ao aminoácido metionina, analise as afirmativas subsequentes. b) ( ) Os três aminoácidos seguintes à metionina, no polipeptídio codificado por esse gene, são: serina, triptofano e prolina. Cadeia do DNA - T A C T C A A C C G G A --- Cadeia do RNAm - A U G A G U U G G C C U --- AUG = metionina; AGU = serina; UGG = triptofano; CCU = prolina;

43 14. (EVANGÉLICA – 2009) --- A T G A G T T G G C C T T A C T C A A C C G G A --- A tabela a seguir apresenta alguns códons de RNA mensageiro e os respectivos aminoácidos codificados por eles. Com base nos dados contidos na tabela e com a informação de que a primeira trinca de bases nitrogenadas à esquerda de uma das fitas de DNA, que servirá como molde para a formação do RNA mensageiro, corresponde ao aminoácido metionina, analise as afirmativas subsequentes. c) ( ) A deleção do sexto nucleotídeo nesse segmento de DNA não altera a colocação do aminoácido serina na segunda posição da nova sequencia do polipeptídeo mutante.

44 14. (EVANGÉLICA – 2009) --- A T G A G T T G G C C T C C T T A C T C A A C C G G A G G A --- A tabela a seguir apresenta alguns códons de RNA mensageiro e os respectivos aminoácidos codificados por eles. Com base nos dados contidos na tabela e com a informação de que a primeira trinca de bases nitrogenadas à esquerda de uma das fitas de DNA, que servirá como molde para a formação do RNA mensageiro, corresponde ao aminoácido metionina, analise as afirmativas subsequentes. d) ( ) Independentemente da fita de DNA, que vai ser utilizada para a transcrição do gene, a molécula de proteína formada irá conter a mesma sequencia de aminoácidos. Se ocorrer uma deleção de uma base o aminoácido poderá ser diferente e assim a sequência não será a mesma.

45 14. (EVANGÉLICA – 2009) --- A T G A G T T G G C C T C C T T A C T C A A C C G G A G G A --- A tabela a seguir apresenta alguns códons de RNA mensageiro e os respectivos aminoácidos codificados por eles. Com base nos dados contidos na tabela e com a informação de que a primeira trinca de bases nitrogenadas à esquerda de uma das fitas de DNA, que servirá como molde para a formação do RNA mensageiro, corresponde ao aminoácido metionina, analise as afirmativas subsequentes. e) ( ) Desde que mantido seu número, a disposição dos aminoácidos em uma cadeia polipeptídica não altera o tipo de proteína a ser formado. A disposição ou ordem dos aminoácidos altera a proteína.

46

47 15. ( EVANGÉLICA – 2011) Pequenas pedras de formatos irregulares, fumadas em cachimbos na maioria das vezes improvisados, o crack é uma mistura de cocaína em pó, amônia ou bicarbonato de sódio e água destilada. Recebeu esse nome porque faz um pequeno estralo na combustão, quando fumado. Por ser mais barato e de efeito menos duradouro, o crack é mais consumido que a cocaína. A ação do crack sobre o sistema nervoso central provoca aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial, dilatação das pupilas, suor intenso, tremores, excitação, maior aptidão física e mental. Os efeitos psicológicos são euforia e sensação de poder. Atualmente, o crack é uma das drogas que mais causam devastação no organismo do usuário. Com base no texto e em conhecimentos de Biologia, avalie as afirmativas. a) ( ) Além de afetar o sistema nervoso central, o crack danifica o epitélio pseudoestratificado ciliado que reveste a traqueia e os brônquios. b) ( ) De modo geral, o efeito do crack sobre o sistema nervoso parassimpático implica respostas fisiológicas que mobilizam a liberação de energia, aumentando a potência muscular. Parassimpático faz parte do SNP autônomo. O controle da contração muscular é feito pelo SNP somático;

48 15. (EVANGÉLICA – 2011) Pequenas pedras de formatos irregulares, fumadas em cachimbos na maioria das vezes improvisados, o crack é uma mistura de cocaína em pó, amônia ou bicarbonato de sódio e água destilada. Recebeu esse nome porque faz um pequeno estralo na combustão, quando fumado. Por ser mais barato e de efeito menos duradouro, o crack é mais consumido que a cocaína. A ação do crack sobre o sistema nervoso central provoca aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial, dilatação das pupilas, suor intenso, tremores, excitação, maior aptidão física e mental. Os efeitos psicológicos são euforia e sensação de poder. Atualmente, o crack é uma das drogas que mais causam devastação no organismo do usuário. Com base no texto e em conhecimentos de Biologia, avalie as afirmativas. c) ( ) O tecido nervoso é constituído por células dotadas de prolongamentos, os dendritos e o axônio. Na interação entre dois neurônios, não há continuidade citoplasmática, mas uma estreita relação fisiológica denominada sinapse. d) ( ) Os efeitos de euforia, excitação e sensação de poder são resultado da atuação do crack sobre o sistema nervoso autônomo. e) ( ) Um dos componentes do crack, a amônia, é o principal produto de excreção nitrogenada de todos os mamíferos. central. Principal excreta dos mamíferos é a ureia.

49 20. (EVANGÉLICA – 2011) Pesquisadores da Universidade Federal Fluminense identificaram pela primeira vez que o extrato do barbatimão (Stryphnodendron barbatiman) inibe o veneno da serpente surucucu (Lachesis muta). A pesquisa poderá levar à produção de um medicamento específico contra a ação da peçonha dessa serpente. Atualmente, em acidentes com essa espécie, a opção é aplicar um soro polivalente, com risco de fortes reações alérgicas e anafilaxia. Em 100% dos casos, a substância extraída da planta cessou a hemorragia causada pelo veneno, enquanto a eficácia do soro é de 70% a 80%. Além disso, o soro antiofídico comum precisa ser armazenado em condições especiais, em geladeira, havendo ainda dificuldade de distribuição em regiões de difícil acesso no País. (O ESTADO DE S. PAULO, 20 jul. 2010) Considere as informações e julgue as afirmativas. a) ( ) A aplicação do soro baseia-se no princípio da imunidade passiva, pois haverá um animal doador e outro receptor de anticorpos prontos, que será o imunizado.

50 20. (EVANGÉLICA – 2011) Além disso, o soro antiofídico comum precisa ser armazenado em condições especiais, em geladeira, havendo ainda dificuldade de distribuição em regiões de difícil acesso no País. (O ESTADO DE S. PAULO, 20 jul. 2010) Considere as informações e julgue as afirmativas. b) ( ) A serpente surucucu é um réptil dioico, com respiração pulmonar e rins mesonéfricos, que eliminam uma urina diluída e rica em ureia. c) ( ) É provável que o princípio antiofídico do barbatimão esteja concentrado no citoplasma das células adultas do esclerênquima. metanéfricos, urina concentrada ácido úrico. Esclerênquima é tecido de sustentação dos vegetais formado por células mortas, portanto não tem citoplasma.

51 20. (EVANGÉLICA – 2011) Além disso, o soro antiofídico comum precisa ser armazenado em condições especiais, em geladeira, havendo ainda dificuldade de distribuição em regiões de difícil acesso no País. (O ESTADO DE S. PAULO, 20 jul. 2010) Considere as informações e julgue as afirmativas. d) ( ) Células do tecido conjuntivo propriamente dito, como os mastócitos, são capazes de produzir substâncias como a histamina, que está envolvida nas reações alérgicas e na anafilaxia. e) ( ) A peçonha de serpentes como a surucucu pode ser inoculada por meio de presas da série solenóglifa.

52 13. ( EVANGÉLICA – 2010 ) Ying Shi sentiu na pele a violência de uma gangue na China. A mulher de 26 anos foi atacada por um grupo de marginais em Xangai. Assaltada, ela teve uma faca totalmente cravada em suas nádegas, mas não se deu conta do objeto intruso. "Tudo o que me lembro daquela noite foi uma dor nas costas. Pensei que eles tinham apenas me cortado; não percebi que toda a lâmina estava dentro de mim", contou Ying. Os médicos foram chamados para tratar de dores estomacais quatro horas depois do ataque, segundo o relato da chinesa. Mas quando olharam o raio-X tomaram um susto: lá estava a faca!

53 13. (EVANGÉLICA – 2010) Com base no texto e em conhecimentos sobre o assunto, pode-se afirmar que: a) ( ) a faca rompeu o tecido epitelial de revestimento. Esse tecido apresenta vários tipos celulares e escassez de substâncias intercelulares, vasos sanguíneos e nervos; suas células justapostas evitam penetração de microrganismos; b) ( ) outro tecido atingido foi o adiposo, constituído principalmente por adipócitos, células com intensa atividade metabólica na síntese e armazenamento de lipídios; c) ( ) o ferimento mobilizou o sistema imunológico da vítima; entre outras células sanguíneas, os leucócitos migraram para a região, realizando diapedese e atividade fagocitária; Tecido epitelial não é vascularizado e o que evita a penetração de microrganismo é a queratina na epiderme; Tecido adiposo tem baixa atividade metabólica;

54 13. (EVANGÉLICA – 2010) Com base no texto e em conhecimentos sobre o assunto, pode-se afirmar que: d) ( ) a lâmina penetrou no glúteo, constituído por tecido muscular, capaz de contrações súbitas, sob o controle da vontade. Suas células são alongadas, cilíndricas e multinucleadas, com estrias transversais formadas pela disposição regular de miofibrilas no citoplasma; e) ( ) se vasos sanguíneos foram cortados, desencadeou-se o processo de coagulação, com a participação da enzima tromboquinase, que, em presença da vitamina K e do Ca++, tem a capacidade de converter trombina em fibrinogênio. A enzima é a tromboplastina, que na presença de Vitamina K e Cálcio transforma protrombina em trombina; Trombina catalisa a transformação do fibrinogênio em fibrina.

55 16. ( EVANGÉLICA – 2011) A Síndrome de Marfan é uma doença do tecido conjuntivo, causada por um par de alelos, com padrão de transmissão autossômico dominante. Por apresentar um quadro clínico muito variado, mesmo dentro de uma mesma família, diz-se que a Síndrome de Marfan se apresenta com expressividade variável. As principais manifestações clínicas da doença concentram-se em três sistemas: no esquelético, caracterizado por alta estatura, escoliose, braços e mãos alongadas, além de deformidade torácica; no cardíaco, caracterizado por prolapso de válvula mitral e dilatação da aorta; e no ocular, caracterizado por miopia e luxação do cristalino. Com base no texto e em conhecimentos de Biologia avalie as afirmativas. a) ( ) A válvula mitral, localizada entre o ventrículo e o átrio esquerdos, atua na passagem do sangue, não permitindo seu retorno ou refluxo ao átrio. b) ( ) Denomina-se pleiotropia a capacidade de um par de alelos determinar o surgimento simultâneo de mais de um efeito no organismo. Epistasia: caso de um gene que impede a expressão dos alelos de outro par, que pode ou não estar no mesmo par de cromossomos homólogos. O alelo que expressa a ação inibitória é o epistático e o que sofre a inibição é denominado hipostático.

56 16.(EVANGÉLICA – 2011) A Síndrome de Marfan é uma doença do tecido conjuntivo, causada por um par de alelos, com padrão de transmissão autossômico dominante. Por apresentar um quadro clínico muito variado, mesmo dentro de uma mesma família, diz-se que a Síndrome de Marfan se apresenta com expressividade variável. As principais manifestações clínicas da doença concentram-se em três sistemas: no esquelético, caracterizado por alta estatura, escoliose, braços e mãos alongadas, além de deformidade torácica; no cardíaco, caracterizado por prolapso de válvula mitral e dilatação da aorta; e no ocular, caracterizado por miopia e luxação do cristalino. Com base no texto e em conhecimentos de Biologia avalie as afirmativas. c) ( ) Apesar de possuir terminações nervosas, o tecido conjuntivo não apresenta vasos sanguíneos e a nutrição de suas células é feita por difusão. d) ( ) A glândula tireóide é a responsável pela liberação do hormônio tiroxina. Uma disfunção desta glândula pode levar ao nanismo ou ao gigantismo. Tecido conjuntivo em geral é vascularizado. O cartilaginoso é o único não vascularizado. Nutrição pelo pericôndrio. Nanismo, gigantismo e acromegalia é devido a problemas com a secreção do hormônio do crescimento (GH ou STH) pela hipófise.

57 16. (EVANGÉLICA – 2011) A Síndrome de Marfan é uma doença do tecido conjuntivo, causada por um par de alelos, com padrão de transmissão autossômico dominante. Por apresentar um quadro clínico muito variado, mesmo dentro de uma mesma família, diz-se que a Síndrome de Marfan se apresenta com expressividade variável. As principais manifestações clínicas da doença concentram-se em três sistemas: no esquelético, caracterizado por alta estatura, escoliose, braços e mãos alongadas, além de deformidade torácica; no cardíaco, caracterizado por prolapso de válvula mitral e dilatação da aorta; e no ocular, caracterizado por miopia e luxação do cristalino. Com base no texto e em conhecimentos de Biologia avalie as afirmativas. e) ( ) O excesso do hormônio do crescimento na fase adulta ocasiona um crescimento anormal de algumas regiões do corpo, como mandíbula, mãos e pés, denominado acromegalia.

58

59 18. (EVANGÉLICA PR ) A produção e o consumo de carnes no mundo passaram recentemente a sofrer uma série de questionamentos. Uma pesquisa dirigida por Anthony McMichael, do Centro Nacional de Epidemiologia e de Saúde das Populações de Canberra (Austrália) evidencia que uma redução substancial do consumo de carnes de mamíferos (bois, porcos e ovelhas) nos países ricos seria bastante benéfica para a saúde, principalmente porque se reduzem os riscos de doenças cardiovasculares [...] obesidade, distúrbios metabólicos, câncer colo-retal e talvez outros tipos de câncer [...] (Disponível em: BBC Brasil. Acesso em: 19 set. 2009) a) ( ) Os gases resultantes dos processos digestório de animais de criação, em especial o metano, eliminados por flatulências e eructações são determinantes para intensificar o efeito estufa. b) ( ) As florestas queimadas para formar pastagens fertilizam o solo com as cinzas, mas liberam CO 2 durante a combustão e deixam de extrair o CO 2 atmosférico, o que contribui para intensificar o efeito estufa.

60 18. (EVANGÉLICA PR ) A produção e o consumo de carnes no mundo passaram recentemente a sofrer uma série de questionamentos. Uma pesquisa dirigida por Anthony McMichael, do Centro Nacional de Epidemiologia e de Saúde das Populações de Canberra (Austrália) evidencia que uma redução substancial do consumo de carnes de mamíferos (bois, porcos e ovelhas) nos países ricos seria bastante benéfica para a saúde, principalmente porque se reduzem os riscos de doenças cardiovasculares [...] obesidade, distúrbios metabólicos, câncer colo-retal e talvez outros tipos de câncer [...] (Disponível em: BBC Brasil. Acesso em: 19 set. 2009) c) ( ) O boi (Bos taurus) é um mamífero artiodáctilo, ruminante, dotado de um estômago poligástrico, cujo rumem abriga uma população de microrganismos, como bactérias e protozoários, associados à digestão da celulose. d) ( ) A carne é tecido muscular estriado esquelético, de contração involuntária, com possíveis infiltrações de lipídios. Sua digestão fornece aminoácidos, ácidos graxos e sais minerais, como o ferro presente nas moléculas de colágeno. e) ( ) Sob o ponto de vista do fluxo e aproveitamento energético nos ecossistemas, seria ambientalmente mais rentável, se o homem passasse a comer os cereais plantados para nutrir os bois em vez de comer os bois. voluntária, hemoglobina.

61 19. (EVANGÉLICA PR ) Uma onça-pintada (Panthera onca), símbolo do Parque Nacional do Iguaçu, foi atropelada neste sábado (28) na rodovia que passa dentro da reserva. A onça foi encontrada morta na beira da estrada, dentro do parque. O animal era um macho, jovem, de aproximadamente 70 quilos. De acordo com a Polícia Florestal, o atropelamento ocorreu durante a madrugada. O risco de extinção da onça-pintada no Parque Nacional do Iguaçu foi diagnosticado quando o Projeto Carnívoros do Iguaçu foi criado. Cálculos revelaram, em março de 1990, que a reserva tem condições para abrigar 170 onças-pintadas. Mas já naquela época estimavam que a população da espécie não chegasse a 150 animais. Apesar de ser impossível quantificar o número atual, os biólogos acreditam que a população não passe de 10 animais. ( Adaptado do disponível em:. 28 mar. 2009) Considere as informações do texto e avalie as afirmativas. a) ( ) Sem a onça, as presas que lhe servem de alimento (anta, veado, queixada...) terão condições de exercer todo seu potencial biótico, pois o principal fator de resistência do meio foi removido. Potencial biótico ou reprodutivo é a capacidade de uma população crescer em condições ideais (de espaço, alimento, temperatura) e longe da influência de predadores, parasitas e competidores. Portanto não terão condições de exercer todo seu PB.

62 19. (EVANGÉLICA PR ) Uma onça-pintada (Panthera onca), símbolo do Parque Nacional do Iguaçu, foi atropelada neste sábado (28) na rodovia que passa dentro da reserva. A onça foi encontrada morta na beira da estrada, dentro do parque. O animal era um macho, jovem, de aproximadamente 70 quilos. De acordo com a Polícia Florestal, o atropelamento ocorreu durante a madrugada. O risco de extinção da onça-pintada no Parque Nacional do Iguaçu foi diagnosticado quando o Projeto Carnívoros do Iguaçu foi criado. Cálculos revelaram, em março de 1990, que a reserva tem condições para abrigar 170 onças-pintadas. Mas já naquela época estimavam que a população da espécie não chegasse a 150 animais. Apesar de ser impossível quantificar o número atual, os biólogos acreditam que a população não passe de 10 animais. ( Adaptado do disponível em:. 28 mar. 2009) Considere as informações do texto e avalie as afirmativas. b) ( ) A ação criminosa de caçadores e fazendeiros reduz a variabilidade genética da população pela eliminação de indivíduos imaturos saudáveis, o que diminui a possibilidade de as onças realizarem cruzamentos endogâmicos. Endogamia é um sistema em que os acasalamentos se dão entre indivíduos aparentados, ou seja, é a união de indivíduos mais aparentados do que a média da população. Tem como efeito genético a diminuição da heterozigose e o aumento da homozigose, e, como efeito fenotípico, uma grande manifestação de genes recessivos, que acabam resultando em perda de vigor, assim como a perda da variância, à medida que aumenta o parentesco. aumenta

63 19. (EVANGÉLICA PR ) Uma onça-pintada (Panthera onca), símbolo do Parque Nacional do Iguaçu, foi atropelada neste sábado (28) na rodovia que passa dentro da reserva. A onça foi encontrada morta na beira da estrada, dentro do parque. O animal era um macho, jovem, de aproximadamente 70 quilos. De acordo com a Polícia Florestal, o atropelamento ocorreu durante a madrugada. O risco de extinção da onça-pintada no Parque Nacional do Iguaçu foi diagnosticado quando o Projeto Carnívoros do Iguaçu foi criado. Cálculos revelaram, em março de 1990, que a reserva tem condições para abrigar 170 onças-pintadas. Mas já naquela época estimavam que a população da espécie não chegasse a 150 animais. Apesar de ser impossível quantificar o número atual, os biólogos acreditam que a população não passe de 10 animais. ( Adaptado do disponível em:. 28 mar. 2009) Considere as informações do texto e avalie as afirmativas. c) ( ) A população de onças corre risco de sofrer um cerco genético por ter o cruzamento endogâmico como principal opção reprodutiva. Os animais podem nascer estéreis e perder a resistência garantida pela heterogeneidade. d) ( ) Conforme as regras de nomenclatura biológica, a população de onças-pintadas que habita o parque pertence ao gênero Panthera, família felidae, ordem carnívora, classe mammalia e subespécie Panthera onca. e) ( ) Se a capacidade limite para a população de onças fosse superada em 10 animais, haveria prejuízo, tanto para a população de herbívoros quanto para a de outros carnívoros. espécie

64 18. (EVANGÉLICA – PR – 2009) Um dos mais sérios problemas ambientais da atualidade é a constante emissão de subprodutos de indústrias químicas, os quais, por não serem naturalmente de compostos, vão acumulando-se no ambiente, causando uma série de desequilíbrios. Esses subprodutos, quando ingeridos pelos seres vivos, podem causar diversos distúrbios metabólicos. Com base nessas informações, analise a tira abaixo e, a seguir, avalie as afirmativas. a) ( ) Na cadeia alimentar representada na tira, a energia se acumula ao longo de quatro níveis tróficos; o inseto representa o papel de produtor e o homem o de consumidor terciário. Inseto nunca será produtor, não realiza a produção do alimento. O inseto é um consumidor (1º ou 2º).

65 b) ( ) De acordo com a tira, o veneno lançado no ambiente, por não ser biodegradável, acaba entrando nas cadeias alimentares, diluindo-se ao longo dos níveis tróficos. c) ( ) A tira retrata um fenômeno bastante conhecido em ecologia – a eutrofização – que aparece em consequência da descarga de poluentes não degradáveis no ambiente. d) ( ) Por possuir a pele nua e glandular, sem qualquer proteção em seu corpo, a rã é o animal mais afetado pelo poluente atmosférico nessa cadeia alimentar. e) ( ) De acordo com as informações contidas na tira, pode-se concluir que o penúltimo nível da cadeia alimentar ingere, aproximadamente 1,0 grama do veneno. 18. (EVANGÉLICA – PR – 2009) acumulando-se ao a magnificação trófica O mais afetado é o homem devido ao acúmulo de poluentes;

66 37. (EVANGÉLICA – 2013) Por causa do estabelecimento de uma área de proteção à espécie, agora havia grandes áreas destinadas ao pasto com abundância de capins e água, sem a competição dos fazendeiros e seus rebanhos. Com a proibição da caça e diminuição de predadores, o rebanho de veados de Kaibab tinha tudo a seu favor para bem viver e reproduzir. Porém... a) Comentando os dados do gráfico, explique a variação populacional ocorrida em Kaibab. A morte dos predadores representou suprimir um dos principais mecanismos de resistência do meio e permitiu um crescimento exagerado da população de veados até Isso levou à degradação excessiva das pastagens, tanto pelo consumo excessivo como por seu pisoteamento, provocando morte generalizada e levando o tamanho da população retornar aos níveis iniciais.

67 b) Explique o conceito de cadeia alimentar. A cadeia alimentar é uma sequência de seres vivos que dependem uns dos outros para se nutrirem. É a maneira de expressar as relações de alimentação entre os organismos de um ecossistema, incluindo os produtores, os consumidores (herbívoros e seus predadores, os carnívoros) e os decompositores. Ao longo da cadeia alimentar há uma transferência de energia e de nutrientes, sempre no sentido dos produtores para os consumidores. A transferência de nutrientes fecha-se com o retorno dos nutrientes aos produtores, possibilitado pelos decompositores que transformam a matéria orgânica dos cadáveres e excrementos em compostos mais simples, num ciclo de transferência de nutrientes. A energia, por outro lado, é utilizada por todos os seres que se inserem na cadeia alimentar para sustentar suas funções, diminuindo ao longo da cadeia alimentar (perde-se na forma de calor), não sendo reaproveitável. A posição que cada um ocupa na cadeia alimentar é um nível hierárquico que os classifica entre produtores (como as plantas e algas), consumidores (como os animais) e decompositores (fungos e bactérias).

68 c) Diferencie produtividade primária bruta de produtividade primária líquida. A atividade de um ecossistema pode ser avaliada pela produtividade primária bruta (PPB), que corresponde ao total de matéria orgânica produzida em gramas, durante certo tempo, em uma certa área ambiental: PPB = massa de matéria orgânica produzida/tempo/área. Descontando desse total a quantidade de matéria orgânica consumida pela comunidade, durante esse período, na respiração (R), temos a produtividade primária líquida (PPL), que pode ser representada pela equação: PPL = PPB – R. A produtividade de um ecossistema depende de diversos fatores, e, entre eles, os mais importantes são a luz, a água, o gás carbônico e a disponibilidade de nutrientes. PPL (Produtividade Primária Líquida): toda energia que os produtores armazenam pela fotossíntese (PPB) menos o que eles gastam na respiração (R). Assim, a PPL é o que o consumidor primário vai ter disponível do produtor.

69 37. (EVANGÉLICA ) Em um determinado ecossistema dulcícola, habitado por diversas espécies de peixes de pequeno porte, como barrigudinhos (Poecilia sp) e lambaris (Astyanax sp), foram introduzidos alguns casais de traíras (Hoplias sp), que são peixes carnívoros. O gráfico a seguir demonstra as variações provocadas pela presença desse predador nas populações de seres vivos ali existentes.

70 37. (EVANGÉLICA – 2012) Com base nos dados e em conhecimentos sobre o assunto, faça o que se pede. a) Após a introdução das traíras, qual curva indica a tendência da variação da população dos produtores fitoplanctônicos nesse ecossistema? Justifique sua resposta. A curva B, pois com a introdução das traíras, que são carnívoras (consumidor secundário), a população de algas aumenta, até novo equilíbrio. Afinal, as traíras se alimentam de alguns peixes que consomem as algas.

71 37. (EVANGÉLICA – 2012) b) Qual será a densidade populacional dos lambaris quando atingirem 700 indivíduos por litros de água? Densidade = nº de indivíduos/ volume/área; 700 / = 0,07 indivíduos / litro de água c) Quais serão as prováveis consequências ambientais se nesse ecossistema dulcícola for introduzida uma grande quantidade de fosfatos e nitratos? Justifique sua resposta. Ocorrerá proliferação excessiva das algas e o ambiente se tornará hipereutrófico. Por consequência, haverá mortandade de muitos organismos, caracterizando a eutrofização.

72 38. (EVANGÉLICA – 2011) Um monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) revela que o Estado campeão nas queimadas é Mato Grosso, que chegou a focos durante o período de registro do INPE. Mato Grosso do Sul é o segundo, com 118 focos de queimadas, e o Pará ficou em terceiro, com 96. De acordo com o Resumo do Monitoramento de Queimadas por Satélites do INPE, esse ranking baseou-se no período de meia-noite de 20 de setembro (segunda-feira) até 13h30 de 22 de setembro. ( FOLHA DE S.PAULO, 22 set Plantão) Com base no texto e em conhecimentos sobre Ecologia, responda ao que se pede. a) Se a área queimada for abandonada, e não ocupada por pasto ou agricultura, que tipo de sucessão ecológica deverá ocorrer? Sucessão secundária.

73 03. (EVANGÉLICA – 2012) Um monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) revela que o Estado campeão nas queimadas é Mato Grosso, que chegou a focos durante o período de registro do INPE. Mato Grosso do Sul é o segundo, com 118 focos de queimadas, e o Pará ficou em terceiro, com 96. De acordo com o Resumo do Monitoramento de Queimadas por Satélites do INPE, esse ranking baseou-se no período de meia-noite de 20 de setembro (segunda-feira) até 13h30 de 22 de setembro. ( FOLHA DE S.PAULO, 22 set Plantão) Com base no texto e em conhecimentos sobre Ecologia, responda ao que se pede. b) O que acontecerá em relação à produtividade primária, biodiversidade e complexidade das cadeias alimentares ao longo do processo de sucessão? Haverá um aumento na produtividade primária, na biodiversidade e na complexidade das cadeias alimentares.

74 03. (EVANGÉLICA – 2012) Um monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) revela que o Estado campeão nas queimadas é Mato Grosso, que chegou a focos durante o período de registro do INPE. Mato Grosso do Sul é o segundo, com 118 focos de queimadas, e o Pará ficou em terceiro, com 96. De acordo com o Resumo do Monitoramento de Queimadas por Satélites do INPE, esse ranking baseou-se no período de meia-noite de 20 de setembro (segunda-feira) até 13h30 de 22 de setembro. ( FOLHA DE S.PAULO, 22 set Plantão) Com base no texto e em conhecimentos sobre Ecologia, responda ao que se pede. c) Supondo que todas as bactérias nitrificantes do solo morressem durante a queimada, quais as etapas do ciclo do nitrogênio ficariam comprometidas? Explique resumidamente essas etapas. A nitrosação, que é a produção de nitrito a partir de amônia por bactérias Nitrosomonas. A nitração, que é a conversão de nitritos em nitratos por bactérias do gênero Nitrobacter.

75

76 20. (EVANGÉLICA – 2013) Sobre vermes e verminoses, julgue as afirmativas que se seguem. a) ( ) Teníase e oxiurose são doenças causadas por platelmintos da classe Cestoda, representada por parasitas intestinais do gênero Taenia sp. Em razão desse modo de vida, esses indivíduos não possuem sistema digestório, pois absorvem nutrientes digeridos pelo hospedeiro. b) ( ) A ascaridíase é uma parasitose intestinal causada por Ascaris lumbricoides. É a verminose mais difundida no mundo. O parasita apresenta dimorfismo sexual, com machos de cauda enrolada e menores que as fêmeas. c) ( ) A ancilostomose é uma doença causada por vermes nematódeos das espécies Necator americanus e Ancylostoma brasiliensis. As formas adultas desses parasitas se instalam no sistema digestório de humanos, cães e gatos, onde se fixam no intestino delgado, nutrindo-se de sangue e causando anemia. Teníase é causada por platelminto (Taenia sp) e oxiurose por nematoda (Enterobius vermiculares); duodenale

77 20. (EVANGÉLICA – 2013) Sobre vermes e verminoses, julgue as afirmativas que se seguem. d) ( ) Enterobius vermicularis, Ancylostoma duodenale e Ascaris lumbricoides são exemplos de vermes nematoides considerados monóxenos, pois possuem um único hospedeiro. e) ( ) A teníase é adquirida pelo homem quando ele ingere carne suína com ovos de Taenia, que evoluem para a forma adulta no intestino delgado. O verme adulto se fixa e começa a expelir proglótide com ovos, que são eliminados nas fezes e contaminam o solo, a água e os alimentos. larva cisticercos

78 20. (EVANGÉLICA ) Um jovem pesquisador da Tanzânia desenvolveu uma armadilha de "chulé" artificial, que atrai quatro vezes mais o mosquito causador da malária do que outros meios de combate tradicionais. O experimento de Fredros Okumu baseou-se na pesquisa do holandês Bart Knols, que há mais de uma década concluiu que o odor dos pés é um atrativo para moscas e mosquitos. A equipe de Okumu, do Instituto de Ifakara, na Tanzânia, desenvolveu um odor artificial que, colocado numa armadilha, pode atrair mosquitos num raio de 110 m. Por conter substâncias venenosas em sua composição, o cheiro acaba matando os insetos. A fundação Bill e Melinda Gates e a Grand Challenge Canada concederam um prêmio de US$ 775 mil à equipe de Okumu, para que dê continuidade aos estudos. (Adaptado do disponível em: ) Considere o texto e avalie as afirmativas que se seguem.

79 20. (EVANGÉLICA ) Considere o texto e avalie as afirmativas que se seguem. a) ( ) A infecção humana inicia-se quando uma fêmea de Anopheles inocula esporozoítos de plasmódios presentes em suas glândulas salivares durante a hematofagia. b) ( ) A anemia falciforme é uma doença genética recessiva. No entanto,os indivíduos que apresentam heterozigose são parcialmente resistentes à malária. c) ( ) No Brasil, o mosquito Haemagogous transmite a febre amarela silvestre. No ambiente urbano, a febre amarela é transmitida pelo mosquito Aedes aegypty.

80 20. (EVANGÉLICA ) Considere o texto e avalie as afirmativas que se seguem. d) ( ) No combate aos mosquitos transmissores, o uso de pesticidas como o DDT desencadeia o fenômeno da magnificação trófica. e) ( ) O plasmódio desenvolve um ciclo assexuado dentro do organismo do mosquito e um sexuado no organismo humano. homem do mosquito.

81 18. (EVANGÉLICA – 2011) O Brasil está mais perto de se tornar o primeiro produtor mundial da vacina contra a esquistossomose, doença provocada por um verme que atinge 200 milhões de pessoas em 74 países e causa 200 mil mortes por ano. Vinte anos depois de pesquisadores de a Fundação Oswaldo Cruz terem descoberto a proteína SM14, que dá imunidade contra o verme Schistosoma mansoni, a empresa brasileira Ourofino se prepara para produzir a vacina. A expectativa é que o produto esteja disponível até No Brasil, estima-se que a esquistossomose atinge 8% da população, principalmente no Nordeste e no Sul de Minas Gerais. A respeito do assunto, avalie as afirmativas. a) ( ) Os vermes são dioicos e fusiformes; o macho é mais grosso e possui uma calha longitudinal no corpo, na qual a fêmea, mais longa e fina, se aloja permanentemente. Se aloja somente durante a reprodução.

82 18. (EVANGÉLICA – 2011) A respeito do assunto, avalie as afirmativas. b) ( ) Os ovos podem estar presentes nas fezes do hospedeiro definitivo; são bastante característicos e apresentam um espinho afiado que lesa os tecidos do hospedeiro, quando expelidos. c) ( ) Os esporocistos são formas unicelulares que nascem dos ovos expelidos nas fezes humanas; vivem em lagos ou rios, na forma livre, e são infecciosos para o caracol. Os esporocistos não são unicelulares. Do ovo expelido pelo homem surge a larva miracídio, que penetra no caracol.

83 18. (EVANGÉLICA – 2011) A respeito do assunto, avalie as afirmativas. d) ( ) Os miracídios são as formas pluricelulares que fornecem os antígenos para a produção das vacinas. e) ( ) As cercárias são formas larvares multicelulares com caudas bífidas; abandonam o molusco e penetram ativamente na pele ou em mucosas dos seres humanos. As cercárias

84 13. (EVANGÉLICA – 2009) Carl von Linné (1707–1778), naturalista e botânico sueco, professor da Universidade de Upsala, conhecido como Carlos Lineu, em português, é considerado fundador do moderno sistema de classificação dos seres vivos, um dos “pais” da Ecologia moderna e maior sistemata de todos os tempos. Em sua obra Systema Naturae, propôs uma forma simples e precisa de identificar os seres vivos por intermédio do que denominou “unidade básica de classificação”, ou “espécie”. Um exemplo: a cobra conhecida popularmente como jararaca é classificada, segundo o modelo de Lineu, como Bothrops jararaca. Considerando o processo de classificação acima referido, avalie as afirmativas. a) ( ) O nome específico de um organismo é sempre composto de duas palavras: a primeira designa a espécie; a segunda, a subespécie. b) ( ) O nome subgenérico dessa cobra é jararaca, e o nome genérico é Bothrops sp. o gênero; o epíteto específico ou unidade de classificação espécie. popular/epíteto específico do gênero é Bothrops.

85 13. (EVANGÉLICA – 2009) Um exemplo: a cobra conhecida popularmente como jararaca é classificada, segundo o modelo de Lineu, como Bothrops jararaca. Considerando o processo de classificação acima referido, avalie as afirmativas. c) ( ) Deve haver maior grau de parentesco entre Bothrops asper e Euproctus asper do que entre Bothriechis aurifer e Bothriechis lateralis. d) ( ) As espécies Bothrops insularis e Bothrops atrox devem pertencer à mesma família e à mesma ordem da Bothrops jararaca. e) ( ) A espécie Bothrops jararaca inclui o gênero Bothrops, seguido de seu epíteto específico: jararaca. Há maior grau de parentesco entre organismos do mesmo gênero – Bothiriechis aurifer e Bothriechis lateralis.

86 17. (EVANGÉLICA ) Um réptil da Nova Zelândia terá o que pode ser sua primeira ninhada aos 111 anos de idade. Segundo os tratadores, Henry, um tuatara – tipo de réptil encontrado apenas na Nova Zelândia – nunca tinha demonstrado interesse pelas fêmeas de sua espécie, durante os quase 40 anos de cativeiro. Mas sua parceira, Mildred, que tem cerca de 80 anos, pôs 12 ovos em julho; 11 deles foram fecundados, e os filhotes podem nascer em seis meses. Os 11 ovos estão sendo mantidos em uma incubadora. Esses animais são considerados fósseis vivos por serem tão antigos quanto os dinossauros e serem os últimos remanescentes de seu gênero. Há apenas duas espécies de tuataras: Sphenodon punctatus e Sphenodon guntheri. Com base em conhecimentos sobre os répteis, avalie as afirmativas. a) ( ) São animais cordados, vertebrados, protostômios, tetrápodes, celomados, amniotas, pecilotérmicos, e possuem esqueleto predominantemente ósseo. deuterostômios,

87 17. (EVANGÉLICA – 2009) Com base em conhecimentos sobre os répteis, avalie as afirmativas. b) ( ) O ventrículo único dos répteis não crocodilianos é parcialmente dividido pelo septo de Sabatier, o que torna a mistura de sangue arterial e venoso apenas parcial. O sangue que flui pela circulação sistêmica para os tecidos do corpo é mais saturado em oxigênio do que aquele recebido pelos tecidos dos anfíbios. c) ( ) A articulação do crânio com a 1ª vértebra é feita por apenas um côndilo occipital.

88 17. (EVANGÉLICA – 2009) Com base em conhecimentos sobre os répteis, avalie as afirmativas. d) ( ) Todos possuem boca com dentes, exceto as tartarugas, que possuem bico. O tubo digestório é completo e termina na cloaca, com os aparelhos reprodutor e excretor. e) ( ) O ovo do tuatara apresenta o alantóide que permite o armazenamento de resíduos metabólicos e realiza trocas gasosas com o ar que penetra pela casca porosa.

89 19. (EVANGÉLICA – 2011) As novas regras estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para a compra de antibióticos entram em vigor em 28 de novembro de A partir de então, a receita médica para a compra de antibióticos terá de ser expedida em duas vias (uma ficará retida na farmácia e outra devolvida carimbada ao consumidor que não poderá usá-la novamente). O rótulo também irá mudar. Na tarja vermelha do produto, deverá vir escrito “Só pode ser vendido com retenção da receita médica”. A discussão sobre as novas regras foi acelerada por causa das recentes infecções e mortes provocadas por superbactérias como a KPC (Klebsiella pneumoniae carbapenemase), que matou ao menos 18 pessoas no Distrito Federal, neste ano, e 24 em São Paulo, desde julho de Considere o texto e conhecimentos sobre o assunto para avaliar as afirmativas a seguir. a) ( ) Os antibióticos interferem no processo de seleção das cepas de bactérias, favorecendo as mais resistentes.

90 19. (EVANGÉLICA – 2011) Considere o texto e conhecimentos sobre o assunto para avaliar as afirmativas a seguir. b) ( ) O difícil combate a certas infecções hospitalares por meio de antibióticos, como ocorreu no caso da bactéria KPC, deve-se ao fato de que o uso inadequado desses medicamentos provoca mutações nas bactérias, deixando-as mais resistentes. c) ( ) Os antibióticos atuam como agentes biocidas seletivos, pois agem apenas sobre as bactérias patogênicas, mantendo intactas outras populações bacterianas do organismo. Antibiótico não provoca nada nas bactérias, apenas seleciona – as. Antibiótico atuam sobre todos os tipos de bactérias, tanto úteis como patogênicas.

91 19. (EVANGÉLICA – 2011) Considere o texto e conhecimentos sobre o assunto para avaliar as afirmativas a seguir. d) ( ) Processos como a transformação e a conjugação estão frequentemente associados ao surgimento e à proliferação de linhagens bacterianas resistentes. e) ( ) O uso indiscriminado de antibióticos favorece a redução do número de bactérias sensíveis, fazendo com que o número das resistentes se torne cada vez maior.

92 15. (EVANGÉLICA PR ) No fim do século passado, acreditava-se que seria possível erradicar todas as doenças infecciosas do planeta e que a única preocupação da humanidade seriam as doenças crônico-degenerativas. A explosão da AIDS, durante a década de 80, o reaparecimento de doenças que tinham praticamente sumido do mapa e o surgimento de outras, como a pandemia da influenza A (H1N1), fizeram com que essa teoria caísse por terra. Hantavirose, dengue, hanseníase, leishmaniose, filariose, malária, cólera, febre amarela e tuberculose são doenças emergentes e reemergentes que precisam ser combatidas e preocupam profundamente a OMS. A verdade é que, apesar da ciência e da tecnologia, vivemos em um mundo cada vez mais infeccionado. ( KOPPE, Jennifer. Gazeta do Povo, 14 set. 2009). Sobre as doenças mencionadas, avalie as afirmativas. a) ( ) Grandes aglomerados urbanos, correntes migratórias, viagens internacionais, mudanças tecnológicas e industriais, desmatamento desenfreado, mudanças climáticas, adaptações microbianas são os principais fatores para o surgimento e proliferação de doenças infecciosas e parasitárias.

93 15. (EVANGÉLICA PR ) A explosão da AIDS, durante a década de 80, o reaparecimento de doenças que tinham praticamente sumido do mapa e o surgimento de outras, como a pandemia da influenza A (H1N1), fizeram com que essa teoria caísse por terra. Hantavirose, dengue, hanseníase, leishmaniose, filariose, malária, cólera, febre amarela e tuberculose são doenças emergentes e reemergentes que precisam ser combatidas e preocupam profundamente a OMS. A verdade é que, apesar da ciência e da tecnologia, vivemos em um mundo cada vez mais infeccionado. ( KOPPE, Jennifer. Gazeta do Povo, 14 set. 2009). Sobre as doenças mencionadas, avalie as afirmativas. b) ( ) No Brasil, o transmissor da leishmaniose passou por domicilização em consequência dos desmatamentos. O Phlebotomus sp (mosquito-palha) é o vetor do protozoário flagelado Leishmania brasiliensis, que normalmente provoca lesões na pele e mucosas. c) ( ) A hantavirose é uma doença causada pelo hantavírus, que vive em mosquitos silvestres. A contaminação ocorre quando os indivíduos respiram partículas da saliva ou dos excrementos desses animais. O vírus ataca os pulmões e os rins, onde inibe a capacidade de filtrar o sangue. No Brasil o transmissor da leishmaniose é o mosquito Lutzomya. Na Europa e Ásia é o Phlebotomus sp. A contaminação da hantavirose é através da inalação de secreções e excreções dos reservatórios ratos contaminados de hantavírus.

94 15. (EVANGÉLICA PR ) A explosão da AIDS, durante a década de 80, o reaparecimento de doenças que tinham praticamente sumido do mapa e o surgimento de outras, como a pandemia da influenza A (H1N1), fizeram com que essa teoria caísse por terra. Hantavirose, dengue, hanseníase, leishmaniose, filariose, malária, cólera, febre amarela e tuberculose são doenças emergentes e reemergentes que precisam ser combatidas e preocupam profundamente a OMS. A verdade é que, apesar da ciência e da tecnologia, vivemos em um mundo cada vez mais infeccionado. ( KOPPE, Jennifer. Gazeta do Povo, 14 set. 2009). Sobre as doenças mencionadas, avalie as afirmativas. d) ( ) A febre amarela – doença causada por um protozoário do gênero Haemagogus sp – pode ser transmitida por dois tipos de mosquito: o Aedes aegypti (o mesmo da dengue), em áreas urbanas, e o Culex sp, em regiões de mata. e) ( ) Cólera é causada por uma bactéria em forma de vírgula, denominada Vibrio chorelae, cuja contaminação ocorre através da ingestão de água e alimentos contaminados e que ainda não tem vacina. Febre amarela é causada por um vírus e pode ser transmitida por dois mosquitos Aedes aegypti (o mesmo da dengue), em áreas urbanas, e o Haemagogus sp, em regiões de mata.

95 20. (EVANGÉLICA – PR ) Considere o texto abaixo. Depois, avalie as afirmativas a seguir. Hepatites B e C afetam dez vezes mais pessoas que AIDS. As hepatites B e C são doenças crônicas que afetam 500 milhões de pessoas em todo o mundo, dez vezes mais que a AIDS, e deve-se dar a elas a mesma atenção e visibilidade que a outras enfermidades como a AIDS, a tuberculose e a malária, alerta a ONG Aliança Mundial contra a Hepatite. “Uma em cada 12 pessoas está infectada pelas hepatites B ou C, e existe uma grande carência de esforços e vontade política para ocupar- se dessas doenças”, alertou a associação durante assembléia anual da Organização Mundial da Saúde (OMS). Aproximadamente 1,5 milhão de pessoas morrem a cada ano desses dois tipos de hepatite, o que faz com que a doença seja “uma das ameaças mais importantes à saúde mundial”, ressaltou a ONG, que determinou 19 de maio como o primeiro Dia Internacional da Hepatite. a) ( ) Os governos devem cumprir suas responsabilidades em divulgar informações sobre as hepatites B e C, além de estruturar e ampliar o saneamento básico, visto que a principal via de contaminação desses dois tipos da doença ocorre por via oro-fecal. As hepatites B e C não são transmitidas por via oro-fecal, mas por relações sexuais, tatuagem com instrumentos contaminados e transfusão de sangue.

96 20. (EVANGÉLICA – PR ) Aproximadamente 1,5 milhão de pessoas morrem a cada ano desses dois tipos de hepatite, o que faz com que a doença seja “uma das ameaças mais importantes à saúde mundial”, ressaltou a ONG, que determinou 19 de maio como o primeiro Dia Internacional da Hepatite. b) ( ) A hepatite do tipo A é uma virose que só apresenta a fase crônica quando causada, principalmente, por ingestão abusiva de álcool ou consumo de drogas endovenosas. c) ( ) A hepatite do tipo B pode manifestar-se de forma crônica assintomática e pode ser prevenida com vacinação. d) ( ) As hepatites dos tipos B e C são viroses crônicas e podem ser transmitidas por agulhas e seringas contaminadas, podendo desencadear cirrose e câncer hepático. e) ( ) As hepatites dos tipos B e C podem ser transmitidas por via sanguínea, e a hepatite do tipo A é transmitida por água e alimentos contaminados com fezes de indivíduos portadores. A transmissão da hepatite A, não tem nada haver com a ingestão de álcool, mas por ingestão de água e alimentos contaminados.

97 (EVANGÉLICA – PR 2008) Um germe resistente aos remédios se propaga mais rápido do que se pensava nos Estados Unidos e poderá causar mais mortes que a AIDS, revelou um estudo dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), publicado pela revista Journal of the Medical Association. O micróbio, uma cepa do Staphylococcus aureus resistente aos antibióticos, causa a cada ano mais de 94 mil infecções graves e quase19 mil mortes, segundo o estudo. A maioria dos casos são infecções na corrente sangüínea. O germe, transmitido por simples contato, transforma as infecções cutâneas menores em problemas graves de saúde. Há casos de necrose, produzindo eliminação do tecido por causa da morte celular. (EFE, 17 out Disponível em: ) Com base em conhecimentos sobre o assunto, avalie as afirmativas a seguir. a) ( ) A resistência da bactéria aos antibióticos pode ter sido adquirida por mecanismos de recombinação genética, como a conjugação.

98 (EVANGÉLICA – PR ) Com base em conhecimentos sobre o assunto, avalie as afirmativas a seguir. b) ( ) Hanseníase, tétano, botulismo, tuberculose, blenorragia, giardíase, cólera, raiva e peste bubônica também são doenças provocadas por bactérias que podem desenvolver resistência aos antibióticos. c) ( ) Apesar de algumas bactérias serem patogênicas, a maioria não causa mal ao ser humano. Várias espécies de bactérias participam do ciclo do nitrogênio no solo, pela associação com vegetais, formando as micorrizas. d) ( ) Por serem microrganismos procariontes, as bactérias não apresentam um núcleo definido, estando seu material genético compactado e enovelado numa região do citoplasma denominada nucleóide. As bactérias apresentam uma membrana plasmática recoberta por uma parede celular. e) ( ) Bactérias e vírus são organismos procariontes, caracterizados pela ausência da membrana nuclear e organelas membranosas. Raiva é causado por vírus. Giardíase por protozoário. associação com raízes de leguminosas. Vírus são organismos acelulares e não procariontes.

99 13. (EVANGÉLICA – 2013) Pesquisadores europeus realizaram um estudo com culturas de neurônios expostos ao THC, substância da maconha que gera os efeitos psicológicos conhecidos como “barato”. Um dos efeitos conhecidos da Cannabis é a debilitação da memória recente. No estudo, descobriu-se que o THC induz os neurônios a mudanças morfológicas degenerativas e à formação de corpos de apoptose, levando as células à morte. Então, cientistas da Universidade Hebraica de Jerusalém desenvolveram um tipo de maconha medicinal, neutralizando a produção do THC nas folhas, brotos e flores da planta feminina. O psiquiatra Yehuda Baruch acredita que essa variedade tem fortes significados medicinais que devem ser examinados. Baruch, responsável pela utilização da maconha medicinal no Ministério da Saúde de Israel, disse à BBC Brasil que, sem o THC, a Cannabis será bem menos atraente para os traficantes de drogas e, provavelmente, bem mais promissora como medicamento. Considere essas informações e avalie as afirmativas. a) ( ) A maconha é uma angiosperma que apresenta dioicia e realiza polinização cruzada; possui epiderme, tecidos de condução, fibras esclerenquimáticas e parênquima clorofiliano. Dioicia significa sexo separado. No texto fala em planta feminina, portanto deve existir a masculina.

100 13. (EVANGÉLICA – 2013) Considere essas informações e avalie as afirmativas. b) ( ) A apoptose, ou morte celular programada, é um processo essencial relacionado à homeostase na regulação fisiológica do tamanho de certos tecidos, exercendo, neste caso, um papel oposto ao da mitose. c) ( ) Nos neurônios, após ter ocorrido o potencial de ação, os canais de K+ e de Na+ começam a restabelecer o equilíbrio anterior, com uma tensão positiva no interior do neurônio e negativa fora dele. d) ( ) Diferentemente do que ocorre com o fenômeno da necrose, a apoptose envolve a realização de síntese proteica e consumo de energia. e) ( ) Nas angiospermas como a maconha, o processo de fecundação requisita a germinação do grão de pólen e a formação do tubo polínico diploide binucleado, que fecundará a oosfera e as antípodas. negativa positiva O tubo polínico é haploide (forma-se a partir do grão de pólen). Os seus núcleos espermáticos fecundam a oosfera (formando o embrião) e os núcleos polares do óvulo (formando o endosperma ou albúmen),

101 15. (EVANGÉLICA – 2012) Em entrevista à BBC, a bióloga Anna Himler, da Universidade do Arizona, informou que sua equipe de cientistas descobriu uma espécie de formiga na Amazônia totalmente formada por fêmeas, que se reproduzem por óvulos, mas sem sexo. Analisado o DNA de Mycocepurus smithii, constatou-se que todas as formigas eram clones da rainha da colônia. Ao dissecar as fêmeas, os cientistas descobriram que as formigas não têm capacidade de fazer sexo, já que os órgãos essenciais para a tarefa não funcionam. Não se sabe exatamente por que essa espécie se tornou totalmente assexuada e há quanto tempo isso aconteceu. (Adaptado do disponível em: ) Com relação aos mecanismos de reprodução na natureza, avalie as afirmativas. a) ( ) Numa colônia de clones, se uma formiga é suscetível a um parasita todas serão suscetíveis. Nesse caso, ela tende a durar menos. b) ( ) O mecanismo de reprodução apenas por meio de óvulos é conhecido como partenogênese e pode ser observado também em certos pulgões e abelhas.

102 15. (EVANGÉLICA – 2012) Em entrevista à BBC, a bióloga Anna Himler, da Universidade do Arizona, informou que sua equipe de cientistas descobriu uma espécie de formiga na Amazônia totalmente formada por fêmeas, que se reproduzem por óvulos, mas sem sexo. Analisado o DNA de Mycocepurus smithii, constatou-se que todas as formigas eram clones da rainha da colônia. Ao dissecar as fêmeas, os cientistas descobriram que as formigas não têm capacidade de fazer sexo, já que os órgãos essenciais para a tarefa não funcionam. Não se sabe exatamente por que essa espécie se tornou totalmente assexuada e há quanto tempo isso aconteceu. (Adaptado do disponível em: ) Com relação aos mecanismos de reprodução na natureza, avalie as afirmativas. c) ( ) O principal mecanismo garantidor de variabilidade genética nessas formigas deve ser a anfimixia, que ocorre na prófase da meiose. d) ( ) O mecanismo reprodutivo de uma espécie em que todos os indivíduos sempre nascem fêmeas é conhecido como pedogênese teliótoca. e) ( ) Vertebrados como o axolote (Ambystoma tigrinum) também realizam a partenogênese, mas em fase larval, produzindo tanto machos quanto fêmeas. Anfimixia ou cariogamia é a união do pronúcleo masculino com o pronúcleo feminino. A partenogênese teliótoca ou telitoquia forma apenas fêmeas, ocorre com insetos e alguns tipos de lagartos. neotenia

103 13. ( EVANGÉLICA – 2011) Um “caso de amor” entre duas aves da mesma família, mas de espécies diferentes, teve um desdobramento inusitado no Museu Emílio Goeldi, em Belém do Pará. Ligeirinho, uma ararinha-maracanã (Ara nobilis) conseguiu passar pela tela de seu viveiro e se juntou à Lola, uma ararajuba (Guaruba guarouba) que habitava o recinto vizinho. O filhote já tem dois meses de idade e foi batizado de Bandeirinha. ( Disponível em: .) Considere as informações e avalie as afirmativas. a) ( ) O filhote desse casal incomum deve ser um híbrido, provavelmente fértil, que deve constituir uma nova espécie cruzando-se com outra ararajuba ou ararinha-maracanã. b) ( ) Apesar de pertencerem a gêneros diferentes, as duas espécies de aves pertencem à mesma ordem. c) ( ) A determinação do sexo de Bandeirinha será efetuada pelo tipo de óvulo liberado por Lola, e não pelo espermatozoide de Ligeirinho. estéreis,não Nas aves o sexo heterogamético é o feminino (ZW) e não o masculino (ZZ).

104 13. ( EVANGÉLICA – 2011) Um “caso de amor” entre duas aves da mesma família, mas de espécies diferentes, teve um desdobramento inusitado no Museu Emílio Goeldi, em Belém do Pará. Ligeirinho, uma ararinha-maracanã (Ara nobilis) conseguiu passar pela tela de seu viveiro e se juntou à Lola, uma ararajuba (Guaruba guarouba) que habitava o recinto vizinho. O filhote já tem dois meses de idade e foi batizado de Bandeirinha. ( Disponível em: .) Considere as informações e avalie as afirmativas. d) ( ) No ovo de Lola, estão presentes todos os anexos embrionários observados nos ovos de outros animais, como tartarugas e salamandras. e) ( ) Quando os conjuntos cromossômicos são de duas espécies diferentes, não deverá ocorrer o pareamento dos homólogos, inviabilizando-se assim a meiose e a gametogênese. Salamandra são anfíbios – animais que não possuem anexos embrionários.

105 17. (EVANGÉLICA PR ) O ovo, ou zigoto, é a primeira célula de um novo ser que surge após a fecundação do óvulo pelo espermatozoide. Trata-se de uma célula diploide, que fará tantas mitoses quantas necessárias para formar o novo indivíduo. Sobre o processo de embriogênese, avalie as afirmativas. a) ( ) A penetração de um único espermatozoide no óvulo caracteriza a monospermia. A entrada de mais de um espermatozoide num único óvulo caracteriza caso de polispermia e tem como consequência o nascimento de gêmeos. b) ( ) O sexo do indivíduo é estabelecido por ocasião da fecundação, ou seja, quando o espermatozoide penetra o óvulo, formando a primeira célula do novo ser vivo. c) ( ) Se um embrião de mamífero, na fase final de gastrulação, for submetido a uma forma de radiação pouco penetrante (que atinja apenas células superficiais) poderá ter comprometido o desenvolvimento da epiderme e do sistema nervoso. Não ocorre fecundação de dois espermatozoides no mesmo óvulo. Na polispermia apenas um espermatozoide fecunda.

106 17. (EVANGÉLICA PR ) O ovo, ou zigoto, é a primeira célula de um novo ser que surge após a fecundação do óvulo pelo espermatozoide. Trata-se de uma célula diploide, que fará tantas mitoses quantas necessárias para formar o novo indivíduo. Sobre o processo de embriogênese, avalie as afirmativas. d) ( ) Após a fecundação, o zigoto inicia um processo de sucessivas mitoses denominado de segmentação ou clivagem. O tipo de segmentação depende, entre outros fatores, da quantidade de vitelo acumulada no ovo. e) ( ) O âmnio é o anexo embrionário, uma bolsa cheia de líquido onde o embrião está mergulhado. É o local onde ocorrem as trocas gasosas entre mãe e feto e onde é armazenado o cálcio utilizado na formação do esqueleto do futuro embrião. Nos mamíferos as trocas gasosas ocorrem via placenta. Nas aves e répteis ocorre através do alantoide. O âmnio protege o embrião contra choques e dessecação.

107 16. (EVANGÉLICA – 2009) O registro fóssil das cianobactérias indica que esses seres fotossintéticos apareceram no éon geológico arqueano e, provavelmente, devem ter sido responsáveis pelo aparecimento do oxigênio na atmosfera terrestre – o que parece ter ocorrido há uns 2,5 bilhões de anos, favorecendo o surgimento da vida eucarionte e dando lugar ao que se denomina, atualmente, éon proterozóico (que significa, aproximadamente, “animais primitivos”). Sobre as cianobactérias (cianofíceas), pode-se afirmar que: a) ( ) elas se reproduzem, principalmente, de modo sexuado por conjugação; b) ( ) representam importantes organismos que atuam como colonizadores de regiões abióticas; c) ( ) pertencem ao reino Monera e realizam a fotossíntese pela atividade de seus cloroplastos; d) ( ) podem ocorrer sob a forma de colônias filamentosas que se fragmentam, formando os hormogônios; e) ( ) com os fungos, realizam a decomposição da matéria orgânica na natureza. Reproduzem-se principalmente por divisão binária ou por hormogônios; Os organismos procariontes não possuem cloroplastos; Cianobactérias não são organismos decompositores. São produtores, clorofilados.

108 20. (EVANGÉLICA PR ) Em ambientes florestais úmidos é comum ser encontrados vegetais de pequeno porte, que crescem sobre troncos de árvores e recobrem áreas sombreadas do solo, formando verdadeiros tapetes verdes. São as briófitas. Alguns representantes desse grupo são muito utilizados na horticultura como fonte de nutrientes para as plantas. Por serem sensíveis a resíduos tóxicos, as briófitas são excelentes indicadores de poluição ambiental. Avalie as afirmativas a respeito desse grupo vegetal. a) ( ) Não apresentam sistema vascular; o transporte de água e sais minerais é feito por simples difusão, a partir da superfície da planta. b) ( ) As áreas de solo recobertas com briófitas promovem uma melhor retenção da água das chuvas, o que evita os processos de erosão. c) ( ) A extração do xaxim, um dos principais representantes das briófitas, para a fabricação de vasos e suportes para plantas aumenta o risco de extinção de algumas gramíneas onde o xaxim cresce. Vaso de xaxim é feito com o rizoma da samambaiaçu que é uma pteridófita e não briófita.

109 20. (EVANGÉLICA PR ) Em ambientes florestais úmidos é comum ser encontrados vegetais de pequeno porte, que crescem sobre troncos de árvores e recobrem áreas sombreadas do solo, formando verdadeiros tapetes verdes. São as briófitas. Alguns representantes desse grupo são muito utilizados na horticultura como fonte de nutrientes para as plantas. Por serem sensíveis a resíduos tóxicos, as briófitas são excelentes indicadores de poluição ambiental. Avalie as afirmativas a respeito desse grupo vegetal. d) ( ) Nas briófitas, o esporófito (2n), menos desenvolvido e temporário, cresce sobre o gametófito e depende dele para sua nutrição. e) ( ) Na evolução das plantas, as briófitas foram as primeiras a apresentar independência da água para os processos reprodutivos. gimnospermas

110 38. (EVANGÉLICA – 2012) Olhai os lírios do campo; vede como eles crescem. Não trabalham nem fiam, e eu vos digo que ninguém, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. ( MATEUS, 6: 28,29) Sobre as flores, faça o que se pede. a) Descreva o processo de dupla fecundação que ocorre em flores de angiospermas dicotiledôneas. Após a formação do tubo polínico a partir do grão de pólen e a sua chegada à micrópila (abertura) do óvulo, um núcleo gamético ou espermático fecundará os núcleos polares formando o endosperma ou albúmen triploide. O outro núcleo gamético fecundará a oosfera, originando o zigoto diploide e, consequentemente, o embrião. b) Em que se transformam ovário e óvulos após a fecundação? O ovário origina o fruto e o óvulo a semente.

111 20. (EVANGÉLICA – 2013) Em artigo publicado na revista New Scientist, cientistas dos Estados Unidos anunciaram o desenvolvimento de uma bebida com ovos do verme Trichuris trichiura, responsável pela doença tricuríase. Testes indicaram que a ingestão da bebida e o desenvolvimento dos parasitas no intestino do paciente reduziram muito a dor abdominal, o sangramento e a diarreia associados a certas doenças intestinais, como a doença de Crohn e a colite. Os cientistas acreditam que a bebida, denominada TSO, logo será vendida nos Estados Unidos, caso seja aprovada pelo FDA. Alguns acreditam, inclusive, que o aumento do número de pessoas com esses problemas pode ter relação com a diminuição e erradicação dos parasitas intestinais em várias partes do mundo. Em alguns países, onde tais parasitas ainda são comuns, são raros os casos de doenças inflamatórias intestinais. Esses males são ainda incuráveis, e os tratamentos convencionais incluem o uso de esteroides, que reduzem as inflamações, mas produzem muitos efeitos colaterais. Sobre vermes e verminoses, julgue as afirmativas que se seguem.

112 18. (EVANGÉLICA ) Elysia chlorotica é uma pequena lesma marinha que habita principalmente a costa da Nova Escócia até o sul da Flórida. Ela se tornou conhecida por ser o primeiro animal a mostrar a capacidade de fazer fotossíntese depois de se alimentar da alga Vaucheria litorea e roubar-lhe as organelas, num processo conhecido como cleptoplastia. Essas organelas, porém, não são passadas de geração a geração. ( Adaptado do disponível em: ) Avalie as afirmativas sobre o assunto. a) ( ) Como a glicose é um dos produtos da fotossíntese, a alga e a lesma podem usar esse nutriente, que elas próprias fabricam a partir de energia luminosa, H 2 O e CO 2 disponíveis. b) ( ) Aparentemente, a capacidade fotossintetizante atribuída às lesmas pode ser caracterizada apenas como uma alteração fenotípica, e não genotípica.

113 18. ( EVANGÉLICA ) Elysia chlorotica é uma pequena lesma marinha que habita principalmente a costa da Nova Escócia até o sul da Flórida. Ela se tornou conhecida por ser o primeiro animal a mostrar a capacidade de fazer fotossíntese depois de se alimentar da alga Vaucheria litorea e roubar-lhe as organelas, num processo conhecido como cleptoplastia. Essas organelas, porém, não são passadas de geração a geração. ( Adaptado do disponível em: ) Avalie as afirmativas sobre o assunto. c) ( ) Os cloroplastos são organelas bimembranosas que possuem DNA próprio e concentram as moléculas de clorofila nos tilacoides. d) ( ) A Vaucheria litorea é um representante do reino protista e diferencia-se dos protozoários por ser autotrófica multicelular e formar tecidos verdadeiros. e) ( ) Numa cadeia alimentar, a Elysia chlorotica pode-se comportar tanto como produtor quanto como consumidor secundário. Algas não formam tecidos verdadeiros. Sempre será consumidor secundário.

114 38. (EVANGÉLICA – 2008) O contágio de pessoas pelo vírus da gripe aviária (H5N1) está mais fácil, em função das mutações, avaliam pesquisadores. Embora o vírus ainda não tenha assumido uma forma pandêmica, as mudanças são preocupantes, segundo o Doutor Yoshihiro Kawaoka, da Universidade de Winsconsin- Madinson. “Identificamos uma mudança específica que pode fazer a gripe aviária crescer no trecho respiratório superior dos seres humanos”, disse Kawaoka, que liderou o estudo. “Os vírus que estão circulando na Europa e na África são os que estão mais próximos de se tornarem vírus humanos”, acrescentou. Segundo publicação de Kawaoka e de seus colegas, todas as amostras de vírus coletadas em pássaros, na Europa e na África, carregavam essa mutação. O vírus H5N1, que afeta principalmente pássaros, já infectou 329 pessoas em 12 países, desde 2003, matando 201 delas. É rara a transmissão da doença de uma pessoa para outra, mas caso o vírus adquira essa habilidade, pode gerar uma epidemia global. Com base em conhecimentos sobre o assunto, responda ao que se pede. a) Como ocorre a contaminação da gripe aviária em humanos?

115 38. (EVANGÉLICA – 2008) Com base em conhecimentos sobre o assunto, responda ao que se pede. a) Como ocorre a contaminação da gripe aviária em humanos? O H5N1, vírus causador da gripe aviária, é um tipo de vírus influenza, o responsável pela gripe comum. O Influenza pode ser dividido em três tipos: A, B e C. O tipo A subdivide-se ainda em vários subtipos, sendo os subtipos H1N1, H2N2 e H3N2. Principais forma de contágio da gripe aviária em seres humanos: contágio direteo com secreções de aves infectadas pelo influenza aviário H5N1; através do ar, água, alimentos e roupas contaminadas. b) O vírus H5N1 possui RNA como material genético. De que forma um vírus de RNA, que contenha a enzima transcriptase reversa executa sua reprodução? No interior da célula parasitada, o vírus usa a enzima transcriptase reversa para produzir um DNA viral a partir do seu RNA. Para isso, usa os compostos da célula que está parasitando.

116 09. (EVANGÉLICA – 2009) Com base em seus conhecimentos sobre dengue, responda ao que se pede. a) Uma pessoa pode pegar dengue pelo simples fato de estar cuidando de outra com a doença? Justifique sua resposta. b) É possível contrair a dengue uma segunda vez? Justifique sua resposta. Não. Pois a transmissão ocorre apenas através da picada do inseto Aedes aegypti contaminado. Não existe transmissão de pessoa para pessoa. Como existem 4 tipos diferentes de vírus (Den 1, Den 2, Den 3 e Den 4) o indivíduo quando adquire um dos tipos cria anticorpos quanto a esse tipo e não aos demais. Dessa forma, se for contaminado por outro tipo de vírus da dengue desenvolve a doença. c) Como pode ser feito o controle (profilaxia) da dengue? A prevenção envolve o controle do mosquito transmissor e a destruição de locais onde suas larvas se desenvolvem (água doce parada). Pois ainda não existe vacina.


Carregar ppt "Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F); Cada questão: 5 afirmativas; avaliadas como verdadeiras (V) ou falsas (F);"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google