A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A postura diante da Mídia O que se espera do entrevistado Segurança e confiança na entrevista – dicas de conteúdo e forma para melhorar o desempenho do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A postura diante da Mídia O que se espera do entrevistado Segurança e confiança na entrevista – dicas de conteúdo e forma para melhorar o desempenho do."— Transcrição da apresentação:

1 A postura diante da Mídia O que se espera do entrevistado Segurança e confiança na entrevista – dicas de conteúdo e forma para melhorar o desempenho do gestor durante o contato com a imprensa

2 REGRAS PARA O DIA-A-DIA COM A IMPRENSA  Não improvise.  Prepare-se com dados e informações.  Procure saber antes qual a linha da entrevista ( o assunto a ser tratado).  Nunca deixa um repórter em dúvida

3 REGRAS PARA O DIA-A-DIA COM A IMPRENSA  Procure conhecer o perfil do jornalista e da publicação ou programa.  Seja claro, objetivo, use frases curtas e palavras simples.  Evite tecnicidade.  Cuidado com o monólogo.  Calma! Encare o repórter com naturalidade.

4 REGRAS PARA O DIA-A-DIA COM A IMPRENSA  Nunca deixa de atender a um jornalista.  Seja breve e preciso.  Seja cordial e evite intimidade.  Mantenha-se informado (clipping)  Tente conduzir a entrevista.  Não use chavões.

5 COMPORTAMENTO DIANTE DAS CÂMERAS DE TELEVISÃO  O que é que a TV oferece de mais importante?  Use ordem direta: começo- meio-fim (sujeito – verbo- predicado)  Resposta inteligível, coerente e bem articulada.  Entre 15 a 20 segundos. (reportagem 40 a 1 minuto e meio)

6 COMPORTAMENTO DIANTE DAS CÂMERAS DE TELEVISÃO  Procure dividir a sua atenção entre a câmera e o repórter.  Se estiver diante de mais câmeras, olhe para todas, com leves movimentos de cabeça.  Converse como se estivesse contando uma notícia para alguém que você gosta.

7 COMPORTAMENTO DIANTE DAS CÂMERAS DE TELEVISÃO  Quando todo mundo fizer perguntas ao mesmo tempo, tente identificar a mais importante.  Use palavras simples – linguagem coloquial  Fale com clareza, objetividade e concisão.

8 COMPORTAMENTO DIANTE DAS CÂMERAS DE TELEVISÃO  Fala “pra fora”. Não resmungue.  Demonstre confiança e credibilidade nas informações que transmite.  Seja simpático. Descontraído sem ficar largadão.  Saiba exatamente sobre o que está falando.

9 REGRAS TELEVISIVAS  Esgote o assunto com frases breves e completas.  Se precisar usar termos técnicos, explique o que significam.  Não balance o corpo enquanto fala. (sentado ou de pé)  Mantenha a postura e não fale além do que deve.

10 REGRAS TELEVISIVAS  Mantenha-se atento às perguntas dos repórteres, nem sempre eles repetem as mesmas perguntas que fizeram na pré- entrevista.  Se tiver que dar opiniões, faça com clareza e firmeza, sem cara feia.  Dê informações que tenham fundamento.

11 REGRAS TELEVISIVAS  Use comparações que ajudem a esclarecer os telespectadores.  Fale com confiança e segurança.  Evite expressões como hã, hum, ééé, pois denotam falha na fluência de comunicação  (incerteza, nervosismo, inoperância e falta de credibilidade).

12 REGRAS TELEVISIVAS  Seja incisivo, mas não grosseiro.  Demonstre sentimento. Não seja frio.  Sinta-se à vontade. A câmera e o microfone não mordem.

13 O QUE PODE DERRUBAR  Falar difícil, com linguagem rebuscada ou técnica.  Hesitar no começo de uma resposta.  Ser evasivo, usar subterfúgios, não concluir um raciocínio, ser prolixo.  Ser redundante. Falar demais, com frases longas e muitos exemplos.

14 O QUE PODE DERRUBAR  Errar na concordância. Evite erros gramaticais.  Usar gíria, linguagem chula ou estrangeirismos.  Usar frases feitas, chavões. Usar palavras de duplo sentido.  Ser demagogo, tentar enrolar o repórter e o público.

15 O QUE PODE DERRUBAR  Ler algum lembrete enquanto fala.  Ser irônico, debochado, irreverente.  Ser autoritário, intransigente.  Exagerar nos gestos e nas expressões faciais.  Cacoetes.

16 O QUE PODE DERRUBAR  Exaltação descontrolada.  Desviar ou baixar o olhar enquanto fala.  Falar sem parar, sem respirar, emendando frases e assuntos.  Fazer considerações demais, no começo ou no final das respostas.

17 APARÊNCIA  Homens com barba bem cuidada ou rosto limpo.  Terno e gravata dão toque respeitável e de classe (no escritório).  Cores mais adequadas: marinho, grafite ou cinza (escritórios)  Bege para locais ao ar livre.

18 APARÊNCIA  Camisa para locais abertos ou informais (manga dobrada ou não)  EVITE: cores berrantes, estampados, xadrez ou listras fininhas.  Para tirar o brilho do rosto ou enxugar o suor, use o lenço.

19 APARÊNCIA  Mulheres devem usar roupas em tons suaves, com tecidos finos e linhas clássicas  EVITE: vestidos e camisas sem manga.  Maquiagem leve.  Bijuterias ou jóias discretas para não chamar mais a atenção do que o teor da entrevista.

20 APARÊNCIA  Óculos se for necessário.  Óculos escuros só em ocasião de luto (perde a credibilidade)  Nas entrevistas em estúdio evite a cor azul (chroma-key).  Cuidado com inconfidências e indiscrições (George W Bush, Sarkozy e Rubens Ricupero)

21 GESTOS  Braços cruzados  Cabeça balançando  Tamborilar de dedos  Cabeça sobre as mãos  Dedo indicador ao longo do rosto  Segurar o queixo  Exibir a palma das mãos

22 GESTOS  Mãos entrelaçadas  Massagem na nuca  Esparramado na cadeira  Sentado, chutando  Inclinado para trás, com as mãos entrelaçadas na nuca


Carregar ppt "A postura diante da Mídia O que se espera do entrevistado Segurança e confiança na entrevista – dicas de conteúdo e forma para melhorar o desempenho do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google