A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Educação para a Comunicação PR - RS - SC Vera Gasparetto - Jornalista, Educadora da Escola Sindical Sul da CUT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Educação para a Comunicação PR - RS - SC Vera Gasparetto - Jornalista, Educadora da Escola Sindical Sul da CUT."— Transcrição da apresentação:

1 Educação para a Comunicação PR - RS - SC Vera Gasparetto - Jornalista, Educadora da Escola Sindical Sul da CUT

2 As relações entre as pessoas e as relações sociais se dão pela interação, pela troca de experiências e saberes. A luta social, a construção da cidadania e de uma nova sociedade necessitam de diálogos que partem dos indivíduos e somam-se no coletivo. A sensibilidade para a comunicação individual é um direito. A democratização dos meios de comunicação de massa é um direito social que necessita de nossa disputa constante. A Escola Sul apresenta uma proposta nesta área, para o fortalecimento da estratégia político-organizativa da CUT. Introdução

3 Lutar pela democratização do país, por geração de trabalho e renda, por melhores salários e condições de vida, por políticas públicas para a inclusäo social. Dialogar com a sociedade sobre o papel da Central e a sua importância na construção de novos paradigmas de desenvolvimento econômico e social, através da visibilidade de suas formulações e ações. Desafios para a CUT

4 Desafios para a CUT Implementar uma política de comunicação que amplie as relações da Central com a sociedade à altura do papel que lhe cabe - neste momento histórico - de disputa do caráter do governo Lula, mantendo sua autonomia. Sensibilizar e educar o ser humano para enfrentar o monopólio da informação e comunicação, resgatando através de uma comunicação alternativa, a sua identidade e referências culturais. O reconhecimento ao direito da comunicacão é necessário para o exercício dos demais direitos humanos.

5 A Filipina Susanna George, na Conferência Mídia e Globalização no Fórum Social Mundial ilustrou o grande desafio em relação à Comunicação: A democratização da comunicação e da mídia é uma das lutas sociais mais importantes do século. Precisamos levantar a bandeira da comunicação, pois toda a ação tem um componente comunicacional. O direito à informação e à liberdade de comunicação é um processo interativo fundamental para a organização social e a garantia da liberdade de expressão. Precisamos articular um sistema público e promover a formação para a comunicação na sociedade, a construção de sujeitos críticos.

6 Princípios da Formação para a Comunicação Integralidade da Comunicação Educomunicação Dimensão interpessoal e institucional

7 Integralidade da Comunicaçäo Processo Comucacional = emissor -> mensagem -> receptor -> emissor, numa interação dialógica permanente. Comunicação - relação de poder -> ideologia -> Atores sociais são sujeitos da produção de informação e não receptores passivos. Comunicação entrelaçada à ação sindical. Formação para a comunicação dentro da perspectiva de educação integral e indelegável -> partir da realidade dos sujeitos. Resgatar aspectos da subjetividade, partindo do sujeito -> relação interpessoal -> relações sociais -> globalização.

8 1) A educação para a comunicação - sujeitos do processo de comunicação* 1 e programas de formação de receptores autônomos e críticos frente aos meios. 2) Compreensão sobre as novas tecnologias na educação -> inclusão digital - domínio da técnica. 3) A gestão da comunicação - planejamento, execução e avaliação de planos, programas e projetos de intervenção social que relaciona Comunicação/Cultura/ Educação (ecossistemas comunicativos* 2 ). * 1 Emissor -> mensagem -> receptor -> emissor, numa interação dialógica permanente. * 2 Relacionamento mútuo entre os fatores. * 1 Emissor -> mensagem -> receptor -> emissor, numa interação dialógica permanente. * 2 Relacionamento mútuo entre os fatores. Educomunicação

9 Dimensões da Comunicação Interpessoal Todos comunicam -> sujeitos de comunicação. Qualificação para falar em público, ouvir, interpretar fatos e situações, elaborar/escrever, uso de instrumentos Formação de sujeitos críticos Institucional Comunicação interna -> pactos entre os sujeitos, planejamento, interação entre as políticas/secretarias, oficinas de sensibilizaçäo. Comunicação externa -> estratégias de comunicação integrada para os diferentes públicos alvos (trabalhadores(as)/ramo, sistema CUT, sociedade, poder público, etc) -> formação de opinião Expressões de vida da nossa gente - cultura

10 O Programa de Formação para a Comunicação & Eixos Prioritários da CUT Comunicação para a ação sindical 1) Gestão: Democracia e transparência Respeito às diferenças Estrutura financeira Financiamento da CUT Formação Escolas 2) Fortalecimento do projeto sindical cutista Discutir a organização da CUT Organização por Local de Trabalho Estrutura - ramos Fortalecimento das instâncias Mulheres Jovens Informais 3) Disputa de hegemonia Projeto de desenvolvimento Papel do Estado Democratização da comunicação Ampliação de direitos

11 Estratégia na Região Sul

12 Coletivo Regional de Comunicação Gestão da política de comunicação na Região Sul - Coletivos Estaduais Seminário Regional de Comunicação 2003 Seminário Estaduais PR SC - 7 e 8 de junho RS - julho Planejamento das Ações de Comunicação na Região Ações específicas nos Estados Articulação com a Secretaria Nacional de Comunicação Programa de Formação para a Comunicação Tema permanente: FD, FF, Oficinas Temáticas, etc Público: Dirigentes, assessores e funcionários Eixos do Programa: Democratização da Comunicação - PPs Estratégias de Comunicação Política de Comunicação Sindical Planejamento em Comunicação Comunicação Alternativa Novas Tecnologias na Comunicação Dinâmicas de Comunicação

13 Sermos Educomunicadores Envolvimento do conjunto da direção e dos trabalhadores da entidade. - Transformar a comunicação em algo de todos nós. - Investimentos - Comunicação sindical integrada Construir Redes de Comunicação dentro da CUT -> política de distribuição. Veiculação de informações diversas, plurais, de conteúdos inovadores, com uma linguagem que dialogue com o homem e a mulher modernos – subjetividade e simbólico. Projetos culturais - PP Desafios a todos nós...

14 Incidir nas Políticas Públicas de Comunicação – Conselho de Comunicação Social, nova Lei da Comunicação Eletrônica, TV Digital, criação de meios de comunicação públicos, luta contra o monopólio. Campanha mundial Direito à comunicação na sociedade da informação. MEC -> incluir na grade curricular programa de capacitação para a leitura crítica da mídia e inclusão digital. Criação de cursos para a formação de jornalistas e de estudantes de jornalismo -> sentido

15 Perguntas que não querem calar Como a comunicação sindical pode contribuir para transformar a vida? Nossa comunicação conta a história da classe trabalhadora, mobiliza à participação cidadã e constrói a solidariedade? Qual nosso papel – dirigentes, comunicadores e formadores, diante desses desafios?

16 Vivemos uma globalização internacional de governos corruptos e autoritários. Uma imprensa que faz de conta que é livre, tribunais que fazem de conta que administram a justiça. É uma acumulação obscena de poder. Há uma distância muito grande entre quem toma as decisões e quem tem que obedecê-las. Nossa luta é para diminuir essa distância... Cara-a-cara com o império, parece que estamos perdendo. Mas nós os desnudamos. Perderam sua máscara estão sob céu aberto. (...) Nosso desafio é ajudar a construir a opinião pública até um ruído ensurdecedor. Reinventar a desobediência civil e criar um milhão de formas de nos tornar um pé no saco coletivo. Vamos sitiá-los, fazê-los passar vergonha. Vamos expor nossa arte, nossa música, literatura, teimosia, alegria, brilho, implacabilidade,nossa capacidade de contar as próprias histórias. Na Conferência Como enfrentar o império (FSM 2003), a escritora indiana Arundathi Roy foi enfática:

17 Bibliografia BAPTISTA, Maria Luiza C. Comunicação trama de desejos e espelhos. Ed. da ULBRA,1996. BAUDRILLARD, Jean. A sombra das maiorias silenciosas. Ed. Record, CALVINO, Italo. Seis propostas para o próximo milênio. Companhia das Letras,1993. ESCOLA SINDICAL SUL. Programa de Formação para a Comunicação. ESS, 2003/04. FÓRUM SOCIAL MUNDIAL. Como enfrentar o império. Conferencia, FÓRUM SOCIAL MUNDIAL. Mídia e Globalização. Conferencia, FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Paz e Terra, 12ª ed., GUATARI, Félix. As Três Ecologias. Ed. Papyrus. MATURANA, Humberto. Emoções e linguagem na educação e na política. Ed. UFMG, MORAES (org.), Denis de. Por uma outra comunicação – Mídia, mundialização, cultura e poder. Ed. Record, SANTOS, Milton. Por uma outra globalização. Ed. Record, 9ª ed., UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO (USP). Núcleo de Comunicação e Educação. Apresentação: Vera Gasparetto – Jornalista, Formadora da Escola Sul -


Carregar ppt "Educação para a Comunicação PR - RS - SC Vera Gasparetto - Jornalista, Educadora da Escola Sindical Sul da CUT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google