A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REDE MATERNO-INFANTIL REDE CEGONHA BAHIA CIB 14 de junho de 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REDE MATERNO-INFANTIL REDE CEGONHA BAHIA CIB 14 de junho de 2011."— Transcrição da apresentação:

1 REDE MATERNO-INFANTIL REDE CEGONHA BAHIA CIB 14 de junho de 2011

2 24/05/11 A Rede Cegonha é uma iniciativa do Governo Federal que propõe um novo modelo de atenção ao parto, nascimento e à saúde da criança, organizando uma rede de atenção que garanta acesso com acolhimento e resolubilidade, com vistas a redução da mortalidade materna e neonatal.

3 Pré-natal na UBS, com captação precoce e acolhimento com classificação de risco Garantia dos Exames de Pré-Natal Risco Habitual Garantia dos Exames de Pré Natal de Alto Risco Suficiência de leitos Ambiência TRANSPORTE E REGULAÇÂO PRÉ-NATAL PARTO E NASCIMENTO PUERPÉRIO E ATENÇÃO À CRIANÇA Aleitamento Materno Acompanhamento criança Planejamento Reprodutivo Busca ativa de crianças vulneráveis Direito a Acompanhante Boas Práticas:segurança COMPONENTES DA REDE CEGONHA Acolhimento com Classificação de Risco Práticas Gestão: Cuidado Horizontal e Conselho Gestor Visita Primeira Semana Vinculação UBS à Maternidade Transporte Seguro Vaga sempre Central de Regulação de Leitos 3 SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA

4 24/05/11 Operacionalização FASE 1 – ADESÃO E DIAGNÓSTICO: JÁ REALIZADO (i) apresentação da Rede Cegonha no território; (ii) apresentação e análise da matriz diagnóstica na CIB (iii) homologação da Região de implementação da Rede Cegonha na CIB e (iv) instituição de um grupo condutor formado pela SES, COSEMS e apoio institucional do MS.

5 24/05/11 A Rede será implementada em todo o território da Bahia, priorizando inicialmente: - Região Metropolitana de Salvador; (Micro Salvador e Micro Camaçari) (Prioridade do Ministério da Saúde) - Macrorregião Norte; (Macro Região Interestadual do Vale do Médio São Francisco - PEBA) - Macrorregião Centro-Norte; (Prioridade do Projeto SWAP – Banco Mundial) - Macrorregião Sul; (Apresentam Indicadores da LC Materno-Infantil mais frágeis) Implementação

6 24/05/11 A Rede será implementada em todo o território da Bahia, priorizando inicialmente: Região Metropolitana de Salvador (Microrregiões de Salvador e Camaçari); Macrorregião Norte; ãInterestadual do Va Macrorregião Centro-Norte; (Prioridade do Proeto SWAP – Banco Mundial) Macrorregião Sul; (Apresentam Indicadores da LC Materno-Infantil mais frágeis) Implementação

7 24/05/11 COSEMS: Stela; Fabiano; Joseane; Katia; Jacqueline SESAB: Suzana; Gisélia; Andrés; Ricardo; Débora Ministério da Saúde Grupo Condutor

8 24/05/11 FASE 2 – DESENHO REGIONAL DA REDE CEGONHA: (i) realização da análise situacional; JÁ REALIZADO PARA OS PRIORITÁRIOS (ii) acordo do desenho da Rede Cegonha no CGR; JÁ REALIZADO PARA OS PRIORITÁRIOS (iii) proposta de plano operativo com a programação da atenção integral à saúde materna e infantil, inclusive o aporte de recursos necessários à tripartite; CIB *ad referendum a partir da discussão no Grupo Condutor, CGMRs, Portaria do MS. (iv) estímulo à instituição do Fórum Rede Cegonha. Operacionalização

9 24/05/11 FASE 2 – DESENHO REGIONAL DA REDE CEGONHA: Realizada reuniões nos 11 CGMRs das regiões prioritárias: Apresentação da proposta da Rede Cegonha; Validação do Análise Situacional, com base na Matriz diagnostica do Ministério da Saúde; Diagnostico auto-referenciado da Rede existente; Validação das Diretrizes da Rede Cegonha a ser implantada; Levantamento de sugestões de operacionalização da Rede; Criação da Câmara Técnica Rede Cegonha em cada CGMR. - Operacionalização

10 24/05/11 FASE 2 – DESENHO REGIONAL DA REDE CEGONHA: - Diagnostico auto-referenciado da Rede existente F:\Planilhas CGMR Cegonha preenchidas.xls Operacionalização

11 24/05/11 A Rede será implementada em todo o território da Bahia, priorizando inicialmente: - Região Metropolitana de Salvador; (Prioridade do Ministério da Saúde) - Macrorregião Norte; (Macro Região Interestadual do Vale do Médio São Francisco - PEBA) - Macrorregião Centro-Norte; (Prioridade do Projeto SWAP – Banco Mundial) - Macrorregião Sul; (Apresentam Indicadores da LC Materno-Infantil mais frágeis) Implementação

12 24/05/11 Para construção da Rede Cegonha em cada região, devemos partir de diretrizes que estabeleçam o que cada município, micro e macrorregião devem ofertar de serviços. Não se trata portanto de mapear os serviços existentes e distribuir recursos para estes. Neste momento, a prioridade é fazer um exercício de construção da imagem-objetivo. Devemos pensar quais serviços devem existir com que padrão de qualidade nos diversos municípios que compõem a região, na perspectiva de construção de uma rede de cuidados coordenada pela atenção básica. Diretrizes para o Desenho da Rede

13 Saúde sexual e reprodutiva nas UBS/USF Pré-natal de risco habitual para todas as gestantes nas UBS/USF Garantir exames de Pré- Natal Risco Habitual (ou referenciar) Centro de Parto Normal Município MicrorregiãoMacrorregião Maternidade de Referência para Gestação de Alto Risco( Pré-natal e Parto) Casa de Apoio à Gestante e ao Bebê Banco de Leite Humano e Método Canguru Maternidade de Referência Secundária (Pré- natal de alto risco e parto cesáreo) Unidade de Coleta de Leite Humano e Método Canguru DESENHO DA REDE CEGONHA UCI neonatal Laboratório (sorologias) e USG UTI Adulto e Neonatal Vinculação de cada UBS/USF a um Centro de Parto Normal/Maternidade na Microrregião* Hemocentro/ Unidade Transfusional Parto Normal e Pré-natal de alto risco Unidade de Coleta e Transfusão (UCT) Vale transporte/ Vale taxi SAMU Cegonha REGULAÇÃO *Mapa de Vinculação

14 24/05/11 Definição e pactuação das ações da Atenção Básica de cada município (definindo metas e indicadores de acompanhamento); Desenvolvimento da proposta de vinculação de cada USF/UBS ao serviço de referência para Parto Normal e Pré-natal e Parto de Alto Risco; Definição da Referência de Pré-natal de Alto Risco, Parto Normal, Parto Cesáreo, Leitos de UTI adulto, Leitos de UCI/UTI neonatal nos municípios da Microrregião e Macrorregião; Definição de critérios e fluxos de referência e contra-referência Elaboração de proposta de Transporte Sanitário Definição da Referência de Apoio Diagnostico (sorologias, USG e etc.) Levantamento da necessidade de Reforma, Ampliação, Construção e aquisição de equipamentos – PDI da Rede Cegonha Levantamento de necessidades de Cursos de Formação, Atualização, Especialização e etc. Desenho da Rede - Plano Microrregional/Macrorregional

15 24/05/11 Contratualização ascendente: - Equipes de Saúde da Família e Atenção Básica pactuam metas com os municípios - Serviços de referência (Maternidades e CPN) pactuam metas com municípios e/ou estado - Municípios pactuam metas com o Estado no CGMR Elaboração de Plano Regional com consolidação dos Pactos e Metas aprovado em CGMR - Processo de Acompanhamento e Monitoramento do Plano Microrregional: - Implantação de Colegiado Gestor da LC Materno-Infantil em cada Município; - Câmara Técnica Regional para Acompanhamento (CGMR) Criação dos Fóruns Regionais e Estadual da Rede Cegonha - Articulando serviços, profissionais, controle social, gestores, ministério público, entidades da sociedade civil organizada etc Desenho da Rede Plano Regional para Atenção Integral à Saúde Materno-Infantil

16 24/05/11 FASE 3 – CONTRATUALIZAÇÃO : (i) elaboração do desenho da Rede Cegonha; (ii) contratualização dos pontos de atenção da Rede; (iii) instituição do Grupo Condutor; Operacionalização

17 24/05/11 FASE 4 – QUALIFICAÇÃO DOS COMPONENTES: Dar-se-á por meio do cumprimento dos requisitos mínimos dos componentes e haverá avaliações anuais dos componentes (variações nos recursos de custeio). Após qualificação do componente Pré-Natal, o Município fará jus ao incentivo de R$10,00/gestante captada de acordo com o SISPRENATAL ou substituto –em repasses mensais. FASE 5 – CERTIFICAÇÃO: Após verificação da qualificação de todos os componentes o Ministério da Saúde certificará a Rede Cegonha no território e realizará reavaliações anuais da certificação. Após certificação, o Município fará jus ao incentivo anual de R$10,00/gestante captada no ano de acordo com o SISPRENATAL ou substituto – fundo a fundo. Operacionalização

18 24/05/11 OBRIGADO! SESAB/COSEMS (71) /4186


Carregar ppt "REDE MATERNO-INFANTIL REDE CEGONHA BAHIA CIB 14 de junho de 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google