A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DERMATOMICOSES Micologia Clínica - 2011 UNISUL - Profa. Denise E. Moritz.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DERMATOMICOSES Micologia Clínica - 2011 UNISUL - Profa. Denise E. Moritz."— Transcrição da apresentação:

1 DERMATOMICOSES Micologia Clínica UNISUL - Profa. Denise E. Moritz

2 PELE A pele é: um envoltório protetor. um sistema orgânico que regula a temperatura corpórea, detecta os estímulos dolorosos e agradáveis, impede a entrada de substâncias no organismo e provê um escudo protetor contra os efeitos nocivos do sol. A cor, a textura e as pregas da pele ajudam a caracterizar os indivíduos. Qualquer alteração da função ou do aspecto da pele pode acarretar conseqüências importantes para a saúde física e mental.

3 Cada camada da pele desempenha tarefas específicas. A camada superior, a epiderme, é, na maior parte do corpo, mais fina que uma película plástica. A parte superior da epiderme, o estrato córneo, contém queratina, a qual é formada por restos de células mortas e protege a pele contra substâncias nocivas. No fundo da epiderme estão os melanócitos, as células produtoras de melanina – o pigmento de cor escura da pele.

4 Sob a epiderme, encontra-se a derme: Contém receptores da dor e do tato (ramificações chegam até a superfície da pele) e a muitas das glândulas funcionais da pele: glândulas sudoríparas, que produzem o suor; glândulas sebáceas, que produzem óleo; e folículos pilosos, que produzem pêlos. Na derme existem vasos sangüíneos, os quais fornecem a nutrição à pele e a tornam quente, os nervos ramificam-se por todas as camadas da pele. Abaixo da derme existe uma camada de gordura que ajuda a isolar o corpo contra o calor e o frio.

5 Drogas antineoplásicas (quimioterapia) Corticosteróides e outras drogas imunossupressoras Doenças e outras condições SIDA Insuficiência renal Diabetes Doença pulmonar (p.ex., enfisema) Doença de Hodgkin ou outros linfomas Leucemia Queimaduras extensas Fatores de Risco Para o Desenvolvimento de Infecções Fúngicas

6 Nas MICOSES SUPERFICIAIS, os fungos ficam no camada externa da pele, ao redor de pelos ou nas unhas, alimentando-se de uma proteína chamado queratina. Grande parte da população mundial tem problemas causados por micoses superficiais. Nas MICOSES PROFUNDAS, os fungos disseminam-se através da circulação sangüínea e linfático. Podem infectar a pele e órgãos internos, como pulmões, intestinos, ossos ou sistema nervoso.

7 MICOSES SUPERFICIAIS ESTRITAS DERMATOFITOSES PIEDRAS TINEAS DERMATÓFITOS

8

9 Micoses Estritas

10

11 Reprodução FONTE:


Carregar ppt "DERMATOMICOSES Micologia Clínica - 2011 UNISUL - Profa. Denise E. Moritz."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google