A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pasquali et al. Casa do Psicólogo.  O IFP fundamenta-se no Edwards Personal  Preference Schedule (EPPS);  Inventário de personalidade objetivo, da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pasquali et al. Casa do Psicólogo.  O IFP fundamenta-se no Edwards Personal  Preference Schedule (EPPS);  Inventário de personalidade objetivo, da."— Transcrição da apresentação:

1 Pasquali et al. Casa do Psicólogo

2  O IFP fundamenta-se no Edwards Personal  Preference Schedule (EPPS);  Inventário de personalidade objetivo, da natureza verbal;  Baseado na teoria das necessidades básicas formuladas por Murray;  Personologia – lista de necessidades, resultado de longo trabalho, com o estudo profundo de uma amostra de adultos “normais”;

3  São 15 necessidades ou motivos psicológicos: 1. Assistência; 2. Dominância; 3. Ordem; 4. Denegação; 5. Intracepção; 6. Desempenho; 7. Exibição; 8. Heterossexualidade; 9. Afago; 10. Mudança; 11. Persistência; 12. Agressão; 13. Deferência; 14.Autonomia e 15. Afiliação.  Cada uma das 15 escalas é compostas de nove fases;  Escala Likert de 7 pontos, sendo o 1 = nada característico e o 7 = totalmente característico;  O IFP foi desenvolvido no Laboratório de Pesquisa em Avaliação e Medida da UnB;

4  São 155 itens: 135 correspondentes às 15 variáveis da personalidade e 20 às escalas de desejabilidade e validade, retiradas da Escala de Personalidade de Comrey;  Escala de validade: verificar se o sujeito respondeu adequadamente ao inventário;  Escala de desejabilidade: tentou se apresentar de uma maneira que os outras gostaria que ele fosse visto;

5  Assistência: escores altos mostram um sujeito com grandes desejos e sentimentos de piedade, compaixão e ternura;  Intracepção: escores altos – se deixa conduzir por sentimentos e inclinações difusas; é dominado pela procura da felicidade, pela fantasia e imaginação. Adjetivos: subjetivo, imaginativo, pessoal nos julgamentos, pouco prático, metafísico, parcial em suas opiniões, caloroso e apaixonado, sensitivo, egocêntrico, individualista, dedutivo, intuitivo nas observações;

6  Afago: busca de apoio e proteção. Espera ter seus desejos satisfeitos por alguma pessoa querida e amiga; deseja ser afagado, apoiado, protegido, amado, orientado, perdoado e consolado. Sofre de sentimentos de ansiedade e abandono, insegurança e desespero;  Deferência: respeito, admiração e reverência caracterizam que tem altos escores, expressa o desejo de admirar e dar suporte a um superior; gostam de elogia e honrar os superiores, bem como de imitá-los e obedecê-los.

7  Afiliação: dar e receber afeto de amigos é o desejo de pessoas com altos escores; elas são caracterizadas por confiança, boa vontade e amor. Gostam de se apegar e ser leais aos amigos.  Dominância: escores altos – sentimentos de autoconfiança e o desejo de controlar os outros, influenciar ou dirigir o comportamento deles através de sugestão, sedução, persuasão ou comando.

8  Exibição: escores altos – desejo de impressionai, ser ouvido ou visto. Gosta de fascinar as pessoas, exercer fascínio e mesmo chocá-las; gosta de dramatizar as coisas para impressionar e entreter.  Agressão: escores altos – raiva, irritação, ódio, desejo de superar com vigor a oposição. Gostam de lutar, brigar, atacar e injuriar os outros; gostam de fazer oposição, censurar e ridicularizar os outros.

9  Denegação: escores altos – entrega à resignação. Tendência de se submeter passivamente à força externa; aceitar desaforo, castigo e culpa; resignar-se ao destino, admitir inferioridade, erro e fracasso; confessar erros e desejo de autodestruição, dor, castigo, doença e desgraça.  Desempenho: escores altos - ambição e empenho, desejo de realizar algo difícil, como dominar, manipular e organizar objetos, pessoas e idéias. Gostam de fazer coisas independentemente e com a maior rapidez possível, sobressair vence obstáculos e manter altos padrões de realização.

10  Ordem: tendência a pôr todas as coisas em ordem, manter limpeza, organização, equilíbrio e precisão.  Persistência: escores altos – levar a cabo qualquer trabalho iniciado por mais difícil que possa parecer. Obcecado pelo resultado final do trabalho, esquecendo o tempo e o repouso necessário. Queixas: falta de tempo, cansaço e preocupações.  Mudança: desliga-se de tudo que é rotineiro e fixo. Gosta de novidade, aventura, não ter nenhuma ligação permanente em lugares, objetos ou pessoas.

11  Autonomia: escores altos – desejo de sentir- se livre, sair do confinamento, resistir à coerção e à oposição. Não gostam de executar tarefas impostas pela autoridade, pois gostam de agir independente e livremente.  Heterossexualidade: desejo de manter relações, desde romântica até sexuais, com indivíduos do sexo oposto. Escores altos – fascinação por sexo e assuntos afins.

12  Pode ser aplicado individual ou coletivamente;  Auto-administrável;  Indivíduos entre 18 e 60 anos de idade;  Não tem tempo determinado, mas o tempo estimado de resposta é em torno de 45 minutos;

13  1. Escore Bruto – é obtida em cada um dos 17 fatores;  1) para as 15 necessidades – somar as respostas dadas aos itens correspondentes a cada necessidade. Itens indicados pelas cores;  2) para os dois fatores ou escalas de controle (validade e desejabilidade), inverter a escala de 1 a 7 para 7 a 1 de alguns itens. Os itens são: 6, 24, 42, 61, 79, 99, 118, 138, os que estão com a cor preta na folha de resposta é que serão invertidos as respostas de 1 a 7;  Somar as respostas dadas;

14  A escala de desejabilidade é composta por 12 itens: 11, 23, 35, 47, 59, 71, 83, 96, 110, 123, 136, 150.  Inverter os escores de 1 a 7 para 7 a 1, para os itens com a cor preta na folha resposta;  Somar as respostas dadas;  2. Escores Percentílico: procurar nas tabelas de normas, diferenciadas entre sexo masculino e feminino;  Perfil das necessidades: se os escores brutos forem assinalados na folha de apuração e ligados por uma linha, surgirá o perfil de necessidades;

15  Feitas em função do sexo;  O perfil de personalidade é expresso sobretudo para aquelas necessidades cujos os escores se situam além das duas linhas pontilhadas grossas, abaixo do percentil 30 e acima do percentil 70.  Os escores entre os percentis 40 e 30, bem como os entre 60 e 70, representam necessidades salientes do sujeito, mas menos acentuadas. Os escores abaixo de 40 – necessidades fracas e acima de 60 – fortes;

16  Escala de validade – escore de 32 ou mais devem ser descartados  Escala de desejabilidade – percentil de 70 ou acima prejudica a análise das demais escalas;


Carregar ppt "Pasquali et al. Casa do Psicólogo.  O IFP fundamenta-se no Edwards Personal  Preference Schedule (EPPS);  Inventário de personalidade objetivo, da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google