A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cartografia Arte ou ciência de compor cartas geográficascartas geográficas mapas mapas Ramo da geografia vinculada aos estudos dos mapas e sua composiçãomapas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cartografia Arte ou ciência de compor cartas geográficascartas geográficas mapas mapas Ramo da geografia vinculada aos estudos dos mapas e sua composiçãomapas."— Transcrição da apresentação:

1 Cartografia Arte ou ciência de compor cartas geográficascartas geográficas mapas mapas Ramo da geografia vinculada aos estudos dos mapas e sua composiçãomapas Conjunto de conhecimentos científicos, artísticos e técnicos voltados para elaboração de mapas e plantas.

2 Todo mapa apresenta uma ideologia. Nos mapas são encontradas mensagens diretas e indiretas que levam ao espectador um pensamento direcionado do fenômeno analisado.

3 Para que servem os mapas? Instrumentos de conhecimento, domínio e controle de um território Devem possuir legenda, símbolos, orientação e escala A escala estabelece a correspondência entre as distâncias reais e as distâncias representadas no mapa

4 Escala numérica É uma fração ou proporção que estabelece a relação entre a distância, existente no mapa, e a distância real (terreno). Exemplo: Escala: 1: ( lê-se: 1 por ) significa: que 1 cm no mapa equivale a cm na realidade, ou seja, 1 cm no mapa = a 2 Km na realidade.

5 Ex.: 1/ : Forma francesa Forma inglesa No Brasil

6 Escala gráfica A indicação aparece em uma linha graduada, tal como observamos abaixo:

7 Aplicação da escala E = d/D Onde: E = Escala D = Distância real d = Distância no mapa

8 Grandeza de escala Os detalhes de um mapa são proporcionais à escala, ou seja, quanto maior a escala, maior serão os detalhes; como identificá-los? Escala grande – tem o denominador da fração pequeno; Exemplo: 1: 100 Escala pequena – tem o denominador da fração grande. Exemplo 1:

9 1: : Escala grandeEscala pequena

10 Utilização das escalas Escala grande: –Para representar pequenas áreas, (bairros, cidades, etc.), o mais apropriado é a utilização de grandes escalas (1:500 a 1: ) que permitem maiores detalhes;

11 Utilização das escalas Escala Pequena: –Elementos geográficos de uma região, país ou continente ( + 1: )

12 TIPOS DE MAPAS Os mapas podem ser divididos em três grandes grupos: Gerais Temáticos Específicos ou especiais

13 Geral = tem como objetivo alcançar um público bastante diversificado. As informações contidas, nesses mapas, são muito generalizadas e de fácil entendimento. Sua escala geralmente é reduzida. Apresentam muitas informações e poucos detalhes. Ex: mapas políticos.

14

15 Temático = voltado para o público secundarista. Obedecem sempre a temas específicos, ou seja, possui um fundo básico,ou seja: hidrográfico, geológico, demográfico e outros. Utilizam escalas medianas. Diminuem as informações e aumentam os detalhes.

16

17 Específico = R equer um grande conhecimento prévio sobre o fenômeno estudado, são mapas voltados para profissionais específicos. Neste as escalas são grandes e apresentam informações detalhadas de um elementos. Ex: mapa de uso e conservação dos solos

18

19 Mapa de uso e conservação do solo de Salvador

20 As projeções cartográficas

21 Possibilitam representar a forma aparentemente esférica da Terra em uma superfície plana;

22 Devido a esfericidade da Terra sua representação gráfica sempre traz deformações;

23 Tipos de projeções Projeção central, polar ou azimutal Mais indicada para as regiões polares Contém paralelos projetados em círculos concêntricos e meridianos projetados em linhas retas;

24 As linhas e proporções se deformam na medida que se afastam do ponto de tangência.

25

26 Mais indicada para a região intertropical do globo; Projeção cilíndrica

27 Possibilita a representação total da Terra, sendo muito utilizada para elaborar planisférios e para a navegação.

28 Os paralelos e meridianos ficam retos e perpendiculares;

29 Como o cilindro é tangente à linha do equador, ele toca unicamente essa linha, assinalando os únicos lugares que conservam suas dimensões originais, portanto a partir desse ponto inicia-se as deformidades;

30 As projeções cilíndricas mais utilizadas:

31

32 Os paralelos próximos aos pólos, embora sejam menores, estão representados com o mesmo tamanho das regiões equatoriais; por isso, quanto mais próximo as regiões polares, maiores serão as deformações; Trata-se de uma projeção conforme pois conserva as massas continentais mas deforma as áreas relativas.

33

34 Esta projeção destaca as terras do hemisfério norte, fazendo-as parecerem maiores do que realmente são.

35

36 A área do que está sendo cartografada é mantida, porém ocorre uma alteração das formas, com um alongamento no sentido norte-sul. Trata-se de uma projeção equivalente pois há conservação das dimensões relativas. Em compensação as formas são distorcidas

37 Tem como finalidade diminuir a desproporção existente na projeção de Mercator, em relação as áreas continentais, em função disso privilegia as porções continentais do hemisfério sul.

38 Mercator Peters

39

40 Atualmente está sendo mais utilizada em função de apresentar menor deformidade. Sua função é essencialmente didática.

41 Projeção cônica Indicada para as regiões temperadas do globo.

42 Contém como única linha que contém grandezas reais: o paralelo de tangência Apresentam paralelos circulares e meridianos radiais, isto é, retas que se originam de um mesmo ponto;

43 Outras formas de visualizar os mapas

44

45 O Japão no centro do mundo

46 EUA no centro do mundo

47

48

49

50 Mapa de biocapacidade energética do mundo.

51

52 Cartografia e suas novas tecnologias Sensoriamento remoto: sistema de obtenção de informações aéreas ou espaciais a partir de sensores remotos localizados em satélites artificiais que captam e processam imagens de energia refletida por elementos da superfície terrestre.

53 Satélites artificiais mais importantes Sputnick (Soviético) Landsat e Ikonos (EUA) Spot (França) Resurs (Rússia) CBERS (China/Brasil) Na segunda metade do século XX, foram lançados ao espaço aproximadamente 4600 satélites.

54 GPS O sistema de posicionamento global (global positioning system, GPS) é um sistema de navegação por satélite que fornece a um aparelho receptor móvel a sua posição, assim como informação horária, sob todas condições atmosféricas, a qualquer momento e em qualquer lugar na Terra, desde que o receptor se encontre no campo de visão de quatro satélites GPS.


Carregar ppt "Cartografia Arte ou ciência de compor cartas geográficascartas geográficas mapas mapas Ramo da geografia vinculada aos estudos dos mapas e sua composiçãomapas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google