A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa de radio Emater no Rádio JORGE SEMEDO PEREIRA jorge 03/04/2013 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa de radio Emater no Rádio JORGE SEMEDO PEREIRA jorge 03/04/2013 1."— Transcrição da apresentação:

1 Programa de radio Emater no Rádio JORGE SEMEDO PEREIRA jorge 03/04/2013 1

2 Rádio é um recurso tecnológico das telecomunicações utilizado para propiciar comunicação por intermédio da transcepção de informações previamente codificadas em sinal eletromagnético que se propaga através do espaço.tecnológico telecomunicações comunicaçãotranscepção informaçõescodificadassinal eletromagnéticopropaga espaço

3 Emissora de Rádio Uma estação de radiocomunicação é o sistema utilizado para executar contatos à distância entre duas estações, ela é composta basicamente de um transceptor (transmissor-receptor) de radiocomunicação, de uma linha de transmissão e da antena propriamente dita. A este sistema se dá o nome de sistema irradiante.antena

4 Radio Propriamente dito. O rádio um sistema de comunicação através de ondas eletromagnéticas propagadas no espaço, que por serem de comprimento diferente são classificadas em ondas curtas de alta frequência ou ondas longas de baixa frequência, assim, utilizadas para fins diversos como televisão, radio, avião, etc.ondas eletromagnéticas

5 As primeiras radioemissões 5 O início da história do rádio foi marcado pelas transmissões radiofônicas, sendo a transcepção utilizada quase na mesma época. Consideram alguns que a primeira transmissão radiofónica do mundo foi realizada em 1906, nos Estados Unidos por Lee de Forest experimentalmente para testar a válvula tríodo.1906Estados UnidosLee de Forestválvula tríodo

6 A primeira radioemissão No Brasil, inicialmente apenas militares poderiam ter aparelhos de rádio, a lei foi revogada por Francisco de Sá[1], e a primeira transmissão civil foi realizada no dia 06/04/1919, a partir de um estúdio improvisado na Ponte d'Uchoa, no Recife, pela PRA-8, Rádio Clube de Pernambuco, tendo à frente o radiotelegrafista Antônio Joaquim Pereira.Brasil Francisco de Sá[1] que não acontecesse

7 Como fazer um programa de rádio 7 Pela importância que o rádio assume no meio social,devemos levar em conta a sua linguagem e seus meandros. Ela é o grande trunfo para que o meio seduza e cative os seus ouvintes. O rádio fala e, para receber a mensagem, é apenas necessário ouvir. Indispensável, o rádio leva uma vantagem sobre os veículos impressos, pois para receber as informações não é preciso que o ouvinte seja alfabetizado

8 programa de rádio 8 Em conseqüência disso, a média do nível cultural do público ouvinte é mais baixa do que a do público leitor, uma vez que entre o público do rádio pode estar incluída a faixa da população não alfabetizada, que no caso dos impressos é eliminada a priori. Com relação à televisão, o espectador também não precisa ler, apesar de, cada dia mais, os caracteres estarem sendo utilizados para prestar informações importantes, que escaparão ao não-alfabetizado.

9 A linguagem de rádio 9 Mesmo fazendo uso da voz, o processo de produção em rádio (da pauta à locução) compreende o uso de linguagem escrita e a construção de textos. Sobre isso Maria Elisa Porchat, no livro Manual de Jornalismo da Jovem Pan, lembra que a comunicação no rádio é limitada, por contar apenas com o som.

10 A linguagem de rádio 110 O que requer uma compensação na linguagem nele empregada; em contrapartida, o rádio leva a vantagem de estar em toda parte. Esse alcance impõe um compromisso cultural, num sentido amplo, e promove a valorização da nossa língua de modo particular.

11 A linguagem de rádio 111 O Radialista está falando para alguém. Uma vez que a fala supõe uma linguagem mais leve e informal, há de se esperar que o comunicador não carregue o seu vocabulário com palavras complicadas de difícil entendimento para a média do seu público.

12 O texto usado no rádio é uma fala armazenada. Embora o radialista se prepare antes de apresentar o programa, ele deve demonstrar espontaneidade e improviso ao falar, imprimindo emoção à sua voz em face do que está sendo noticiado/relatado de tecnologia A linguagem de rádio

13 A linguagem do radio 113 Daí a necessidade do script. Este orienta que entonação a voz deverá ter para passar a idéia de tensão e distensão. O script é um guia seguro que possibilita ao radialista saber o que irá dizer e como irá fazê-Io (nem todos os scripts indicam o como). O mesmo procedimento se aplica à notícia e a outros gêneros que possuem tratamentos diferenciados a depender das exigências do assunto tratado. De modo geral, podemos dizer que a linguagem radiofônica deve ser:direta, simples e clara

14 Gêneros de rádio 114 Antes de se falar em gêneros de programas radiofônicos, é importante deixar claro que qualquer tipo de programa deve,necessariamente, contar com um roteiro para ser apresentado. Infelizmente, isso não ocorre com a maioria dos programas de grande parte das emissoras do país. Primeiro, porque o locutor se considera apto a apresentar o programa sem a necessidade de um roteiro a seguir, e alguns chegam a argumentar que o roteiro Ihes tira a versatilidade e a descontração

15 Roteiro 115 Um roteiro bem elaborado garante a entrada e a saída do programa no horário;e cumprir o horário, além de demonstrar respeito pelo ouvinte, permite também mudanças de última hora no material a ser divulgado, sem prejudicar o ritmo do programa, pois sempre pode acontecer de um entrevistado furar. Devemos levar em conta, também, que o roteiro permite o registro do programa por muito tempo, uma vez que podem ser arquivados e transformarem-se em verdadeiros documentos.

16 Informativo 116 Responsável principal pela credibilidade de uma emissora, o gênero informativo tem como base os programas que se encarregam de difundir notícias, informação e prestação de serviços. Normalmente, são apresentados em formato de radio jornal ou de boletins. No primeiro caso, é necessária uma equipe de jornalismo para produção de todo o material a ser apresentado

17 Outros tipos de programas 117 Outro formato bastante eficiente do programa informativo são as mesas-redondas ou debates. A diferença entre uma e outra é que as mesas- redondas são formadas por diversas pessoas, sem que necessariamente os participantes tenham pontos de vista antagônicos. Já no caso dos debates, é fundamental que os participantes (normalmente dois) defendam idéias completamente opostas

18 Programa para o Homem do campo Prosa Rural Prosa Rural As Informações para melhorar a vida das pessoas do campo, com músicas de artistas locais, receitas, dicas, poesias, utilidade pública... É isso que você encontra no Prosa Rural, o programa de rádio da Embrapa

19 Duração do programação 119 A cada semana, durante 30 minutos, diariamente por 15 minutos, milhares de lares brasileiros recebem as ondas do Radio e ficam sabendo das tecnologias e dos produtos de baixo custo e de fácil adoção desenvolvidos pela Emater para os jovens e agricultores familiares de Goiás e brasil. Basta ser pesquisados os assuntos e colocado ao Agricultor por intermédio de uma emissora local.

20 FONTES DE FINANCIAMENTO PUBLICIDADE20 A fonte de financiamento do programa para estar no AR na radio local, é por intermédio da própria emissora ou até mesmo por amizade da direção da rádio, com o técnico local da Emater como também para obter mais uma fonte de informação (Noticias)para o ouvinte. Através da loja agropecuária do município.

21 FONTES DE FINANCIAMENTO EVENTOS TÉCNICOS21 Parceiros SEBRAE SENAR EMBRAPA BANCOS Firmas Privadas (insumos e tecnologias)

22 Missão Levar a toda Sociedade o conhecimento e informações sobre a nossa instituição a travez de tecnicas e resultados obtidos atraves de Pesquisas.

23 Função Informar atravez de seus tecnicos resultados obtidos aos nossos agricultores e familiares por intermédio do programa de radio local.

24 OBRIGADO jorge – recado


Carregar ppt "Programa de radio Emater no Rádio JORGE SEMEDO PEREIRA jorge 03/04/2013 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google