A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia e Gastronomia Curso de Fisioterapia Disciplina Dermatofuncional.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia e Gastronomia Curso de Fisioterapia Disciplina Dermatofuncional."— Transcrição da apresentação:

1 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia e Gastronomia Curso de Fisioterapia Disciplina Dermatofuncional Prof°. Esp. Kemil Rocha Sousa

2 Depilação a Laser

3 Introdução – Relato Histórico  Desde a época de Cleópatra, no Antigo Egito, as mulheres se depilavam.  De acordo com a lenda, elas foram as primeiras a utilizarem a argila, extrato de sândalo e o mel de abelha, ingredientes que deram origem as ceras usadas atualmente. (SANTOS et al)

4 Introdução  A pele é a primeira linha de defesa do corpo humano contra as agressões do meio externo  É o mais extenso órgão sensorial respondendo a estímulos táteis, térmicos e dolorosos (RUDOLF et al)

5 Introdução Constituída por três camadas  Epiderme  Derme  Hipoderme (SANTOS et al)

6 Introdução Funções da pele:  Nutrição  Pigmentação  Termoregulação  Perspiração (eliminação do suor)  Defesa  Absorção (RUDOLF et al)

7 Introdução  Tipos de Pele: - Tipo 1: Pele muita clara, sempre queima e nunca bronzeia - Tipo 2: Pele clara, sempre queima e algumas vezes bronzeia - Tipo 3: Pele menos claro, algumas vezes queima e sempre bronzeia - Tipo 4: Pele morena clara, raramente queima e sempre bronzeia - Tipo 5: Pele morena escura, nunca queima e sempre bronzeia - Tipo 6: Pele negra, nunca queima e sempre bronzeia - (RUDOLF et al)

8 Introdução  Pêlo - São estruturas delgadas e queratinizadas, se desenvolvem a partir de uma invaginação da epiderme para a derme e para o tecido subcutâneo. - Sua cor e disposição variam com a raça e a região do corpo (RUDOLF et al)

9 Introdução  Os folículos estão divididos nas seguintes categorias: - Folículos de pelos terminais: produzem cabelo e barba - Folículos Velus: pelos finos e pequenos - Folículos Sebáceos: pelos muito pequenos que não chegam a superfície (SANTOS et al)

10 Depilação a Laser  A depilação consiste na técnica de retirada dos pêlos do corpo humano, essencialmente voltada para dois aspectos; - Beleza - Higiene  Sendo praticadas pela maioria do público feminino e grande parte do público masculino

11 Depilação a LASER  O processo do laser na depilação funciona através do efeito térmico, onde ocorre a liberação de uma determinada quantidade de energia no folículo piloso e consequentemente a destruição deste  Como a melanina só é encontrada no bulbo piloso, o laser será eficaz quando alcançar a porção do bulbo a uma determinada potência e produzir uma temperatura média de 60°C (SANTOS et al)

12 Depilação a Laser  Devido ao aumento da temperatura é necessário o uso de recursos como o spray de criogênio, gel e outros, para esfriar e proteger a epiderme  Há possível destruição da melanina existente na epiderme, alterando assim outras células e podendo causar alteração de pigmentação, crostas, queimaduras e possíveis cicatrizes. (SANTOS et al)

13 Depilação a Laser  Como o laser tem seu foco na melanina, indivíduos com pele mais escura tendem a absorver uma maior parcela da radiação, apresentando uma menor penetração dessa energia, quando comparados aos indivíduos de pele clara.  O cliente ideal é aquele que apresenta pele clara e pêlo escuro  O pêlo loiro e ruivo, não tem resultado com o laser devido a ausência de melanina (GUIRRO; GUIRRO,2004)

14 Depilação a Laser  Etapas para realização do procedimento: - Avaliação da pele com a presença do pêlo - Demarcação da área desejada - Eliminação de secreções - Limpeza do local com álcool - Resfriamento do local (gel ou spray) (SANTOS et al)

15 Depilação a Laser  Durante a aplicação observa-se a resposta da pele, se há presença de hiperemia leve e edema peribulbar.  Após a sessão é aplicado uma loção calmante (SANTOS et al)

16 Depilação a Laser  O laser trabalha em um estado uniforme com estímulos contínuos e frequentes  Deve ser aplicado em varredura, ou seja compreendendo toda a área a ser tratada  Pode ser aplicado em qualquer parte do corpo, exceto na área ocular (SANTOS et al)

17 Depilação a Laser  Indicações: - Indivíduos que necessitam estar livres constantemente dos pêlos - Evitar a dor com a depilação tradicional - Alérgicos a lâminas de barbear - Pêlos encravados e foliculites (SANTOS et al)

18 Depilação a Laser  Contraindicações: - Gravidez - Doenças autoimunes - Feridas abertas - Hematomas (SANTOS et al)

19 Depilação a Laser  Efeitos colaterais: - Aparecimento de edema folicular - Prurido - Hiperemia - Aumento da temperatura por 5 dias (SANTOS et al)

20 Depilação a Laser  Fatores que influenciam a dor na depilação: - Sensibilidade de cada pessoa - Quantidade de pêlos no local - Fase do ciclo menstrual - Regiões de barba e virilha, devido aos pelos mais grossos e sensibilidade da área (SANTOS et al)

21 Depilação a Laser  Precauções - Não se bronzear nos 10 dias antecedentes da sessão - Durante o tratamento, aplicar diariamente filtro solar na região (3 vezes ao dia) - Não utilizar ácidos na pele - Não depilar com cera ou pinça (30 dias antes) - Raspar a área com lâmina (1 dias antes) - Não bronzear após sessão - Aplicar compressa de gelo após sessão (SANTOS et al)

22 Depilação a Laser  Para um resultado efetivo, são necessárias de 4 a 6 aplicações por região, sendo o intervalo entres as sessões de 60 a 90 dias

23 Depilação a Laser  Aparelho utilizado - Laser de Alexandrite - Soprano

24 REFERÊNCIAS:  GUIRRO, E; GUIRRO, R. Fisioterapia Dermatofuncional: fundamentos-recursos- patologias. São Paulo: Ed. Manole. 3. ed  RUDOLF, C; PAVELECINE, S; CRISTINA, J.O Processo de Depilação Definitiva: uma análise comparativa.  SANTOS, A; BESSANI, J; MACHADO, M; PAGANINI, T.Diferentes tipos de Depilação: uma revisão bibliográfica.

25 Obrigada!

26


Carregar ppt "PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS Departamento de Enfermagem, Nutrição, Fisioterapia e Gastronomia Curso de Fisioterapia Disciplina Dermatofuncional."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google