A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AGC\DECEx Rodrigo Pereira, MSc. Cel.: (21) 9 9140-0099 Skype: nossa.consultoria Beto.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AGC\DECEx Rodrigo Pereira, MSc. Cel.: (21) 9 9140-0099 Skype: nossa.consultoria Beto."— Transcrição da apresentação:

1

2 AGC\DECEx Rodrigo Pereira, MSc. Cel.: (21) Skype: nossa.consultoria Beto do Valle, MBA Cel.: (11) Heitor José Pereira, PhD Cel.: (41) Lourdes Carniello, MSc Cel.: (21)

3 FevereiroMarçoAbrilMaioJunho CRONOGRAMA - MACRO Pontos de Atenção: Carnaval; Feriados de Abril/Maio; Copa do Mundo; 01. Reconhecer do contexto Reuniões Executivas 02. Sensibilização Reunião Executiva Palestra Oficina 03. Áreas de Conhecimento Pesquisa Entrevista Relatório 04. Redes de Conhecimento Pesquisa Oficina Relatório 05. Definições Estratégicas Reuniões Executivas Relatório Final Apresentação Final 01. Reconhecer do contexto Reuniões Executivas 02. Sensibilização Reunião Executiva Palestra Oficina 03. Áreas de Conhecimento Pesquisa Entrevista Relatório 04. Redes de Conhecimento Pesquisa Oficina Relatório 05. Definições Estratégicas Reuniões Executivas Relatório Final Apresentação Final

4 Direcionamento Estratégico de GC Infraestrutura e Ferramentas de GC Capturar Mobilizar Inovar Governança de GC Aplicar Orientadores Organizacionais Resultados Organizacionais Modelo Conceitual de Referência para GC CulturaRedes

5 Construção do Modelo de GC Desafios Estratégicos (aspirações) Conhecimentos Críticos (temas prioritários) Diretrizes Estratégicas (definições orientadoras) Desafios do Contexto (potenciais e limitações) Modelo de GC Portfólio de Soluções e Práticas Requisitos da Plataforma de GC

6 RelatóriosPáginasAnexosPáginas F.01-Projeto Executivo900 F.02-Sensibilização14393 F.03-Mapa de Conhecimentos F.04-Rede Relacionamentos F.05-Modelo GC Totais globais

7 O PROCESSO EVOLUTIVO DO EB PARA UMA INSTITUIÇÃO DA ERA DO CONHECIMENTO ERA DO CONHECIMENTO ERA INDUSTRIAL ADAPTAR MODERNIZAR TEMPO CAPACIDADES TRANSFORMAR Desenvolver novas capacidades para cumprir novas missões ou desempenhar novas funções em combate DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO

8

9

10 1. Novos tipos de missões e novas funções em combate: Consciência situacional em tempo real; Comando e controle digital; Conectividade individual; Inteligência e guerra eletrônica; 2. Baixa familiaridade com os documentos estratégicos do EB; 3. Dificuldade de acesso à informação (73%); 4. Novas oportunidades de aprendizagem baseadas em conexão e colaboração; 5. Fluxo de conhecimentos e relacionamentos predominantemente internos em cada assessoria. Baixa densidade / interatividade nas redes internas; 6. Maior pressão por eficiência e efetividade; 7. Intercâmbio com meio acadêmico civil orientado para o capital intelectual; 8. Retrabalho (56%); 9. Processos organizacionais pouco efetivos; 10. Novas gerações com novos interesses; 11. Ênfase no conhecimento explícito (Fontes de conteúdo utilizadas regularmente: 21% tácito, 79% explícito) Falta de mecanismos de facilitação e incentivo à busca de novos conhecimentos (54%)

11 1. Identificar, desenvolver e mobilizar os conhecimentos críticos para atuação conforme as novas capacidades do Exército da Era do Conhecimento. 2. Promover disseminação e discussão regular dos documentos estratégicos e suas implicações para o DECEx. 3. Garantir disseminação e acesso a informação crítica do DECEx. 4. Alavancar a aprendizagem colaborativa para aumentar a efetividade da educação e da integração cultural. 5. Promover a interação horizontal no DECEx. 6. Promover o intercâmbio de boas práticas para aprimorar efetividade dos processos. 7. Desenvolver iniciativas conjuntas e projetos de pesquisa, em temas convergentes, para intercâmbio institucional. 8. Adotar programa de captura, disseminação, adoção e reconhecimento de boas práticas. 9. Contribuir ativamente para a estruturação e integração dos processos organizacionais. 10. Identificar novas abordagens para atrair, integrar e reter talentos. 11. Adotar práticas de interação e compartilhamento de conhecimentos que promovam o intercâmbio estruturado de conhecimentos tácitos ao longo de toda a carreira.

12 Soluções e Práticas de GC CapturaMobilizaçãoInovação Ext Int Consultoria / Assessoria Eventos / Congressos / PainéisParcerias Pesquisa Básica © Beto do Valle Inovação AbertaCrowdsourcing Grupos de InovaçãoPrograma de Lições Aprendidas / Boas Práticas Comunidades de Prática Internas After Action Review Programas de IdeiasBenchmarking MODELO SIMPLIFICADO Storytelling Mídias Sociais Design Thinking / Processos de Ideação Portais / Intranets / Ambientes Colaborativos / Fóruns / Wikis Cursos / Programas de CapacitaçãoParcerias Pesq. Aplicada Comunidades e Grupos Híbridos (externos + internos)

13 Proposta para o DECEx

14 AGC\DECEx Rodrigo Pereira, MSc. Cel.: (21) Skype: nossa.consultoria Beto do Valle, MBA Cel.: (11) Heitor José Pereira, PhD Cel.: (41) Lourdes Carniello, MSc Cel.: (21)

15 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO 2º PAINEL DE GC PLANEJAMENTO AGC

16 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC 1. FINALIDADE Implementar a Gestão do Conhecimento (GC) no DECEx. 2. REFERÊNCIAS - Diretriz do Processo de Transformação do Exército, Port nº 075, de 10 Jun 10; - Diretriz do Processo de Transformação do Exército, Port nº 075, de 10 Jun 10; - Diretriz Geral do Comandante do Exército – 2011/2014, de 01 Jan 11; - Diretriz Geral do Comandante do Exército – 2011/2014, de 01 Jan 11; - Sistema de Planejamento do Exército (SIPLEx), Port nº 388, de 26 Maio 08; - Sistema de Planejamento do Exército (SIPLEx), Port nº 388, de 26 Maio 08; - Diretriz Estratégica do Sistema de Ensino do Exército, Port nº 716, de 06 Dez 02; - Diretriz Estratégica do Sistema de Ensino do Exército, Port nº 716, de 06 Dez 02; - Diretriz do Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército; - Diretriz do Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército; - Premissas Básicas do Pano de Gestão do DECEx 2011 / 2012, de 14 Dez 11; e - Premissas Básicas do Pano de Gestão do DECEx 2011 / 2012, de 14 Dez 11; e - Relatório final da empresa Nossa Consultoria Ltda. - Relatório final da empresa Nossa Consultoria Ltda. 3. OBJETIVO Regular as atividades necessárias à implementação da GC no âmbito do DECEx.

17 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC 4. CONCEPÇÃO GERAL a. Justificativa a. Justificativa O presente planejamento visa cumprir determinações contidas nas Diretrizes e documentos constantes do item 2. REFERÊNCIAS. Coerente com tais demandas e com a intenção de orientar os trabalhos relativos à implementação de GC no Departamento, ao final do ano de 2013 ocorreu a contratação de uma empresa civil especializada em consultoria de GC (Nossa Consultoria Ltda). Em junho de 2014, pela conclusão dos seus trabalhos, foi entregue relatório que apresentou como produto final, 03 (três) propostas: - Modelo de Gestão do Conhecimento (GC); - Modelo de Gestão do Conhecimento (GC); - Portfólio de Soluções e Práticas de GC; e - Portfólio de Soluções e Práticas de GC; e - Requisitos funcionais da Plataforma Colaborativa de GC. - Requisitos funcionais da Plataforma Colaborativa de GC.

18 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC b. Objetivos - Atender às necessidades de obtenção, sistematização, disseminação e uso do conhecimento no âmbito de toda a estrutura do Departamento. - Atender às necessidades de obtenção, sistematização, disseminação e uso do conhecimento no âmbito de toda a estrutura do Departamento. - Estabelecer os processos de criação e inovação, captura e codificação, organização, compartilhamento, disseminação, uso e proteção do conhecimento no âmbito do DECEx. - Estabelecer os processos de criação e inovação, captura e codificação, organização, compartilhamento, disseminação, uso e proteção do conhecimento no âmbito do DECEx. - Dinamizar os fluxos de conhecimento. - Dinamizar os fluxos de conhecimento. - Estimular as práticas de Gestão do Conhecimento. - Estimular as práticas de Gestão do Conhecimento. - Transformar o conhecimento disponível em valor para o DECEx e seus integrantes. - Transformar o conhecimento disponível em valor para o DECEx e seus integrantes. - Valorizar os integrantes do DECEx, como ativos mais importantes da instituição. - Valorizar os integrantes do DECEx, como ativos mais importantes da instituição. - Preservar talentos. - Preservar talentos. - Desenvolver e apropriar o capital intelectual (competências, processos e relacionamentos). - Desenvolver e apropriar o capital intelectual (competências, processos e relacionamentos). - Racionalizar os recursos. - Racionalizar os recursos. - Melhorar o desempenho organizacional. - Melhorar o desempenho organizacional. - Desenvolver uma cultura de Gestão do Conhecimento. - Desenvolver uma cultura de Gestão do Conhecimento. - Colaborar com o processo de formulação estratégica do DECEx. - Colaborar com o processo de formulação estratégica do DECEx. - Utilizar o conhecimento em apoio à tomada de decisão. - Utilizar o conhecimento em apoio à tomada de decisão. - Criar condições para a inserção do DECEx na Era do Conhecimento. - Criar condições para a inserção do DECEx na Era do Conhecimento.

19 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC 5. DIRETRIZES DE GC E SUA APLICAÇÃO (11) 1 - Promover o intercâmbio de boas práticas para aprimorar efetividade dos processos; 2 - Identificar novas abordagens para atrair, integrar e reter talentos; 3 - Alavancar a aprendizagem colaborativa para aumentar a efetividade da educação e da integração cultural; 4 - Identificar, desenvolver e mobilizar os conhecimentos críticos para atuação conforme as novas capacidades do Exército da Era do Conhecimento; 5 - Desenvolver iniciativas conjuntas e projetos de pesquisa, em temas convergentes, para intercâmbio institucional; 6 - Promover disseminação e discussão regular dos documentos estratégicos e suas implicações para o DECEx;

20 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC 5. DIRETRIZES DE GC E SUA APLICAÇÃO (continuação) 7 – Possibilitar a disseminação e acesso a informação crítica do DECEx; 8 - Adotar programa de captura, disseminação, adoção e reconhecimento de boas práticas; 9 - Adotar práticas de interação e compartilhamento de conhecimentos que promovam o intercâmbio estruturado de conhecimentos tácitos ao longo de toda a carreira; 10 - Contribuir ativamente para a estruturação e integração dos processos organizacionais; e 11 - Promover a interação horizontal no DECEx.

21 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC 6. AÇÕES A REALIZAR A - PALESTRAS DE APRESENTAÇÃO DAS ASSESSORIAS (Dtz 1, 9 e 11) Visam difundir as principais atividades, as missões e a organização interna de cada setor do Departamento. Também buscam aproximar as Assessorias, Seções e Escritório entre si, tanto como órgãos internos, quanto os indivíduos que as compõe. Esta ação é resultado do levantamento feito pela consultoria que apontou como pontos fracos a segmentação interna (assessorias fechadas), pouca interatividade e baixa relação de confiança. B - REUNIÕES DE COORDENAÇÃO INTERNAS (Dtz 1, 6, 9 e 11) Visam melhorar a coordenação das atividades departamentais e estreitar os relacionamentos interpessoais, particularmente das chefias. Serão desenvolvidas no formato de reuniões tipo Estado-Maior, já executadas rotineiramente no Exército, reunindo os chefes de assessorias e gabinete.

22 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC C – EXECUÇÃO DE PAINÉIS, SIMPÓSIOS OU CONGRESSOS (Dtz 1, 2, 3, 4, 5, 7, 9, e 11) Visam difundir conhecimentos específicos, motivando e aperfeiçoando o público interno nos aspectos ligados a GC, servindo para difundir conhecimentos tácitos e explícitos adquiridos por membros do Departamento. Como exemplos de ações já realizadas podem ser citados o ESTAP nível I e o Encontro de Itaipava, ambos anuais. D – MOTIVAR E ACOMPANHAR A EVOLUÇÃO DO ESTUDO DE DOCUMENTOS ESTRATÉGICOS BÁSICOS (Dtz 5, 6, 7 e 11) D – MOTIVAR E ACOMPANHAR A EVOLUÇÃO DO ESTUDO DE DOCUMENTOS ESTRATÉGICOS BÁSICOS (Dtz 5, 6, 7 e 11) Visa corrigir o ponto fraco identificado pela consultoria, que é o desconhecimento profundo de tais documentos nos diversos níveis funcionais. Esta ação é fundamental para permitir, por parte de todos os componentes do Departamento, principalmente as chefias, planejamentos, trabalhos, idéias e soluções pedagógicas técnicas e estratégicas alinhadas com as orientações e determinações do escalão superior, como também com o processo de transformação do EB. E – PARTICIPAÇÃO E EXECUÇÃO NO MAPEAMENTO DE PROCESSOS (Dtz 10) Visa atender uma importante demanda do Departamento que é a falta de processos mapeados. Esta ação será desenvolvida por todos os seguimentos do Departamento, de forma individualizada, sob orientação da AGC, por meio de documentação apropriada, reuniões de coordenação e palestras.

23 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC F – INSTRUÇÃO DE QUADROS (Dtz 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 e 11) F – INSTRUÇÃO DE QUADROS (Dtz 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 e 11) Visa manter o público interno (chefia, colaboradores e militares em geral) informado e atualizado em conhecimentos diversos. Cumpre também a finalidade de dar ampla difusão aos conhecimentos Tácitos e Explícitos, aplicando plenamente esta função de GC. Será desenvolvida normalmente por meio de palestras, as segundas-feiras na reunião matinal, podendo tratar de assuntos de caráter geral e/ou profissional militar. Devem também divulgar conhecimentos adquiridos em viagens a serviço ou missões, no Brasil ou no exterior, ao maior efetivo possível. G – CAPACITAÇÃO DO PESSOAL (Dtz 1, 2, 8 e 9) Visa qualificar militares do Departamento em áreas específicas e de interesse setorial, por meio da participação destes militares em cursos e atividades pedagógicas internas e externas ao Departamento.

24 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC H – ADOÇÃO DE UMA PLATAFORMA COLABORATIVA (Dtz 1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 9, 10, e 11) H – ADOÇÃO DE UMA PLATAFORMA COLABORATIVA (Dtz 1, 2, 3, 4, 5, 7, 8, 9, 10, e 11) Visa congregar numa ferramenta de TI conceitos e soluções de GC que motivem os componentes do Departamento a viverem em um ambiente colaborativo e de aprendizagem. Esta ação será desenvolvida em estreita cooperação entre a ATI e a AGC. I – INCREMENTO DE ATIVIDADES TIPO ANÁLISE PÓS-AÇÃO (APA) (Dtz 2, 3, 4, 7, 8, 9, e 11) I – INCREMENTO DE ATIVIDADES TIPO ANÁLISE PÓS-AÇÃO (APA) (Dtz 2, 3, 4, 7, 8, 9, e 11) Esta técnica já utilizada em ambientes operacionais deve também ser aproveitada nas mais diversas situações burocráticas para se identificar, gerar, capturar e difundir novos conhecimentos, além de servir como instrumento de aperfeiçoamento de processos. Deve, portanto, ter maximizada sua prática. J – DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES E CONHECIMENTOS NA TELA DE AVISOS DO DEPARTAMENTO (Dtz 2, 3, 4, 8, 9 e 11) J – DIVULGAÇÃO DE INFORMAÇÕES E CONHECIMENTOS NA TELA DE AVISOS DO DEPARTAMENTO (Dtz 2, 3, 4, 8, 9 e 11) Esta prática deve permitir uma ampla divulgação de novos conhecimentos, atualizando informações e a situação presente, mesmo que de forma sintética. O uso desta tecnologia torna atrativa e essencialmente dinâmica esta ação de GC.

25 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC K – APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS SOBRE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS (Dtz 1, 2, 3, 8, 9 e 10 K – APRESENTAÇÃO DE RELATÓRIOS SOBRE ATIVIDADES DESENVOLVIDAS (Dtz 1, 2, 3, 8, 9 e 10) Já tradicionalmente posta em prática por força regulamentar. Sempre que um militar se apresenta ao superior hierárquico por término do cumprimento de missões, reporta a este os principais conhecimentos adquiridos e resultados alcançados, cabendo a chefia julgar pela propriedade, ou não, da divulgação imediata deste conhecimento aos demais componentes do Departamento. L – AMPLIAÇÃO DE PORTAIS NO AMBITO DO DEPARTAMENTO (Dtz 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10 e 11) A plena utilização desta ferramenta de TI atenderá adequadamente os objetivos previstos na implementação de GC no DECEx. Assim, deve-se incentivar ao máximo a adoção desta prática sem deixar de orientá-la no sentido de se buscar resultados de GC.

26 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC DETALHAMENTO DA EXECUÇÃO Foi elaborada uma tabela de ações com os respectivos responsáveis, que veremos a seguir.

27 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO O quê?Por quê?Como?Quem? (Rspnl / Ptc)Quando? A Palestras de apresentação das assessorias Pelo desconhecimento mútuo e isolamento das assessorias Palestras de 20 minutos a todo o efetivo do DECEx (Plj a cargo da AGE) Ch Asse e Escritório / Todos Anual (por Asse do Dpt) B Reuniões de coordenação internas Pela necessidade de Coor e Ap mútuo nas atividades diárias Reu tipo EM, Coor pelo mais antigo presente Ch DECEx / Dir e Ch Asse, Escritório Semanal C Execução de painéis, simpósios ou congressos Pela necessidade de se tornar dinâmico o processo de difusão do conhecimento Pl interno das Asse do Dpt (aplicação de painéis, simpósios ou congressos) Ch Asse, Escritório / Todos Conf Plj D Motivar e acompanhar a evolução do estudo de Doc estratégicos básicos Pelo desconhecimento dos documentos básicos, visando o alinhamento das decisões e Plj Através de palestras para motivação da leitura e estudo destes Doc (Plj da AGC) AGC / oficiais e graduados em função de assessoria Conf Plj E Participação e execução no mapeamento de processos Os processos do DECEx não estão mapeados Exec do mapeamento dos processos (Coor da AGC) AGC / TodosConf Plj FInstrução de quadros Carência de conhecimentos em áreas diversas Palestras a todo o efetivo do DECEx (Plj a cargo da AGE) TodosConf Plj G Capacitação do pessoal Nec de incrementar a qualificação do pessoal do Dpt em áreas específicas Inscrição de componentes do Dpt em cursos e estágios (Plj a cargo dos Ch Asse) Ch Asse / TodosConf Plj DETALHAMENTO DA EXECUÇÃO

28 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO H Adoção de uma plataforma colaborativa É uma ferramenta básica e fundamental de suporte e implementação de GC Construção ou aquisição de uma Plf colaborativa, sob Coor TI / AGC TI e AGC / Todas as Dir e Asse Conf Plj I Incremento de atividades tipo análise pós-ação Bsc e difusão de conhecimento crítico para o Dpt (curto prazo) Incremento de APA nas Asse do Dpt (orientação da AGC) Todos- J Divulgação de informações e conhecimento na tela de avisos do departamento Difusão de conhecimento no Dpt (curto prazo) Incentivo as Asse no sentido de contribuir com Info (Coor ACS) ACS / Todas as Dir e Asse Diário K Apresentação de relatórios sobre atividades desenvolvidas Bsc e difusão de conhecimento crítico para o Dpt (curto prazo) Cada militar se apresenta ao Ch Imto por término de missão e expõe seu relatório, na forma oral ou escrita Todos- L Ampliação de portais no âmbito do departamento Bsc e difusão de conhecimento crítico para o Dpt (curto prazo) Orientação / motivação da AGC e supervisão / Ap técnico da TI AGC / Todas as Dir e Asse - O quê?Por quê?Como?Quem? (Rspnl / Ptc)Quando? DETALHAMENTO DA EXECUÇÃO (continuação)

29 DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO E CULTURA DO EXÉRCITO PLANEJAMENTO AGC Assessoria de Gestão do Conhecimento Cel Gelbvaks Cel Bandeira Cel Bandeira Cel Wanderley Cel Wanderley 2º Ten Jônatas 2º Ten Jônatas 2º Sgt Ademar 2º Sgt Ademar Conclusão

30


Carregar ppt "AGC\DECEx Rodrigo Pereira, MSc. Cel.: (21) 9 9140-0099 Skype: nossa.consultoria Beto."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google