A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RADIAÇÃO SOLAR. O sol emite uma ampla faixa de radiação eletromagnética que inclui o infra-vermelho, a luz visível e o ultravioleta (UV), que se divide.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RADIAÇÃO SOLAR. O sol emite uma ampla faixa de radiação eletromagnética que inclui o infra-vermelho, a luz visível e o ultravioleta (UV), que se divide."— Transcrição da apresentação:

1 RADIAÇÃO SOLAR

2 O sol emite uma ampla faixa de radiação eletromagnética que inclui o infra-vermelho, a luz visível e o ultravioleta (UV), que se divide em UVA (com comprimentos de onda variando de 320 a 400 nm), UVB (290 a 320 nm), e UVC (10 a 290 nm).

3 Os únicos comprimentos de onda da radiação UV que alcançam a superfície da Terra estão na faixa que compreende o UVA e UVB. A radiação UVA é cerca de vezes menos efetivo que a radiação UVB para provocar eritema (vermelhidão de pele).

4 Porém, sua predominância na energia solar que alcança a superfície da Terra (de 10 a 100 vezes mais que UVB) faz com que a radiação UVA represente um papel muito importante nos efeitos prejudiciais da exposição ao sol.

5 Quem reside em maiores altitudes está sujeito a uma exposição maior à radiação UV. A exposição ao UV também aumenta com a diminuição da camada de ozônio da estratosfera.

6 Outros fatores que influenciam a exposição ao UV incluem calor, vento, umidade, poluentes, presença de nuvens, neve, estação do tempo, e hora do dia.

7 As conseqüências desta exposição também são influenciadas por fatores como o grau de pigmentação da pele, ou seja, a quantidade de melanina na pele.

8 O mecanismo de proteção do organismo contra efeitos nocivos das queimaduras de sol, como câncer de pele, foi esclarecido por Laurie Hill - Universidade do Texas em Houston (EUA).

9 A exposição da pele à radiação solar ultravioleta pode induzir danos aos cromossomos e mutações genéticas, eventualmente provocando câncer de pele e favorecendo o desenvolvimento de melanoma (de alta malignidade).

10 A formação de queimaduras solares é um mecanismo de defesa contra essas mutações genéticas, levando à eliminação de células afetadas da pele no processo de descascar. Isso ocorre por apoptose (suicídio celular).

11 BRONZEAMENTO A nossa pele é formada por queratinócitos (células existentes nas camadas mais superficiais da pele, que servem de proteção às camadas mais internas), melanócitos (células produtoras de melanina, o pigmento responsável pela cor da pele) e vasos sangüíneos e linfáticos, entre outros componentes.

12 Na epiderme, a radiação UV pode provocar alterações nos queratinócitos e melanócitos e mudanças funcionais nas células de Langerhans e linfócitos (células do sistema imunológico). Até mesmo baixas doses de UVB podem reduzir a resposta imunológica.

13 A epiderme exposta com freqüência ao sol torna-se espessa, chegando a ter o dobro da espessura da pele protegida e é desorganizada, podendo aparecer manchas claras ou escuras, ou regiões que "descamam".

14 O melanócito é a célula envolvida na fotoproteção da pele, devido à produção de melanina, que atua como um fotoprotetor natural. Na epiderme danificada pelo sol, o número destas células aumenta.

15 Elas migram para níveis mais altos da epiderme e aumentam a produção de melanina, que absorve UV, não deixando que os raios alcancem o DNA das células.

16 O eritema, ou queimadura solar, é causado pela vasodilatação dos vasos sangüíneos da derme. O eritema chamado de imediato, que ocorre nas primeiras 6 a 12 horas de exposição ao sol, pode ser bloqueado por anti- inflamatórios não-esteróides.

17 Porém, estes agentes anti- inflamatórios não podem inibir o eritema tardio, que acontece cerca de 24 horas após exposição ao sol por mecanismos distintos do eritema imediato.

18 Bronzeado é o aumento de melanina induzido pela exposição à radiação UV. A pigmentação da pele pode ser imediata, causada por uma foto- oxidação dos pigmentos de melanina já existentes, e tardia, causada pelo aumento da multiplicação dos melanócitos e pelo aumento da produção de melanina por estas células.

19 A pigmentação protege as células da pele contra os danos causados em seu DNA pelos raios UV, mas não protege contra o eritema.

20 O bronzeado, apesar de bonito, é um estado de alerta do corpo contra os danos causados pela exposição excessiva ao sol, que podem provocar o câncer.

21 Bronzeamento Artificial provoca Câncer

22 Os riscos associados com bronzeamento artificial por lâmpadade UV são, principalmente: Queimadura; Envelhecimento precoce da pele; Câncer de pele; Danos na retina; Formação de cataratas; Supressão do sistema imunológico; Danos no sistema vascular.

23 As sessões de bronzeamento artificial tem lá o seu charme: camas confortáveis, som, vídeos no telão, suco de manga no canudinho.

24 A exposição ao raios ultravioletas, entretanto, é muito prejudicial, sendo capaz de provocar câncer de pele.

25 As câmaras de bronzeamento artificial são constituídas por uma estrutura de acrílico transparente que permite a passagem da luz gerada por uma série de lâmpadas. O uso de protetores oculares é imperativo durante as sessões, pois existe o risco de queimadura da córnea e até cegueira.

26 Os fabricantes das câmaras de bronzeamento relatam que suas lâmpadas apenas emitem UV-A1, porém como não existe uma regulamentação rígida que controle sua fabricação, bem como não existe fiscalização sobre seu uso, pouco se pode dizer da credibilidade desta fonte de emissão luminosa e sobre os riscos do desenvolvimento do câncer de pele.

27 As lâmpadas das câmeras de bronzeamento produzem raios UVA, que, além do escurecimento da pele, causa envelhecimento precoce da pele e câncer de pele.

28 Evidências de laboratório mostram que os raios UVA das câmeras de bronzeamento causam danos ao DNA das células da pele. Harvard School of Public Health Harvard School of Public Health

29 A Academia Americana de Dermatologia está estudando uma maneira de proibir o uso de câmeras de bronzeamento. O Bronzeamento Artificial por radiação UV já faz, nos EUA, parte da lista de agentes arcinogênicos.Health Sciences & Technology AcademyHealth Sciences & Technology Academy

30 Muitos óleos bronzeadores e pílulas de bronzeamento que existem no mercado não aumentam de forma nenhuma a pigmentação da pele - não passam de fraudes. Muitos são, ainda, prejudiciais à pele. Anti- Cancer Foundation South Austrália Anti- Cancer Foundation South Austrália

31 NOSSA PELE Uma polegada quadrada de pele contém milhões de células, bem como muitas terminações nervosas cuja finalidade específica é transmitir as sensações de calor, frio e dor.

32

33 Além disso, cada polegada quadrada contém inúmeras glândulas sebáceas, folículos pilosos e glândulas sudoríparas. Há também uma intrincada rede de vasos sangüíneos que nutrem essa complexa estrutura.

34 Além de proteger nossos órgãos vitais, a pele também atua como regulador da temperatura do corpo. Quando o corpo está frio, os vasos sangüíneos se contraem diminuindo o fluxo de sangue através da pele, reduzindo, assim, a perda de calor e mantendo a temperatura normal do corpo.

35 Quando a temperatura do corpo aumenta, esta é diminuída com a dilatação vascular e o aumento do fluxo sangüíneo na superfície da pele. As glândulas sudoríparas, controladas por um centro de controle de calor no cérebro, também participam desse processo.

36 Quando o corpo está quente, suamos e a evaporação do suor na pele esfria a superfície do corpo e ajuda a manter a temperatura normal do corpo.

37 Nesse aspecto, a pele funciona como um órgão escretor, eliminando resíduos inúteis do corpo como, por exemplo, uréia, embora essa excreção seja mínima se comparada com os rins, que realizam a excreção via urina.

38 A melanina é a responsável pela coloração da pele e ajuda a protegê-la contra os raios de luz ultravioleta. Todas as pessoas de todas as raças nascem com o mesmo número de células de pigmentação (melanócitos).

39 Todavia, o índice em que as glândulas de melanina são formadas nessas células e o seu grau de concentração na epiderme são características hereditárias e os principais fatores nas diferenças de cor da pele, assim como a exposição à luz solar. Fonte: QMCWEB


Carregar ppt "RADIAÇÃO SOLAR. O sol emite uma ampla faixa de radiação eletromagnética que inclui o infra-vermelho, a luz visível e o ultravioleta (UV), que se divide."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google