A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Então vamos para a prova final!. Émile Durkheim 1858-1917.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Então vamos para a prova final!. Émile Durkheim 1858-1917."— Transcrição da apresentação:

1 Então vamos para a prova final!

2 Émile Durkheim

3 Epistemologia: A sociedade (objeto) é superior ao indivíduo (sujeito); As estruturas sociais funcionam de modo independente dos indivíduos, condicionando suas ações. O TODO condiciona as PARTES. O método científico: Intenção de fazer da sociologia uma ciência “madura”, como as ciências naturais; A realidade social é idêntica à realidade da natureza: equipara-se aos fenômenos por ela estudados; “a primeira regra [da sociologia] e a mais fundamental é considerar os fatos sociais como coisas” (1978, p. 94)

4 Objeto de estudo: O Fato Social “é um fato social toda maneira de agir, fixa ou não, capaz de exercer sobre o indivíduo uma coerção exterior, ou ainda, que é geral no conjunto de uma dada sociedade tendo, ao mesmo tempo, uma existência própria, independente de suas manifestações individuais.”

5 Objeto de estudo da sociologia O FATO SOCIAL É: 1) GERAL2) EXTERIOR 3) COERCITIVO

6 O Método Funcionalista: Como estudar os fatos sociais? Formulação da metodologia funcionalista; Os fatos sociais (ou as maneiras padronizadas como agimos na sociedade) não existem por acaso: existem porque cumprem uma função;

7 Método Funcionalista: 1) Durkheim compara a sociedade a um “corpo vivo”; Cada órgão cumpre uma função = metodologia funcionalista. 2) O todo predomina sobre as partes; As partes (os fatos sociais) existem em função do todo (a sociedade); Função social: a ligação que existe entre as partes e o todo.

8 Método Funcionalista: A sociedade é semelhante a um corpo vivo; A sociedade (assim como o corpo humano) é composta de várias partes; Cada parte cumpre uma função em relação ao todo. FamíliaReligiãoEmpresaEscola ExércitoLeisGovernoLazer

9 Um fato social é normal quando: Se encontra generalizado pela sociedade; Desempenha alguma função importante para a adaptação ou evolução da sociedade. Exemplos: O crime é um fato social normal: É encontrado em qualquer sociedade, em qualquer época Representa a importância dos valores sociais que repudiam determinadas condutas como ilegais e as condenam a penalidades.

10

11 Doutrina filosófica, econômica, política e social formulada pelos filósofos alemães Karl Marx e Friedrich Engels entre 1848 e 1867, cujas ramificações podem ser encontradas em âmbitos filosóficos, econômicos, históricos, políticos e na maioria das ciências sociais.Tem como fontes principais o idealismo de Friedrich Hegel ( ), o materialismo filosófico francês do século XVIII e a economia política inglesa do começo do século XIX.

12 Marx publicou, em 1867, o primeiro volume de sua obra "O CAPITAL - ANÁLISE CRÍTICA DA PRODUÇÃO CAPITALISTA", onde analisa detalhadamente o funcionamento do sistema capitalista e mostra que este tende, inevitavelmente, à autodestruição. Através do conceito da "mais-valia", Marx demonstrou que o capitalismo se baseia na exploração do trabalho. Segundo ele, a mais-valia consiste na diferença entre o que o trabalhador recebe de salário e o valor da mercadoria que produz. A mais-valia fica com o empregador - o dono dos meios de produção. É sua fonte do lucro, dos juros, das rendas. Por isso, é a medida da exploração do trabalhador no sistema capitalista. No entanto, a mais-valia não pode ser considerada um roubo, pois é apenas fruto da propriedade privada dos meios de produção.

13 As classes sociais Duas classes fundamentais para entender o capitalismo Burguesia: detentora dos meios de produção Proletariado: Vendedor de sua própria força de trabalho

14 O Estado na análise de Marx A luta de classes seria mera ilustração sem a análise do Estado capitalista O Estado precisa ser compreendido como uma colossal superestrutura e o poder organizado de uma classe social em seu relacionamento com as outras

15 GRUPOS SOCIAIS

16 Forma básica de associação humana. Forma básica de associação humana. É constituído por pessoas que mantém um laço de afinidade por possuírem objetivos comuns e realizarem ações conjuntas. É constituído por pessoas que mantém um laço de afinidade por possuírem objetivos comuns e realizarem ações conjuntas. É toda reunião de duas ou mais pessoas associadas pela interação. É toda reunião de duas ou mais pessoas associadas pela interação. 16

17 GRUPOS SOCIAIS Nos grupos sociais há: Nos grupos sociais há: Normas, Normas, Hábitos, Hábitos, Costumes próprios, Costumes próprios, Divisão de funções, Divisão de funções, Posições sociais definidas Posições sociais definidas 17

18 PRINCIPAIS GRUPOS SOCIAIS Grupo Familiar Grupo Familiar Grupo Vicinal: representado pela vizinhança Grupo Vicinal: representado pela vizinhança Grupo Educativo Grupo Educativo Grupo Religioso Grupo Religioso Grupo Profissional Grupo Profissional Grupo Político Grupo Político Grupo de Lazer Grupo de Lazer 18


Carregar ppt "Então vamos para a prova final!. Émile Durkheim 1858-1917."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google