A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VYGOTSKY Nascimento: 17 de nov. de 1896 em Orsha – Bielo-Rússia + 11 de junho de 1934 – Moscou. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira1 Vygotsky ( 1896-1934)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VYGOTSKY Nascimento: 17 de nov. de 1896 em Orsha – Bielo-Rússia + 11 de junho de 1934 – Moscou. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira1 Vygotsky ( 1896-1934)"— Transcrição da apresentação:

1 VYGOTSKY Nascimento: 17 de nov. de 1896 em Orsha – Bielo-Rússia + 11 de junho de 1934 – Moscou. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira1 Vygotsky ( )

2 Vygotsky fez seus estudos universitários em direito, filosofia e história em Moscou. Após a universidade, Vygotsky retorna a Gomel, onde se dedica a atividades intelectuais diversificadas; Ensina psicologia, começa a se preocupar com os problemas das crianças deficientes. Teresa Cristina B. Siqueira Um pouco de história...

3 Vygotsky continua seus estudos sobre teoria literária e psicologia da arte. À partir dos primeiros sucessos profissionais em psicologia - palestras em congressos nacionais - instala-se em Moscou, em 1924, tornando-se colaborador do Instituto de Psicologia. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira3 Um pouco de história...

4 A psicologia Vygotskyana tem como base epistemológica o materialismo histórico dialético de Karl Marx. Na década de 1924 a 1934 Vygotsky, juntamente com um grupo de pesquisadores cria sua teoria histórico- cultural dos fenômenos psicológicos. O ser humano faz parte de uma realidade concreta e sua essência é construída nas relações sociais. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira4

5 A teoria de Vygotsky compreende que o desenvolvimento do sujeito, desde o início da vida, ocorre pelo processo de apropriação dos significados culturais que o circundam, como ser de linguagem, consciência e atividade, transformando-se de biológico em sociohistórico (VYGOTSKY, 1999). Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira5

6 Concepções do desenvolvimento: Genética – procura compreender a origem e o desenvolvimento dos processos psicológicos. Filogênese – desenvolvimento da espécie humana ex: coisas que somos capazes de fazer. Pegar em pinça, andamos, mas não voamos. Ontogênese (história do ser)- O sujeito nasce, cresce, reproduz, morre. O plano ontogenético do ser: a criança quando pequena fica deitada, depois sentada, depois em pé... a seqüência de seu desenvolvimento. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira6

7 Concepções do desenvolvimento: Sociogênese – história dos grupos sociais, história da cultura, onde o sujeito está inserido.Ex: Puberdade – há mudanças biológicas, que são compreendidas de forma diferente em cada cultura. 3ª idade – categoria criada nos últimos tempos, claramente social. Microgênese – desenvolvimento de aspectos específicos do repertório psicológico; cada fenômeno psicológico tem uma história.Ex: saber algo e não saber algo como amarrar o sapato, antes o sujeito não sabia como fazê-lo, depois ele aprende (algo aconteceu). A história de como aprendeu a amarrar o sapato é a microgênese. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira7

8 Aspectos qualitativamente diferentes ao longo do desenvolvimento: Funções elementares – memória imediata, atenção não voluntária, percepção natural... Funções superiores – memória voluntária, atenção consciente, imaginação, criatividade, linguagem, pensamento conceitual, percepção mediada, vontade e outros. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira8

9 VYGOTSKY Estudos das funções psicológicas superiores – capacidade de planejamento, memória voluntária, imaginação... ▼ Mecanismos intencionais que se referem as ações conscientemente controladas Processos voluntários que dão ao indivíduo a possibilidade de independência ▼ Originam-se nas relações entre indivíduos humanos ▼ Se desenvolvem ao longo do processo de internalização de formas culturais de comportamento. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira5

10 A categoria central na obra de Vygotsky é a atividade prática humana É através do trabalho que o homem, ao mesmo tempo que transforma a natureza (com o objetivo de satisfazer suas necessidades) se transforma. Isto quer dizer que as relações dos homens entre si são mediadas pelo trabalho. A origem do pensamento: primeiro vieram os atos (a atividade prática) mediada por meio da palavra. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira6

11 Bebê manipulando objeto construído na cultura O bebê humano, ao contrário dos animais, possui a chance de compreender o mundo externo, por meio das pessoas, pela linguagem, pelos objetos com funções e significados culturais Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira9

12 MEDIAÇÃO SIMBÓLICA Mediação caracteriza a relação do homem com o mundo e com os outros homens. Dois elementos básicos responsáveis pela mediação: Instrumento - são os objetos e utensílios materiais utilizados para manipular e modificar a realidade externa. Signo – sistemas simbólicos como linguagem, símbolos algébricos, sistema de representação gráfica por meio da escrita, de desenhos, de mapas, etc. Ex: no código de trânsito a cor vermelha significa parar... A origem das atividades psicológicas devem ser procuradas nas relações sociais do indivíduo com o meio externo. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira10

13 Os sistemas simbólicos Os sistemas simbólicos - sistemas de representação da realidade - especialmente a linguagem, funcionam como elementos mediadores que permitem a comunicação entre indivíduos, estabelecendo os significados determinados pelos grupos culturais e situações do mundo circundante. Os processos de funcionamento mental do homem são fornecidos pela cultura, através da mediação simbólica. Signos – Instrumentos psicológicos –cuja função é auxiliar o homem nas suas atividades psíquicas. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira 12

14 A função da mediação em Vygotsky Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira13

15 A linguagem é o sistema simbólico dos grupos humanos, fornece os conceitos, as formas de organização do real, a mediação entre o sujeito e o objeto do conhecimento. É por meio dela que as funções mentais superiores são socialmente formadas e culturalmente transmitidas, portanto, sociedades e culturas diferentes produzem estruturas diferenciadas. LINGUAGEM Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira 13

16 Linguagem – designa os objetos do mundo externo ( Ex.faca designa um utensílio usado na alimentação...), ações (como cortar, ferver, andar), qualidades do objeto (afiado, áspero) e as se referem às relações entre objetos ( tais como abaixo, acima, próximo). Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

17 O surgimento da linguagem e as três mudanças essenciais: Lidar com os objetos do mundo exterior mesmo quando eles estão ausentes. Processo de abstração e generalização – é possível analisar, abstrair e generalizar as características dos objetos, eventos e situações presentes na realidade. Função de comunicação entre os homens - garante como conseqüência, a preservação, transmissão e assimilação de informações e experiências acumuladas pela humanidade ao longo da história. A linguagem é um sistema de signos que possibilita o intercâmbio social entre indivíduos que compartilhem desse sistema de representação da realidade. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira15

18 Criança A criança incorpora ativamente as formas de comportamento já consolidadas na experiência humana, à partir de sua inserção num dado contexto cultural, sua interação com membros de seu grupo e sua participação em práticas historicamente construídas. Os membros da sociedade estão num constante movimento de recriação e reinterpretação de informações, conceitos e significados. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira16

19 Desenvolvimento infantil A importância ao papel da interação social no desenvolvimento do ser humano. O indivíduo para se humanizar precisa crescer num ambiente social e interagir com outras pessoas.Quando isolado, privado do contato com outros seres, entregue apenas a suas próprias condições e a favor dos recursos da natureza, o homem é indefeso e despreparado para lidar com os desafios de seu meio. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

20 Aprendizagem É um processo de apropriação de conhecimentos, habilidades, signos, valores, que engloba o intercâmbio ativo do sujeito com o mundo cultural onde está inserido. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

21 O processo ensino - aprendizagem Para Vygotsky, as potencialidades do indivíduo devem ser levadas em conta durante o processo de ensino-aprendizagem. A partir do contato com uma pessoa mais experiente juntamente com os aspectos histórico-culturais, as potencialidades do aprendiz são transformadas em situações que ativam esquemas processuais cognitivos ou comportamentais, e este convívio produz no indivíduo novas potencialidades, num processo dialético contínuo. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

22 Tipos de aprendizagens de conceitos: Espontâneos: adquiridos no contextos cotidianos de atividade da criança. Científicos: adquiridos por meio do ensino, exemplo, os conceitos matemáticos de números decimais, conjuntos, variáveis e os conceitos de verbo adjetivo, vinculados à compreensão da linguagem escrita. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira19

23 Relação entre desenvolvimento e aprendizagem: Importância das praticas educacionais; Anterior ao ensino escolarizado a criança traz uma pré-história de conhecimento - ao entrar em contato com as noções de matemática ou da escrita, a criança já experimentou na vida cotidiana essas noções - por ex. já contou ou fez hipóteses sobre a escrita presente numa sociedade letrada. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira20

24 Dificuldade da criança frente à aprendizagem da escrita A atividade espontânea da criança, como saber o nome de seus familiares, é impulsionada por motivos, necessidades, enquanto a escrita formal demanda habilidades que envolvem mecanismos de abstração complexos. A escola tem um papel essencial no desenvolvimento de funções psicológicas mais avançada. Ex: construção de conceitos necessários ao domínio de uma escrita sistemática. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira 22

25 Para que ocorra as situações de produção de conhecimento é importante as interações sociais das crianças/alunos. Aprender está vinculado ao reconhecimento das potencialidades e diferenças dos alunos à ação do sujeito frente aos desafios lançados pela situação de ensino e à mediação do outro. 22

26 Aprendizagem e a prática pedagógica... Que privilegie a participação ativa dos alunos e do professor, por meio de situações que primem pelo intercâmbio, pelo diálogo, pela expressão criativa e pelo trabalho de grupo, respeitando as atividades discursivas do aluno e sua singularidade. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira23

27 Função social da escola: A escola lugar de hominização, é espaço de luta pela transformação social e pela autodeterminação do sujeito como ser político e social que faz a sua própria história relacionada com muitas outras histórias coletivas e individuais.(DUARTE, 1993). Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

28 Assim o sujeito/aluno deve ser entendido na sua concretude em uma perspectiva de vir a ser, de ser pleno de possibilidades, (DUARTE, 1993). Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira55

29 AVALIAR Não pode ser reduzido a um momento isolado, mas a captação das constantes mudanças no percurso da aprendizagem nas variadas situações de ensino. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira56

30 Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira21

31

32  Esta mudança acontece... com um questionamento da função da escola e do papel do professor. A ênfase deixa de ser a memorização da informação transmitida pelo professor e passa a ser a construção do conhecimento realizada pelo aluno.

33 Transmissão da Informação ENSINO Transformar o ambiente de APRENDIZAGEM Foco no Ensino Foco na Aprendizagem ProfessorENCICLOPÉDIAProfessor PARCEIRO ESPECIAL Preparado para organizar conteúdo e INFORMAÇÃO Preparado para colaborar com a construção de SIGNIFICADOS

34 Bibliografia: REGO, Teresa C. Vygotsky: uma perspectiva histórico-cultural da educação.Petrópolis, RJ: Vozes,1995. VIGOTSKI, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, NUNES, Ana Ignez B. L.e SILVEIRA, Rosemary do N. Psicologia da Aprendizagem processos, teorias e contextos. Brasília: Liber livro, Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira24

35 PRINCIPAIS IDÉIAS DE VYGOTSKY (Teses) 1ª Tese- Relação indivíduo/sociedade – Interação dialética do homem com o seu meio sócio-cultural. Ao mesmo tempo em que o ser humano transforma o seu meio para atender suas necessidades básicas, transforma a si mesmo. Interação dos fatores biológicos X fatores culturais Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

36 2ª Tese - Origem cultural das funções psíquicas: as funções psicológicas humanas se originam nas relações do indivíduo e seu contexto cultural e social. O desenvolvimento mental humano não é dado a priori, não é universal, nem passivo, nem tampouco independente do desenvolvimento histórico e das formas sociais da vida humana. Cultura – parte constitutiva da natureza humana. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

37 3ª Tese - Base biológica do funcionamento psicológico O órgão principal da atividade mental - cérebro. Cérebro - produto de uma longa evolução, e o substrato material da atividade psíquica que cada membro da espécie traz consigo ao nascer (não é um sistema imutável e fixo). Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

38 4ª Tese - Característica mediação São instrumentos técnicos e sistemas de signos, construídos historicamente, que fazem a mediação dos seres humanos entre si e deles com o mundo. Linguagem é um signo mediador (os conceitos generalizados e elaborados pela cultura humana). A relação do homem é mediada por meios, que se constituem nas “ferramentas auxiliares” da atividade humana. Capacidade de criar essas “ferramentas” é exclusiva da espécie humana. É através dos instrumentos e signos que os processos de funcionamento psicológico são fornecidos pela cultura. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira

39 Este princípio está baseado na idéia de que os processos psicológicos complexos se diferenciam dos mecanismos mais elementares e não podem, portanto, ser reduzidos à cadeia de reflexos. Vygostky assinala a necessidade do estudo das mudanças que ocorrem no desenvolvimento mental a partir do contexto social. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira 5ª Tese – A análise psicológica deve ser capaz de conservar as características básicas dos processos psicológicos, exclusivamente humanos.


Carregar ppt "VYGOTSKY Nascimento: 17 de nov. de 1896 em Orsha – Bielo-Rússia + 11 de junho de 1934 – Moscou. Profª Drª Teresa Cristina Barbo Siqueira1 Vygotsky ( 1896-1934)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google