A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Novos Métodos Na providência de Deus, os que levam a responsabilidade de Sua obra têm-se esforçado por dar nova vida aos velhos métodos de trabalho,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Novos Métodos Na providência de Deus, os que levam a responsabilidade de Sua obra têm-se esforçado por dar nova vida aos velhos métodos de trabalho,"— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Novos Métodos Na providência de Deus, os que levam a responsabilidade de Sua obra têm-se esforçado por dar nova vida aos velhos métodos de trabalho, e também delinear novos planos e novos métodos de despertar o interesse dos membros da igreja num esforço unido para alcançar o mundo. Ev, 252.

4 Novos Métodos Todos quantos estejam relacionados com a obra devem cultivar novas ideias Ev. 178 Deus deseja que sigamos métodos novos, ainda não experimentados Ev. 125

5 1. Trabalho Pessoal Um dos meios mais eficazes de comunicar a luz e o trabalho particular, pessoal. SC, 118.

6 2. Trabalho em Duplas Nenhum foi mandado sozinho, mas irmão em companhia de irmão, amigo ao lado de amigo. SC, 128. Era desígnio do Salvador que os mensageiros do Evangelho assim se associassem. DTN, 332. Teria muito mais êxito a obra evangélica em nossos dias, fosse esse exemplo mais estritamente seguido. DTN, 332.

7 3. Pequenos Grupos Formemos em nossas igrejas grupos para o serviço. SC, 72.

8 Haja em cada igreja grupos bem organizados de obreiros para trabalhar nas vizinhanças da igreja... Quando tais forças forem postas a operar em todas as nossas igrejas, haverá um poder renovador, reformador, vitalizante nas igrejas, porque os membros estarão fazendo o trabalho que Deus lhes determinou fazer. Beneficência Social, 107.

9 A formação de pequenos grupos como base de esforço cristão, foi-me apresentada por Aquele que não pode errar. SC, 72.

10 Programa do Pequeno Grupo: O tempo de cada parte do programa é sugestivo e flexível. Recepção e Louvor - 10 min. Confraternização - 10 min. Apresentação dos visitantes. Conversa informal. Testemunho - 15 min. Planos de evangelismo. Testemunhos espirituais e missionários. Avaliação das atividades. Oração - 10 min. Agradecimentos e pedidos. Oração intercessória. Estudo da Bíblia - 35 min. Participação de todos no estudo. Recepção e Louvor - 10 min. Confraternização - 10 min. Apresentação dos visitantes. Conversa informal. Testemunho - 15 min. Planos de evangelismo. Testemunhos espirituais e missionários. Avaliação das atividades. Oração - 10 min. Agradecimentos e pedidos. Oração intercessória. Estudo da Bíblia - 35 min. Participação de todos no estudo.

11 Que pequenos grupos se reúnam ao anoitecer ou de manhã cedo para estudar a Bíblia por si mesmos. Tenham um período de oração a fim de que sejam fortalecidos, iluminados e santificados pelo Espírito Santo. Que testemunhos haveis de dar da amorosa convivência que mantivestes com vossos coobreiros nesses preciosos períodos, buscando a bênção de Deus! Conte cada um a sua experiência em palavras simples. Test. for the Church, 195. / MM, 1980, pág.9.

12 Os dois objetivos principais dos pequenos grupos são: Crescimento Espiritual. Evangelismo. Crescimento Espiritual. Evangelismo.

13 4. Evangelismo Público O Senhor tem dado a alguns ministros a capacidade de reunir e reter grandes auditórios. Evangelismo 70. Evangelizai as cidades sem demora, porque o tempo é curto. Evangelismo 33.

14 Novos métodos precisam ser introduzidos. O povo de Deus precisa despertar para a necessidade do tempo em que estão vivendo. Refletindo a Cristo, MM, 1986, 16 de Agosto.

15 As invenções da mente humana parecem proceder da humanidade, mas Deus está atrás de tudo isso. Ele fez com que fossem inventados os rápidos meios de comunicação para o grande dia de Sua preparação. FEC, 409.

16 6. Evangelismo da Amizade Cada um Participando de Acordo com o Seu Dom 7. Convidar amigos e vizinhos para reuniões de Pequenos Grupos e Classes Bíblicas 5. Inscrever Pessoas nos Cursos Bíblicos 8. Ministério da Música 1. Oração Intercessória 2. Visitação 4. Distribuição de Literatura 3. Pesquisas de Rádio e TV

17

18 A Chuva Serôdia essencial não acontecerá enquanto a maior parte dos membros da igreja não forem cooperadores de Deus. Serviço Cristão, 253.

19 A Obra não será terminada enquanto os membros não se unirem em serviço. OE, 352.

20 A Necessidade de Organizar a Igreja para o trabalho O tempo é breve, e nossas forças têm de ser organizadas para fazerem uma obra mais ampla. Serviço Cristão, 72.

21 A Obra do Pastor O melhor auxílio que os ministros podem prestar aos membros de nossas igrejas, não é pregar-lhes sermões, mas planejar trabalho para eles. Daí a cada um, uma obra a fazer e bem de outros. SC, 69.

22 Os pastores podem pregar sermões aprazíveis e convincentes... mas a menos que seus membros façam individualmente sua parte, a Igreja estará sempre em trevas e sem forças. SC, 68.

23 O Pastor deve treinar os membros Que o ministro dedique mais do seu tempo a educar do que a pregar. Testimonies for the Church, vol. 7, 20. A maior ajuda que pode ser dada ao nosso povo é ensiná-los a trabalhar para Deus e a dependerem dEle, não dos ministros. Testimonies for the Church, vol. 7, 19.

24

25 Muito pode, por sua eficácia, a oração do justo (Tiago 5:16). Muito pode, por sua eficácia, a oração do justo (Tiago 5:16). Por meio da oração intercessória os membros da igreja terão mais sucesso na conquista de almas. Por meio da oração intercessória os membros da igreja terão mais sucesso na conquista de almas. Deus age em favor do pecador através das orações dos santos. Deus age em favor do pecador através das orações dos santos. Muito pode, por sua eficácia, a oração do justo (Tiago 5:16). Muito pode, por sua eficácia, a oração do justo (Tiago 5:16). Por meio da oração intercessória os membros da igreja terão mais sucesso na conquista de almas. Por meio da oração intercessória os membros da igreja terão mais sucesso na conquista de almas. Deus age em favor do pecador através das orações dos santos. Deus age em favor do pecador através das orações dos santos.

26 O poder de Jesus era a oração de intercessão E levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu e foi para um lugar deserto, e ali orava.. Marcos 1:35. E levantando-se de manhã, muito cedo, fazendo ainda escuro, saiu e foi para um lugar deserto, e ali orava.. Marcos 1:35.

27 Se nós quisermos ser ganhadores de almas, o poder do Céu descerá sobre nós, na medida em que dobrarmos os nossos joelhos para orar em favor das pessoas, individualmente. Se nós quisermos ser ganhadores de almas, o poder do Céu descerá sobre nós, na medida em que dobrarmos os nossos joelhos para orar em favor das pessoas, individualmente.

28 Por que os crentes não sentem uma preocupação mais sincera e profunda por aqueles que estão longe de Cristo? Por que dois ou três não se reúnem e rogam a Deus pela salvação de alguém especial e então por outros mais. Testemunhos Seletos, 84, 85. Por que os crentes não sentem uma preocupação mais sincera e profunda por aqueles que estão longe de Cristo? Por que dois ou três não se reúnem e rogam a Deus pela salvação de alguém especial e então por outros mais. Testemunhos Seletos, 84, 85. Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céus. Mateus 18:19

29 Ao colocarmos os nomes da nossa lista de interessados perante Deus, por meio das nossas orações intercessórias, Ele derramará o Seu Espírito Santo em nós tornando-nos instrumentos para alcançá-las. Ao colocarmos os nomes da nossa lista de interessados perante Deus, por meio das nossas orações intercessórias, Ele derramará o Seu Espírito Santo em nós tornando-nos instrumentos para alcançá-las. Tornamo-nos canais da Sua influência, tornamo-nos conduto do Seu poder. Tornamo-nos canais da Sua influência, tornamo-nos conduto do Seu poder. Ao colocarmos os nomes da nossa lista de interessados perante Deus, por meio das nossas orações intercessórias, Ele derramará o Seu Espírito Santo em nós tornando-nos instrumentos para alcançá-las. Ao colocarmos os nomes da nossa lista de interessados perante Deus, por meio das nossas orações intercessórias, Ele derramará o Seu Espírito Santo em nós tornando-nos instrumentos para alcançá-las. Tornamo-nos canais da Sua influência, tornamo-nos conduto do Seu poder. Tornamo-nos canais da Sua influência, tornamo-nos conduto do Seu poder. Orações intercessórias fazem a diferença.

30 Por quem orar? Por assuntos específicos Por assuntos específicos Pedidos especiais de oração. Pedidos especiais de oração. Pelo Reavivamento. Pelo Reavivamento. Pelo Evangelismo. Pelo Evangelismo. Por pessoas individualmente. Por pessoas individualmente. Meus amigos e familiares que desejo ganhar para Cristo. Meus amigos e familiares que desejo ganhar para Cristo. Pelos interessados. Pelos interessados. Por pessoas enfermas. Por pessoas enfermas. Pelos membros afastados. Pelos membros afastados.

31 Quem participa? Quem participa? Os membros individualmente. Os membros individualmente. As duplas missionárias. As duplas missionárias. Os Pequenos grupos em suas reuniões. Os Pequenos grupos em suas reuniões. Todos os membros nos cultos da igreja. Todos os membros nos cultos da igreja. Quem participa? Quem participa? Os membros individualmente. Os membros individualmente. As duplas missionárias. As duplas missionárias. Os Pequenos grupos em suas reuniões. Os Pequenos grupos em suas reuniões. Todos os membros nos cultos da igreja. Todos os membros nos cultos da igreja.

32

33 É uma lista com até cinco nomes de parentes, vizinhos e amigos que desejo ganhar para Cristo. É uma lista com até cinco nomes de parentes, vizinhos e amigos que desejo ganhar para Cristo.

34

35

36 Escolher alguém para formar uma dupla de oração. Escolher alguém para formar uma dupla de oração. Orar diariamente: Orar diariamente: Pelos nomes da sua lista, e da lista do seu companheiro. Pelos nomes da sua lista, e da lista do seu companheiro. A dupla reúne-se uma vez por semana para orarem juntos. A dupla reúne-se uma vez por semana para orarem juntos. Escolher alguém para formar uma dupla de oração. Escolher alguém para formar uma dupla de oração. Orar diariamente: Orar diariamente: Pelos nomes da sua lista, e da lista do seu companheiro. Pelos nomes da sua lista, e da lista do seu companheiro. A dupla reúne-se uma vez por semana para orarem juntos. A dupla reúne-se uma vez por semana para orarem juntos.

37 1. Entregar o nome e endereço das pessoas da sua lista para o Coordenador de Interessados. 2. O coordenador juntamente com a comissão missionária da igreja preparam uma lista de todos os interessados. 3. Todos na igreja devem orar por essa lista. 4. Isto deve ser feito em algum momento durante a programação semanal da igreja. 5. Nesta ocasião, pode ser lida uma promessa bíblica apropriada, cantar um hino de ação de graças e orar. Os nomes da lista não precisam ser lidos. 6. Também aproveitar os cultos de oração para orar pela lista. 7. Esta atividade transformará a igreja verdadeiramente em uma casa de oração. 8. A oração é essencial para o sucesso do evangelismo. 1. Entregar o nome e endereço das pessoas da sua lista para o Coordenador de Interessados. 2. O coordenador juntamente com a comissão missionária da igreja preparam uma lista de todos os interessados. 3. Todos na igreja devem orar por essa lista. 4. Isto deve ser feito em algum momento durante a programação semanal da igreja. 5. Nesta ocasião, pode ser lida uma promessa bíblica apropriada, cantar um hino de ação de graças e orar. Os nomes da lista não precisam ser lidos. 6. Também aproveitar os cultos de oração para orar pela lista. 7. Esta atividade transformará a igreja verdadeiramente em uma casa de oração. 8. A oração é essencial para o sucesso do evangelismo.

38 1. Visitar os amigos por quem você orou, partilhar palavras de apreço, encontrar maneiras de ajudá- los em suas necessidades. 2. Conquistar sua confiança por meio da amizade e atos bondosos. 3. Partilhar experiências da vida cristã que revelem a eles o amor de Deus. 4. Quando eles despertarem interesse pela Palavra de Deus, dar estudos bíblicos. 1. Visitar os amigos por quem você orou, partilhar palavras de apreço, encontrar maneiras de ajudá- los em suas necessidades. 2. Conquistar sua confiança por meio da amizade e atos bondosos. 3. Partilhar experiências da vida cristã que revelem a eles o amor de Deus. 4. Quando eles despertarem interesse pela Palavra de Deus, dar estudos bíblicos.

39 Se dois de vós estiverem de acordo na terra sobre qualquer coisa que queiram pedir, isso lhes será concedido por meu Pai que esta nos céus. Mateus 18:19. Versão - Bíblia de Jerusalém Mateus 18:19. Versão - Bíblia de Jerusalém

40

41 O coordenador é o responsável pelo controle e acompanhamento de todos os interessados da Igreja. O coordenador é o responsável pelo controle e acompanhamento de todos os interessados da Igreja.

42

43 Manter uma lista organizada com nome e endereço de todos os interessados atraídos pelas diversas atividades evangelísticas da igreja, tais como:

44 Estudos bíblicos. Estudos bíblicos. Pequenos grupos. Pequenos grupos. Duplas. Duplas. Evangelismo público. Evangelismo público. Programas de rádio e tv. Programas de rádio e tv. Desbravadores. Desbravadores. Minha lista pessoal de interessados. Minha lista pessoal de interessados. Escola Sabatina. Escola Sabatina. Cerimônias batismais. Cerimônias batismais. Escola Adventista - alunos e familiares. Escola Adventista - alunos e familiares. Colportagem. Colportagem. Hospitais e clínicas. Hospitais e clínicas. Pesquisas de casa em casa. Pesquisas de casa em casa. Literatura missionária. Literatura missionária. Editoras e fábricas. Editoras e fábricas. Estudos bíblicos. Estudos bíblicos. Pequenos grupos. Pequenos grupos. Duplas. Duplas. Evangelismo público. Evangelismo público. Programas de rádio e tv. Programas de rádio e tv. Desbravadores. Desbravadores. Minha lista pessoal de interessados. Minha lista pessoal de interessados. Escola Sabatina. Escola Sabatina. Cerimônias batismais. Cerimônias batismais. Escola Adventista - alunos e familiares. Escola Adventista - alunos e familiares. Colportagem. Colportagem. Hospitais e clínicas. Hospitais e clínicas. Pesquisas de casa em casa. Pesquisas de casa em casa. Literatura missionária. Literatura missionária. Editoras e fábricas. Editoras e fábricas.

45 Fornecer nome e endereço de interessados a todos os membros que desejarem fazer visitas e dar estudos bíblicos.

46 Encaminhar o nome e endereço dos interessados para os líderes dos pequenos grupos e das classes bíblicas. Providenciar para que todos os interessados sejam atendidos prontamente.

47 A recomendação da Divisão Sul-Americana é que todas as igrejas e congregações tenham um coordenador de interessados eleito e atuante.

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58 Envolver no Evangelismo Da Semana Santa

59

60 1. Preparar Lista de Interessados 2. Fazer Oração Intercessória 3. Visitar 4. Realizar Seminários 5. Dar Estudos Bíblicos 1. Preparar Lista de Interessados 2. Fazer Oração Intercessória 3. Visitar 4. Realizar Seminários 5. Dar Estudos Bíblicos

61

62

63

64 A Voz dos Juvenis 20 de Julho – 31de Agosto A Voz dos Juvenis 20 de Julho – 31de Agosto JovensPastores Todos Apoiando JovensPastores Juvenis e DesbravadoresEnvolvidosIgrejaApoiando DesbravadoresEnvolvidosIgrejaApoiando ComoSerá?ComoSerá? IgrejasSalõesEscolasIgrejasSalõesEscolas Quem?Quem? SEMANA DA PRIMAVERA 20 a 28 SEMANA DA PRIMAVERA 20 a 28 Onde?Onde?

65

66

67

68

69

70

71 Porque os gansos voam em V

72 1 o Fato- À medida em que cada ave bate suas asas, ela cria uma sustentação para a ave seguinte. Voando em formação de V, o grupo inteiro consegue voar pelo menos 71% a mais do que se cada ave voasse isoladamente. Verdade: Pessoas que compartilham uma direção comum e um senso de equipe, chegam ao seu destino mais depressa e facilmente, porque elas se apoiam na confiança umas das outras. 1 o Fato- À medida em que cada ave bate suas asas, ela cria uma sustentação para a ave seguinte. Voando em formação de V, o grupo inteiro consegue voar pelo menos 71% a mais do que se cada ave voasse isoladamente. Verdade: Pessoas que compartilham uma direção comum e um senso de equipe, chegam ao seu destino mais depressa e facilmente, porque elas se apoiam na confiança umas das outras.

73 2 o Fato- Sempre que um ganso sai fora da formação, ele repentinamente sente a dificuldade de tentar voar só e rapidamente retorna à formação, para tirar vantagem do poder de sustentação da ave imediatamente à frente. Verdade: Existe força, poder e segurança em grupo, quando seguimos na mesma direção com pessoas que compartilham um objetivo comum. 2 o Fato- Sempre que um ganso sai fora da formação, ele repentinamente sente a dificuldade de tentar voar só e rapidamente retorna à formação, para tirar vantagem do poder de sustentação da ave imediatamente à frente. Verdade: Existe força, poder e segurança em grupo, quando seguimos na mesma direção com pessoas que compartilham um objetivo comum.

74 3 o Fato- Quando o ganso líder se cansa, ele se atrasa, indo para a parte traseira do V, enquanto um outro ganso assume a ponta. Verdade: É vantajoso o revezamento, quando se necessita fazer um trabalho árduo. 3 o Fato- Quando o ganso líder se cansa, ele se atrasa, indo para a parte traseira do V, enquanto um outro ganso assume a ponta. Verdade: É vantajoso o revezamento, quando se necessita fazer um trabalho árduo.

75 4 o Fato- Os gansos de trás grasnam para encorajar os da frente a manterem o ritmo e a velocidade. Verdade: Todos nós necessitamos ser reforçados com apoio ativo e encorajamento. 4 o Fato- Os gansos de trás grasnam para encorajar os da frente a manterem o ritmo e a velocidade. Verdade: Todos nós necessitamos ser reforçados com apoio ativo e encorajamento.

76 5 o Fato - Quando um ganso adoece ou se fere e deixa o grupo, dois outros gansos saem da formação e o seguem, para ajudar a proteger. Eles o acompanham até a solução do problema, e então reiniciam a jornada a três, ou juntando-se a outra formação, ou juntos até encontrar seu grupo original. Verdade: Precisamos ser solidários nas dificuldades. Vamos procurar nos lembrar mais freqüentemente de dar um grasnado" de encorajamento. 5 o Fato - Quando um ganso adoece ou se fere e deixa o grupo, dois outros gansos saem da formação e o seguem, para ajudar a proteger. Eles o acompanham até a solução do problema, e então reiniciam a jornada a três, ou juntando-se a outra formação, ou juntos até encontrar seu grupo original. Verdade: Precisamos ser solidários nas dificuldades. Vamos procurar nos lembrar mais freqüentemente de dar um grasnado" de encorajamento.

77

78

79 1.Evangelismo Integrado 2.Go One Million em Ação Pregadores Voluntários Líderes de Pequenos Grupos Instrutores Bíblicos - Duplas Missionárias Obreiros Voluntários

80 3.Plano de Ação 2003 – 2005 Organização da Igreja Planejamento Formar equipes de trabalho Motivação e Inspiração Treinamento 4.Calendário de Evangelismo Primeiro Semestre - Semana Santa Julho a Setembro - Evangelismo Jovem Segundo Semestre - Semana de Colheita 5.Como realizar as campanhas de evangelismo Na igreja No Pequeno Grupo 6.Evangelismo Por Meio de Rádio, TV e Internet

81 7.Duplas Missionárias 8.Minha Lista de Interessados 9.Oração Intercessória 10.Visitação 11.Estudos Bíblicos 12.Como Levar as Pessoas à Decisão

82 13.Pequenos Grupos 14.Revolução na Igreja pelo Ministério Leigo 15.Classes Bíblica 16.Pregadores Voluntários 17.A Arte de Falar em Público 18.Como Conservar os Novos Conversos


Carregar ppt "Novos Métodos Na providência de Deus, os que levam a responsabilidade de Sua obra têm-se esforçado por dar nova vida aos velhos métodos de trabalho,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google