A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OBSERVAÇÃO E ANÁLISE TÁTICA DAS EQUIPES ADVERSÁRIAS ¨O USO DOS RECURSOS DO ¨SCOUT ¨ E DA IMAGEM¨

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OBSERVAÇÃO E ANÁLISE TÁTICA DAS EQUIPES ADVERSÁRIAS ¨O USO DOS RECURSOS DO ¨SCOUT ¨ E DA IMAGEM¨"— Transcrição da apresentação:

1 OBSERVAÇÃO E ANÁLISE TÁTICA DAS EQUIPES ADVERSÁRIAS ¨O USO DOS RECURSOS DO ¨SCOUT ¨ E DA IMAGEM¨

2 MESA REDONDA OBSERVAÇÃO E ANÁLISE TÁTICA DAS EQUIPES ADVERSÁRIAS: O USO DOS RECURSOS DO ¨SCOUT E DA IMAGEM¨

3 CONSIDERAÇÕES INICIAIS I EM QUALQUER DISPUTA, CONHECER A SI PRÓPRIO E AO ADVERSÁRIO É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA;EM QUALQUER DISPUTA, CONHECER A SI PRÓPRIO E AO ADVERSÁRIO É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA; MAIS FÁCIL, HOJE, ESTE PROCESSO, POIS DE CONHECIMENTO GERAL AS PROGRAMAÇÕES DAS TRANSMISSÕES TELEVISIVAS, E A GLOBALIZAÇÃO;MAIS FÁCIL, HOJE, ESTE PROCESSO, POIS DE CONHECIMENTO GERAL AS PROGRAMAÇÕES DAS TRANSMISSÕES TELEVISIVAS, E A GLOBALIZAÇÃO; DE GRANDE VALOR O SCOUT, AS OBSERVAÇÕES E AS ESTATÍSTICAS DOS ADVERSÁRIOS E DA PRÓPRIA EQUIPE.DE GRANDE VALOR O SCOUT, AS OBSERVAÇÕES E AS ESTATÍSTICAS DOS ADVERSÁRIOS E DA PRÓPRIA EQUIPE.

4 CONSIDERAÇÕES INICIAIS II MAS, FUNDAMENTAL, O OLHO CLÍNICO DO TREINADOR E SUA SENSIBILIDADE NA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS OBTIDOS, NO PROGRAMA DE TREINAMENTO E NA PREPARAÇÃO PARA UM JOGO, DURANTE O INTERVALO, OU NA TEMPORADA;MAS, FUNDAMENTAL, O OLHO CLÍNICO DO TREINADOR E SUA SENSIBILIDADE NA UTILIZAÇÃO DOS RECURSOS OBTIDOS, NO PROGRAMA DE TREINAMENTO E NA PREPARAÇÃO PARA UM JOGO, DURANTE O INTERVALO, OU NA TEMPORADA; EXPERIENTES TREINADORES SÃO CAPAZES DE COM UMA SIMPLES MUDANÇA DE POSIÇÕES ALTERAR O PANORAMA DO JOGOEXPERIENTES TREINADORES SÃO CAPAZES DE COM UMA SIMPLES MUDANÇA DE POSIÇÕES ALTERAR O PANORAMA DO JOGO

5 CONSIDERAÇÕES INICIAIS III TANTO O SCOUT QUANTO A AVALIAÇÃO TÁTICA DEVEM SER FEITOS COM A EQUIPE ADVERSÁRIA E COM O PRÓPRIO TIME, E SERVEM DE BASE PARA MELHORAR NOS TREINOS O PERCENTUAL DE ACERTOS, TRANSFORMAR DEFICIÊNCIAS EM VIRTUDES, ANULAR DOS ADVERSÁRIOS OS PONTOS FORTES, E EXPLORAR OS PONTOS FRACOS; USAR SUAS QUALIDADES E COBRIR, ANULANDO, AS LIMITAÇÕESTANTO O SCOUT QUANTO A AVALIAÇÃO TÁTICA DEVEM SER FEITOS COM A EQUIPE ADVERSÁRIA E COM O PRÓPRIO TIME, E SERVEM DE BASE PARA MELHORAR NOS TREINOS O PERCENTUAL DE ACERTOS, TRANSFORMAR DEFICIÊNCIAS EM VIRTUDES, ANULAR DOS ADVERSÁRIOS OS PONTOS FORTES, E EXPLORAR OS PONTOS FRACOS; USAR SUAS QUALIDADES E COBRIR, ANULANDO, AS LIMITAÇÕES

6 MEIOS DE OBSERVAÇÃO FICHAS DE SCOUT;FICHAS DE SCOUT; VÍDEO TAPE DE JOGOS DA TV;VÍDEO TAPE DE JOGOS DA TV; FILMAGEM DO JOGO E TREINO POR EXPERT;FILMAGEM DO JOGO E TREINO POR EXPERT; ANÁLISE DE VT POR PROGRAMA DE COMPUTADOR;ANÁLISE DE VT POR PROGRAMA DE COMPUTADOR; FOTOGRAFIAS E SLIDES;FOTOGRAFIAS E SLIDES; ASSISTIR AO JOGO IN LOCO.ASSISTIR AO JOGO IN LOCO.

7 ANÁLISE DE JOGO I SÓ É SURPREENDIDO QUEM QUER, QUEM DESDENHA OS DIVERSOS RECURSOS;SÓ É SURPREENDIDO QUEM QUER, QUEM DESDENHA OS DIVERSOS RECURSOS; PODE SER O PRÓPRIO TREINADOR, O ASSISTENTE, OU O ESPECIALISTA (O ESPIÃO) QUE JÁ CABE NAS COMISSÕES TÉCNICAS DE ALTO NÍVEL.PODE SER O PRÓPRIO TREINADOR, O ASSISTENTE, OU O ESPECIALISTA (O ESPIÃO) QUE JÁ CABE NAS COMISSÕES TÉCNICAS DE ALTO NÍVEL.

8 ANÁLISE DE JOGO II 1) O FATOR MAIS IMPORTANTE PARA PLANEJAR UM PROGRAMA PARA UM TIME COMPETITIVO É A ANÁLISE DOS JOGOS (ADVERSÁRIOS E PRÓPRIOS). QUANTO MAIS COMPETENTE E COMPREENSIVA A OBSERVAÇÃO, MAIS ÚTIL PARA ESTABELECER UM PROGRAMA DE QUALIDADE APROPRIADA.

9 ANÁLISE DE JOGO III 2) TODA A EXPERIÊNCIA QUE UM TREINADOR - OU SEU ASSISTENTE, OU AINDA O ESPIÃO - TENHA ACUMULADO É APROVEITADA QUANDO FAZ UMA ANÁLISE DE JOGO OU TREINO, E NA PREPARAÇÃO DA EQUIPE.

10 ANÁLISE DE JOGO FATORES QUE INFLUENCIAM O TREINAMENTO TREINAMENTO FATORES AMBIENTAIS PSICOLOGIA MENTALIDADE MÉTODOS EQUIPAMENTO DIETA CONDIÇÕES DO CAMPO CLIMA ASSISTENCIA MÉDICA IDADE CONDIÇÕES AMBIENTAIS ASPECTOS HUMANOS

11 OS ASPECTOS HUMANOS A)NÃO NEGLIGENCIAR ASPECTOS PSICOLÓGICOS DA SUA FUNÇÃO; B)O CONHECIMENTO PSICOLÓGICO ACERTADO PARA LIDAR COM OS JOGADORES: IDADE, SEXO, CATEGORIA; C)SABER DO PASSADO DO JOGADOR E DO TIME: ORIGEM, FAMÍLIA, CIDADE, EXPERIÊNCIA; D)MÉTODO: A ESCOLHA ACERTADA DOS EXERCÍCIOS PARA ENCORAJAMENTO DOS JOGADORES E A PROGRESSÃO SISTEMÁTICA E DIDÁTICA; E)MENTALIDADE: POSITIVISMO, DETERMINAÇÃO.

12 CONDIÇÕES AMBIENTAIS A)EQUIPAMENTO: BOLAS, CHUTERIAS, UNIFORMES; B)DIETA: DESEJUM, ALMOÇO, JANTAR, LANCHE-CEIA, SUPLEMENTOS; C)CAMPO DE JOGO: ESTADO, CORTE DO GRAMADO E DIMENSÕES. ILUMINAÇÃO; D)CLIMA: DIA-NOITE, FRIO-CALOR, SECO- MOLHADO, VENTO, SOL, ALTITUDE, HUMIDADE, NEVE; E)ASSISTÊNCIA MÉDICA (PROFILÁTICA)

13 RELATÓRIOS 1) RELATÓRIO DE JOGO: COMPETIÇÃOCOMPETIÇÃO JOGOJOGO LOCALLOCAL CLIMACLIMA RESULTADORESULTADO ESCALAÇÃOESCALAÇÃO AVALIAÇÃO DO TIME, SETORES, INDIVIDUALAVALIAÇÃO DO TIME, SETORES, INDIVIDUAL 2) RELATÓRIO GERAL: RESUMO DOS RELATÓRIOS ANTERIORESRESUMO DOS RELATÓRIOS ANTERIORES ANÁLISE, RECOMENDAÇÕES, INFORMAÇÕES IMPORTANTES E DICASANÁLISE, RECOMENDAÇÕES, INFORMAÇÕES IMPORTANTES E DICAS

14 FATORES A OBSERVAR 1) IMPORTÂNCIA DO JOGO: PRIMEIRO, CLASSIFICATÓRIO, FINAL, CASA-FORA ETC;1) IMPORTÂNCIA DO JOGO: PRIMEIRO, CLASSIFICATÓRIO, FINAL, CASA-FORA ETC; 2) OBJETIVO DA EQUIPE OBSERVADA: VENCER, EMPATAR, NÃO PERDER;2) OBJETIVO DA EQUIPE OBSERVADA: VENCER, EMPATAR, NÃO PERDER; 3) PLANO-DE-JOGO3) PLANO-DE-JOGO 3.a) FILOSOFIA DE JOGO3.a) FILOSOFIA DE JOGO 3.b) ESTRATÉGIA3.b) ESTRATÉGIA 3.c) TÁTICAS3.c) TÁTICAS

15 SISTEMA DEFENSIVO 4) SISTEMA DEFENSIVO:4) SISTEMA DEFENSIVO: 4.a) MARCAÇÃO:4.a) MARCAÇÃO: 4.a.a) TIPO:4.a.a) TIPO: 4.a.b) LOCAL:4.a.b) LOCAL: 4.a.c) INTENSIDADE:4.a.c) INTENSIDADE: 4.a.d) GOLEIRO E DEFENSORES:4.a.d) GOLEIRO E DEFENSORES: 4.a.e) MEIAS:4.a.e) MEIAS: 4.a.f) ATACANTES:4.a.f) ATACANTES: 4.a.g) RECOMPOSIÇÃO4.a.g) RECOMPOSIÇÃO

16 SISTEMA OFENSIVO 5) SISTEMA OFENSIVO5) SISTEMA OFENSIVO 5.a) PRINCÍPIOS: ABERTURA, MOBILIDADE, PENETRAÇÃO, IMPROVISAÇÃO -5.a) PRINCÍPIOS: ABERTURA, MOBILIDADE, PENETRAÇÃO, IMPROVISAÇÃO - 5.b) ATACANTES5.b) ATACANTES 5.b) MEIAS5.b) MEIAS 5.c) GOLEIROS E DEFENSORES5.c) GOLEIROS E DEFENSORES 5.d) CONTRA-ATAQUE5.d) CONTRA-ATAQUE

17 ASPECTOS GERAIS DISCIPLINA:DISCIPLINA: UNIÃO:UNIÃO: EQUIPAMENTO:EQUIPAMENTO: PONTOS FORTES:PONTOS FORTES: PONTOS FRACOS:PONTOS FRACOS: MELHOR JOGADOR:MELHOR JOGADOR: JOGADOR-CHAVE:JOGADOR-CHAVE: SUGESTÃO AO ENFRENTAR:SUGESTÃO AO ENFRENTAR:

18 EQUIPAMENTOS DE SCOUT E... BLOCO, LAPISEIRA, CANETABLOCO, LAPISEIRA, CANETA CADERNO COM CAMPOS DE FUTEBOLCADERNO COM CAMPOS DE FUTEBOL PRANCHETAPRANCHETA CÂMERA FOTOGRÁFICACÂMERA FOTOGRÁFICA CÂMERA FILMADORACÂMERA FILMADORA NOTEBOOKNOTEBOOK BINÓCULOSBINÓCULOS GRAVADORGRAVADOR CRONÔMETROCRONÔMETRO CONTADORCONTADOR WALKIE-TALKIEWALKIE-TALKIE DISFARCESDISFARCES

19 CUIDADOS ASSEGURAR-SE DOS OBJETIVOS ESTABELECIDOS PELO TREINADORASSEGURAR-SE DOS OBJETIVOS ESTABELECIDOS PELO TREINADOR PROGRAMAR COM ANTECEDÊNCIA OS JOGOS E TREINOS A SEREM OBSERVADOSPROGRAMAR COM ANTECEDÊNCIA OS JOGOS E TREINOS A SEREM OBSERVADOS PLANEJAR DESPESAS, PASSAGENS, HOSPEDAGENS, ALIMENTAÇÃO, CONTATOS CONFIÁVEIS NO LOCALPLANEJAR DESPESAS, PASSAGENS, HOSPEDAGENS, ALIMENTAÇÃO, CONTATOS CONFIÁVEIS NO LOCAL ATUALIZAR TODAS AS INFORMAÇÕESATUALIZAR TODAS AS INFORMAÇÕES FAZER RELATÓRIO SIMPLES, OBJETIVO E VENCEDOR, POIS NELE PODERÁ BASEAR-SE A CT PARA O PLANEJAMENTO, PROGRAMAÇÃO E REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADESFAZER RELATÓRIO SIMPLES, OBJETIVO E VENCEDOR, POIS NELE PODERÁ BASEAR-SE A CT PARA O PLANEJAMENTO, PROGRAMAÇÃO E REALIZAÇÃO DAS ATIVIDADES

20 CONCLUSÃO 1.É IMPORTANTE O USO DO SCOUT E DA IMAGEM, SEM DÚVIDA! 2.É IMPORTANTE, TAMBÉM, PLANEJAR OS TREINOS E AS PALESTRAS DE ACORDO COM AS INFORMAÇÕES OBTIDAS. 3.VENCEDORA A PREPARAÇÃO DE TÁTICAS USANDO AS INFORMAÇÕES DA ESPIONAGEM. 4.TANTO QUANTO ESPIONAMOS AOS ADVERSÁRIOS, CLARO QUE ELES TAMBÉM O FAZEM, ASSIM, SURPREENDENTE A UTILIZAÇÃO DE SISTEMAS, ESTRATÉGIAS, E TÁTICAS DERIVATIVAS E ALTERNATIVAS COROANDO TODO O TRABALHO MODERNO E DE ALTO NÍVEL.

21 BIBLIOGRAFIA The FIFA – Coca-Cola International Academy Part IIThe FIFA – Coca-Cola International Academy Part II Relatórios das Copas do Mundo 90, 94, 2002 – M. Jairo dos SantosRelatórios das Copas do Mundo 90, 94, 2002 – M. Jairo dos Santos Conhecimento da Arte da Guerra – Comentários de Zhuge Liang e Liu Ji sobre o clássico Sun TzuConhecimento da Arte da Guerra – Comentários de Zhuge Liang e Liu Ji sobre o clássico Sun Tzu Futebol Arte e Ofício – Julio Cesar LealFutebol Arte e Ofício – Julio Cesar Leal

22


Carregar ppt "OBSERVAÇÃO E ANÁLISE TÁTICA DAS EQUIPES ADVERSÁRIAS ¨O USO DOS RECURSOS DO ¨SCOUT ¨ E DA IMAGEM¨"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google