A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Isidore Auguste Marie François Xavier Comte AUGUSTO COMTE E O POSITIVISMO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Isidore Auguste Marie François Xavier Comte AUGUSTO COMTE E O POSITIVISMO."— Transcrição da apresentação:

1 Isidore Auguste Marie François Xavier Comte AUGUSTO COMTE E O POSITIVISMO

2 Comte é considerado o pai da nova ciência, conhecida inicialmente como FISICA SOCIAL e que tem como por método dois critérios, o histórico e o sistemático. São utilizadas a observação, a experimentação, a comparação, a classificação e a filiação histórica para obtenção dos dados reais. Comte afirmou que os fenômenos sociais podem ser percebidos como os outros fenômenos da natureza, ou seja, como obedecendo a leis gerais.

3 VER PARA PREVER, A FIM DE PROVER Ou seja, ou seja: conhecer a realidade para saber o que acontecerá a partir de nossas ações, para que o ser humano possa melhorar sua realidade. Dessa forma, a previsão científica caracteriza o pensamento positivo.

4 A partir da percepção do progresso humano, Comte formulou a Lei dos Três Estados. Observando a evolução das concepções intelectuais da humanidade, Comte percebeu que esta evolução passa por três estados teóricos diferentes: o estado 'teológico' ou 'fictício', o estado 'metafísico' ou 'abstrato' e o estado 'científico' ou 'positivo', em que:humanidade No primeiro, os fatos observados são explicados pelo sobrenatural, ou seja, as idéias baseadas no sobrenatural são usadas como ciência. Ainda nesta fase, a sociedade se encontra em uma estrutura militar fundamentada na propriedade e na exploração do solo.

5 No segundo, já se encontram as idéias naturais, mas ainda há a presença do sobrenatural nas ciências. A indústria já se expandiu mas não totalmente, a sociedade já não é francamente militar. Pode-se dizer que este estado serve apenas de intermediário entre o primeiro e o terceiro. No terceiro, ocorre o apogeu do que os dois anteriores prepararam progressivamente. Neste, os fatos são explicados segundo leis gerais de ordem inteiramente positiva. A indústria torna-se preponderante, tendo como atividade única e permanente a produção.

6 Émile Durkheim O método sociológico

7 Nascido na França, em uma família extremamente conservadora Formulou os primeiros conceitos de Sociologia É através do seu trabalho que a Sociologia passou a ser considerada uma ciência Funda a cadeira universitária de Sociologia da Sorbonne

8 Para Durkheim, a Sociologia é o estudo dos fatos sociais e por isso deve ser neutra, não envolver-se com política Os fatos sociais são o modo de agir, pensar e sentir de um grupo social Assim como a biologia e a Física, estudam a natureza, os fatos sociais podem ser estudados

9 Os fatos sociais têm as seguintes características: Generalidade – o fato social é comum a todos os membros de um grupo ou à sua maioria; Exterioridade – o fato social é externo ao indivíduo, existe independentemente de sua vontade;

10 Coercitividade - os indivíduos se sentem pressionados a seguir o comportamento estabelecido.

11 As obras de Durkheim foram muito importantes para definir os métodos de trabalho do sociólogo e estabelecer os conceitos da nova ciência

12 Principais obras: A Divisão do trabalho social, 1893 As Regras do método sociológico O Suicídio As Formas elementares da vida religiosa Lições de Sociologia Educação e Sociologia Educação Moral

13 KARL MARX O Materialismo histórico

14 Nascido na cidade de Trèves na Alemanha, filho de pai advogado teve uma vida de estudos dentro da cultura burguesa européia Inicia os estudos em Bonn e conclui na Universidade de Berlim Simpatizante da obra de Hegel, é proibido de dar aulas por Frederico IV

15 Para sobreviver torna-se jornalista e em pouco tempo diretor da Gazeta Renana O jornal é fechado após a publicação de uma matéria em prol dos camponeses Muda-se para Paris, onde organiza uma revista que critica o governo alemão

16 Pressionado pela Alemanha o estado francês também expulsa Marx, que vai para a Bélgica Lança as idéias para uma sociedade mais justa. Seu trabalho é para mostrar as injustiças da sociedade capitalista Lança as bases do socialismo em sua obra Manifesto Comunista

17 Karl Marx lança os conceitos básicos do materialismo histórico Marx chama a atenção para a importância das condições materiais de existência na formação das sociedades Segundo ele, o modo de produção da vida material condiciona o processo de vida social, política e espiritual

18 CONCEITOS BÁSICOS Mercadoria Capital Mais-valia Classes sociais Estado ideologia

19 PRINCIPAIS OBRAS Manuscritos econômico- filosóficos A ideologia alemã A miséria da Filosofia Manifesto comunista As lutas de classe na França entre 1848 e 1850 O 18 Brumário de Luis Bonaparte O Capital

20 MAX WEBER A Sociologia da religião.

21 Ele foi, juntamente com Karl Marx, Vilfredo Pareto e Emile Durkheim, um dos modernos fundadores da Sociologia. É conhecido sobretudo pelo seu trabalho sobre a Sociologia da religiãoKarl MarxVilfredo ParetoEmile Durkheim

22 De importância extrema, Max Weber escreveu a Ética protestante e o espírito do Capitalismo. Este é um ensaio fundamental sobre as religiões e a afluência dos seus seguidores. Subjacente a Weber está a realidade econômica da Alemanha do princípio do século XX.Ética protestante e o espírito do Capitalismo

23 Significante, também, é o ensaio de Weber sobre a política como vocação O Estado é a entidade que possui o monopólio do uso legítimo da ação coercitiva. Weber também é conhecido pelo seu estudo da burocratização da sociedade.

24 A CONVIVÊNCIA HUMANA Há absoluta necessidade da convivência em grupo para que o comportamento humano se manifeste e se desenvolva.

25 SOCIABILIDADE: capacidade natural da espécie humana para viver em sociedade. SOCIALIZAÇÃO: integração ao grupo em que nasceu, com a assimilação dos costumes, regras e hábitos característicos de seu grupo.

26 1.CONTATOS SOCIAIS – é o primeiro passo para que ocorra qualquer associação humana. 1.1 Tipos de contato Contatos primários – relações de proximidade Contatos secundários - impessoais

27 2. INTERAÇÃO SOCIAL – pressupõe a existência de reciprocidade nas ações entre indivíduos. Podem ser: Pessoa pessoa Pessoa grupo Grupo grupo

28 3. RELAÇÃO SOCIAL – é a forma assumida pela interação em cada situação concreta. Podem ser de ordem política, religiosa, cultural, familiar etc. 4. AÇÕES COLETIVAS ( que interfere no meio) E INDIVIDUAIS ( exclusivo e restrito a quem os pratica).

29 AGRUPAMENTOS SOCIAIS 1.CATEGORIA – definida por características em comum entre as pessoas. 2.AGREGADO - proximidade apenas física e transitória 2.1 multidão: junção coletiva, ocasional, influenciada pela emoção. 2.2 público: agrupamento que seguem os mesmos estímulos, é intencional.

30 2.3. MASSA - agrupamento relativamente grande de pessoas separadas ou desconhecidas umas das outras formada por indivíduos que recebem opiniões formadas, que são veiculadas pelos meios de comunicação

31 3. GRUPOS SOCIAIS Reunião mais ou menos estável associadas pela interação. Devido à interação social, os grupos têm de manter alguma forma de organização, no sentido de realizar ações conjuntas de interesse comum a todos os seus membros.

32 3.1 Características dos grupos sociais: Pluralidade Espírito ou consciência de grupo Intencionalidade Identidade Organização Continuidade

33 3.2 Tipos de grupos sociais Grupos primários Grupos secundários Grupos intermediários


Carregar ppt "Isidore Auguste Marie François Xavier Comte AUGUSTO COMTE E O POSITIVISMO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google