A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Visão do Professor e seu Preparo para a Aula NOÇÕES DE DIDÁTICA E PEDAGOGIA PARA A EBD.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Visão do Professor e seu Preparo para a Aula NOÇÕES DE DIDÁTICA E PEDAGOGIA PARA A EBD."— Transcrição da apresentação:

1

2

3

4 A Visão do Professor e seu Preparo para a Aula NOÇÕES DE DIDÁTICA E PEDAGOGIA PARA A EBD

5 “Há uma verdade desafiadora que deveria arder na mente de cada obreiro na causa de Deus: uma Igreja raramente alcança mais do que os seus líderes crêem que podem realizar. Poucas vezes uma igreja local ultrapassa a visão do seu pastor. Uma EBD raramente excede a medida de fé manifestada pelos seus líderes. Com um líder a obra avança; com outro, o trabalho fica estagnado e no mesmo campo. O fator determinante poderá ser a medida da visão consagrada do líder”. (Robert H. Pierson).

6 professor VOCACIONADO...deve ser o melhor! “...torna-te padrão dos fiéis...” I Tm 4:12 Introdução Nosso casamento... Nossos filhos... Nossos amigos... Nossa igreja... Nossos colaboradores... Tudo é somente conseqüência da gente. Para mudá-los, o caminho mais eficaz é mudar a si próprio! [1] [1] Quem deseja efetivamente servir ao SENHOR e ao seu próximo como ordenam as escrituras, não deve jamais dizer que determinado projeto é demais para si. Ao contrário, deve gastar seu pensamento na busca de saber o que necessita para realizar o seu sonho, e principalmente, no que precisa mudar para conseguir cumprir a chamada que Deus lhe determinou. [1][1] Adaptado de: SHINYASHIKI, Roberto. A Revolta dos Campeões. 37ª ed. São Paulo: Editora Gente, 1995, p.51.

7 Águia, Ou Avestruz?

8 As mudanças são rápidas e, para esta década, prometem ser ainda mais velozes. As empresas, Igrejas ou mesmo as pessoas podem ter dois tipos de atitudes, semelhantes a estas aves:  avestruz: enterra a cabeça embaixo da terra e resiste às mudanças;  águia: ousada, muda a rota de voo sempre que for necessário, para se adaptar às mudanças.

9 LEMBRE-SE: “A VERDADEIRA DIFICULDADE NÃO ESTÁ EM ACEITAR IDÉIAS NOVAS, MAS ESCAPAR DAS IDÉIAS ANTIGAS” John Maynard Keynes

10 Enfim o planejamento dos objetivos de um ensino eficaz deve passar por três perguntas simples, mas contundentes:  ONDE ESTAMOS HOJE?  ONDE DESEJAMOS CHEGAR?  COMO FAREMOS PARA CHEGAR AO PONTO DESEJADO?

11 Preparo Bíblico O PREPARO BÍBLICO, TEOLÓGICO E CULTURAL: Preparo Cultural Preparo Teológico Preparo Educacional A boa refeição (ensino) é assim servida:

12 DICAS PARA O PREPARO DA LIÇÃO: Quanto ao preparo e a exposição da aula propriamente dito, os editores dos Estudos Bíblicos Didaquê apresentam sugestões preciosas que ajudarão em muito os professores da escola dominical. Com ligeiras adaptações passamos a transcrevê-las:

13 DICAS PARA O PREPARO DA LIÇÃO: Utilizar sempre a Bíblia como referencial absoluto. Elaborar pesquisas e anotações, buscando noutras fontes subsídios para a complementação das lições. Planejar a ministração das aulas, relacionando-as entre si para que haja coerência e se evite a antecipação da matéria.

14 DICAS PARA O PREPARO DA LIÇÃO: Evitar o distanciamento do assunto proposto na lição. Dinamizar a aula sem monopolizar a palavra oferecendo respostas prontas. Relacionar as mensagens ao cotidiano dos alunos, desafiando-os a praticar as verdades aprendidas.

15 DICAS PARA O PREPARO DA LIÇÃO: No final da aula, despertar os alunos quanto ao próximo assunto a ser estudado, mostrando-lhes a possibilidade de aprenderem coisas novas e incentivando-os a estudar durante a semana. Depender sempre da iluminação do Espírito Santo, orando, estudando e colocando-se diante de Deus como instrumento para a instrução de outros. Verificar a transformação na vida dos alunos, a fim de avaliar o êxito de seu trabalho.

16 SÓ PARA RELEMBRAR: Duas coisas, pelo menos, têm levado muita gente a perder o interesse pela escola dominical hoje em dia, ou seja, a falta de criatividade do professor e dinâmica das aulas. Professor: Faça de sua aula algo interessante; seja criativo, gaste tempo nisso. Criatividade e dinamismo são, em boa parte, o segredo do sucesso do professor eficaz. É necessário que o professor da escola dominical veja seu trabalho como o ministério que Deus lhe deu e que, por isso mesmo, precisa ser realizado da melhor maneira possível. "... o que ensina, esmere- se no fazê-lo" (Rm 12.7).

17 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Mantenha contato individual através dos olhos.

18 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Mude de posição e mova-se (não fique em um só lugar).

19 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Use um tom de voz agradável, expressivo e que possa ser facilmente ouvido.

20 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Utilize ilustrações e audiovisuais com cores e desenhos.

21 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Varie sua maneira de ensinar. Há um mundo de oportunidades em nossas mãos!

22 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Dê oportunidade para os alunos se expressarem.

23 MANEIRAS DE DEMONSTRAR O INTERESSE PESSOAL PELO ALUNO: Dê oportunidade para discussão, debate e trabalhos em grupo.

24 11 LEMBRETES IMPORTANTES: 1) Professor, evite dar as respostas de suas próprias perguntas imediatamente. Se a classe sabe que você irá responder logo em seguida, sem que ela tenha tempo de responder, com certeza não se entusiasmará em respondê-las. Na verdade ela ficará com a impressão de que você realmente não está tão interessado assim no que eles pensam. 2) Evite também aquelas perguntas incompletas como, por exemplo, "Deus amou o...". Isso aborrece. Pode ajudar numa classe de crianças pequeninas, mas é terrível no caso dos maiores.

25 11 LEMBRETES IMPORTANTES: 3) Nunca desdenhe uma pergunta por mais óbvia que ela pareça ser. 4) Não ria jamais com a pergunta de seu aluno. Geralmente ele receberá isso como desprezo, não da pergunta, mas da própria pessoa dele. 5) Faça elogios sinceros aos seus alunos por mais simples que sejam as perguntas ou respostas. 6) Quando tiver dificuldade com alguma pergunta, valorize seu aluno ou aluna, agradeça a pergunta e peça- lhe permissão para saber o que a classe pensa a respeito.

26 11 LEMBRETES IMPORTANTES: 7) Jamais manipule a palavra. Você não é o dono da verdade. O bom professor aprende juntamente com seus alunos. 8) Seja humilde e sincero; não tenha vergonha de dizer "não sei" ou "vou pesquisar e trago a resposta semana que vem". Mas traga mesmo! A igreja saberá que além de humano você é uma pessoa de palavra. 9) Evite o distanciamento do assunto proposto na classe. Tenha o controle da situação.

27 11 LEMBRETES IMPORTANTES: 10) Seja dinâmico e dê sua aula com gosto e entusiasmo. Isso compensará o fato de, por exemplo, o aluno levantar cedo e ir à escola dominical, pois certamente ele irá à aula com o mesmo entusiasmo seu. 11) Sua aula precisa ter começo, meio e fim. E se porventura não teve tempo de terminar a lição, deixe bem claro que ela terá um fim. Seus alunos precisam saber para onde você e eles estão indo.

28

29 2 - APRENDER A FAZER UMA VISÃO CRISTÃ DOS 4 PILARES DA EDUCAÇÃO: 3 - APRENDER A CONVIVER 4 - APRENDER A SER 1 - APRENDER A CONHECER

30 Aprender a conhecer – É necessário tornar prazeroso o ato de compreender, descobrir, construir e reconstruir o conhecimento para que não seja efêmero, para que se mantenha ao longo do tempo e para que valorize a curiosidade, a autonomia e a atenção permanentemente. É preciso também pensar o novo, reconstruir o velho e reinventar o pensar.

31 Aprender a fazer – Não basta preparar-se com cuidados para inserir-se no setor do trabalho. A rápida evolução por que passam as profissões pede que o indivíduo esteja apto a enfrentar novas situações de emprego e a trabalhar em equipe, desenvolvendo espírito cooperativo e de humildade na reelaboração conceitual e nas trocas, valores necessários ao trabalho coletivo. Ter iniciativa e intuição, gostar de uma certa dose de risco, saber comunicar-se e resolver conflitos e ser flexível. Aprender a fazer envolve uma série de técnicas a serem trabalhadas.

32 Aprender a conviver – No mundo atual, este é um importantíssimo aprendizado por ser valorizado quem aprende a viver com os outros, a compreendê-los, a desenvolver a percepção de interdependência, a administrar conflitos, a participar de projetos comuns, a ter prazer no esforço comum.

33 Aprender a ser – É importante desenvolver sensibilidade, sentido ético e estético, responsabilidade pessoal, pensamento autônomo e crítico, imaginação, criatividade, iniciativa e crescimento integral da pessoa em relação à inteligência. A aprendizagem precisa ser integral, não negligenciando nenhuma das potencialidades de cada indivíduo.

34 CERTEZA De tudo ficaram três coisas: A certeza de que estamos começando, A certeza de que é preciso continuar e A certeza de que podemos ser interrompidos antes de terminar. O que fazer? Fazer da interrupção um caminho novo, Fazer da queda um passo de dança, Do medo uma escola, Do sonho uma ponte, Da procura um encontro, E assim terá valido a pena existir! (Fernando Sabino)


Carregar ppt "A Visão do Professor e seu Preparo para a Aula NOÇÕES DE DIDÁTICA E PEDAGOGIA PARA A EBD."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google