A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AMINOÁCIDOS Prof. Marcelo Dias. Aminoácidos Unidade fundamental que compõem as proteínas. Molécula orgânica, contém: H, O, C e N unidos entre si de maneira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AMINOÁCIDOS Prof. Marcelo Dias. Aminoácidos Unidade fundamental que compõem as proteínas. Molécula orgânica, contém: H, O, C e N unidos entre si de maneira."— Transcrição da apresentação:

1 AMINOÁCIDOS Prof. Marcelo Dias

2 Aminoácidos Unidade fundamental que compõem as proteínas. Molécula orgânica, contém: H, O, C e N unidos entre si de maneira característica. Os aminoácidos se unem através de ligações peptídicas Várias classificações: Destino no corpo, radical presente, carga elétrica predominante (pH fisiológico).

3

4

5 aas essenciais Aminoácidos não-essenciais: Síntese mais simples, o corpo produz. Por isso eles não necessariamente precisam estar na alimentação. aas essenciais: tem que vir da dieta: arginina, fenilalanina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, treonina, triptofano, histidina e valina.arginina fenilalaninaisoleucinaleucinalisina metioninatreoninatriptofanohistidina valina

6 Isomeria dos aas Isomeria: Exceto glicina, os 20 aas que compõem todas as proteínas possuem centro quiral, carbono assimétrico. Logo podem ter isômeros, D e L Somente os L-aminoácidos são constituintes das proteínas

7

8 Aminoácidos Possuem partes: NH2 (amina), COOH (carboxila) hidrogênio, carbono alfa (todas partes se ligam a ele), e um radical característico de cada aminoácido.

9 aas: carga elétrica aas possuem 2 grupos que podem sofrer protonação (adição de H) ou desprotonação (retirada de H): Depende pH + carregado Neutro Ponto isoelétrico - carregado

10 Ponto isoelétrico pH acido- Mais H + predomina forma positivamente carregada (1). Em pH básico, há prevalência da forma negativamente carregada (3). A forma eletricamente neutra (2) só poderá existir, então, numa condição de pH intermediária. Afeta solubilidade proteica

11 Ponto isoelétrico Dependendo do meio, os aminoácidos podem atuar como ácidos (protonado, podendo doar prótons), neutros (a forma protonada e a forma receptora de prótons em equilíbrio) e base (base conjugada do ácido correspondente, ou seja, perdeu prótons, e agora é receptora deles). São anfóteros.

12 aas: classificações Qto ao radical: Do ponto de vista tridimensional Aminoácidos apolares: Apresentam radicais hidrofóbicos, grupo com cadeia lateral apolar. Desse grupo fazem parte a alanina, a glicina, a valina, a leucina, a isoleucina, a prolina, a fenilalanina, o triptofano e a metionina.alaninaglicinavalina leucinaisoleucinaprolinafenilalanina triptofanometionina Alanina

13

14

15 aas: classificações, qto ao radical Aminoácidos polares neutros: Apresentam radicais que tendem a formar ligação de hidrogênio, grupo tem cadeias laterais polares eletricamente neutras (sem cargas) em pH neutro. Este grupo inclui a serina, a treonina, a tirosina, a cisteína, a glutamina, e a asparaginapHserinatreonina tirosinacisteínaglutaminaasparagina

16

17 aas: classificações, qto ao radical Aminoácidos ácidos: Apresentam radicais com grupo carboxílico.São hidrófilos Dois aminoácidos, o ácido glutâmico e o ácido aspártico, possuem grupos carboxila em suas cadeias laterais, além daquele presente em todos os aminoácidosácido glutâmicoácido aspártico

18

19 aas: classificações, qto ao radical Aminoácidos polares básicos Há três aminoácidos (a histidina, a Lisina e a Arginina) que possuem cadeias laterais básicas, e em todos e eles cadeia lateral é carregada positivamente em pH neutro ou perto dele.histidinaLisina ArgininapH

20

21

22 aas: classificações Quanto ao destino Destino cetogênico: Qdo produto da quebra do aa é intermediário do Ciclo de Krebs na forma de acetil coa dão origem a corpos cetônicos (produzido no fígado). mais evidente em diabéticos. Destino glicogênico: Qdo produto da quebra do aa vai para a via glicolítica.Os aas que são degradados a piruvato, a-cetoglutarato, succinil- coa, fumarato ou oxaloacetato são denominados glicogênicos. Pois podem ser convertidos em glicose ou glicogênio.via glicolítica

23 Destino da quebra dos aas Dos 20 aas: leucina e a lisina são só cetogênicos fenilalanina, triptofano, isoleucina e tirosina são cetogênicos e glicogênicos. Os demais (14) são só glicogênicos. Acetil Coa pode ser gerada a partir da glicose.


Carregar ppt "AMINOÁCIDOS Prof. Marcelo Dias. Aminoácidos Unidade fundamental que compõem as proteínas. Molécula orgânica, contém: H, O, C e N unidos entre si de maneira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google