A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Período composto Orações subordinadas adverbiais Professor Eduardo Pereira Machado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Período composto Orações subordinadas adverbiais Professor Eduardo Pereira Machado."— Transcrição da apresentação:

1 Período composto Orações subordinadas adverbiais Professor Eduardo Pereira Machado

2 Oração subordinada adverbial É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. Observe: Todos chegaram agora. sujeito V.I Adj. Adverbial O período acima é um período simples, a oração é absoluta. O adjunto adverbial é uma função própria do advérbio.

3 Observação: A oração subordinada adverbial liga-se: ao verbo da oração principal; através de conjunção subordinativa.

4 O adjunto adverbial pode ser constituído por uma oração in- teira, como no caso que segue: Observe: Todos chegaram /quando a cerimônia estava começando. 1 2 No caso, o período é composto por duas orações: A oração 2 encaixa-se como adjunto adverbial do verbo chegaram da oração 1. Como o adjunto adverbial é uma função própria do advérbio, a oração 2 classifica-se como: subordinada: porque está encaixada em outra, funcionando como termo desta. adverbial: porque está desempenhando uma função própria do advérbio.

5 Classificação das orações subordinadas adverbiais 1. Oração subordinada adverbial causal Indica a causa provocadora do processo expresso pelo verbo da oração principal. Ex.: A sessão foi suspensa / porque faltou energia elétrica Oração principal 2. Oração subordinada adverbial causal Principais conjunções: porque, visto que, que, como, etc.

6 2. Oração subordinada adverbial consecutiva Indica uma consequência decorrente do processo expresso pelo verbo da oração principal. Falaram tão mal do filme / que ele nem entrou em cartaz Oração principal 2. Oração subordinada adverbial consecutiva. Principais conjunções: que (normalmente precedido de tão, tal, tanto, tamanho...)

7 3. Oração subordinada adverbial condicional Manifesta uma condição sob a qual se efetua o processo expresso pelo verbo da oração principal. Deixe um recado / se você não me encontrar em casa Oração principal 2. Oração subordinada adverbial condicional Principais conjunções: se, caso, desde que, contanto que, sem que (= se não),...

8 4. Oração subordinada adverbial concessiva Concede ou admite uma condição contrária ao processo expresso pelo verbo da oração principal. Vencemos o inimigo, / embora ele fosse mais forte Oração principal 2. Oração subordinada adverbial concessiva Principais conjunções: embora, ainda que, se bem que, mesmo que, que...

9 5. Oração subordinada adverbial conformativa Estabelece uma relação de adequação ou conformidade com o processo expresso pelo verbo da oração principal. Tudo ocorreu / como estava previsto Oração principal 2. Oração subordinada adverbial conformativa Principais conjunções: conforme, como, segundo, consoante...

10 6. Oração subordinada adverbial comparativa Estabelece uma relação de comparação com o processo expresso pelo verbo da oração principal, manifestando uma situação de igualdade, inferioridade ou superioridade entre os dois pólos comparados. Recebeu a todos / como um anfitrião. (receberia) Oração principal 2. Oração subordinada adverbial comparativa Principais conjunções: como, que, do que...

11 7. Oração subordinada adverbial final Indica a finalidade para a qual se destina o processo do verbo da oração principal. Os índios usaram as armas / para que não invadissem suas terras Oração principal 2. Oração subordinada adverbial final Principais conjunções: para que, a fim de que, que,...

12 8. Oração subordinada adverbial temporal Demarca em que tempo ocorreu o processo expresso pelo verbo da oração principal. Todos fugiam para o abrigo / quando soava o alarme Oração principal 2. Oração subordinada adverbial final Principais conjunções: quando, enquanto, logo que, depois que, antes que, desde que...

13 9. Oração subordinada adverbial proporcional Estabelece uma relação de proporcionalidade com o processo expresso pelo verbo da oração principal. Aumenta a tensão / à medida que a esquadra se aproxima Oração principal 2. Oração subordinada adverbial proporcional Principais conjunções: à medida que, à proporção que, quanto mais... mais, quanto mais... menos... Etc.

14 Observação: A subordinada adverbial possui uma liberdade de colocação muito grande, podendo vir antes, no meio ou depois da oração principal. Exemplo: Embora seja possível, é pouco provável uma terceira guerra. É pouco provável, embora seja possível, uma terceira guerra. É pouco provável uma terceira guerra, embora seja possível.

15 À PRIMEIRA VISTA Quando não tinha nada, eu quis Quando tudo era ausência, esperei Quando tive frio, tremi Quando tive coragem, liguei Quando chegou carta, abri Quando ouvi Prince, dancei Quando o olho brilhou, entendi Quando criei asas, voei Quando me chamou, eu vim Quando dei por mim, tava aqui Quando lhe achei, me perdi Quando vi você, me apaixonei Quando não tinha nada, eu quis Quando tudo era ausência, esperei Quando tive frio, tremi Quando tive coragem, liguei Quando chegou carta, abri Quando ouvi Salif Keita, dancei Quando o olho brilhou, entendi Quando criei asas, voei Quando me chamou, eu vim Quando dei por mim, tava aqui Quando lhe achei, me perdi Quando vi você, me apaixonei Ohhh amara zaia sonhei di zaia di zaia raiiii gatuan.... Ohhh amara zaia sonhei di zaia di zaia raiiii gatuan.... Chico César

16 Quando não tinha nada, eu quis Quando tudo era ausência, esperei Quando tive frio, tremi Quando tive coragem, liguei


Carregar ppt "Período composto Orações subordinadas adverbiais Professor Eduardo Pereira Machado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google