A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROJETO DE CODIFICAÇÃO DE ITENS - RIBASA. Para que se possa controlar qualquer tipo de estrutura foi definido que o PLANNER irá controlar como Item.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROJETO DE CODIFICAÇÃO DE ITENS - RIBASA. Para que se possa controlar qualquer tipo de estrutura foi definido que o PLANNER irá controlar como Item."— Transcrição da apresentação:

1 PROJETO DE CODIFICAÇÃO DE ITENS - RIBASA

2

3

4 Para que se possa controlar qualquer tipo de estrutura foi definido que o PLANNER irá controlar como Item as estruturas de: SKU (Stock Keep Unit) Ferramentas Equipamentos Manutenção Ensaio Recursos Projeto Todo Controle será transparente para o usuário apenas para que se possa sempre trabalhar com uma estrutura padronizada, de engenharia, controle e identificação. Tornando assim a implantação mais simples e fácil. CONTROLE

5 Aqui iremos identificar toda informação que forma a hierarquia de definição de um item de acordo com suas características, similaridades, particularidade técnica e por regras de planejamento. Existem algumas informações que são padronizadas para esse controle e se aplica a todo ramo industrial ou comercial de modo que são elas que formam a hierarquia dos produtos. A seguir estaremos identificando como se forma toda a hierarquia Base, e as definições complementares por ramo industrial e ou comercial. TIPO ITEM Um ou mais grupos de itens que partilham e demandam das mesmas informações de identificação e de controle é para esse grupo da hierarquia que iremos identificar as mascaras de níveis que irão compor o código inteligente dos itens ligados a ele. CLASSE ITEM É a divisão na hierarquia dos itens que identifica os grupos de itens que têm coerência de funcionalidades ou ainda é como se fosse a categoria desses. Produtos de uma classe estão ligados sempre a mesma família. Existem uma estrutura que auxilia na organização e enquadramento desses com a realidade. Essa divisão é composto por GRUPO SUB GRUPO CLASSE *** É a Classe que sempre se liga aos Itens. (o Grupo e subgrupo servem para melhor estruturar a suas divisões internas. *** É na classe que o usuário poderá formar tabelas e atributos de identificação dos itens. Foi estudado que a melhor maneira de permitir que o próprio usuário defina seus atributos de identificação, permitindo que quando criados e relacionados possam fazer parte de um conjunto de informações que irão concatenados definir a identificação do item. FAMILIA ITEM Conjunto de itens (Classes) que satisfazem uma mesma necessidade básica de controle com um nível razoável de eficácia (itens financeiros). LINHA ITEM Produtos de uma determinada classe com funções similares, que são produzidos através de regras similares de planejamento, controle e consumo. Geralmente são comercializados através de canais comuns e aos mesmos clientes, e que geralmente se enquadram num determinado nível de preço. ITEM (SKU – STOCK KEEP UNIT) É um item distinto identificado por uma mascara (código), nome com tamanho, cor, marca, preço, aspecto, e outros atributos que o identificam dentro da empresa e para o mercado consumidor, além de todos os atributos técnicos que se fazem necessários para sua identificação. HIERARQUIA ITEM

6 TIPO ITEM É o tipo que identifica a macro divisão que um controle (item) pode receber. Ele é o agrupador do nível inicial da estrutura do item. Com ele podemos usar estruturas já identificadas e definidas para grupos de Itens já cadastrados. É o agrupamento mais externo da estrutura do Item. E servirá como referencia na sua divisão geral.

7 Tipo Item Sub Grupo Grupo Configuração Classe Contra Tipo (Opcional) Estrutura do ITEM Sequencial ITEM IDENTIFICAÇÃO TIPOS DE CONTROLE: SKU EQUIPAMENTO MANUTENÇÃO FERRAMENTA ENSAIO RECURSO PROJETO Os níveis de definição da estrutura de codificação dos itens esta sempre relacionada e referenciada pelo tipo de controle ao qual o item se aplica. Esse controle é automático e transparente para os usuários, uma vez que as regras são controladas internamente pelo “PLANNER”. TABELAS FIXAS “PLANNER” CORES (Cartela Cor) FORMA GEOMÉTRICA ESPECIFICAÇÃO PRODUTO NORMA TÉCNICA COMPOSIÇÃO TÉCNICA (MP) VALORES CONTROLE “PLANNER” Manuseio Imagem Desenho Técnico Densidade Aplicação Observação MASCARA: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO.SUBGRUPO.CLASSE:……/SEQUENCIAL.CT SEPARADORES: /, -, _,., :

8 São as informações que determinam certas características que devem ser controladas. Podem ser acessadas por qualquer tipo de controle interno onde a estrutura a ser usada seja a do Item. Essas características serão pré definidas e controladas como atributos diretos por necessidade de seu utilizá-las na identificação dos itens, ou nos processos de compras, expedição, etc. As características são ativadas inicialmente para o Tipo do Item para serem herdadas pelas classes que os compõem, e podem ser redefinidas pela estrutura da classe do item. CARACTERÍSTICAS

9 Para os controles mais técnicos, e que necessitem ligar atributos de controle a regras de negócio serão usados tipos fixos como era a idéia inicial para todas as tabelas de controle e atributos. As propriedades não podem ser campos nem tabelas apenas de identificação por serem parte direta do processo de cálculo e de regras de negócio controladas pelo “PLANNER”. Dentre elas podemos citar: Cor Forma Geométrica Norma Técnica “Item” Composição (MP) Densidade PROPRIEDADES

10 As demais informações são mapeadas e lançadas na modelagem de acordo com o Controle específico adotado, e de acordo com as particularidades de uso, aplicação, consumo, e execução. A Parte de movimentação de estoque, estará relacionada a Itens SKU, Ferramentas e Equipamentos de apoio. Os itens que demandam de reserva de tempo serão controlados por kambam de priorização e inicialmente abrangerá apenas equipamentos produtivos. Mais pra frente será estendido os controles a Equipamentos de apoio, Ferramentas e Recursos. DEMAIS CONTROLES

11 GRUPO ITEM SKU – TIPO x GRUPO TIPO ITEM 1.1 – Material Produtivo 1.2 – Material Improdutivo 1.3 – Material Industrial 2.1 – Imaterial Produtivo 2.2 – Imaterial Improdutivo 2.3 – Imaterial Industrial 01 – Matéria Prima 02 – Insumo 03 – Industrializado 04 – Almoxarifado Geral 05 – Conjuntos 06 – Componentes 06 – Partes 07 – Serviços Executados 06 – Serviços Terceirizados SKU DEFINIÇÃO: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO Ex1: SKU/ = Material Produtivo Matéria Prima Ex2: SKU/ = Material Produtivo Insumo Ex3: SKU/ = Material Produtivo Industrializado Ex4: SKU/ = Material Industrial Conjunto

12 Sub Grupo ITEM SKU – Grupo x Sub Grupo GRUPO 01 – Matéria Prima 02 – Insumos 03 - Industrializado 01.SD - Siderúrgico 01.MT – Metalúrgico 02.CC – Consumível de Corte 02.CU – Consumível de Usinagem 02.CS – Consumível de Solda 02.AB – Abrasivo 03.PQ – Produtos Químico 03.EA – Elemento Acionamento 03.EF – Elemento Fixação DEFINIÇÃO: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO.SUBGRUPO MASCARA : SKU/ AA; Ex1: SKU/ MT = Material Produtivo Matéria Prima Metalúrgico Ex2: SKU/ CU = Material Produtivo Insumo Consumível de Usinagem Ex2: SKU/ EF = Material Produtivo Industrializado Elemento Fixação

13 CLASSE ITEM SKU – Sub Grupo x Classe SUB GRUPO 01.SD - Siderúrgico 01.MT – Metalúrgico 01.SD Fundido 01.SD.002 – Forjado 01.SD.003 – Trefilado 01.SD.004 – Extruturado 01.SD.005 – Laminado 01.MT.001 – Dobrado 01.MT.002– Soldado GRUPO: MATÉRIA PRIMA DEFINIÇÃO: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO.SUBGRUPO.CLASSE MASCARA : SKU/ AA.999; Ex1: SKU/ SD.001 = Material Produtivo Matéria Prima Siderúrgico Fundido Ex2: SKU/ SD.005 = Material Produtivo Matéria Prima Siderúrgico Laminado Ex2: SKU/ MT.001 = Material Produtivo Matéria Prima Melalúrgico Dobrado

14 ITEM SKU – Classe x Tabelas CLASSE 01.SD Fundido 01.SD.002 – Forjado 01.SD.003 – Trefilado 01.SD.004 – Extruturado 01.SD.005 – Laminado 01.MT.001 – Dobrado 01.MT.002– Soldado GRUPO: MATÉRIA PRIMA DEFINIÇÃO: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO.SUBGRUPO.CLASSE: MASCARA : SKU/ AA.999; Ex1: SKU/ SD.001 = Material Produtivo Matéria Prima Siderúrgico Fundido Ex2: SKU/ SD.005 = Material Produtivo Matéria Prima Siderúrgico Laminado Ex2: SKU/ MT.001 = Material Produtivo Matéria Prima Melalúrgico Dobrado TABELAS USUÁRIO NORMA TÉCNICA COR COMPOSIÇÃO TABELAS INTERNAS FORMA ENGENHARIA DIMENSÃO PRINCIPAL “Pode –se diferenciar para cada classe nova” + + FORMA GEOMÉT. 01 – Perfil 02 – Chapa 03 – Viga 04 - Tubo 01 – 2,8 pol. 02 – 3,5 pol. OUTRAS USUÁRIO

15 CLASSES ITEM SKU – FORMATAÇÃO SUB GRUPO 02.AB Rebolo 02.AB.002 – Lixa 02.AB.003 – Disco 02.AB.004 – Escova 02.AB.005 – Lima GRUPO: INSUMO (A Classe é quem define a mascara e o conjunto padrão de Informações que irão compor a estrutura do Item. Lima DEFINIÇÃO: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO.SUBGRUPO.CLASSE-FORMATOLIMA.COMPOSICAO.TIPODENTADO.DIMENSAO MASCARA : SKU/ AA AA ; Ex1: SKU/ AB AI = Material Produtivo Insumo Abrasivo Lima Cilindrica com corte frontal Aço Inox Dentado 4 12,8x10 Ex2: SKU/ AB AC = Material Produtivo Insumo Abrasivo Lima Cilindrica com corte frontal Aço Carbono Dentado 4 15,9x10,8 02.AB – Abrasivo Dimensão (Tabela Usuário) Formato Lima Tipo Escova Composição (Tabela Fixa) Tipo Dentado Escovas DEFINIÇÃO: CONTROLE/TIPO_ITEM-GRUPO.SUBGRUPO.CLASSE-TIPOESCOVA.COMPOSICAO.DIMENSAO MASCARA : SKU/ AA AA.99/9999-9; Ex1: SKU/ AB AI.01/001.1 = Material Produtivo Insumo Abrasivo Escova Miniaturas Aço Inox 12,8x10 Ex2: SKU/ AB AC.02/001.1 = Material Produtivo Insumo Abrasivo Escova Circular Aço Carbono 15,9x10,8

16 ITEM SKU – F7 “Consulta” Exemplo da disposição da estrutura

17 ITEM SKU – Codificação DEFINIÇÃO: A estrutura de identificação dos Itens “SKU”, esta atrelada a estrutura de códigos descrita abaixo. E serve para identificar um item em todas suas estâncias de controle. CÓDIGOS INDUSTRIAL : MASCARA: TIPO ITEM / GRUPO / SUB GRUPO / CLASSE / TABELAS FIXAS / DEFINIÇÃO / SEQUENCIA COMERCIAL: MASCARA: A DEFINIR PELO USUÁRIO INTERNA : MASCARA: TIPO ITEM / GRUPO / SUB GRUPO / CLASSE / SEQUENCIAL ALTERNATIVA: Sem mascara de controle utilizado nas integrações e comunicação com outros sistemas. EAN13: Código de identificação EAN para atribuição do código internacional de identificação, é usado quando o processo de manipulação e controle necessita. NOMES: INDUSTRIAL: Será formado automaticamente pelo nome dos atributos pertencentes a estrutura de código industrial. Essa estrutura é configurada pelo usuário que determina que partes da codifificação irão compor o nome do item. COMERCIAL: Será replicada com base na estrutura industrial e alterada se desejada. RESUMIDA: Ficara em branco para ser complementada pelo usuário de desejado. IMAGENS: Todo item terá possibilidade de se anexar imagens ou vídeos para identificação visual do item, ou ainda imagens ou vídeos de definição técnica, podendo ser controlado as revisões desses, com detalhamento de cada revisão. UNIDADES DE MEDIDA : Será criado um controle a nível de tratamento de unidades de medida diferenciadas entre si pelo tipo de controle e operação que a mesma se orienta. Esse controle servirá para identificar os fatores de cálculo usado entre elas e como se aplicam as regras de negócia para os cálculos de converssão.

18 Estrutura do Produto (Composição) “Todos outros itens que o compõem” Engenharia do Item Estrutura do Processos (Tarefas) “Controle de todas as tarefas e eventos decorrentes da fabricação” Ensaios e testes “Ensaios e testes de Qualidade aplicados aos produtos por controle de normas, e Clientes” ITEM ENGENHARIA Produto Qualidade Processo Ambiental ITENS – SKU Qtd. Total Final ITENS – Equip. Equip. de Produção ITENS – Equip. Equip. de Apoio ITENS – SKU Qtd. Total Tarefa ITENS – Recurso Recursos Neces. ITENS – SKU Fator de Cálculo ITENS – Recurso Recursos Neces. ITENS – SKU Insumos / Serviços ITENS – Equip. Equip. de Apoio ITENS – Ferram. Ferram. Usadas ITENS – ENSAIO Ensaios Executados

19 OBRIGADO Direta Sistemas de Gestão Ltda. Marco Aurélio Osti


Carregar ppt "PROJETO DE CODIFICAÇÃO DE ITENS - RIBASA. Para que se possa controlar qualquer tipo de estrutura foi definido que o PLANNER irá controlar como Item."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google