A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Currículo MERCOSUL, 1997 Área 1 – Fundamentos de Biblioteconomia e Ciência da Informação Área 2 – Processamento da Informação Área 3 – Recursos e Serviços.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Currículo MERCOSUL, 1997 Área 1 – Fundamentos de Biblioteconomia e Ciência da Informação Área 2 – Processamento da Informação Área 3 – Recursos e Serviços."— Transcrição da apresentação:

1 Currículo MERCOSUL, 1997 Área 1 – Fundamentos de Biblioteconomia e Ciência da Informação Área 2 – Processamento da Informação Área 3 – Recursos e Serviços de Informação Área 4 – Gestão de Unidades de Informação Área 5 – Tecnologia da Informação Área 6 - Pesquisa

2 CHILE, 1998 Objetivo Geral Capacitar o estudante nos princípios, métodos e técnicas para a transferência da informação em qualquer formato e para diferentes tipos de usuários, formando profissionmais aptos para planejar e gerenciar serviços e recursos informacionais.

3 Chile, cont. Objetivo Específico O egresso será capaz de aplicar o princípios gerais e os procedimentos fundamentais que garantam aos usuários a recuperação e o uso da informação.

4 Chile, 1998 – Percentuais recomendados por área Área 1 - Fundamentos % Área 2 – Organização e % Área 3 – Recursos e % Área 4 – Tecnologia % Área 5 – Gestão de % Área 6 – Pesquisa %

5 Uruguai, 2000 Área de grande responsabilidade social; Áreas de pesquisa: Estudos de comunidade; Transferência de informação; Informação, cultura e sociedade; Organização do conhecimento para recuperação da informação; Educação de usuários; Controle bibliográfico; Produtos informacionais; Normatização de documentos; Estudos bibliométicos.

6 Paraguai, 2001 Valorizar o papel do docente como criador, produtor de conhecimento, gerador de idéias, impulsor da análise crítica, da problematização e da contextualização dos conhecimentos.

7 Paraguai, 2001, cont. Repensar a relação professor X aluno num vínculo equilibrado entre o congitivo e o afetivo; Aprofundar o equilíbrio ensino- pesquisa-extensão; Impulsionar a profissionalização docente mediante a formação contínua;

8 Paraguai, 2001, cont. Valorizar seu papel na geração de produtos de informação com valor agregado, centrado nas necessidades, interesses e comportamentos dos usuários.

9 BRASIL (EDCIM, Londrina), 2002 Área 1 – Fundamentos Teóricos da Biblioteconomia e Ciência da Informação Área 2 – Organização e Tratamento [Recuperação] da Informação Área 3 – Recursos e Serviços de Informação Área 4 – Gestão da Informação

10 Brasil, 2002 Recomendações Promover atividades que favoreçam a integração ensino-pesquisa-extensão; Incentivar a elaboração de estados-da-arte; Realizar um estudo sobre as pesquisas realizadas dentro das linhas de pesquisa recomendadas no Uruguai; Concretizar a cooperação inter-universitária na região.

11 Área 3 - Recursos e Serviços de Informação MERCOSUL, 1997: Fundamentos, princípios, processos e instrumentos para: seleção, aquisição, avaliação, descarte, preservação, conservação e restauração de recursos de informação documentais e virtuais. Normas relativas ao desenvolvimento de coleções. Fontes de informações documentais e virtuais: conceitos, tipologias, características, acesso, utilização e avaliação. Estudo e educação de usuários. A indústria da informação: geração, produção e comercialização de documentos, fontes e serviços de informação. Serviço de referência e informação. Serviços de extensão e ação cultural.

12 Movimento Migratório dos Conteúdos: Fundamentos, princípios, processos e instrumentos para: seleção, aquisição, avaliação, descarte, preservação, conservação e restauração de recursos de informação documentais e virtuais. Normas relativas ao desenvolvimento de coleções. Fontes de informações documentais e virtuais: conceitos, tipologias, características, acesso, utilização e avaliação. Estudo e educação de usuários. A indústria da informação: geração, produção e comercialização de documentos, fontes e serviços de informação. Serviço de referência e informação. Serviços de extensão e ação cultural.

13 ABECIN, 2004: ementa da área Justificativa Esta área deverá ser abordada na construção dos programas e planejamento do conteúdo curricular a partir da compreensão ou entendimento de que recursos e serviços de informação dizem respeito às operações internas das unidades de informação voltadas à construção de produtos e serviços para atendimento às demandas de seus usuários.

14 Nesse sentido, a infra-estrutura que é representada pelos tópicos Fundamentos, princípios, processos e instrumentos para: seleção, aquisição, avaliação, descarte, preservação, conservação e restauração de recursos de informação documentais e virtuais. Normas relativas ao desenvolvimento de coleções. [... ] estudo de usuários. deverá ser tratada na área de Gestão de Unidades de Informação nos tópicos que lhe são específicos. ABECIN, 2004: ementa da área (cont.)

15 Essa abordagem decorre do fato da área de Gestão de Unidades de Informação exigir uma aprendizagem que favoreça ao aluno a perceber que as atividades de gestão de unidades de informação significam a construção dos meios necessários para que os recursos e serviços de informação se realizem. ABECIN, 2004: ementa da área (cont.)

16 Ementa ou conteúdos propostos pelo GT Sob esta perspectiva, a área Recursos e Serviços de Informação deverá oferecer os seguintes conteúdos: Fontes de informações documentais e virtuais: conceitos, tipologias, características, acesso, uso (utilização) e avaliação. Educação de usuários. A indústria da informação: geração, produção e distribuição (comercialização) de documentos, fontes e serviços de informação. Serviço de referência e informação. Serviços de extensão e ação cultural. ABECIN, 2004: ementa da área (cont.)

17 ABECIN, 2004: abordagens pedagógicas Estudos teóricos; Análise de documentos; Pedagogia por projetos; e Desenvolvimento de produtos.

18 UFRGS, Área 3 Serviços de informação em rede. Fontes de informações documentais e virtuais. Educação de usuários. A indústria da informação. Serviço de referência e informação. Geração de documentos convencionais e eletrônicos.

19 UFRGS, 2005: competências específicas do egresso O egresso deve ser competente para: Participar do processo de transferência da informação desde sua geração até seu uso; Interagir com os atores que participam da cadeia de produção do conhecimento para qualificação do processo de transferência da informação; (Continua)

20 UFRGS, 2005: competências específicas do egresso Competências do egresso, cont. Usar as fontes de informação para suprir as necessidades e demandas de informação dos usuários; Promover o desenvolvimento de habilidades informacionais dos usuários dos sistemas de informação.

21 UFRGS, 2005 – Habilidades Específicas O egresso deve possuir as seguintes habilidades específicas: Comunicação oral e não verbal; Comunicação escrita (textual e imagética) dentro de padrões científicos e tecnológicos; Interação com os usuários; (Continua)

22 UFRGS, 2005 – Habilidades Específicas Habilidades específicas do egresso, cont. Interpretação das demandas de informação; Investigação para a solução de problemas; Utilização das potencialidades dos serviços de informação em redes; Implantação e implementação de bases de dados.

23 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Fontes Gerais de Informação Funções das fontes gerais de informação. Identificação, análise e uso das fontes gerais de informação.

24 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Normatização de Documentos Normalização de Documentos: aspectos teóricos, organismos internacionais, regionais e nacionais de normalização. Normas Técnicas: processo de produção e distribuição. Normatização de Documentos: aplicação de normas relativas à geração de documentos técnico-científicos.

25 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Pesquisa Bibliográfica em Ciência da Informação Pesquisa Bibliográfica Aplicada à Ciência da Informação: conceitos, características e fases. Fontes de Informação: tipologia, acesso e uso. Apresentação dos resultados.

26 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Serviço de Referência e Informação Serviços de Atendimento aos Usuários: presencial e a distância. O Processo de Referência. Avaliação do Serviço de Referência de Informação.

27 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Planejamento e Elaboração de Bases de Dados Caracterização de bases de dados. Análise e construção de bases de dados.

28 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Geração de Documentos Eletrônicos Produção, armazenamento, conservação e disseminação de documentos eletrônicos. Ética e privacidade dos dados.

29 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Serviços de Informação em Rede Sociedade da Informação e do Conhecimento. Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas às unidades e serviços de informação: impactos sociais e culturais. (Continua)

30 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Serviços de Informação em Rede, cont. Serviços de provisão e acesso a bases de dados e a texto integral. Redes de informação e comunicação. Hipertexto: histórico e características. Ferramentas de busca na WEB. Critérios para avaliação da informação em rede.

31 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Educação de Usuários Treinamento de usuários, educação de usuários e alfabetização informacional: conceitos e desenvolvimento. Planejamento, implementação e avaliação de programas de educação de usuário. Educação de usuários remotos e as tecnologias da informação e da comunicação.

32 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Informação Especializada Geração, comunicação e uso de informações em Ciências Sociais, Humanas, Artes e Ciência Tecnologia através de canais formais e informais. Fontes de informação da área, suas características e uso.

33 UFRGS, 2005 – Disciplinas e súmulas Síntese: Total de disciplinas da área: 9 Créditos ministrados: 33 Total de créditos do Curso: 168 % do currículo pleno oferecido: 19,6 Etapas abrangidas: da segunda até a sexta.

34 UFRGS, Procedimentos didáticos (estratégias de ensino) Estudos teóricos; Trabalhos práticos; Trabalhos individuais e em grupos; Visitas técnicas;

35 UFRGS, Procedimentos didáticos (estratégias de ensino) Seminários; Estudos dirigidos; Buscas em fontes de informações: estratégias de buscas; levantamento de informações; apresentação dos resultados.


Carregar ppt "Currículo MERCOSUL, 1997 Área 1 – Fundamentos de Biblioteconomia e Ciência da Informação Área 2 – Processamento da Informação Área 3 – Recursos e Serviços."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google