A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GEOGRAFIA A 11.º ANO Correcção da 4.ª ficha de avaliação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GEOGRAFIA A 11.º ANO Correcção da 4.ª ficha de avaliação."— Transcrição da apresentação:

1 GEOGRAFIA A 11.º ANO Correcção da 4.ª ficha de avaliação

2 GRUPO I 1. As cidades são essenciais para melhorar a eficácia da região em que se inserem, pois... (B) fornecem funções de nível mais raro às áreas circundantes. 2. A rede urbana nacional caracteriza-se por ser (C) desequilibrada, porque há um número reduzido de cidades com influência regional. 3. O reforço das parcerias entre a cidade e o espaço rural envolvente é fundamental para a dinamização da região e implica a(o)… (A) valorização das áreas rurais através do desenvolvimento rural. 4. Um sistema urbano equilibrado e promotor da coesão territorial deve… (B) apostar num sistema policêntrico, com a afirmação de cidades médias. 5. A rede urbana portuguesa aproxima-se do modelo dito monocêntrico, porque apresenta uma acentuada... (D) macrocefalia

3 GRUPO II 1. O aumento da mobilidade reflecte-se na(no) (C) diminuição das distâncias relativas entre lugares. 2. O desenvolvimento dos transportes tem conduzido… (D) à criação de postos de trabalho no sector dos transportes. 3. Os vários modos de transportes apresentam vantagens e desvantagens. A opção pela utilização de cada um deles depende… (A) da distância a percorrer e do tipo de carga transportada. 4. Em Portugal continental o modo de transporte mais utilizado no movimento de mercadorias são os… (D) rodoviário e marítimo. 5. Segundo o Plano Rodoviário Nacional – PRN 2000, a rede rodoviária nacional é constituída… (B) pela rede fundamental e pela rede complementar.

4 GRUPO III 1. Uma cidade é lugar central uma vez que dispõe de um conjunto de actividades que desempenhando funções centrais oferece bens e serviços centrais (bens que só podem ser adquirido em determinados locais) à sua área de influência, tendo capacidade de atrair população. 2. Enquanto que a economia de aglomeração corresponde às vantagens conseguidas pela localização numa aglomeração (a população e empresas utilizam as mesmas infra-estruturas e beneficiam de relações de complementaridade), a deseconomia de aglomeração corresponde ao limite a partir do qual as desvantagens da aglomeração se tornam superiores às vantagens (os custos da concentração são superiores aos benefícios).

5 GRUPO III 3. As cidades médias são muito importantes para o crescimento harmonioso e equilibrado do país, uma vez que os centros urbanos de média dimensão poderão desempenhar um papel fundamental na redução das assimetrias regionais, contribuindo para a redistribuição interna da população e das actividades se oferecerem maior diversidade e quantidade de bens, criarem postos de trabalho e proporcionarem serviços de qualidade na saúde e educação, etc. 4. A cidade e o campo, estabelecendo relações de parceria (cooperação) e de complementaridade, podem contribui decisivamente para o equilíbrio do território nacional. O campo fornece à cidade bens alimentares, mão-de-obra, espaços de lazer, etc, que por sua vez fornece ao campo emprego, habitação serviços médicos, académicos e político- administrativos de nível superior. O campo pode ainda valorizar os seus recursos endógenos como o património natural e cultura, entre outros.

6 GRUPO IV 1. A expressão “reforço da intermodalidade” significa que deve haver um esforço na utilização dos transportes intermodais ou multimodais, ou seja, na conjugação de vários modos de transporte. 2. Os contentores são imprescindíveis para o transporte multimodal de mercadorias pois tratando-se de recipientes destinados ao transporte de mercadorias evitam que estas se deteriorem, ou sejam roubadas. Além disso, são facilmente transferidas e utilizáveis de um modo de transporte para outro nas plataformas intermodais (infra-estruturas onde se faz o transbordo). GRUPO V 1. As assimetrias regionais ao nível das infra-estruturas e das empresas, o congestionamento de vários eixos, a disparidade no crescimento dos diferentes modos de transporte, a dependência do sector dos transportes face ao petróleo e aumento dos custos económicos e do impacte ambiental são alguns dos problemas que persistem no sector dos transportes ao nível da União Europeia.

7 GRUPO V 2. O grande objectivo da Política Comum dos Transportes (PCT) é a construção de uma rede transeuropeia de transportes, sendo a construção da Rede Ferroviária de Alta Velocidade (RAVE) o projecto prioritário ao qual Portugal anseia aderir. GRUPO VI 1. De acordo com a figura 1, os principais utilizadores da internet em Portugal são maioritariamente homens, dos escaldões etários mais jovens, e com habilitações ao nível do ensino superior ou secundário.

8 GRUPO VII 1. (…) Levantam, no entanto, alguns problemas como a segurança, sendo a sinistralidade rodoviária um problema grave em muitos países europeus, consequência sobretudo do comportamento dos condutores. Em acidentes que envolvam aviões, comboios ou barcos a sinistralidade, por vezes assume, dimensão de catástrofe, pelas elevas perdas materiais e humanas. Outro problema relacionado com a utilização dos transportes prende-se com as questões ambientais e saúde pública devido às elevadas emissões de gases que contribuem para o agravamento do efeito de estufa, além constituírem também riscos para a saúde humana. A poluição atmosférica, proveniente dos transportes é causa de muitas doenças do sistema respiratório, de pele, alergias e cancro. Além dos problemas acima mencionados, os riscos ambientais resultantes do transporte marítimo são também muito elevados em consequência de desastres com petroleiros ou de lavagens de porões. Já no que diz respeito aos problemas resultantes da utilização das telecomunicações há a salientar a insegurança, provocada pela difusão de vírus, o perigo de fraudes no comércio e nas transacções financeiras e a falta de atenção a aspectos de carácter ético como a difusão de ideias e comportamentos que atentam aos direitos humanos ou a invasão de privacidade dos cidadãos. São também de referir os perigos que podem surgir de convívio com desconhecidos na internet ou para a saúde humana pela emissão de radiações nocivas e os problemas psicológicos de dependência.


Carregar ppt "GEOGRAFIA A 11.º ANO Correcção da 4.ª ficha de avaliação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google