A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Reunião de casos LILIAN LUMI TAKITO Aperfeiçoanda de RDI da DIGIMAX (A1) www.digimaxdiagnostico.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Reunião de casos LILIAN LUMI TAKITO Aperfeiçoanda de RDI da DIGIMAX (A1) www.digimaxdiagnostico.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 Reunião de casos LILIAN LUMI TAKITO Aperfeiçoanda de RDI da DIGIMAX (A1)

2 Caso Clínico Feminino, 63 anos Protrusão ocular à esquerda há 2 meses, queimação no olho esquerdo, lacrimejamento, sem déficit visual, hipertireoidismo e hipertensão há 3 anos; Realizada TC de crânio (28/05/2014):

3 TC de crânio

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19 RM de órbitas (14/06/14)

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35 STIR

36

37

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60 T1 FS Pós Contraste

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72 Hipóteses Diagnósticas Oftalmopatia tireóidea; Pseudotumor orbitário; Processos linfoproliferativos; Amiloidose orbitária; Processo neoplásico metastático.

73 Oftalmopatia Tireóidea Autoimune; Hipertireoidismo (doença de Graves); Causa mais comum de doença orbitária; 15-28% exoftalmia unilateral; 80% exoftalmia bilateral; Fase ativa progressiva: 1 a 3 anos; Fase quiescente ou inativa: resolução da infamação e aparecimento da fibrose.

74 Oftalmopatia Tireóidea Inflamação, congestão, hipertrofia e fibrose da gordura e músculos orbitários; Aumento de volume dos músculos reto inferior, reto medial, reto superior e reto lateral; TC e RM: neuropatia óptica (hipertrofia dos músculos, gordura orbitários, ápice orbitário); Focos hipodensos na TC e hiperintensos em T2 na RM;

75 Oftalmopatia Tireóidea Tratamento medicamentoso se fase inflamatória; Tratamento cirúrgico se neuropatia óptica compressiva.

76 Referências Bibliográficas MACHADO, K. F. S.; GARCIA, M. M.; Oftalmopatia tireoidea revisitada. Radiol Bras. 2009; 42(4): GOLDENBERG, F. C.; Utilização da Ressonância Magnética na Análise das Medidas das Estruturas Orbitárias na Oftalmopatia de Graves. São Paulo HASSO, A. N.; DRAYER, P. B.; et al. Órbita, Visão e Perda Visual. Colégio Brasileiro de Radiologia.


Carregar ppt "Reunião de casos LILIAN LUMI TAKITO Aperfeiçoanda de RDI da DIGIMAX (A1) www.digimaxdiagnostico.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google