A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ACNE Maria de Fátima Lima Pereira Esteticista Facial e Corporal Consultora Técnica Maria de Fátima Lima Pereira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ACNE Maria de Fátima Lima Pereira Esteticista Facial e Corporal Consultora Técnica Maria de Fátima Lima Pereira."— Transcrição da apresentação:

1

2 ACNE Maria de Fátima Lima Pereira Esteticista Facial e Corporal Consultora Técnica Maria de Fátima Lima Pereira Esteticista Facial e Corporal Consultora Técnica

3 Caracteriza-se por: » »Comedões » »Pápulas » »Pústulas » »Nódulos » »Cicatrizes Caracteriza-se por: » »Comedões » »Pápulas » »Pústulas » »Nódulos » »Cicatrizes NAS FORMAS MAIS GRAVES: abscessos, cistos e cicatrizes em graus variáveis

4 Área com maior ocorrência de Acne Frente Costas

5

6 Em alguns casos, as lesões são mínimas, imperceptíveis. Em outros, as lesões são mais evidentes, perturbando a qualidade de vida. COMO SE COMPORTA?

7 Grau I - Comedônica (comedões, principalmente) Acne Inflamatória Grau II - Pápulo-pustulosa (pápulas e pústulas) Grau III - Nódulo-cística (nódulos e cistos) Grau IV - Conglobata (nódulos e cistos comunicantes) Grau V - Acne fulminante Grau I - Comedônica (comedões, principalmente) Acne Inflamatória Grau II - Pápulo-pustulosa (pápulas e pústulas) Grau III - Nódulo-cística (nódulos e cistos) Grau IV - Conglobata (nódulos e cistos comunicantes) Grau V - Acne fulminante COMO SE CLASSIFICA? Acne não Inflamatória

8

9 Comedões fechados e abertos CRAVOS Comedões fechados e abertos CRAVOS

10 Acne Vulgar ou Grau II

11 Acne Vulgar ou Grau II Acne Vulgar ou Grau II

12 Acne Escoriado

13 Acne Papulopustula

14 Acne neonatal

15

16 Importância da Higiene

17

18 Importância da Higiene Importância da Higiene

19 Cuidados com a Higiene

20 Importância do tratamento dermatológico Importância da limpeza de pele Parceria médico-esteticista

21 Não existem evidências científicas que incriminem qualquer tipo de alimento na fisiopatologia da acne. agentes limpadores agressivos podem piorar o quadro de acne. Scrubs e sabonetes secativos devem ser utilizados com cautela. Não existem evidências científicas que incriminem qualquer tipo de alimento na fisiopatologia da acne. agentes limpadores agressivos podem piorar o quadro de acne. Scrubs e sabonetes secativos devem ser utilizados com cautela.

22 Acne é uma doença e deve ser tratada como tal. A crença de que a acne está relacionada a esta fase da vida e não necessita tratamento é incorreta (sequelas) – resolve-se com o fim da adolescência. Exposição solar- nem sempre é benéfica. Acne é uma doença e deve ser tratada como tal. A crença de que a acne está relacionada a esta fase da vida e não necessita tratamento é incorreta (sequelas) – resolve-se com o fim da adolescência. Exposição solar- nem sempre é benéfica.

23 Acne apesar de ser uma infecção – é contagiosa. Comedões abertos (pontos pretos) - devido a presença de melanina e não à oxidação do sebo (fonte- Dermatologia - Sampaio e Rivitti- página a edição- 2001) Acne apesar de ser uma infecção – é contagiosa. Comedões abertos (pontos pretos) - devido a presença de melanina e não à oxidação do sebo (fonte- Dermatologia - Sampaio e Rivitti- página a edição- 2001)

24 Espremer a “espinha” ajuda a conter a inflamação. Lavar o rosto várias vezes ajuda a melhorar a acne. Concepcional piora a acne. Espremer a “espinha” ajuda a conter a inflamação. Lavar o rosto várias vezes ajuda a melhorar a acne. Concepcional piora a acne.

25 Masturbação piora a acne. Menstruação piora a acne- pode haver alteração no período que antecede – fatores hormonais. Cicatrizes de acne não tem cura. Masturbação piora a acne. Menstruação piora a acne- pode haver alteração no período que antecede – fatores hormonais. Cicatrizes de acne não tem cura.

26 Não manipular lesões; Procurar dermatologista; Utilizar com disciplina toda a prescrição médica; Comunicar o médico de eventuais irritações; Esteticista somente por indicação médica- buscar profissional habilitado. Não manipular lesões; Procurar dermatologista; Utilizar com disciplina toda a prescrição médica; Comunicar o médico de eventuais irritações; Esteticista somente por indicação médica- buscar profissional habilitado.

27 Prevenção é o melhor remédio; Boa higiene; NUNCA interferir na prescrição dermatológica; PACIÊNCIA E INSISTÊNCIA. Prevenção é o melhor remédio; Boa higiene; NUNCA interferir na prescrição dermatológica; PACIÊNCIA E INSISTÊNCIA.

28 Acompanhamento da Acne por Esteticista Acne Grau I e quadros moderados de Grau II, trabalho do esteticista consiste em: Utilizar técnicas adequadas de extração; Prescrever cosméticos esfoliantes, queratolíticos, normalizadores da secreção sebácea e bactericidas; Conquistar a adesão do cliente/paciente ao tratamento em função das orientações e esclarecimentos de ordem geral; Acompanhar e avaliar o tratamento periodicamente. Acne Grau I e quadros moderados de Grau II, trabalho do esteticista consiste em: Utilizar técnicas adequadas de extração; Prescrever cosméticos esfoliantes, queratolíticos, normalizadores da secreção sebácea e bactericidas; Conquistar a adesão do cliente/paciente ao tratamento em função das orientações e esclarecimentos de ordem geral; Acompanhar e avaliar o tratamento periodicamente.

29 PARCERIA MÉDICO-ESTETICISTA Esta parceria é fundamental para se obter resultados efetivos no tratamento da acne vulgar graus III e IV, como também nas erupções acneiformes e rosácea; A investigação clínica e o exame dermatológico vão definir a terapêutica a ser seguida; Conquistar a adesão do paciente, definirá a execução correta e a continuidade do tratamento. Esta parceria é fundamental para se obter resultados efetivos no tratamento da acne vulgar graus III e IV, como também nas erupções acneiformes e rosácea; A investigação clínica e o exame dermatológico vão definir a terapêutica a ser seguida; Conquistar a adesão do paciente, definirá a execução correta e a continuidade do tratamento.

30 PARCERIA MÉDICO-ESTETICISTA

31 PARCERIA MÉDICO-ESTETICISTA O esteticista que tem sessões periódicas com o paciente, pode observar a melhora do quadro e até informar o médico possíveis pioras no quadro clínico ou efeitos adversos aos medicamentos prescritos. O apoio do esteticista ao paciente é fundamental e transmite confiança, demonstrando o domínio científico do quadro clínico. O esteticista que tem sessões periódicas com o paciente, pode observar a melhora do quadro e até informar o médico possíveis pioras no quadro clínico ou efeitos adversos aos medicamentos prescritos. O apoio do esteticista ao paciente é fundamental e transmite confiança, demonstrando o domínio científico do quadro clínico.

32 FORMAS COSMÉTICAS MAIS UTILIZADAS Soluções aquosas e hidroalcoólicas; Suspensões de pós finos; Géis de base aquosa; Géis-creme (cremes oil free); Loções oil free; Sérum; Pós esfoliantes; Máscaras calmantes e queratolíticas.

33 FICHA DE ANAMNESE Investigação usual Listar lesões e localização Definir grau da acne Acompanhar reações da pele Informar médico quanto ao tratamento prescrito é sempre uma boa prática. Investigação usual Listar lesões e localização Definir grau da acne Acompanhar reações da pele Informar médico quanto ao tratamento prescrito é sempre uma boa prática.

34 TRATAMENTO ESTÉTICO CONTROLE OLEOSIDADE HIGIENIZAÇÃO- –Loções, géis e sabonetes líquidos ou cremosos acrescidos de ativos vegetais e/ou antissépticos (cânfora, mentol, ácido bórico). AFINAMENTO- – –Peeling físico- agentes abrasivos como grânulos sisntéticos (microesferas de polietileno); grânulos de minérios (óxido de silício e quartzo); cavalinha (rica em óxido de silício) adicionados a sabonetes cremosos, loções e géis. – –Peeling químico- ácido glicólico, betahidroxiacido, ácido mandélico – –Peeling de cristal- dióxido de alumínio

35 TRATAMENTO ESTÉTICO CONTROLE OLEOSIDADE EMOLIÊNCIA PARA A EXTRAÇÃO – –Aquecimento com vapor ozônio 5 – –Compressas com solução amolecedora (trietanolamina, lauril éter sulfato de trietanolamina, carbonato ou salicilato de sódio – concentração de 2 a 10%) – –Aquecimento por mais 5’ a 10’. EXTRAÇÃO- – –Comedões abertos- em lesões com um tampão queratínico grande, retirá-lo com a ponta de agulha descartável antes de iniciar a extração do filamento seborréico. – –Comedões fechados- são previamente lancetados com a ponta de uma agulha descartável, podendo ser retirados por espremeção ou com a ponta de uma cureta.

36 TRATAMENTO ESTÉTICO CONTROLE OLEOSIDADE PEELING QUÍMICO- – –Poderá ser aplicado quando da experiência do profissional e principalmente se trabalha em consultório médico; – –Utilizamos por um tempo de 7’ peeling de resorcina 20% ou 30% (efeito bactericida) MÁSCARA DESCONGESTIONANTE E/OU CALMANTE- – –Camomila – –Azuleno – –Bentonita – –Caolim – –Óxido de zinco – –Alfa bisabolol – –Mentol

37 TRATAMENTO ESTÉTICO CONTROLE OLEOSIDADE FINALIZAÇÃO- – –Loção secativa- óxido de zinco ou bentonita ou enxofre ou ácido lactobiônico ou ácido húmico – –Filtro solar forma cosmética adequada (gel ou sérum) com F.P.S. mínimo 8% – –Maquilagem corretiva não comedogênica

38 PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Aloe Vera (babosa) Calêndula Camomila Castanha-da-Índia Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Aloe Vera (babosa) Calêndula Camomila Castanha-da-Índia Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Melissa Pepino Tepescohuit (mimosa) Tília Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Melissa Pepino Tepescohuit (mimosa) Tília

39 PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Alecrim AquiléaArnica Arruda Bardana Centella Asiática Confrei Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Alecrim AquiléaArnica Arruda Bardana Centella Asiática Confrei Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Gengibre Gerânio Ginkgo Biloba Guaraná Descongestionantes: Extratos vegetais glicólicos Gengibre Gerânio Ginkgo Biloba Guaraná

40 PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS Bactericidas, Cicatrizantes: Extratos vegetais glicólicos Própolis Aloe Vera Alfabisabolol D-Pantenol Bactericidas, Cicatrizantes: Extratos vegetais glicólicos Própolis Aloe Vera Alfabisabolol D-Pantenol

41 PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS Descongestionantes: Ácido Glicirrízico Alfa bisabolol Alfa Lipóico Caviar HS Epilami Emolien Fucogel Descongestionantes: Ácido Glicirrízico Alfa bisabolol Alfa Lipóico Caviar HS Epilami Emolien Fucogel Descongestionantes: Helioxine Nitrato de cloreto de estrôncio Phytossoma de escina Algisium C Alantoína Colesterol escina Descongestionantes: Helioxine Nitrato de cloreto de estrôncio Phytossoma de escina Algisium C Alantoína Colesterol escina

42 ANTIOLEOSIDADE Ácido retinóico (médico) Aqua licorice PU Biopol OE Biotin B8 Cafeisilane Capilisil Cuivridone Cytobiol iris Dermatan sulfato Epicutin Glycosan de cafeína Lipofirm Lipossomas de black tea Óleo de alecrim Óleo essencial melaleuca Polimetilmetacrilato Polytrap Remoduline Thodysterol Sebosphere Theophylisilane Zincidone

43 ESFOLIANTES FÍSICOS Melafresh exfol 100 Biodeads (microesferas de jojoba) Microesferas de polietileno Microesferas de Polietileno Azuis Sementes de apricot Microesponjas esfoliantes com dimeticone

44 ESFOLIANTES QUÍMICOS Ácido Glicólico- até 12% pH 2.0 (ácido) pH 3.8/4.2 mais seguro Ácido Salicílico (betahidroxi)- a 2% soluções 20% nanosferizado Resorcina- 20% a 30% (consultório médico) Enxofre de 5% a 10%- peeling mínimo MFA (mixed Fruit Acid Complex)- multi composto de ácidos concentrações de 3.0% a 7.5% Biodisponibilidade- depende pH

45 ANTIACNE AC NET – reduz a seborréia, hiperqueratose Antiacne complex- normaliza queratogênese/secreção sebácea Anti-oil Spheres- microesferas de sílica de alta capacidade de absorção de óleo Aqua Licorice PU- antiacnéico e seborregulador PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS

46 Asebiol- hidrolisado de proteínas, ação adstringente Bioecolia- protetor flora natural da pele Biopol OE- agente antioleosidad ação mecânica DSBC- ácido salicílico, ação queratolítica, antiinflamatória e antiedema PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS

47 E.S.A.Extract- rico em aminoácidos sulfurados indicado tratamento oleosidade Extrato de manuka- micoemulsão contendo 10% óleo de manuka (antimicrobianas) Extrato de Sândalo- propriedade antimicrobianas e antiinflamatórias Glycosan Copaíba- antimicrobianas e antiinflamatória PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS

48 Regu-Seb- gergelim em óleo de árgano, extrato de sésamo (rico em fitoesterois) – redução sebo cutâneo Seborregulador- extrato glicólico de hera, agrião e roqueta. Anti-seborréico, antioleosidade Tetracosm- inibidor de 5α redutase Willow Bark Extract- rica em ácido salicílico. Propriedades analgésicas, anti- sépticas, adstringentes e antiinflamatória Zincidone- anti-seborréica, reduz excreção das glândulas sebáceas. PRINCÍPIOS ATIVOS MAIS UTILIZADOS

49

50

51 enfim sai da mesmice bota a cabeça para fora chuta o pau da barraca segura o touro pelo chifre mata um leão por dia engole sapos e pererecas ria da própria queda sacode a poeira por baixo e dá a volta por cima

52


Carregar ppt "ACNE Maria de Fátima Lima Pereira Esteticista Facial e Corporal Consultora Técnica Maria de Fátima Lima Pereira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google