A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

III JORNADA PEDAGÓGICA O PAPEL DA EQUIPE PEDAGÓGICA NA GESTÃO: POSSIBILIDADES DE MEDIAÇÃO DO CURRÍCULO Texto da CGE sistematizado por: Rita Pozza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "III JORNADA PEDAGÓGICA O PAPEL DA EQUIPE PEDAGÓGICA NA GESTÃO: POSSIBILIDADES DE MEDIAÇÃO DO CURRÍCULO Texto da CGE sistematizado por: Rita Pozza."— Transcrição da apresentação:

1 III JORNADA PEDAGÓGICA O PAPEL DA EQUIPE PEDAGÓGICA NA GESTÃO: POSSIBILIDADES DE MEDIAÇÃO DO CURRÍCULO Texto da CGE sistematizado por: Rita Pozza

2 PLANEJAMENTOPLANEJAMENTO Projeto Político Pedagógico Marco situacional Marco Conceitual Marco Operacional Proposta Pedagógica ou Projeto Pedagógico Proposta Curricular O quê? O como? O por quê? O para quê? Para quem? Plano de Ação da Escola Organiza e articula as ações necessárias ao funcionamento do ponto de vista da gestão escolar. Plano de Trabalho Docente Parte da proposta pedagógica. Organiza o ensino- aprendizagem em sala de aula.

3 O pedagogo A este profissional não cabe mais a lógica economicista,a qual reproduz a fragmentação das relações de trabalho e a secundarização do trabalho pedagógico. Saviani(1985,p.28) tal desvio é regra em nossas escolas: da exaltação às mães às festas juninas, a ação do pedagogo é maximizada pela escola, restando mínimo tempo ao processo de transmissão- assimilação de conhecimentos elaborados cientificamente. Cumpre reverter essa situação.

4 SEED/ Edital nº10/2007 A SEED, na defesa do efetivo papel do pedagogo,indica princípios da participação do pedagogo na gestão escolar: Coordenar a elaboração coletiva e a efetivação do PPP e Plano de Ação Promover e coordenar reuniões pedagógicas e grupos de estudos para reflexão e aprofundamento de temas pertinentes ao trabalho pedagógico, construir propostas de intervenção na realidade da escola.

5 Participar e intervir,junto à direção,da organização do trabalho pedagógico escolar. Sistematizar,junto à comunidade escolar,atividades que levem à efetivação do processo ensino aprendizagem e que garantam o atendimento das necessidades dos alunos. Participar da elaboração do projeto de Formação Continuada. Analisar as propostas de natureza pedagógica a serem implantadas de acordo com a legislação educacional. Coordenar a organização do espaço-tempo escolar, a partir do PPP.

6 Coordenar a organização do espaço- tempo escolar a partir do PPP e da PPC da escola. Orientar a comunidade escolar na proposição de um PPP numa perspectiva transformadora. O papel do pedagogo legitima-se não tão somente na mediação da gestão escolar,mas no movimento de organização do currículo pela via da gestão.

7 Professor e pedagogo Juntos nas grandes decisões, para proposição de estratégias e ações que viabilizem soluções inteligentes, capazes de ajudar o aluno a tornar-se um verdadeiro cidadão e que também ajudem na superação dos preconceitos e discriminações de toda ordem,existentes dentro e fora dos limites escolares.

8 Saviani 1984 aponta a especificidade do papel do pedagogo: Empenhem-se no domínio das formas que possam garantir às camadas populares o ingresso a cultura letrada, vale dizer, a apropriação dos conhecimentos sistematizados.

9 Contudo cabe ao pedagogo e ao corpo docente reverem e definirem os rumos da ação educativa, ou seja, o desenvolvimento das capacidades humanas a serem trabalhadas e aprimoradas de forma intencional e sistemática, tendo em vista a elevação intelectual e moral para todos.

10 Sob esta perspectiva, compreendemos que os embates diários,exigidos pelas inúmeras demandas da escola pública, devem ser travados no sentido de resgatar a função social da escola e, ao mesmo tempo,resgatar as relações humanas, neste caso específico, o diálogo entre professores e pedagogos,com base nos fundamentos presentes no PPP e no RE, os quais legitimam as intenções da coletividade em prol das demandas educacionais e sociais.

11 O trabalho pedagógico e, mais especificamente, o trabalho do professor e do pedagogo estão,portanto, mediados por muitos aspectos, dentre eles alguns que pressupõe a articulação da equipe pedagógica em consonância com a direção escolar.

12 A escola, como instituição social, que tem como função a democratização dos conhecimentos produzidos historicamente pela humanidade, é um espaço de mediação entre sujeito e sociedade. Compreender a escola como mediação significa entender o conhecimento como fonte para efetivação de um processo de emancipação humana e, logo, de transformação social.

13 Justifica-se hoje, a adoção da gestão democrática pela escola pública, que parece, no momento,poder dar suporte às necessidades escolares atuais, pelo novo quadro de mobilização e organização social que instigam mudanças: nas relações de poder, na organização,participação,planejamento e tomada de decisões.

14 O PPP é um instrumento que descreve e revela a escola. É uma forma de organizar o trabalho pedagógico escolar. É um processo democrático de decisões. O PPP evidencia o trabalho coletivo da escola. É a identidade da escola e de sua coletividade..

15 A relação intrínseca do papel do diretor e equipe pedagógica na gestão escolar,é clara e inevitável, uma vez que o pedagogo responde pela mediação,organização,integração e articulação do trabalho pedagógico e ao diretor, cabe dirigir e coordenar o andamento do trabalho pedagógico,de acordo com sua função social. Portanto,sugere a própria compreensão de que ser pedagogo significa ter o domínio sistemático e intencional das formas (métodos) através dos quais se deve realizar o processo de formação cultural.(Saviani,1985)

16 Percebe-se o pedagogo como o legítimo articulador do trabalho coletivo escolar;articula a concepção de educação da escola às relações e determinações políticas,sociais, culturais e históricas, agindo em todos os espaços de contradição para a transformação social. (emancipação das classes populares)

17 O que tem condicionado, o sentido da escola? A forma de organização social pautada na acumulação dos bens; na propriedade privada; na obtenção do lucro e consequentemente na reprodução das classes sociais. Neste contexto,Saviani busca recolocar o papel da escola:o principal: o compromisso com o saber e o secundário: todos os eventos, comemorações e temas que perpassem o currículo

18 CURRÍCULO É uma seleção sim de conteúdos, de concepções, de intenções que devem ser democratizados para toda a população, e são requisitos mínimos para a participação consciente em uma sociedade cada vez mais excludente, seletiva e contraditória. Expressa as intenções da escola, através do conjunto das atividades nucleares que devem refletir um projeto maior, o projeto de sociedade. O currículo deve ser pensado em duas dimensões principais:a seleção dos conteúdos(o ser) e os métodos de apropriação dos conteúdos.(os caminhos)

19 Projeto de Sociedade / PPP Abre-se um espaço fundamental para a escola no que diz respeito ao seu PPP, que contemple os interesses da maioria da população através de novas formas de seleção,organização e tratamento metodológico dos conteúdos, de maneira a oportunizar relações significativas entre o aluno e o conhecimento,como condição para a sua participação efetiva no trabalho e na sociedade,de modo a ser protagonista da construção de uma nova ordem social.(Kuenzer,2000)

20 Concepção Metodológica Segundo Kuenzer,uma concepção metodológica que tenha como pressuposto o movimento do conhecimento e da realidade numa perspectiva transformadora e não reprodutora pode ser assim sistematizada: o ponto de partida é sincrético,pouco elaborado,senso comum; o ponto de chegada é uma totalidade concreta. os significados vão sendo construídos através do deslocamento do pensamento do senso comum ao conhecimento elaborado através da práxis.

21 o percurso vai do ponto de partida ao ponto de chegada, possuindo uma dupla determinação, finita ou infinita; ou seja, construir o caminho metodológico, é parte fundamental do processo de elaboração do conhecimento. é preciso privilegiar a relação entre o que precisa ser conhecido e o caminho que precisa ser trilhado para conhecer(conteúdo e método),na perspectiva da autonomia intelectual e ética.

22 o homem só conhece aquilo que é objeto de sua atividade prática, e conhece porque atua praticamente,portanto,o conhecimento tem de adquirir corpo na própria realidade sob a forma de atividade prática, e transformá-la. o conhecimento é uma construção coletiva e histórica com base no trabalho humano. o conhecimento científico não é neutro, pronto,acabado.É determinado pelas visões,pressupondo a problematização.

23 O conhecimento de Ciências Humanas e suas Tecnologias é uma maneira de recortar a realidade,e sugere, práticas pedagógicas transdisciplinares. o professor tem a função de vivenciar com seus alunos, a transposição didática, do saber científico em saber escolar,possibilitando a construção do novos saberes. a ressignificação dos conteúdos,implica articular: conteúdos/vivência cotidiana/ conhecimentos prévios dos alunos.

24 Proposta Pedagógica Curricular é a expressão de uma concepção de educação e de sociedade, pensada filosófica,histórica e culturalmente no PPP. Núcleo do PPP, construída pelos professores, mediada pela equipe pedagógica, fundamentada nos documentos curriculares historicamente produzidos (Currículo Básico, DCEs), para proceder a seleção de conteúdos e de métodos, com sua respectiva intencionalidade.

25 Plano de Trabalho Docente é a expressão da PPC, do currículo em sala de aula,explicitado no PPP da escola. o plano é a representação escrita do planejamento do professor. contempla o recorte do conteúdo selecionado para um dado período; a intencionalidade, traduzida nos critérios de avaliação. é o currículo em ação!

26 Com esse enfoque político e pedagógico, cabe a equipe pedagógica,em sua prática junto aos docentes: mediar a concepção posta no PPP e na PPC, garantindo a sua intencionalidade no PTD. A educação na concepção transformadora, pressupõe tomar o aluno na sua totalidade,isso implica em entendê-lo dentro de uma dinâmica social,e de formação humana, onde as ações são determinadas.

27 O Trabalho Educativo Para Saviani, 2004 o ato educativo: é o ato de produzir,direta e intencionalmente (práxis intencional),em cada indivíduo singular,a humanidade que é produzida histórica e coletivamente pelo conjunto dos homens, já que (...) o indivíduo da espécie humana não nasce homem;ele se torna homem,se forma homem(...) precisa ser educado.

28 O que um adulto é, constitui apenas uma das múltiplas possibilidades de ser que nasceram com ele. Medeiros,1979

29 Se você acredita que não existe esperança... ela não existirá. Se você acredita que existe instinto de liberdade... existirão oportunidades de mudança. Existirá uma chance de você contribuir para a criação de um mundo melhor. A escolha é sua. Noam Chomsky O Deus da paz e do amor esteja conosco. FELIZ NATAL


Carregar ppt "III JORNADA PEDAGÓGICA O PAPEL DA EQUIPE PEDAGÓGICA NA GESTÃO: POSSIBILIDADES DE MEDIAÇÃO DO CURRÍCULO Texto da CGE sistematizado por: Rita Pozza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google