A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA NERVOSO ALTERAÇÕES VASCULARES. SISTEMA NERVOSO Alterações vasculares A -Hemorragias intracranianas = 4 compart. Intra-parenquimatosa/subaracnoidea.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA NERVOSO ALTERAÇÕES VASCULARES. SISTEMA NERVOSO Alterações vasculares A -Hemorragias intracranianas = 4 compart. Intra-parenquimatosa/subaracnoidea."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA NERVOSO ALTERAÇÕES VASCULARES

2 SISTEMA NERVOSO Alterações vasculares A -Hemorragias intracranianas = 4 compart. Intra-parenquimatosa/subaracnoidea Subdural / Epidural 1-Intra-Parenquimatosa 65% tálamo e gânglio basal,15% ponte 10% cerebelo. Formas: petéquias / hematomas

3 Alterações Vasculares Causas: Hipertensão, Leucemias, Aneurismas, Malformações arteriovenosas,neoplasias,traumas, alterações da coagulação, vasculites. Clínica: (1) AVC (perda de consciência,liberação de esfincteres,hemiplegia. (2) Convulsão. (3) Coma Patologia : hem maciça= hipertensão, embolia,vasculites dias hemossiderina. 2- Subaracnoidea – Causas: trauma e aneurisma Clínica: (1)cefaléia,(2)rigidez de nuca,(3)alteração de consciência (4)hidrocefalia

4 SISTEMA NERVOSO Alterações vasculares 3.Hemorragia Subdural Causa- trauma Local:Entre aracnóide e dura( seio sagital superior) 4.Epidural A. menigéia média –sec.fratura de crânio –drenagem salva o paciente. B.Aneurismas Moriformes / malformação na parede/90% em ramos da carótida / causa mais comum de hemorragia subaracnoidea em adultos

5 HEMATOMA SUBDURAL

6 HEMATOMA EPIDURAL

7 ANEURISMAS

8 HEMORRAGIA SUBARACNOIDEA

9 SISTEMA NERVOSO Alterações vasculares C –Infartos Cerebrais Tipos: anêmico e hemorrágico Causa- Aterosclerose (área da a.cerebral média) Fisiopatologia- (1) –obstrução lenta (2)-Isquemia acelerada com alterações metabólicas agudas- neurônios-transmissores-glia Macro –área pálida,friável com petéquias,limites imprecisos, cistificação (6semanas) Micro –necrose liquefativa.

10 INFARTO ISQUÊMICO

11 INFARTO LACUNAR

12 INFARTO HEMORRÁGICO

13 NECROSE LIQUEFATIVA

14 SISTEMA NERVOSO MENINGITES

15 Infecções do SNC 4 vias principais : disseminação hematogênica iplantação direta ( de microorganismos) extensão local – sistema nervoso periférico As infecções podem ser do tipo: supurativas – ; granulomatosas virais –.

16 MENINGITE BACTERIANA LCR -LCR turvo ou francamente purulento,pressão aumentada, pleiocitose nível protéico elevado,glicorraquia) acentuadamente reduzidA. Segundo a faixa etária acometida, os agentes etiológicos mais comuns são: neonatos: Escherichia coli e estreptococos do grupo B; lactentes e crianças: Haemophylus influenza; adolescentes e adultos jovens: Neisseria meningitidis; idosos: Streptococcus pneumoniae e Listeria monocytogenes. CLÍNICA: sinais gerais de infecção, irritação meníngea: cefaléia, irritabilidade, turvação da consciência, fotofobia e rigidez de nuca.

17

18

19

20 TUMORES DO SNC Efeitos Clínicos – determinados pelo tamanho e localização do tumor, sendo a clínica semelhante a outras lesoões expansivas dentro do SNC (efeito massa). *As lesões primárias geralmente manifestam sintomatologia mais tardiamente (início insidioso), enquanto que as lesões metastáticas apresentam sintomas de forma mais aguda.

21 TUMORES DO SNC Na infância 70% -infra-tentoriais Adulto 70% -supra-tentoriais Primários / Secundários ( metástases) Primários ; Astrocitomas/ Anaplásico/ Glioblastoma Meduloblastoma Meningeoma Neurinoma

22 Astrocitomas sinais e sintomas :convulsões, cefaléias e déficits neurológicos focais meia-idade podem evoluir para formas mais agressivas usualmente nos hemisférios cerebrais

23

24

25 GLIOBLASTOMA raramente ocorrem no cerebelo surgem da evolução de um astrocitoma formas variadas: algumas áreas são esbranquiçadas e firmes, enquanto que outras são amareladas e friáveis. comumente focos de necrose, cistos e hemorragias prognóstico deste tumor é muito ruim, com sobrevida menor que 10% em 2 anos.

26

27

28 Meningeoma tumor predominantemente benigno dos adultos origina-se das células da aracnóide Acomete mais a metade frontal da cabeça, comprometendo a convexidade cerebral, foice cerebral e a asa menor do osso esfenóide. prevalência maior em mulheres (3:2), principalmente na meia idade ou idosas e sia. O quadro clínico depende da localização da lesão, com início insidioso, devido ao seu crescimento lento.

29

30

31 MEDULOBLASTOMA neoplasia de células pouco diferenciadas ocorre no cerebelo principalmente nas duas primeiras décadas de vida. pode haver disseminação liquórica. Clínica:a presença de sinais de disfunção cerebelar progressiva ou hidrocefalia. tratamento cirúrgico/ radioterapia sobrevida : 50% em 10 anos.

32

33

34 TUMORES METASTÁTICOS 25-30% dos tumores intracranianos maioria é derivada de carcinomas sítios primários mais comuns : pulmão, mama, pele, rim e trato gastrointestinal O quadro clínico depende da localização das massas cerebrais, do seu tamanho e da quantidade de metástases. O tratamento em geral é sintomático e paliativo.

35

36


Carregar ppt "SISTEMA NERVOSO ALTERAÇÕES VASCULARES. SISTEMA NERVOSO Alterações vasculares A -Hemorragias intracranianas = 4 compart. Intra-parenquimatosa/subaracnoidea."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google