A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina Disciplinar OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE - 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina Disciplinar OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE - 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Oficina Disciplinar OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE

2 Qual será a estrutura das Oficinas Disciplinares nesse primeiro semestre de 2013? Após a análise das respostas encaminhadas pelas unidades escolares, do processo de discussão do material da Semana Pedagógica de fevereiro de 2013 e de reuniões com os NREs, a proposta é que nas oficinas seja trabalhado o recorte do Plano de Trabalho Docente com foco no Encaminhamento Teórico - Metodológico e a utilização de diferentes recursos didáticos nas disciplinas que compõem a Matriz Curricular. OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Entrevista com Ana Carolina Morello – Pedagoga do Departamento de Educação Básica (DEB/SEED)

3 OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Retomando as Diretrizes Curriculares Orientadoras da Educação Básica para a Rede Estadual (pág.50)

4 OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Retomando as Diretrizes Curriculares Orientadoras da Educação Básica para a Rede Estadual (pág. 51)

5 OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Retomando as Diretrizes Curriculares Orientadoras da Educação Básica para a Rede Estadual (pág. 51)

6 OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Retomando as Diretrizes Curriculares Orientadoras da Educação Básica para a Rede Estadual (pág. 68)

7 Leitura Crítica do Texto: (pág. 128 até 133) SILVA, M.S.F.S; SILVA, E.G.S. Um olhar a partir da utilização de dinâmicas como ferramenta para o ensino da Geografia Escolar. In: Caminhos de Geografia. Uberlândia, v.13, n.44 Dez 2012 p OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE

8 Discutindo o texto: SILVA, M.S.F.S; SILVA, E.G.S. Um olhar a partir da utilização de dinâmicas como ferramenta para o ensino da Geografia Escolar. In: Caminhos de Geografia. Uberlândia, v.13, n.44 Dez 2012 p OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Devemos refletir sobre procedimentos didáticos que levam os estudantes apenas à descrição e a memorização, ou seja, romper com a Geografia Tradicional ainda presente na nossa prática. Descontruir o caráter de fragmentação da dicotomia Geografia Física x Geografia Humana e compreender o espaço como uma extensão humana e física; É necessário que tenhamos um olhar crítico diante dos conteúdos a serem abordados em sala de aula, possibilitando a (re)construção dos conteúdos, onde estudante e professor sejam sujeitos ativos neste processo.

9 Discutindo o texto: SILVA, M.S.F.S; SILVA, E.G.S. Um olhar a partir da utilização de dinâmicas como ferramenta para o ensino da Geografia Escolar. In: Caminhos de Geografia. Uberlândia, v.13, n.44 Dez 2012 p OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE É necessário que o professor desperte o aluno para aprender e pensar a partir do senso comum, do conhecimento produzido pela humanidade e pelo professor, e que o educando elabore o seu próprio conhecimento; Não basta apenas dominar os conteúdos, é preciso rever sua didática e os procedimentos metodológicos adotados; Ir além dos conteúdos de Geografia, buscando a interdisciplinaridade estabelecendo conexões com outros níveis escalares, local/regional/nacional/global; Romper com a dependência do livro didático.

10 Discutindo o texto: SILVA, M.S.F.S; SILVA, E.G.S. Um olhar a partir da utilização de dinâmicas como ferramenta para o ensino da Geografia Escolar. In: Caminhos de Geografia. Uberlândia, v.13, n.44 Dez 2012 p OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Embora o professor enfrente sérios problemas que afetam o ensino, este pode tornar suas aulas mais interessantes, enfatizando o espaço vivido do estudante; Trabalhando com diferentes procedimentos metodológicos como jogos, brincadeiras, maquetes, figuras e imagens, aulas práticas, aulas de campo, o professor consegue fazer com que o estudantes assimile o ensino geográfico; O conteúdo será o mesmo, porém a forma com que será ministrado é que será diferente, enriquecendo o processo de ensino-aprendizagem.

11 CADERNO DE EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM (PARANÁ, 2012) OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Constitui-se em um subsídio para o trabalho docente, resultado da construção coletiva dos professores, técnicos- pedagógicos dos NRE e da SEED; Fortalece a Geografia Crítica como linha teórica e o espaço geográfico como objeto de estudo;

12 CADERNO DE EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM (PARANÁ, 2012) OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Como proposto na DCE de Geografia, a linguagem cartográfica corresponde a um suporte para o entendimento dos conteúdos geográficos, portanto essa linguagem é utilizada à compreensão da espacialização dos fatos e fenômenos em diferentes escalas geográficas; Os conceitos básicos da Geografia: paisagem, sociedade, território, natureza, lugar e região orientam as discussões dos conteúdos estruturantes, básicos e específicos, para tanto, eles devem nortear a abordagem dos conteúdos, possibilitando aos alunos o seu entendimento.

13 EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Apresentam-se como conhecimentos básicos os quais devem ser adquiridos pelos alunos até o final de cada ano letivo para o Ensino Fundamental e Ensino Médio; Alguns exemplos:

14 OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE CONTEÚDO BÁSICO 7º ANO FUNDAMENTAL A formação, o crescimento das cidades, a dinâmica dos espaços urbanos e a urbanização. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM 43. Entenda o processo de formação e a localização dos microterritórios urbanos. 44. Compreenda como a industrialização e a modernização da agricultura influenciaram o processo de urbanização no Brasil. 45. Entenda o processo de crescimento urbano e suas repercussões no meio ambiente. 46. Entenda o conceito de território.

15 OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE CONTEÚDO BÁSICO ENSINO MÉDIO A formação, o crescimento das cidades, a dinâmica dos espaços urbanos e a urbanização recente. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM 153. Relacione o processo de urbanização com as atividades econômicas Compreenda o processo de urbanização, considerando as áreas de segregação, os espaços de consumo e de lazer e a ocupação das áreas de risco Entenda o processo de crescimento urbano e as implicações socioambientais Identifique os movimentos sociais urbanos e reconheça as influências de suas ações na configuração espacial Compreenda os conceitos de lugar, território e sociedade.

16 CONTEÚDOS ESTRUTURANTES OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE Conhecimentos de grande amplitude que identificam e organizam os diferentes campos de estudo de um disciplina escolares, considerados fundamentais para a compreensão de seu objeto de estudo e de ensino. São, neste caso, dimensões geográficas da realidade a partir das quais os conteúdos específicos devem ser abordados. (PARANÁ, 2008, p. 68); A articulação entre os conteúdos Estruturantes e os Básicos devem nortear a escolha dos Conteúdos Específicos. Cada conteúdo Básico selecionado pode ser abordado pelos quatro Conteúdos Estruturantes.

17 CONTEÚDOS ESTRUTURANTES OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE DIMENSÃO CULTURAL E DEMOGRÁFICA DO ESPAÇO GEOGRÁFICO ESPAÇO GEOGRÁFICO DIMENSÃO POLÍTICA DO ESPAÇO GEOGRÁFICO DIMENSÃO ECONÔMICA DO ESPAÇO GEOGRÁFICO DIMENSÃO SOCIOAMBIENTAL DO ESPAÇO GEOGRÁFICO

18 Conteúdos Básicos Estruturantes e EspecíficosObjetivosEncaminhamento Teórico- Metodológico Avaliação Recursos e Critérios Básico A formação, o crescimento das cidades, a dinâmica dos espaços urbanos e a urbanização. Estruturantes -Dimensão econômica do espaço geográfico; -Dimensão política do espaço geográfico; -Dimensão cultural e demográfica do espaço geográfico; -Dimensão socioambiental do espaço geográfico; Específicos -O trabalho formal e informal; -O estatuto da cidade; -A população urbana e sua dinâmica; - Uso e ocupação do solo urbano. Compreender a relação entre trabalho informal e a produção/apropriação do espaço urbano. Identificar as formas de uso e ocupação do solo urbano. Estabelecer relações entre o crescimento populacional urbano e a intensificação dos problemas socioambientais. Reconhecer os fatores econômicos e políticos que influenciaram na ocupação do espaço urbano. Conhecer os instrumentos legais que regulamentam o uso e ocupação do espaço urbano. Visando a superação entre a Geografia Física e Humana, buscando a formação de um aluno consciente das relações socioespaciais de seu tempo, nas diversas escalas geográficas e fundamentando-se na perspectiva crítica, propõe- se a utilização dos seguintes recursos teórico- metodológicos: Jogos, júri simulado, reportagens, documentários, mapas, tabelas, música, imagens, entre outros. A utilização desses recursos possibilita a interação entre os alunos e professor promovendo um processo de ensino/aprendizagem significativo. Espera-se que o aluno: -Reconheça a existência do trabalho formal e informal no espaço urbano; -Compreenda que renda interfere na apropriação do espaço urbano; -Entenda as consequências socioambientais do processo de crescimento urbano desordenado; -Conheça a legislação que normatiza o uso e a ocupação do solo urbano; -Analise a dinâmica populacional urbana em suas diferentes escalas. Recursos: -Juri Simulado; -Jogos; -Leitura de imagens; -Pesquisas.

19 AULA SIMULADA Problematização: As cidades são uma construção social que atualmente concentram a maior parte da população mundial. Porém, essa concentração não vem ocorrendo de forma harmônica, pois a maioria das cidades não foi planejada para abrigar esse contingente populacional, resultando na produção de um espaço urbano complexo e desordenado que não atende a todos de forma igualitária. Ao entender como esse espaço é construído pela sociedade e como ela se apropria dele, possibilitam uma intervenção de forma crítica, no mesmo. De acordo com a DCE de Geografia, algumas perguntas podem orientar o pensamento geográfico e o trabalho do professor diante de possíveis problemas urbanos: Onde? Como é este lugar? Por que ele é assim? Por que aqui e não em outro lugar? Por que as coisas estão dispostas desta maneira no espaço geográfico? Qual o significado desse ordenamento espacial? Quais as consequências deste ordenamento? Por que e como esses ordenamentos se distinguem de outros?

20 Referências CALLAI, H.C. A Geografia e a escola: muda a geografia: Muda o ensino? Terra Livre. São Paulo, n.16, p FILIZOLA, R. O uso de múltiplas linguagens na Geografia escolar. In: _________Didática da Geografia: proposições metodológicas e conteúdos entrelaçados com a avaliação. Curitiba: Base Editorial, 2009, p MAGNOLI, D. Geografia para o ensino médio: Brasil, Estado e espaço geográfico. 1.ed. São Paulo: Saraiva, 2010, p PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação – SEED. Diretrizes Curriculares Orientadoras da Educação Básica. Curitiba: SEED, 2008.

21 PONTUSCHKA, N.N. et al. Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Cortez, p RIBEIRO, E; TORRES, E.C. Trilha Geográfica: uma proposta de instrumento de ensino de Geografia. In: ARCHELA, R.S; CALVENTE, M.D.C.M.H. Ensino de Geografia: tecnologias digitais e outras técnicas passo a passo. Londrina: EDUEL, SILVA, M.S.F; SILVA, E.G. Um olhar a partir da utilização de dinâmicas como ferramenta para o ensino da Geografia Escolar. In: Caminhos de Geografia. Uberlândia, v.13, n.44 Dez/2012.


Carregar ppt "Oficina Disciplinar OFICINA DE GEOGRAFIA 1º SEMESTRE - 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google