A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MATERIAIS RECICLÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL DÁRIO MASSAFERA GLEICY VIANA GUILHERME DE FARIA SIMÃO VOLOCH.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MATERIAIS RECICLÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL DÁRIO MASSAFERA GLEICY VIANA GUILHERME DE FARIA SIMÃO VOLOCH."— Transcrição da apresentação:

1 MATERIAIS RECICLÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL DÁRIO MASSAFERA GLEICY VIANA GUILHERME DE FARIA SIMÃO VOLOCH

2 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

3 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

4 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHADO VIVO -ORIGEM -GREEN ROOF FOR HEALTHY CITYS -PAÍSES INTENSIVO -MAIOR CONSUMO DE ÁGUA, ADUBO E MANUTENÇÃO GERAL -ESPESSURA DAS CAMADAS: 150 – 400 mm -PESO: ACIMA DE 170 (kg/m²) EXTENSIVO - MAIOR RESISTÊNCIA A VARIAÇÕES PLUVIAIS -ESPESSURA DAS CAMADAS: 60 – 200 mm -PESO : 50 a 170 (kg/m²)

5 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHADO VIVO - PNEU RECICLADO - EVA - CIMENTO MÓDULO DIMENSÃO (cm) 68 X 35 RENDIMENTO 3 PESSOAS 150 m² EM UM DIA

6 M ATERIAIS RECICLÁVEIS ESTRUTURA DO TELHADO

7 M ATERIAIS RECICLÁVEIS ESTRUTURA DO TELHADO Impede a infiltração de água na laje

8 M ATERIAIS RECICLÁVEIS ESTRUTURA DO TELHADO Impede danos na impermeabilização

9 M ATERIAIS RECICLÁVEIS ESTRUTURA DO TELHADO Retenção de água e drenagem rápida e eficiente do excesso desta

10 M ATERIAIS RECICLÁVEIS ESTRUTURA DO TELHADO Camada onde se encontram os nutrientes dando suporte à vegetação, retendo e absorvendo parte da água

11 M ATERIAIS RECICLÁVEIS ESTRUTURA DO TELHADO Cobertura vegetal

12 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHADO VIVO - VANTAGENS -CONFORTO TÉRMICO -INVERNO: ISOLAMENTO TÉRMICO -VERÃO: EVAPOTRANSPIRAÇÃO -ISOLAMENTO ACÚSTICO -NÃO REQUER ADUBAÇÃO CONTÍNUA -RETENSÃO DE ÁGUA FONTE : NATIONAL RESEARCH COUNCILS INSTITUTE FOR RESEARCH CONSTRUCTION

13 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHADO VIVO - DESVANTAGENS -CUSTO: 150/ m² -CARGA GERADA NO BEIRAL

14 M ATERIAIS RECICLÁVEIS EXEMPLO – INSTITUTO KAIRÓS, NOVA LIMA

15 M ATERIAIS RECICLÁVEIS EXEMPLO – INSTITUTO KAIRÓS, NOVA LIMA

16 M ATERIAIS RECICLÁVEIS EXEMPLO – ACROS FUKUOKA BUILDING, JAPÃO

17 M ATERIAIS RECICLÁVEIS EXEMPLO – ACROS FUKUOKA BUILDING, JAPÃO

18 M ATERIAIS RECICLÁVEIS EXEMPLO – ACROS FUKUOKA BUILDING, JAPÃO

19 M ATERIAIS RECICLÁVEIS EXEMPLO – ACROS FUKUOKA BUILDING, JAPÃO

20 M ATERIAIS RECICLÁVEIS FONTES PESQUISADAS ESTUDO DE APLICAÇÃO DE PLANTAS EM TELHADOS VIVOS EXTENSIVOS EM CIDADES DE CLIMA TROPICAL. LAAR, MICHAEL; SOUZA, CRISTINA G.; DE ASSUNÇÃO PAIVA, VERA LÚCIA; AUGUSTA DE AMIGO, NISETE ; TAVARES, SERGIO ; GRIMME, FRIEDRICH WILHELM; GUSMÃO, FERNANDO; KÖHLER, MANFRED ; SCHMIDT, MARCO; CEFET-RJ, RIO DE JANEIRO, BRASIL; INSTITUT FÜR TROPENTECHNOLOGIE ITT, UNIVERSIDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS COLONIA/ALEMANHA

21 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

22 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

23 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TELHAS EMBALAGEM LONGA VIDA TELHAS E PLACAS – EMBALAGENS LONGA VIDA MATERIAL UTILIZADO O produto é fabricado com matéria prima oriunda da reciclagem de embalagens longa-vida, flexíveis e acartonadas, trituradas e resinadas, é próprio para a fabricação de telhas e placas de alta resistência. DIVERSAS APRESENTAÇÕES - TELHAS ALUMINIZADAS - TELHAS REVESTIDAS - TELHAS SEM REVESTIMENTO

24 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TELHAS EMBALAGEM LONGA VIDA ESPECIFICAÇÕES DA TELHA: - PESO: 15KG - ESPESSURA: 6 MM - ALTURA DA ONDA: 5,5 CM - DIMENSÕES: 2,15M X 0,92M - DIMENSÕES REMONTADA: 2,00M X 0,87M - NÚMERO DE APOIOS NECESSÁRIOS: 3, SENDO NAS EXTREMIDADES E NO CENTRO

25 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TELHAS EMBALAGEM LONGA VIDA CARACTERÍSTICAS ALTA RESISTÊNCIA; NÃO DANIFICA COM CHUVAS DE GRANIZO ; ISOLAMENTO TÉRMICO E ISOLAMENTO ACÚSTICO; MATERIAL LEVE; MATERIAL SEM RISCO À SAÚDE; RESISTENTE A PRODUTOS QUÍMICOS; ALTA RESISTÊNCIA AO FOGO, NÃO PROPAGA CHAMAS; PODE RECEBER APLICAÇÃO DE PINTURA ACRÍLICA. VANTAGENS MAIS LEVE E MAIS RESISTENTE MAIOR CONFORTO TERMO ACÚSTICO PRODUTO ECOLOGICAMENTE CORRETO BAIXO CUSTO

26 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TELHAS EMBALAGEM LONGA VIDA

27 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TUBO DE CREME DENTAL MATERIAL UTILIZADO AS TELHAS SÃO PRODUZIDAS COM MATERIAL 100% RECICLADO SÃO CONSTITUÍDAS DE 25% ALUMÍNIO E 75% PLÁSTICO.

28 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TUBO DE CREME DENTAL ESPECIFICAÇÕES DA TELHA: Peso: 13Kg; Área útil: 1,66m2; Altura da onda: 5,5cm; Espessura média : 6mm; Inclinação mínima: 5 graus; Dimensão original: 2,20m X 0,90m; Dimensão remontada: 2,10m X 0,79m; Número de apoios: 3, nas extremidades e no centro.

29 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TUBO DE CREME DENTAL CARACTERÍSTICAS NÃO É AFETADA PELA EXPOSIÇÃO A LUZ SOLAR (RAIOS U.V.) ; ISOLANTE TERMICA ; INODORA ; LEVE; NÃO PROPAGA CHAMAS; NÃO OFERECE RISCO ALGUM A SAÚDE ; ALTAMENTE RESISTENTE A UMIDADE E AGENTES QUÍMICOS ; FÁCIL FIXAÇÃO; SUPORTA 150KG DE PESO POR m²; GARANTIA DE 3 ANOS CONTRA DEFEITOS DE FABRICAÇÃO. VANTAGENS COM CUSTO ACESSÍVEL; SUBSTITUI COM VANTAGEM O AMIANTO; SEU VALOR É MENOR QUE AS TELHAS METÁLICAS; NÃO AGRIDE A SAÚDE DE QUEM A PRODUZ OU MANIPULA; REDUZ EM MÉDIA 40% DO CUSTO COM MADEIRAMENTO; MELHORIA ACÚSTICA E TÉRMICA.

30 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – TUBO DE CREME DENTAL

31 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – FIBRAS VEGETO MINERAIS MATERIAL UTILIZADO FABRICADA A PARTIR DE MATERIAL RECICLADO (FIBRAS VEGETO MINERAIS) E IMPERMEABILIZADA COM BETUME (MISTURA NATURAL DE HIDROCARBONETOS) É CHAMADA DE TELHA ECOLÓGICA. ESPECIFICAÇÃO

32 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – FIBRAS VEGETO MINERAIS CARACTERÍSTICAS FLEXÍVEL; NÃO POLUENTE; INQUEBRÁVEL; NÃO TÓXICA; LEVE ABSORÇÃO MÍNIMA DE ÁGUA (1% P/ KG); DURÁVEL (EM MÉDIA 15 ANOS); INSTALAÇÃO SIMPLES ; EXCELENTE REDUTOR SONORO; ECONÔMICA. VANTAGENS MAIS LEVE E MAIS RESISTENTE; FACIL INSTALAÇÃO; CONFORTO ACÚSTICO;

33 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA – FIBRAS VEGETO MINERAIS

34 M ATERIAIS RECICLÁVEIS FONTES PESQUISADAS

35 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

36 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

37 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA SURGIU DA IDÉIA DE TRANSFORMAR RESÍDUOS EM PRODUTOS NOBRES E COM ISTO PRESERVAR NOSSAS FLORESTAS CONTRIBUINDO PARA A LIMPEZA DO MEIO AMBIENTE.

38 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA ESTUDO DOS RESÍDUOS PLÁSTICOS: OS RESÍDUOS PLÁSTICOS PRODUZIDOS PELO HOMEM SÃO RESPONSÁVEIS POR POLUIÇÃO VISUAL, AMBIENTAL E ENTUPIMENTO DE GALERIAS QUE CAUSAM ALAGAMENTOS NAS CIDADES;

39 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA ESTUDO DE CASO – GRANDE SÃO PAULO: REPRESENTA APENAS CERCA DE 4 A 7% DO PESO TOTAL DOS RESÍDUOS; DEVIDO À SUA BAIXA DENSIDADE E O FORMATO DOS ARTEFATOS PRODUZIDOS, ESTIMA- SE QUE 20% DO VOLUME TOTAL DO RESÍDUO SEJA FORMADO PELOS PLÁSTICOS; DEMANDAM UM LONGO PERÍODO PARA SE DECOMPOREM, APROXIMADAMENTE 100 ANOS;

40 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA

41 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA

42 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA SOLUÇÕES ENCONTRADAS: UMA SOLUÇÃO PARA O DESAFIO DE MINIMIZAR A QUANTIDADE DE RESÍDUOS PLÁSTICOS É A MADEIRA ECOLÓGICA. UMA MADEIRA RESISTENTE À IMPACTOS, FÁCIL DE SER SERRADA, PARAFUSADA OU PREGADA, IMPERMEÁVEL E RESISTENTE AO ATAQUE DE INSETOS.

43 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA MATÉRIA PRIMA UTILIZADA: PLÁSTICOS / PEAD - POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE: EMBALAGENS DETERGENTES, AMACIANTES, SACOS E SACOLAS DE SUPERMERCADO, POTES, ENTRE OUTROS. PP - POLIPROPILENO, QUE COMPÕE EMBALAGENS DE MASSAS E BISCOITOS, POTES DE MARGARINA, ENTRE OUTROS. PS - POLIESTIRENO, UTILIZADO NA FABRICAÇÃO DE ELETRODOMÉSTICOS E COPOS DESCARTÁVEIS. PEBD - POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE E A DE POLIPROPILENO: SACOLAS E SAQUINHOS PARA SUPERMERCADOS, LEITES E IOGURTES, SACARIA INDUSTRIAL, SACOS DE LIXO. FIBRAS - SERRAGEM, BAGAÇO DE CANA, COCO, CASCA DE ARROZ, RESÍDUOS DE ALGODÃO, ETC. ORGÂNICO - COUROS, PÊLOS, ETC.

44 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA PROCESSO DE FABRICAÇÃO: MOAGEM; MISTURA; ADENSAMENTO; INTRUSÃO (ATÉ 1000 Kg/cm² DE PRESSÃO); GELEIFICAÇÃO; MOLDAGEM; FASE DE RESFRIAMENTO.

45 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA CONSIDERAÇÕES: INÉDITO E INOVADOR; ECOLOGICAMENTE CORRETO: SUBSTITUIRÁ A MADEIRA NATURAL EM INÚMEROS ASPECTOS; RESISTÊNCIA A IMPACTOS: É FEITO À ALTÍSSIMA PRESSÃO; NÃO DETERIORA; É IMPERMEÁVEL; IMUNE À AÇÃO DE CUPINS; FÁCIL DE TRABALHAR.

46 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA PRODUTOS: PALLETS E EMBALAGENS INDUSTRIAIS.

47 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA DETALHE DO PALLET:

48 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA DETALHE DO PALLET:

49 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA TUBOS:

50 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA BARRAS CILÍNDRICAS:

51 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA FORMAS:

52 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA PISOS E FORROS:

53 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA DECK DE PISCINAS:

54 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA MÓVEIS:

55 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA CORES: É POSSÍVEL INTRODUZIR CORANTES NA MISTURA FAZENDO QUALQUER TIPO DE COR, DESDE QUE O RESÍDUO PLÁSTICO A SER USADO SEJA CLARO.

56 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA CORES: É POSSÍVEL INTRODUZIR CORANTES NA MISTURA FAZENDO QUALQUER TIPO DE COR, DESDE QUE O RESÍDUO PLÁSTICO A SER USADO SEJA CLARO.

57 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA TAMANHO: AS DIMENSÕES CONSEGUIDAS VARIAM MUITO E ATENDEM A TODA NECESSIDADE DE USO mm x 80 mm x 80 mm 3000 mm x 65 mm x 65 mm 3000 mm x 150 mm x 25 mm 3000 mm x 100 mm x 25 mm 3000 mm x 160 mm x 32 mm 3000 mm x 200 mm x 25 mm 3000 mm x 160 mm x 38 mm 3000 mm x 170 mm x 48 mm 3000 mm x 200 mm x 32 mm 3000 mm x 90 mm x 38 mm 3000 mm x 80 mm (diâmetro) EM BREVE

58 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA VANTAGENS NA TRABALHABILIDADE: NÃO SOLTA FARPAS; IMUNE A CUPIM; RESISTENTE À UMIDADE; NÃO NECESSITA FUMIGAÇÃO; ALTA DURABILIDADE ACEITA BENEFICIAMENTO, PREGOS, PARAFUSOS...

59 M ATERIAIS RECICLÁVEIS MADEIRA ECOLÓGICA VANTAGENS PARA O MEIO AMBIENTE: EXIGE BAIXO CONSUMO ENERGÉTICO; ELIMINA VÁRIAS BACTÉRIAS E INERTIZA PARTÍCULAS EVENTUALMENTE TÓXICAS; NÃO GERA SUBPRODUTOS E NÃO POLUI; PROTEGE A FLORESTA, UMA VEZ QUE SUBSTITUI A MADEIRA NATURAL E REMOVE RESÍDUOS DO MEIO AMBIENTE; A RESULTANTE DO PROCESSO É UM PRODUTO QUE PODE SER 100% RECICLÁVEL.

60 M ATERIAIS RECICLÁVEIS FONTES PESQUISADAS

61 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

62 M ATERIAIS RECICLÁVEIS TELHA ECOLÓGICA TELHADO VIVO MADEIRA ECOLÓGICA PVC RECICLADO

63 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO ASPECTOS CONSIDERADOS USOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL IMPACTO DOS RESÍDUOS NO MEIO AMBIENTE PROCESSO DE RECICLAGEM VIABILIDADE ECONÔMICA

64 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO USOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

65 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO USOS NA CONSTRUÇÃO CIVIL

66 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO RESTRIÇÕES AO USO DO PVC PRODUÇÃO DE ORGANOCLORADOS GERA SUBPRODUTOS TÓXICOS, OU BIOACUMULATIVOS ADITIVOS TÓXICOS COMO METAIS PESADOS[4] RESTRIÇÕES AO SEU USO NA CONSTRUÇÃO CIVIL NA CALIFÓRNIA PROIBIÇÃO DE EMBALAGENS DE PVC PARA ALIMENTOS EM ESTUDO

67 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO IMPACTO DOS RESÍDUOS NO MEIO AMBIENTE PVC REPRESENTA APENAS 4,7% DO TOTAL DE PLÁSTICOS CERCA DE 0,7% DO RESÍDUO TOTAL GERADO NO BRASIL [1] PEQUENA CONTRIBUIÇÃO PARA OS ATERROS

68 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO IMPACTO DOS RESÍDUOS NO MEIO AMBIENTE FONTE: INSTITUTO DO PVC

69 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO IMPACTO DOS RESÍDUOS NO MEIO AMBIENTE EM 2005 O ÍNDICE DE RECICLAGEM DE PLÁSTICOS NO PAÍS FOI DE 19,8%. NA ALEMANHA 32% NA ÁUSTRIA (20%).

70 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO PROCESSO DE RECICLAGEM A INDÚSTRIA DO PVC, EM TODA SUA CADEIA PRODUTIVA SEMPRE RECICLOU, EM SEUS PRÓPRIOS PROCESSOS DE PRODUÇÃO, A MAIORIA DOS RESÍDUOS PROVENIENTES DAS FASES DE COLOCAÇÃO EM OPERAÇÃO DE SEUS EQUIPAMENTOS E MÁQUINAS. COMPOSTOS DE PVC SÃO 100% RECICLÁVEIS SEJA POR MEIOS FÍSICOS (MECÂNICOS) OU QUÍMICOS OU ATRAVÉS DE MEIOS PARA RECUPERAÇÃO DE ENERGIA (ENERGÉTICOS). [2]

71 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO PROCESSO DE RECICLAGEM RECICLAGEM MECÂNICA: DOMINADA SEPARAÇÃO MECÂNICA MOAGEM LAVAGEM REPROCESSAMENTO (GRANULADO OU EM PÓ) REUTILIZAÇÃO NA PRODUÇÃO RECICLAGEM QUÍMICA: UMA ESPERANÇA RECICLAGEM MECÂNICA NÃO É A SOLUÇÃO PARA RESÍDUOS PLÁSTICOS QUE CONJUNTAMENTE AO COMPOSTO DE PVC CONTENHA OUTROS MATERIAIS CONSISTE NA QUEBRA DAS CADEIAS DOS POLÍMEROS, OBTENDO-SE GASES E ÓLEOS

72 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO VIABILIDADE ECONÔMICA DEPENDÊNCIA DO PETRÓLEO PREÇOS ASCENDENTES POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

73 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO VIABILIDADE ECONÔMICA FONTE: INSTITUTO DO PVC E COMISSÃO EUROPEIA

74 M ATERIAIS RECICLÁVEIS PVC RECICLADO CONCLUSÕES RECICLAGEM VIÁVEL PROCESSO PREEXISTENTE NAS INDUSTRIAS PROCESSO DE RECICLAGEM DEPENDENTE DA QUALIDADE DO MATERIAL – PROCESSO QUÍMICO EXPERIMENTAL

75 M ATERIAIS RECICLÁVEIS FONTES PESQUISADAS [1] INSTITUTO DO PVC [2] DECARTO BENVIC [3] COMISSÃO EUROPÉIA [4] GREENPEACE


Carregar ppt "MATERIAIS RECICLÁVEIS NA CONSTRUÇÃO CIVIL DÁRIO MASSAFERA GLEICY VIANA GUILHERME DE FARIA SIMÃO VOLOCH."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google