A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Enfoque Cultura Desenvolvimento Econômico Desenvolvimento Mercadológico Desenvolvimento Social.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Enfoque Cultura Desenvolvimento Econômico Desenvolvimento Mercadológico Desenvolvimento Social."— Transcrição da apresentação:

1 Enfoque Cultura Desenvolvimento Econômico Desenvolvimento Mercadológico Desenvolvimento Social

2 FORMAS DE COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Mídia: Responsável em amparar inúmeras atividades com finalidade de posicionamento de marca, venda de produtos... Não mídia: gerar mídia espontânea, não paga, através de projetos. MídiaNo Media PropagandaSocial Publicidade de produtos Cultural Meio Ambiente Esporte Educação Turismo Saúde Eventos Assessoria de Imprensa

3 MIX DE COMUNICAÇÃO Ao patrocinar um show, por exemplo, a empresa pode não só associar sua marca ao estilo de música e público, como pode também oferecer amostras de produto promoção; distribuir ingressos para os seus funcionários endomarketing; eleger um dia exclusivo para convidados especiais marketing de relacionamento; enviar mala-direta aos consumidores/clientes informando que o show está acontecendo e é patrocinado pela empresa marketing direto;

4 MIX DE COMUNICAÇÃO mostrar o artista consumindo o produto durante o show merchandising; levantar informações gerais sobre o consumidor por meio de pesquisas feitas no local database marketing; fazer uma publicação sobre o evento marketing editorial; realizar uma campanha específica destacando a importância do patrocínio publicidade e muitas outras ações paralelas que tem o poder de ampliar o raio de alcance da ação do marketing cultural.

5 INCENTIVOS FISCAIS Esfera Federal –Lei Rouanet –Lei do Esporte –Criança e Adolescente –PAT Para a Cultura, desde 1991 o Governo Federal possibilita que PJ e PF possam repassar recursos do Imposto de Renda para viabilizar ações culturais.

6 INCENTIVOS FISCAIS Esfera Municipal –Curitiba - PAIC – Programa de Apoio e Incentivo a Cultura -ISS Tecnológico -Technoparque -Incentivo ao Esporte Para Curitiba os impostos utilizados para incentivo são: ISS – até 20% IPTU – até 20% –Aqui os incentivos são concorrentes e não podem ser cumulativos no mesmo imposto.

7

8 CSLL – 9% , ,00 DRE Real (base para IR) Sem Incentivo COM INCENTIVO NOVA COMPOSIÇÃO DO IR (2+3) 1- Lucro Operacional , ,00 2- Doação há instituição de Pesquisa – 1,5% ,00 3- Doação há entidades civis - 2% ,00 4- Imposto de Renda 15% , ,00 5- Adicional do IR 10% (LAIR acima de ) , ,00 6- Incentivo Lei Rouanet 4%0, , ,00 7 – Incentivo ao Esporte 1%0, , ,00 8– Criança e Adolescente 1%0, , ,00 9- Programa de Alimentação do Trabalhador 4% 0, , , IR Total Devido , , , Total de Recursos destinados para Projetos0, , , Economia de Impostos0, , Investimento Social0, , ,00

9 VANTAGENS COMPETITIVAS Utiliza verbas disponíveis do Imposto para potencializar a comunicação. Poder realizar ações de endomarketing a custo baixíssimo. Promove o despertar do pensamento crítico, o exercício do bom senso no dia a dia. Tem soluções mais acertivas. –A cada 1% no aumento da qualidade de vida do trabalhador, se tem retorno em produtividade em R$ 1.560,00 – Fiep/2000 Potencializa a visibilidade e os resultados de marca e imagem com ações culturais, artísticas e sociais mais efetivas com somas menores no mercado. –Consegue-se realizar projetos de muita projeção na mídia com baixo investimento. –A área de comunicação da empresa também deve estar integrada no planejamento de comunicação para se atingir os resultados esperados.

10 POR QUE É TÃO DIFICIL O INVESTIMENTO CULTURAL? Receio de que a Receita irá bater na porta de empresa. Precaução ao expor a marca atrelada a projetos que poderiam causar danos a imagem. Pessoas despreparadas. Confusão conceitual em projetos culturais. Agência de publicidade x Agência Cultural Má vontade das áreas contábeis e/ou financeira das empresas. Não tem interesse. Sem comprometimento com o desenvolvimento.

11 DADOS FRIOS SOBRE INVESTIMENTOS CULTURAIS

12 REFLEXÕES O que é o Ócio Criativo – O ócio criativo não acontece sem arte. Ficar sem fazer nada, ir ao parque somente relaxa. O ócio criativo somente acontece quando estamos em contato, mergulhados em arte. Finalidade da Empresa – A empresa não é uma finalidade em si mesma e sim um instrumento de desenvolvimento social José Mindlin Propriedade Privada – A propriedade privada é um convenção estabelecida para ajudar a resolver certos problemas de sobrevivência etc., mas esta sujeita a ser modificada, quando houver outras soluções. – Waldemar de Gregory Desenvolvimento Tecnológico – Sem produção artística não há desenvolvimento científico – Mario Schenberg Perceba o que sua concorrência esta fazendo. E faça melhor. O Paraná figura em 5 e/ou 6° estado em captação e economicamente também. O desenvolvimento econômico é uma ação transversalidade da cultura. Então o fomento a cultura é estratégico para empresa. Não para uma empresa, mas para todas. Porque o investimento em arte é importante? –Pensamento crítico e sensível. Bom senso..desenvolvimento humano.

13 Empresas e Instituições que investem em nossos projetos:

14 PRÉ-REQUISITO SER TRIBUTADA EM LUCRO REAL

15 CONTATO TRENTO COMUNICAÇÃO INTEGRADA

16 Sugestões de Leitura Marketing Pessoal – A construção do indivíduo na organização. – Maria Christina Andrade Vieira. Os Poderes dos Seus 3 Cérebros – Waldemar de Gregori Patrocínio Planejado – Marketing Cultural para empresas. – Leide Moreira Adorno e a Arte Contemporânea – Verlaine Freitas Reflexões sobre a Arte – Alfredo Bosi O que é Cultura – José Luiz dos Santos O que é Ação Cultural – Teixeira Coelho Cultura – Um Conceito Antropológico – Roque de Barros Laraia Marketing Cultural – Micky Fischer Caminhos para o Desenvolvimento Sustentável – Ignacy Sachs Pedagogia da Autonomia – Paulo Freire Música na Escola – Hans Günther Bastian


Carregar ppt "Enfoque Cultura Desenvolvimento Econômico Desenvolvimento Mercadológico Desenvolvimento Social."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google