A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo de Caso: Estratégias de Competição Dependente e Oportunista

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo de Caso: Estratégias de Competição Dependente e Oportunista"— Transcrição da apresentação:

1 Estudo de Caso: Estratégias de Competição Dependente e Oportunista
Elmo Leonardo Jéssyka Flavyanne Lenivaldo Ribeiro Ramona Florêncio

2 Estrutura da Apresentação
1. Introdução 2.Estratégia dependente; 3.Estratégia oportunista; 4.Comparativo entre estratégias; 5.Referências

3 Introdução

4 Introdução As estratégias competitivas são conseqüência das múltiplas incertezas que cercam a atividade econômica; Dentre outros tipos de estratégias estão a estratégia dependente e a oportunista.

5 O que é estratégia? “ A seleção e a implantação de um conjunto de objetivos com vistas a adaptar a empresa ao ambiente externo ou modificar esse ambiente para melhorar suas chances de sucesso” (Coombs et al, 1992:9)

6 Estratégia dependente
Uma empresa que se subordina à outra mais forte; Só promove mudanças em seus produtos e processos por demanda de seus clientes ou controladores;

7 Estratégia dependente
Depende das instruções de outras empresas para inovar; Não altera o processo produtivo ou lança novos produtos. Apenas opera equipamentos existentes

8 Estratégia dependente
Alguns modelos que se apóiam em estratégias dependentes: Empresas que fabricam produtos para serem comercializados sob a marca de terceiros;

9 Estratégia dependente
Alguns modelos que se apóiam em estratégias dependentes: Empresas que fabricam produtos para serem comercializados sob a marca de terceiros; Empresas que operam sob regime de franquias;

10 Estratégia dependente
Subsidiárias de outras empresas que mantêm controle centralizado sobre as atividades de P&D;

11 Estratégia dependente
Subsidiárias de outras empresas que mantêm controle centralizado sobre as atividades de P&D; Empresas que adquirem tecnologias de terceiros sem um esforço próprio de capacitação.

12 Estratégia oportunista
Empresas que exploram nichos de mercado ou oportunidades temporárias: Oportunidades em mercados em rápida transformação que não requeira grandes investimentos em P&D.

13 Estratégia oportunista
Ingredientes importantes: Imaginação e conhecimento das necessidades dos consumidores. Atributo essencial: Chegar rapidamente no mercado.

14 Estratégia dependente: estudo de caso

15 Estratégia dependente: Grupo Simoldes
O Grupo Simoldes, cujas raízes remontam à empresa Simoldes Aços, criada em 1959, tem hoje em dia uma presença forte nos setores dos Moldes e Injeção de Plásticos. Atualmente a divisão de moldes é constituída por 7 fábricas 1 das quais no Brasil. A divisão de Plásticos conta com 8 unidades, 2 das quais no Brasil, 1 na França, 1 na Romênia, e 1 na Polônia.

16 Poliaze Reciclagem de peças plásticas Injeção de plásticos Moldes
Portugal Portugal Poliaze 1995 1981 1959 1993 1991 1995 França 1993 Brasil 1998 Brasil 1996 1996 1997

17 Por que o Grupo Simoldes teve sucesso?
Integração da fabricação de moldes e injeção de plásticos num mesmo grupo.

18 Grupo Simoldes O setor de automóvel absorve a quase totalidade (98%) da produção do grupo; As tecnologias que dominam vão desde a injeção tradicional passando pela injeção com gás, Bi-injeção , injeção de Baixa pressão sobre tecido e outros materiais, e a injeção Hibrida.

19 Grupo Simoldes Produtos para o setor de automóvel: Pilares
Revestimento da bagageiro Componentes dos assentos Console Cavas da roda Condutas de ar Pára-choques Spoilers Moto-ventilador Cablagens Tampas do motor Painel de instrumentos Painéis de porta

20 Grupo Simoldes A utilização da estratégia dependente utilizada pelo Grupo Simoldes pode ser claramente identificada pelo fato de ser fornecedora de empresas mais fortes e mais conhecidas, tais como: Renault; BMW; Wolkswagen; Mercedes.

21 Grupo Simoldes Além disso os produtos fabricados pelo Grupo Simoldes nem sempre levam a sua marca, mas a marca de terceiros;

22 Estratégia de Inovação oportunista: Estudo de Caso

23 Estratégia de Inovação oportunista
A Insolo Gerenciamento Agrícola, subsidiária da Insolo Agroindustrial S/A, é uma das mais renomadas empresas de gestão e assessoria técnica agrícola no país, com uma carteira de clientes que, em conjunto, detêm mais de 200 mil hectares em cultivo na safra de 2007/2008.

24 Insolo Gerenciamento Agrícola

25 Insolo Gerenciamento Agrícola

26 Insolo Gerenciamento Agrícola

27 Insolo Gerenciamento Agrícola

28 Insolo Gerenciamento Agrícola

29 Insolo Gerenciamento Agrícola

30 Insolo Gerenciamento Agrícola

31 Insolo Gerenciamento Agrícola

32 Estratégia de Inovação oportunista
Atividades Desenvolvidas: Vendas de produtos Desenvolvimento de projetos para Agricultura de Precisão. Serviços Softwares

33 Estratégia de Inovação oportunista
Atividades Desenvolvidas: Vendas de produtos Desenvolvimento de projetos para Agricultura de Precisão. Serviços Softwares Máquinas

34 Estratégia de Inovação oportunista
Atividades Desenvolvidas: Vendas de produtos Desenvolvimento de projetos para Agricultura de Precisão. Serviços Softwares Máquinas Equipamentos

35 Estratégia de Inovação oportunista
Os serviços são oferecidos em três frentes distintas: Atividades técnicas relacionadas com a produção agrícola

36 Estratégia de Inovação oportunista
Os serviços são oferecidos em três frentes distintas: Atividades técnicas relacionadas com a produção agrícola Atividades comerciais

37 Estratégia de Inovação oportunista
Os serviços são oferecidos em três frentes distintas: Atividades técnicas relacionadas com a produção agrícola Atividades comerciais Projetos especiais

38 Estratégia de Inovação oportunista
Por que esta empresa é classificada no grupo das empresas com estratégia de inovação oportunista?

39 Estratégia de Inovação oportunista
Por que esta empresa é classificada no grupo das empresas com estratégia de inovação oportunista? Porque possui vantagem competitiva a partir da exclusividade e de um atendimento superior ao segmento de mercado de soja não-GM e orgânica, ou seja, sobrevive em um espaço de mercado específico e particular.

40 Estratégia de Inovação oportunista
Por que esta empresa é classificada no grupo das empresas com estratégia de inovação oportunista? Porque explora nichos de mercado que requeiram maior grau de controle e especificidade sobre a produção agrícola, cuja remuneração é maior.

41 Estratégia de Inovação oportunista
O que são nichos de mercado?

42 Estratégia de Inovação oportunista
O que são nichos de mercado? São segmentos de mercado cujas necessidades particulares são pouco exploradas ou inexistentes.

43 Estratégia de Inovação oportunista
O que são nichos de mercado? São segmentos de mercado cujas necessidades particulares são pouco exploradas ou inexistentes. Deste modo, a estratégia de nicho vai depender do desempenho efetivo da empresa, no sentido de se ajustar de forma adequada ao consumidor-cliente estruturado em sólidas bases no planejamento do negócio e no posicionamento mercadológico.

44 Comparativo entre as estratégias

45 Comparativo entre as Estratégias
Dependente: Subordinada em relação à empresas mais fortes, sendo dependente destas para promover mudanças e para Inovar. (Não lança novos produtos) Oportunista: Associada à exploração de nichos de mercado ou oportunidades temporárias.

46 Comparativo entre as Estratégias
Produtos: (mercados diferentes) X Produz peças plásticas para automóveis. Comércio de produtos, presta serviços e desenvolve projetos (todos voltados para a agricultura)

47 Comparativo entre as Estratégias
Classificação: X Produção de componentes essenciais à Indústria automobilística. Exploração de nichos de mercado na produção agrícola.

48 Comparativo entre as Estratégias
Vantagens: (ganhos) Dependente: Custos indiretos baixos, vantagens locais, alto nível de especialização. Oportunista: Ao explorar um segmento, até então, não percebido pelas demais, a empresa adquire liderança no determinado setor.

49 Dependente Oportunista
Comparativo entre as Estratégias Sintetizando: X Dependente Oportunista

50 Referências DINFO,Informática e Logística. Clientes e Parceiros. Disponível em: <http://www.dinfo.com.br/clientes.aspx>. Acesso em: 6 nov INSOLO, Gerenciamento Agrícola. Nossa Unidade de Negócios.Disponível em: <http://www.insolo.com.br/insolo/faces/textos/nossaUnidadeDeNegocios.jsp>. Acesso em: 6 nov LOURENÇO,Ana. SOPAS,Leonor. A internacionalização do grupo simoldes : Um estudo de caso de um fornecedor de Componentes para a indústria automóvel. Julho,2003. PEREIRA, Delcio. Estratégias de Inovação Tecnológica. Disponível em: Acesso em: 8 Nov 2008.

51 Referências SIMOLDES.Disponível em: Acesso em 8 nov TIGRE, Paulo Bastos. Gestão da Inovação: A economia da Tecnologia no Brasil (Cap. 9). Rio de Janeiro: Campus, 2006. WIKIPÉDIA, A enciclopédia livre. Nichos de mercado. Disponível em: <http://pt.wikipedia.orf/wiki/Nichos_de)mercado>. Acesso em: 6 nov WIKIPÉDIA, A enciclopédia livre. Grupo Simoldes. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Grupo_Simoldes>. Acesso em: 8 nov. 2008

52 Estudo de Caso: Estratégias de Competição Dependente e Oportunista
OBRIGADO PELA ATENÇÃO. Elmo Leonardo Jéssyka Flavyanne Lenivaldo Ribeiro Ramona Florêncio


Carregar ppt "Estudo de Caso: Estratégias de Competição Dependente e Oportunista"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google