A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICAS E PEDAGÓGICAS NA ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO MARA ELIANE FONSECA RODRIGUES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICAS E PEDAGÓGICAS NA ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO MARA ELIANE FONSECA RODRIGUES."— Transcrição da apresentação:

1 DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICAS E PEDAGÓGICAS NA ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO MARA ELIANE FONSECA RODRIGUES UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

2 EPISTEMOLOGIA - alguns instrumentos conceituais - Saber todo conjunto de conhecimentos metodicamente adquiridos, sistematicamente organizados e susceptíveis de serem transmitidos por um processo pedagógico de ensino. Poderá ser aplicado à aprendizagem de ordem prática e, ao mesmo tempo, às determinações de ordem intelectual e teórica. Ciência conjunto das aquisições intelectuais, de um lado, das matemáticas, do outro, das disciplinas de investigação do dado natural e empírico.

3 EPISTEMOLOGIA - alguns instrumentos conceituais - Epistemologia estudo metódico e reflexivo do saber, de sua organização, de sua formação, de seu desenvolvimento e de seus produtos intelectuais

4 TIPOS DE EPISTEMOLOGIA Epistemologia global (geral) quando se trata do saber globalmente considerado, com a virtualidade e os problemas do conjunto de sua organização. Epistemologia particular quando se trata de levar em consideração um campo particular do saber. Epistemologia específica quando se trata de levar em conta uma disciplina intelectualmente constituída em unidade bem definida do saber, e de estudá-la de modo próximo, detalhado e técnico, mostrando sua organização, seu funcionamento e as possíveis relações que ela mantém com as demais disciplinas.

5 ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO Segundo Encuentro de Directores de los Cursos Superiores de Bibliotecología del Mercosur y Primer Encuentro de Docentes de Bibliotecología y Ciencia de la Información del Mercosur, Buenos Aires, Argentina, de noviembre de 1997 Conteúdos Gerais: comunicaçäo e informação. Cultura e sociedade. Biblioteconomia. Documentação. Arquivologia. Museologia. Ciência da Informação e áreas afins. Unidades e serviços de informação. O profissional da informação: formação e atuação. História e tendências da produção dos registros do conhecimento, das unidades e dos sistemas nacionais e internacionais de informação.

6 ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO Conteúdos Específicos Informação-comunicação O objeto de estudo da Biblioteconomia: a informação, conceituação e sua abordagem de diferentes pontos de vista. Informação e sociedade Biblioteconomia e Ciência da Informação Problemas epistemológicos da Biblioteconomia Correntes teóricas na América Latina

7 ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO Conteúdos Específicos Documento. Conceito e distintos suportes. Unidades de informação. Conceitos e características O profissional da informação Características, competências, deveres e obrigações. Ética e legislação profissional. Associações profissionais. A problemática regional. A produção e circulação social dos registros do conhecimento, da antiguidade à imprensa.

8 ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO Conteúdos Específicos A imprensa e a expansão do livro Desenvolvimento e evolução das bibliotecas na América. O livro e as bibliotecas na América. O livro e outros suportes da época contemporânea. As mudanças tecnológicas dos registros do conhecimentos e suas repercussões na atualidade. Evolução do conceito de autor e o direito autoral

9 ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO IV Encuentro de Directores y III de Docentes de Escuelas de Bibliotecología y Ciencia de la Información del Mercosur, Montevideo, Uruguay, de mayo de 2000 Marcos teóricos/conceituais que sustentam e orientam o conteúdo e ensino na área curricular

10 Marcos teóricos/conceituais A área curricular se baseia em uma pluralidade de aportes teóricos, identificados por uma visão integradora e histórica, que busca incorporar, mais que excluir, as diferentes clivagens. Conteúdos abordados a partir do marco epistemológico: historicista – cognitivista

11 PRINCIPAIS TEÓRICOS Ranganathan e suas célebres leis que assinalaram claramente os fins e funções da profissão. Shera que tem abordado com precisão os fins sociais da profissão. Belkin, Brookes, Saracevic, Wersig, Vickery, Hjorland, Ingwersen que têm se posicionado em relação a uma nova conceituação da informação e de seu processo de transferência.

12 SÍNTESE DAS PRINCIPAIS TENDÊNCIAS E ENFOQUES DA ÁREA Esta área curricular busca dar uma base teórica a formação do profissional da informação, procurando identificar as variáveis que influenciam na geração, natureza, organização, impacto e uso da informação.

13 PRESSUPOSTOS PARA A ÁREA CURRICULAR a compreensão da complexidade da sociedade da informação, através de suas contradições e conflitos; a compreensão da natureza e das funções da área e sua relação com outras áreas do conhecimento; o entendimento da evolução histórica da área; a compreensão do contexto social onde os profissionais da informação trabalham, seus papéis e competências.

14 DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICAS E PEDAGÓGICAS NA ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO RELATORA: MIRIAM VIEIRA DA CUNHA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

15 MARCOS CONCEITUAIS DA ÁREA CURRICULAR Trabalhar um aporte teórico básico, porém não engessador Resgatar os teóricos clássicos da área, como: Naudé, Ranganathan, Otlet, Briet, Saracevic... Identificar os interlocutores (brasileiros) dos teóricos clássicos Resgatar a constituição da biblioteconomia brasileira – dimensões: histórica – cognitiva – social - tecnológica Considerar as contribuições teórico-conceituais das instituições sociais, a exemplo da Unesco, do IBICT...

16 ABORDAGENS PEDAGÓGICAS DA ÁREA CURRICULAR Interdisciplinaridade como método para trabalhar as dimensões histórica – cognitiva – social - tecnológica de maneira associada; Usar a estratégia do ensino com pesquisa (concepção de pesquisa como princípio pedagógico) para não dissociar os saberes da prática e efetivar um diálogo entre os mesmos; Ao longo do curso planejar seminários temáticos, e/ou outras modalidades, como forma de minimizar a fragmentação dos conteúdos e de revisitar as teorias básicas já discutidas.

17 CONTEÚDOS FORMADORES ESSENCIAIS DA ÁREA CURRICULAR A COMPREENSÃO: da complexidade da sociedade da informação, através de suas contradições e conflitos; da natureza da área curricular no tocante às suas dimensões histórica – cognitiva – social – tecnológica e da sua relação com outros saberes; do processo histórico-social; do contexto social onde os profissionais da informação trabalham, seus papéis e competências.

18 RECOMENDAÇÕES: -Formação de uma biblioteca básica na área curricular de fundamentos. - Tradução de textos básicos da área. - Encontros ou fóruns virtuais para fazer uma atualização e/ou releitura dos autores fundamentais da área. - Lançar temas na lista de discussão da ABECIN, com tempo delimitado para desenvolver a discussão e um moderador para coordenar a discussão e fazer a síntese final. Disponibilizar no site da ABECIN o documento elaborado.


Carregar ppt "DIMENSÕES EPISTEMOLÓGICAS E PEDAGÓGICAS NA ÁREA CURRICULAR FUNDAMENTOS TEÓRICOS DA BIBLIOTECONOMIA E CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO MARA ELIANE FONSECA RODRIGUES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google