A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TEMPOS CIRÚRGICOS OU OPERATÓRIOS Professor: Eunaldo DiasProfessor: Eunaldo Dias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TEMPOS CIRÚRGICOS OU OPERATÓRIOS Professor: Eunaldo DiasProfessor: Eunaldo Dias."— Transcrição da apresentação:

1 TEMPOS CIRÚRGICOS OU OPERATÓRIOS Professor: Eunaldo DiasProfessor: Eunaldo Dias

2 Tempos cirúrgicos ou operatórios São os procedimentos ou manobras consecutivas realizadas pelo cirurgião desde o início até o término da cirurgia.São os procedimentos ou manobras consecutivas realizadas pelo cirurgião desde o início até o término da cirurgia.

3 Tempos cirúrgicos ou operatórios DiéreseDiérese HemostasiaHemostasia Cirurgia propriamente dita ou exéreseCirurgia propriamente dita ou exérese Síntese.Síntese.

4 Diérese Consiste na separação dos planos anatômicos ou tecidos para possibilitar a abordagem de um órgão ou região. É o rompimento da continuidade e contiguidade dos tecidos.Consiste na separação dos planos anatômicos ou tecidos para possibilitar a abordagem de um órgão ou região. É o rompimento da continuidade e contiguidade dos tecidos.  Pode ser:. mecânica. física. física

5 Diérese Mecânica É aquela realizada com o uso de instrumentos cortantes, como o bisturí e a tesoura, ou outros instrumentais específicos empregados para determinados tipos de tecidos como por ex: a serra.É aquela realizada com o uso de instrumentos cortantes, como o bisturí e a tesoura, ou outros instrumentais específicos empregados para determinados tipos de tecidos como por ex: a serra.

6 Tipos de diérese mecânica Punção: é a introdução de uma agulha ou trocarte nos tecidos, separando-os sem contudo seccioná-los.Punção: é a introdução de uma agulha ou trocarte nos tecidos, separando-os sem contudo seccioná-los. É o procedimento realizado com a finalidade de drenar coleções de líquidos, ou coletar fragmentos de tecidos ou líquidos orgânicos para exames diagnósticos.É o procedimento realizado com a finalidade de drenar coleções de líquidos, ou coletar fragmentos de tecidos ou líquidos orgânicos para exames diagnósticos.

7 Tipos de diérese mecânica Secção: É o ato de dividir, cortar tecidos, fazendo uso de material cortante, como tesoura, serra, lâmina ou bisturí elétrico.Secção: É o ato de dividir, cortar tecidos, fazendo uso de material cortante, como tesoura, serra, lâmina ou bisturí elétrico. Divulsão: É o afastamento dos tecidos nos planos anatômicos, sem seccioná-los, utilizando-se tesoura rombas, pinças, tentacãnula e afastadores.Divulsão: É o afastamento dos tecidos nos planos anatômicos, sem seccioná-los, utilizando-se tesoura rombas, pinças, tentacãnula e afastadores.

8 Tipos de diérese mecânica Curetagem:É a raspagem da superfície do órgão com o auxílio da cureta, instrumental no formato de uma colher, que possui as bordas cortantes.Curetagem:É a raspagem da superfície do órgão com o auxílio da cureta, instrumental no formato de uma colher, que possui as bordas cortantes. Dilatação: é o processo através do qual se procura aumentar o diâmetro de canais e orifícios naturais.Ex: dilatação da uretra.Dilatação: é o processo através do qual se procura aumentar o diâmetro de canais e orifícios naturais.Ex: dilatação da uretra.

9 Tipos de diérese mecânica Descolamento: consiste na separação dos tecidos de um espaço anatômico virtual. Ex: descolamento da vesícula do leito hepático.Descolamento: consiste na separação dos tecidos de um espaço anatômico virtual. Ex: descolamento da vesícula do leito hepático.

10 do ponto de vista físico a diérese pode ser: a diérese pode ser:  térmica  por crioterapia  por “laser”

11 Diérese Térmica Diérese Térmica Neste tipo de diérese, é empregado o calor, cuja fonte é a energia elétrica.Neste tipo de diérese, é empregado o calor, cuja fonte é a energia elétrica. Ex: bisturí elétrico.Ex: bisturí elétrico.

12 Diérese por crioterapia consiste no resfriamento brusco e intenso da área que vai ser realizada a intervenção cirúrgica.consiste no resfriamento brusco e intenso da área que vai ser realizada a intervenção cirúrgica. Ex: o nitrogênio líquido é a substância mais adequada.Ex: o nitrogênio líquido é a substância mais adequada.

13 Diérese por “laser” O raio laser corresponde a ondas luminosas, em raios infravermelhos, concentrados e de alta potência.O raio laser corresponde a ondas luminosas, em raios infravermelhos, concentrados e de alta potência. O sistema laser é obtido a partir de materiais em estado sólido, líquido ou gasoso, sendo cada tipo aplicado em diferentes especialidades médicas.O sistema laser é obtido a partir de materiais em estado sólido, líquido ou gasoso, sendo cada tipo aplicado em diferentes especialidades médicas.

14 Hemostasia É o processo através do qual se impede, detém ou previne o sangramento.É o processo através do qual se impede, detém ou previne o sangramento. Tipos:Tipos: preventiva: medicamentosa ou cirúrgica.preventiva: medicamentosa ou cirúrgica. de urgênciade urgência curativacurativa

15 Hemostasia Preventiva Medicamentosa: baseada nos exames laboratoriais (tempo de sangria e coagulação, dosagem de protombina)Medicamentosa: baseada nos exames laboratoriais (tempo de sangria e coagulação, dosagem de protombina) cirúrgica: realizada com a finalidade de interromper a circulação durante o ato cirúrgico, temporária ou definitivamente.cirúrgica: realizada com a finalidade de interromper a circulação durante o ato cirúrgico, temporária ou definitivamente.

16 Hemostasia de urgência é realizada, quase sempre, em condições não favoráveis e com material improvisado, como por exemplo: compressão digital, manual.é realizada, quase sempre, em condições não favoráveis e com material improvisado, como por exemplo: compressão digital, manual.

17 Hemostasia curativa é realizada no decorrer da intervenção cirúrgica, e pode ser:é realizada no decorrer da intervenção cirúrgica, e pode ser: medicamentosa: gel hemostáticos;medicamentosa: gel hemostáticos; mecanica: uso de pinças;mecanica: uso de pinças; física: bisturí elétrico;física: bisturí elétrico; biológica: cola biológica.biológica: cola biológica.

18 Síntese é a união de tecidos, que será mais perfeita quanto mais anatômica for a separação.é a união de tecidos, que será mais perfeita quanto mais anatômica for a separação. Pode ser:Pode ser: cruentacruenta incruentaincruenta completacompleta incompletaincompleta mediatamediata imediataimediata

19 Síntese cruenta são utilizados instrumentos apropriados: agulhas de sutura, fios cirúrgicos.são utilizados instrumentos apropriados: agulhas de sutura, fios cirúrgicos.

20 síntese incruenta é a que faz a aproximação dos tecidos com auxílio de gesso, esparadrapo, ataduras.é a que faz a aproximação dos tecidos com auxílio de gesso, esparadrapo, ataduras.

21 síntese completa é aquela em que é feita a aproximação dos tecidos em toda a dimensão da incisão cirúrgica.é aquela em que é feita a aproximação dos tecidos em toda a dimensão da incisão cirúrgica.

22 síntese incompleta é aquela em que não há aproximação em toda a extensão da incisão, em consequ~encia da colocação de um dreno em determinado local da incisão cirúrgica.é aquela em que não há aproximação em toda a extensão da incisão, em consequ~encia da colocação de um dreno em determinado local da incisão cirúrgica.

23 síntese imediata é quando há realização de síntese imediatamente após o traumatismo. Ex: corte em supercílios, face ou outra área do corpo.é quando há realização de síntese imediatamente após o traumatismo. Ex: corte em supercílios, face ou outra área do corpo.

24 síntese mediata é realizada algum tempo depois da lesão.é realizada algum tempo depois da lesão.


Carregar ppt "TEMPOS CIRÚRGICOS OU OPERATÓRIOS Professor: Eunaldo DiasProfessor: Eunaldo Dias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google