A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MODELOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA ASPECTOS CONCEITUAIS

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MODELOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA ASPECTOS CONCEITUAIS"— Transcrição da apresentação:

1 MODELOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA ASPECTOS CONCEITUAIS
FACULDADE DE MEDICINA DA USP SEMINÁRIO SOBRE ATENÇÃO PRIMÁRIA São Paulo– março / 2006 MODELOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA ASPECTOS CONCEITUAIS MARIA INEZ PADULA ANDERSOBN Professora adjunta da Faculdade de Ciências Médicas - UERJ Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade

2 Necessidades de Saúde da População e
Organização dos Sistemas de Saúde Quais necessidades este sistema atende? - Como se organiza para fazê-lo? - Quais são as bases conceituais e paradigmáticas desta organização? - Resultados alcançados?

3 NECESSIDADES DE ATENÇÃO À SAÚDE
MODELOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA ASPECTOS CONCEITUAIS NECESSIDADES DE ATENÇÃO À SAÚDE

4 PROFAM Livro I, 2002 baseado em WHITE, 1961
Adultos em risco 1000 750 Relatam algum problema de saúde 250 Consultam um médico Internam - se 9 São referenciados a outro médico 5 1 É referenciado a um centro terciário PROFAM Livro I, 2002 baseado em WHITE, 1961

5 APESAR DISTO ...

6 Terapêutica Medicamentosa
Hegemonia das Práticas de Atenção à Saúde Intervenção Armada Terapêutica Medicamentosa Diagnóstico das Doenças HOSPITAL Paciente Passivo Atenção fragmentada e pontual

7 Tecnologia Industrial especializada e medicalizante
PRÁTICAS DE ATENÇÃO À SAÚDE Tecnologia Industrial Fator Etiológico DOENÇA Corpo Atenção fragmentada, especializada e medicalizante

8 POR QUE?

9 BASES CONCEITUAIS E PARADIGMÁTICAS DO MODELO HEGEMÔNICO
Flexneriana; Centrada na teoria das doenças Olhar focal dirigido para agravos localizados e alterações anatômicas e fisiopatológicas críticas

10 alterações anatômicas e fisiopatológicas críticas
FOCO: Corpo Disfunção anátomo-clínica Doença = disfunção anátomo-clínica Priorizo: agravos localizados e alterações anatômicas e fisiopatológicas críticas

11 Conformação e Desenvolvimento do
Modelo Docente Assistencial Hegemônico Ciência Clássica Saber Anátomo-clínico HOSPITAL DE ENSINO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO AMBULATÓRIOS COMUNIDADES PSF HOSPITAL Medicina Flexneriana Tecnologia dura 94% 5% 1% Necessidades de saúde da população Medicina Biopsicosocial Tecnologia complexa Formação médica

12 AVALIAÇÃO DOS Sistemas de Saúde
Baixa capacidade resolutiva das ações de saúde; Consumo intensivo e inadequado de tecnologias industriais e de procedimentos médicos; Sub-Especialização crescente dos profissionais; Segmentação e impessoalidade da assistência; Desvalorização da relação médico-paciente;

13 AVALIAÇÃO DOS Sistemas de Saúde
Aumento explosivo de custos e gastos em saúde; Iatrogenia crescente; Deseducação sanitária; Desatendimento das necessidades básicas de saúde nos planos individual, familiar e comunitário; Elitização da atenção à saúde.

14 É necessário mudar. Mas, em que bases conceituais e paradigmáticas
É necessário mudar. Mas, em que bases conceituais e paradigmáticas? Aonde queremos chegar?

15 Atenção Primária Atenção Secundária Atenção Terciária
COMPLENTARIDADE DAS AÇÕES DE SÁUDE

16 Pressuposto: É necessário desenvolver a “perna” da Atenção Primária à Saúde De forma organizada; Com profissionais adequados; Com infra-estrutura adequada.

17 O que se espera da Atenção Primária à Saúde?

18 PROMOÇÃO – PROTEÇÃO – ASSISTÊNCIA
ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE PROMOÇÃO – PROTEÇÃO – ASSISTÊNCIA RECUPERAÇÃO DA SAÚDE INDIVÍDUO FAMÍLIA COMUNIDADE

19 CENÁRIOS PRIVILEGIADOS
AMBULATÓRIOS DOMICÍLIOS COMUNIDADES INSTITUIÇÕES COMUNITÁRIAS

20 Campo próprio de atuação
Campo de Atuação Campo próprio de atuação Primeiro contato dos indivíduos e da família e da comunidade com o sistema de saúde Porta de entrada (sem restrições de idade, sexo, condições de saúde) Predominantemente ambulatorial/comunitária Território específico/Comunidade adscrita

21 Critérios da APS Paradigma biopsicosocial;
Abrangência (integralidade das ações de promoção, proteção e recuperação da saúde); Longitudinalidade (continuidade); Coordenação e Integração do Cuidado; Resolutividade.

22 A clínica da APS É necessária uma clínica que integre as dimensões que influenciam a saúde; Quais são estas dimensões? Com qual conceito de saúde e doença iremos trabalhar?

23

24 Conceito de Saúde SAÚDE Mente Corpo Amor Meio ambiente Esperança
Família, Amigos SAÚDE Autonomia Trabalho Esperança Solidariedade Condições de Vida Qualidade de Vida

25 Modelo Biopsicosocial Psiconeuroimunologia
Inter-ação de fatores Psiconeuroimunologia Saúde-Doença Psicológicos Biológicos Socio culturais Ambientais

26 Competências Quais os conhecimentos, habilidades e atitudes? Quais os profissionais da APS? Qual a formação necessária para atuar na APS? Existe alguma especialidade médica cujo objeto de atuação seja a APS?

27 Unidade de saúde comunitária/ de família Unidade de saúde comunitária/
Centros de Saúde/ Ambulatórios/ Policlínicas básicas Unidade de saúde comunitária/ de família Unidade de saúde comunitária/ de família Policlínicas e/ou Centros Ambulatoriais Especializados Emergências Hospitalares Hospital

28 Recomendações da WONCA / OMS - 1994
“O médico de família deve desempenhar um papel central na obtenção de qualidade, equidade e custo- efetividade nos sistemas de saúde.” “Para cumprir esta responsabilidade, o médico tem que ser altamente competente na prestação de cuidados aos doentes e deve integrar os cuidados de saúde individuais com os comunitários” “ ... médicos generalistas bem treinados podem diagnosticar e tratar adequadamente cerca de 90% dos problemas encontrados na população.”

29 Especificidades da Medicina de Família e Comunidade
Campo próprio de atuação (APS) Corpo de conhecimentos Metodologia

30 Definição WONCA de MFC (2002)
1. Gestão de cuidados primários de saúde; 2. Cuidados centrados na pessoa (não na doença); 3. Aptidões específicas de resolução de problemas; 4. Abordagem abrangente; 5. Orientação familiar e comunitária; 6. Modelação holística.

31 Competências e habilidades
Atuação no campo individual, familiar e comunitário; Habilidades Clínicas; Habilidades de Comunicação; Conhecimentos ampliados (psicologia; antropologia; epidemiologia aplicada, gerencia local de serviços);

32 Medicina de Família e Comunidade
Princípios e práticas Paradigma da complexidade (biopsicosocial); Medicina centrada na pessoa; Uso racional da tecnologia armada Palavras-chave Cuidado Acolhimento Vínculo.

33 Medicina de Família e Comunidade
Recursos diagnósticos e terapêuticos Capacidade de escuta; Relação Médico Paciente; Promoção da Resiliência; Promoção de estilos de vida saudável; Abordagem Familiar Terapêutica medicamentosa Busca Auto-cuidado; Autonomia Independência Plenitude da vida

34 ATIVIDADES COMUNITÁRIAS
ATIVIDADES CENTRAIS CONSULTA INDIVIDUAL CONSULTA FAMILIAR ATIVIDADES DE GRUPO VISITA / CONSULTA / INTERNAÇÃO DOMICILIAR ATIVIDADES COMUNITÁRIAS

35

36 RECOMENDAÇÕES Incrementar Residência em MFC;
Incluir Medicina de Família e Comunidade na estrutura acadêmica; Capacitação de Preceptores e Professores de MFC; Criação de Departamentos de Medicina de Família e Comunidade; Criação de Mestrado e Doutorado em MFC.

37  Web  Resultados de aproximadamente para undergraduate family medicine (0,07 segundos)  Family Medicine Undergraduate Education - [ Traduzir esta página ] Family Medicine Undergraduate Education. Undergraduate Family Medicine is a vibrant part of medical education at McMaster. The Department of Family Medicine :8080/fammed/education/undergraduate/ - 11k - Em cache - Páginas Semelhantes Department of Family Medicine - [ Traduzir esta página ] University of Ottawa / Faculty of Medicine / Family Medicine. ... Undergraduate Medical Education Director Department of Family Medicine k - Em cache - Páginas Semelhantes Undergraduate Program, UBC Dept. of Family Practice - [ Traduzir esta página ] The Family Practice Undergraduate Program administers Family Practice courses ... If you want to learn more about the UBC Family Medicine Residency Program k - Em cache - Páginas Semelhantes Faculty of Medicine, McGill University, Undergraduate Medical [ Traduzir esta página ] McGill Department of Family Medicine, 517 Pine Avenue W., Montreal, Quebec H2W 1S4 ... A complete list can be obtained from the Family Medicine Clerkship ... undmededuca/english/cal/family.html - 9k - Em cache - Páginas Semelhantes ©2005 Google

38 8o CONGRESSO BRASILEIRO DE MEDICINA DE FAMÍLA E COMUNIDADE
Tema Central: Atenção Integral à Saúde no Brasil - Tornando a prática em saúde mais adequada às necessidades da pessoas: A contribuição da Medicina de Família e Comunidade Data: 15 a 18 de Junho de 2006; Local: Anhembi – São Paulo Informações:


Carregar ppt "MODELOS DE ATENÇÃO PRIMÁRIA ASPECTOS CONCEITUAIS"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google