A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CARTOGRAFIA: CLASSIFICAÇÃO E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Professor: Marcus.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CARTOGRAFIA: CLASSIFICAÇÃO E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Professor: Marcus."— Transcrição da apresentação:

1 CARTOGRAFIA: CLASSIFICAÇÃO E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Professor: Marcus

2 Noções importantes Cartografia: elaboração de mapas, cartas e outras formas de expressão ou representação de objetos, elementos, fenômenos e ambientes físicos e socioeconômicos, bem como sua utilização. – Traduzem os interesses e objetivos de quem os propõe, podendo se aproximar ou afastar da realidade representada.

3 Os vários usos e objetivos da cartografia

4

5

6 América invertida (1943) Joaquín Torres García

7 Classificação das representações cartográficas: Mapa - documentos mais simples, em pequenas escalas (poucos detalhes). Carta - documentos mais complexos, em escalas maiores (muitos detalhes). Planta - carta que representa uma área de extensão restrita.

8 Escala: indica a proporção entre a área real e sua representação cartográfica, ou seja, quantas vezes o tamanho real foi reduzido para poder ser representado no papel. CATEGORIAESCALAFINALIDADE GRANDE1: 100 a 1: PLANTAS ARQUITETÔNICAS E ENGENHARIA MÉDIA1: a 1: MAPAS TOPOGRÁFICOS PEQUENAAcima de 1: ATLAS GLOBAIS

9 O QUE SÃO PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS? Todos os mapas são representações aproximadas (imperfeitas) da superfície terrestre. Isto ocorre porque é impossível representarmos uma superfície curva numa superfície plana sem deformações. Por isso os mapas preservam certas características ao mesmo tempo em que alteram outras. As projeções cartográficas são modelos projetivos ou matemáticos que permitem a representação da superfície curva da Terra em uma superfície plana, mantendo uma correspondência entre elas.

10 TIPOS MAIS COMUNS DE PROJEÇÕES A maioria dos mapas é feita a partir da projeção dos meridianos e paralelos curvos da esfera terrestre numa das figuras geométricas abaixo. Classificam-se as projeções em: planas ou azimutais, cilíndricas e cônicas.

11

12 Nesta projeção os meridianos e os paralelos são linhas retas que se cortam em ângulos retos. Nela as regiões polares aparecem muito exageradas. Os mapas-múndi são feitos em projeções cilíndricas. Apresentam distorções na região temperada.

13 Alguns exemplos de projeções cilíndricas Projeção de Mercator (1569): cilíndrica conforme. Mantêm os ângulos, conservando assim as formas terrestres – mas apresentam distorções nas áreas. É mais apropriada à navegação marítima e mostra uma visão eurocêntrica do mundo (contexto das navegações do século XV ). Projeção Peters (1974): cilíndrica equivalente. Apresentam formas distorcidas, mas conserva as proporções das áreas reais; as formas ficam prejudicadas. Ele projeta em linguagem cartográfica a ideia de igualdade entre as nações. ()

14 MERCATOR X PETERS DIFERENTES VISÕES DO MUNDO São os mapas-múndi mais usados. Ambos feitos a partir de projeções cilíndricas. MERCATOR (1569) PETERS (1973)

15

16 Representa a região temperada do planeta; apresentando distorções nos polos e nas regiões equatoriais. Nesta projeção os meridianos convergem para os polos e os paralelos são arcos concêntricos situados a igual distância uns dos outros. São utilizados para mapas de países de latitudes médias.

17 Projeção Cônica Conforme de Lambert: as distâncias são verdadeiras apenas onde o cone toca. Essa projeção é utilizada para representar mapas regionais, onde são apresentadas apenas partes da superfície terrestre. Ex: Estados Unidos.

18 Projeção Plana ou Azimutal

19 PROJEÇÃO AZIMUTAL ou PLANA Representa as regiões polares; com distorções quando chega ao paralelo do Equador, e os meridianos (longitude) são linhas retas radiais que partem deste ponto enquanto paralelos de latitude aparecem como círculos concêntricos. Projeção Azimutal Equidistante: essa projeção mostra apenas partes do globo de cada vez. Geralmente, são utilizadas para representar as áreas polares, mas podem representar qualquer parte do mundo. São muito utilizadas para indicar as distâncias das rotas aéreas.

20

21 Características das Projeções Conformes – valoriza o formato das áreas (ângulos). Equivalentes – valoriza o tamanho das áreas. Equidistantes – mantém as distâncias lineares (a partir de um centro), mas apresentam distorções nas áreas e nas formas.

22 PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Grau de Deformação da Superfície Quanto ao grau de deformação das superfícies representadas, são classificadas em: [1] CONFORMES, [2] EQUIVALENTES e [3] EQUIDISTANTES. 1- Projeções Conformes – - Preserva os ângulos. - Paralelos e os meridianos se cruzam em ângulos retos - Distorce a forma dos objetos no mapa

23 PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 2) Projeções Equivalentes -Não deformam áreas, conservando uma relação constante da área. - Distorce as Formas Peters, cilíndrico equivalente

24 PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Comparação:Conforme Equivalente Proporção no mapa Mercator Proporção no mapa Mollweide

25 PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS 3) Projeções Equidistantes – são as projeções que não apresentam deformações em linha reta; -Isso só é possível em determinada direção. -São menos empregadas que as projeções conformes e equivalentes, porque raramente é desejável um mapa com distâncias corretas apenas em uma direção. Usadas em rotas aéreas ou marítimas retas. ONU


Carregar ppt "CARTOGRAFIA: CLASSIFICAÇÃO E PROJEÇÕES CARTOGRÁFICAS Professor: Marcus."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google