A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRIOPRESERVAÇÃO DE CÉLULAS ESTAMINAIS DO SANGUE DO CORDÃO UMBILICAL A TECNOLOGIA AO SERVIÇO DA SAÚDE.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRIOPRESERVAÇÃO DE CÉLULAS ESTAMINAIS DO SANGUE DO CORDÃO UMBILICAL A TECNOLOGIA AO SERVIÇO DA SAÚDE."— Transcrição da apresentação:

1 CRIOPRESERVAÇÃO DE CÉLULAS ESTAMINAIS DO SANGUE DO CORDÃO UMBILICAL A TECNOLOGIA AO SERVIÇO DA SAÚDE

2 Porquê preservar as células estaminais do vosso bebé? A utilização de células estaminais já provou ser de extrema importância no tratamento de um grande número de doenças graves. Até muito recentemente, em caso de desordens malignas no sangue (como em formas específicas de leucemia), os médicos recorriam a transplantes de medula óssea para aumentar o número de células sanguíneas saudáveis no doente. No entanto podiam surgir complicações sérias como a rejeição. Entre 30 e 50 por cento dos pacientes não conseguiam sequer encontrar dador compatível. Nos últimos 17 anos, a utilização de células estaminais retiradas do cordão umbilical revelou-se uma alternativa preciosa aos transplante de medula óssea nestes doentes, especialmente em crianças e adolescentes. A vantagem de criopreservar as células estaminais próprias é beneficiar da disponibilidade imediata no caso de serem necessárias. Além disso, os riscos de rejeição deixam de existir. É por isso de extrema importância para o futuro do vosso filho preservar as células estaminais. Apesar da utilização das células estaminais ser ainda limitada, é esperado que o numero de aplicações aumente significativamente. Em todo o mundo está a ser investigado a utilização de células estaminais, nomeadamente em doenças como Parkinson, Alzheimer, desordens motoras, diabetes, esclerose múltipla, tumores malignos, terapia genética... e a lista não pára de crescer. Acrescente-se que há inúmeros laboratórios a desenvolver métodos para multiplicar as células estaminais, no intuito de alargar o leque de aplicações destas células. Isto mostra que a criopreservação de células estaminais pode ser vital para a saúde do vosso filho e da sua família no futuro.

3 Introdução Células estaminais são células que se podem diferenciar em diversos tipos celulares, tendo igualmente a capacidade de se auto-renovar e dividir indefinidamente. As células estaminais com potencial mais abrangente são as células estaminais embrionárias, derivadas da massa interior do blastócito. Estas células podem dar origem a todos os tipos celulares do indivíduo adulto, mas não ao organismo inteiro (daí serem pluripotentes, não totipotentes como o zigoto). Uma fonte de células estaminais não embrionárias é o sangue do cordão umbilical, que possui uma grande concentração de células estaminais hematopoiéticas, para além de células estaminais mesenquimais e células estaminais/progenitoras endoteliais. Estas células estaminais neonatais podem ser colhidas e processadas logo após o nascimento, num processo totalmente seguro e indolor para a mãe e para o recém-nascido, tendo substancial aplicabilidade terapêutica sobre inúmeras doenças entre elas: –Leucemia linfóide aguda –Leucemia mielóide aguda –Leucemia mielóide crónica –Leucemia mielóide crónica juvenil –Síndrome Mielodisplásico –Tumores sólidos –Adrenoleucodistrofia –Trombocitopenia amegacariocitica –Sindroma Blackfan-Diamond –Disqueratosis congénita –Anemia de Fanconi –Leucodistrofia celular globóide –Doença de Gunther –Sindoroma de Hunter –Sindroma de Hurler –Anemia aplástica idiopática –Sindroma de Kostman –Osteoporose –…

4 Depois de efectuada a colheita, o sangue é transportado por uma empresa especializada em transporte de amostras biológicas para o laboratório da Cryo-Save, na Bélgica. Esta conceituada empresa possui uma vasta experiência e know-how no isolamento e criopreservação de células estaminais do sangue do cordão umbilical, criopreservando unidades de vários países europeus. A crioestaminal possui um acordo de exclusividade com esta empresa para criopreservar as amostras de sangue do cordão umbilical dos nossos clientes. Neste laboratório (acreditado segundo a norma ISO EN 17025), especialmente equipado para o processamento de células estaminais do sangue do cordão umbilical, são aplicados os mais elevados padrões de qualidade e são levados a cabo com regularidade auditorias da qualidade internas e externas. As células criopreservadas podem ser pedidas a qualquer altura à Crioestaminal. Para tal será apenas necessário que o próprio ou os pais/tutores e o médico requisitem por escrito. O que acontece ao sangue do cordão umbilical? As células estaminais são isoladas do sangue do cordão umbilical, devidamente identificadas com o nome do bebé e guardadas num equipamento especial de congelação durante pelo menos 20 anos. Cada unidade recebe um rótulo de identificação com código de barras e toda a informação necessária acerca dos pais e da criança é mantida numa base de dados, sendo garantida total confidencialidade. O que precisam de saber: As células estaminais do sangue do cordão umbilical só podem ser recolhidas no momento do nascimento do vosso filho. No momento do parto, devem estar munidos do kit que permite que a recolha seja feita. É por isso importante que a decisão seja tomada bastante tempo antes do momento de recolher e preservar a unidade de sangue do cordão umbilical. (Tempo de antecedência aconselhado: 2 meses.)

5 Comparado com a medula óssea de um adulto, o sangue do cordão umbilical é mais rico em células estaminais hematopoiéticas. Estas células possuem uma capacidade superior de proliferação e de expansão. Frequência CFU-GMVolume a processarAplicação Medula Óssea 1/10000,75-1,0 LitrosHeteróloga/Autóloga Sangue Periférico 1/ LitrosAutóloga Sangue do cordão Umbilical 1/10000,075-0,28 LitrosHeteróloga/Autóloga Tabela comparativa: medula óssea vs sangue periférico vs sangue do cordão umbilical como fonte de células estaminais As características únicas das células estaminais do sangue do cordão umbilical permitem que a reconstituição do sistema hematopoiético de pacientes, após tratamento mieloablativo, necessite de um numero de células nucleadas do sangue do cordão umbilical 10 vezes inferior, relativamente ao transplante da medula óssea. O transplante de células estaminais do sangue do cordão umbilical permite ainda uma melhor reconstituição do sistema hematopoiético, comparativamente ao transplante de células da medula óssea. Uma alternativa

6 Criopreservação das células estaminais do cordão umbilical Vantagens O sangue do cordão umbilical é recolhido imediatamente após o parto e em 48 horas as células estaminais são criopreservadas. A criopreservação de células estaminais do cordão umbilical oferece um conjunto de vantagens, tais como: Disponibilidade imediata de células para transplantação; Ausência de risco para o dador Menor risco de infecção com agentes infecciosos como o citomegalovírus e o vírus Epstein-Barr Menor risco de doença do transplante contra o hospedeiro (GVHD) aguda, comparativamente a transplantes com células estaminais adultas da medula óssea Tolerância de 1 a 2 discrepâncias no teste de compatibilidade HLA, o que permite a doação das células estaminais a um grupo mais alargado de pacientes; Possibilidade de expansão

7 Passos Em primeiro lugar é feito um rigoroso controlo de qualidade. À chegada ao laboratório é calculado o volume de sangue recolhido. Após o processamento do sangue e do isolamento das células mononucleadas estas são contadas, tal como as células estaminais hematopoiéticas CD34+. De seguida, são feitos testes para saber se a amostra sofreu algum tipo de contaminação bacteriológica durante e após a recolha. São igualmente feitas análises por PCR ao soro, assegurando em definitivo o estado do sangue no que diz respeito a eventuais contaminações com CMV, Sífilis, Hepatite B, Hepatite C e HIV I/II (este é o método mais sensível e correcto de garantir que o sangue não está infectado com nenhum destes agentes) e evita análises pós-parto da mãe. De seguida, procede-se ao isolamento das células estaminais e a um teste da vitalidade das células (número de células vivas). A qualidade da amostra é definida medindo a quantidade de células mononucleadas e células estaminais / progenitoras hematopoiéticas (CD34+) nela presentes (a Crioestaminal disponibiliza aos seus clientes informações relativas a estes 2 parâmetros e ao volume de sangue recolhido). Toda a informação acerca das células estaminais é armazenada na base de dados em nome do bebé. A cada amostra é atribuída uma etiqueta identificadora com um código de barras exclusivo, sendo garantida a sua confidencialidade. As células estaminais são guardadas em azoto líquido a 196ºC negativos. Caso sejam necessárias, as células estaminais serão disponibilizadas de imediato.

8 A encomenda do kit de recolha do sangue do cordão umbilical é o primeiro passo para a criopreservação das células estaminais do seu filho. Após a recepção da encomenda e a confirmação do respectivo pagamento no valor de 115 euros, a Crioestaminal fará chegar até si, um kit de recolha do sangue e a documentação necessária para que a recolha e o envio se processem da melhor forma. Os pais interessados em recolher o sangue do cordão umbilical do seu filho devem pedir o kit de recolha por um dos seguintes meios: Por telefone ( ) Pessoalmente nas instalações da Crioestaminal Recortando o pedido de envio do kit presente numa das brochuras promocionais Por fax ( ), indicando todos os dados pedidos no formulário abaixo Preenchendo o Pedido on-line (ver em SEDE Instituto Pedro Nunes, Rua Pedro Nunes Coimbra, Portugal No Instituto Pedro Nunes, a Crioestaminal desenvolve o seu serviço num ambiente científico e tecnológico de excelência. Como encomendar Múltiplas opções

9 Quanto custa O custo total do serviço de isolamento e criopreservação das células estaminais do sangue do cordão umbilical por 20 anos é de 1200 euros (IVA incluído à taxa em vigor). O pagamento é feito da seguinte forma: - 1ª prestação euros - Preço do kit de recolha, envio do kit e transporte do sangue para o laboratório. Este valor é pago aquando da solicitação do envio do kit que é enviado depois de efectuado o pagamento (este valor não é reembolsado caso a criopreservação não se efectue). Este valor corresponde à Taxa de Processamento-1ª Parte. -2ª prestação euros - Preço do isolamento e criopreservação durante 20 anos, que deverá ser pago após a criopreservação das células com sucesso. Este valor corresponde à Taxa de Processamento-2ª parte e à Taxa de Armazenamento. Em alternativa, o montante correspondente à 2ª prestação poderá ser pago em 6, 9 ou 12 meses: Prazo Valor das mensalidades 6 meses185,43 9 meses124,96 12 meses94,72

10 Para mais informações, contacte-nos através dos nossos telefones ou /05 ou visite o nosso website em Para informações por escrito, contacte-nos através do numero de fax ou pelo correio electrónico Pode igualmente visitar-nos pessoalmente nas nossoas instalações em Coimbra, na morada: Rua Pedro Nunes, IPN, Coimbra


Carregar ppt "CRIOPRESERVAÇÃO DE CÉLULAS ESTAMINAIS DO SANGUE DO CORDÃO UMBILICAL A TECNOLOGIA AO SERVIÇO DA SAÚDE."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google