A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ARCADISMO O pintor francês Watteau é o grande intérprete do refinamento das elites francesas do século XVIII, antes da Revolução. Festas galantes, cenas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ARCADISMO O pintor francês Watteau é o grande intérprete do refinamento das elites francesas do século XVIII, antes da Revolução. Festas galantes, cenas."— Transcrição da apresentação:

1 ARCADISMO O pintor francês Watteau é o grande intérprete do refinamento das elites francesas do século XVIII, antes da Revolução. Festas galantes, cenas campestres e referências pastoris constituem o seu universo temático, a exemplo dos textos do Arcadismo Jardins do Palácio de Versalles Paris - França

2 ARCADISMO O QUE É? O Arcadismo é uma escola literária surgida na Europa no século XVIII. O nome dessa escola é uma referência à Arcádia, região bucólica na Grécia, tida como ideal de inspiração poética. No Brasil, o movimento árcade toma forma a partir da segunda metade do século XVIII. A principal característica desta escola é a exaltação da natureza e de tudo que lhe diz respeito.

3 ARCADISMO CARACTERÍSTICAS O desejo da natureza, a realização da poesia pastoril, a reverência ao bucolismo são traços marcantes da literatura arcádica, disposta a fazer valer a simplicidade perdida no Barroco. Fugere urbem (fuga da cidade) Locus amoenus (lugar aprazível, ameno) Aurea Mediocritas (mediocridade áurea - simboliza a valorização das coisas cotidianas focalizadas pela razão) Inutilia truncat (cortar o inútil - eliminar o rebuscamento barroco) Neoclassicismo Pseudônimos pastoris (fingimento poético para não revelar sua autoridade) Carpe diem (aproveite o dia)

4 ROMANTISMO

5 CONTEXTO HISTÓRICO O século XIX foi agitado por fortes mudanças sociais, políticas e culturais causadas por acontecimentos do final do século XVIII que foram a Revolução Industrial, que gerou novos inventos com o objetivo de solucionar os problemas técnicos decorrentes do aumento de produção, e pela Revolução Francesa que lutava por uma sociedade mais harmônica, em que os direitos individuais fossem respeitados, traduziu-se essa expectativa na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão. Do mesmo modo, a atividade artística tornou-se complexa.

6 ROMANTISMO CARACTERÍSTICAS Os artistas românticos procuraram se libertar das convenções acadêmicas em favor da livre expressão da personalidade do artista. Características gerais: 1- a valorização dos sentimentos e da imaginação; 2- o nacionalismo; 3- a valorização da natureza como princípios da criação artística; e 4- os sentimentos do presente tais como: Liberdade, Igualdade e Fraternidade; 5- Subjetivismo; sentimentalismo exacerbado.

7 ROMANTISMO OUTRAS CARACTERÍSTICAS Esse movimento estético possui, entre outras, as seguintes características: Rejeição à tradição clássica Liberdade de criação Predomínio da emoção sobre a razão Pessimismo Culto à natureza Culto ao fantástico

8 ROMANTISMO PORTUGAL O Romantismo Português teve inicio em 1825 quando Almeida Garret publicou o poema "Camões". Seu término ocorreu por volta de 1865 com a Questão Coimbrã ou Questão do Bom Senso e do Bom Gosto, liderada por Antero de Quental – surgimento do REALISMO.

9 ROMANTISMO PORTUGAL – 1ª GERAÇÃO A primeira geração (ou 1º Romantismo), fase que desenvolveu-se aproximadamente entre os anos de 1825 a 1840 e é caracterizada pela guerra civil, pelo liberalismo e ainda está presa a alguns valores neoclássicos.

10 ROMANTISMO PORTUGAL – 2ª e 3ª GERAÇÕES A segunda geração (ou 2º Romantismo) é a fase do Romantismo português que vai de, aproximadamente, 1840 a 1860 e é conhecida também como ultra-romântica por caracterizar-se, sobretudo, pelo sentimentalismo melodramático e um erotismo melancólico que chega ao desespero. A terceira geração (ou 3º Romantismo) vai de 1860 a 1870 e é considerada um período de transição para o Realismo por ser uma fase mais equilibrada.

11 ROMANTISMO BRASIL O Romantismo brasileiro tem início em 1836, 14 anos depois da proclamação da independência, quando, por ironia do destino, em Paris, Domingos J. Gonçalves de Magalhães publica os "Suspiros Poéticos e Saudades". Por isso, pode-se dizer que o Romantismo brasileiro nasceu, oficialmente, na França sob um clima Romântico já fortalecido.

12 ROMANTISMO BRASIL Esse movimento dura até cerca de 1881, quando foram lançados os primeiros livros que apresentavam tendências realistas e naturalistas: "O Mulato", de Aluísio Azevedo e "Memórias Póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis. Para melhor explicar o Romantismo brasileiro, convêm dividi-lo em três grupos: poesia; prosa; e teatro.

13 ROMANTISMO BRASIL Primeira geração: Nacionalista ou Indianista Essa geração é marcada pelo nacionalismo, patriotismo e, sobretudo, pela exaltação da natureza brasileira que, devido a sua exuberância tropical e erotismo, se contrapõe às paisagens das terras européias.

14 ROMANTISMO BRASIL Segunda geração: Ultra-romântica A segunda geração de poetas românticos brasileiros foi fortemente influenciada pela poesia de Musset e pela de Lord Byron. A influência de Byron foi tanta que essa geração também ficou conhecida como "geração byroniana". Isso quer dizer que essa geração estava impregnada de individualismo ou egocentrismo, subjetivismo, negativismo, pessimismo, dúvida, desilusão e tédio constante.

15 ROMANTISMO BRASIL Terceira geração: Condoreira Essa geração é caracterizada pelos ideais abolicionistas e pelo culto ao progresso. Os seus poetas foram fortemente influenciados pela poesia político-social do francês Vitor Hugo. Por isso, essa geração também ficou conhecida como "Hugoana".


Carregar ppt "ARCADISMO O pintor francês Watteau é o grande intérprete do refinamento das elites francesas do século XVIII, antes da Revolução. Festas galantes, cenas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google