A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A mulher e seus hormônios Gerência de Recursos Humanos Semana da Mulher 03/2011 Enfermeira Simone Soares COREN-MG 030 528.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A mulher e seus hormônios Gerência de Recursos Humanos Semana da Mulher 03/2011 Enfermeira Simone Soares COREN-MG 030 528."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A mulher e seus hormônios Gerência de Recursos Humanos Semana da Mulher 03/2011 Enfermeira Simone Soares COREN-MG

4 Vida fértil O número de óvulos que serão liberados durante a vida reprodutiva já é determinado desde o nascimento Durante a fase reprodutora é liberado um óvulo a cada mês; Nas duas primeiras semanas após o sangramento, os níveis de estrogênio aumentam Quando atingem um nível máximo ocorre a ovulação e logo após a liberação de progesterona

5

6 Estrogênio Sua produção se inicia na adolescência; Aparecimento dos caracteres sexuais secundários; Hormônio do comportamento feminino

7 Progesterona Produzido durante a puberdade. Hormônio da gravidez e aleitamento. Promove espessamento do endométrio e fazendo com que ele seja intensamente irrigado por vasos sangüíneos, deixando o útero pronto para a gravidez.

8 A menopausa Climatério : por volta dos 41 anos de idade, até aproximadamente os 65 anos. É marcado por pequenas alterações físicas e psicológicas. Durante este tempo: ocorre a menopausa. Indica o término da vida reprodutiva da mulher; Organismo produz menos estrógeno e progesterona.

9 A mente Memória fraca Déficit de atenção Sensação de estar aérea Estradiol atua no córtex cerebral ( relacionamentos,afetividade, atenção) Ovários cessam sua produção também de estrogênio = déficit de atenção

10 O Sono Insônia fogachos Diminuição e progesterona qualidade do sono profundo Apnéia do sono não aproveitamento do sono relaxante Microdespetares durante a noite sensação de cansaço, fadiga.

11 A depressão Comum a fase peri- menopausa (mesntruações irregulares) Variação hormonal = oscilações no humor Menopausa= envelhecimento Síndrome do Ninho Vazio

12 A estética Vivacidade Feminina estrogênio Pele seca, unhas frágeis, cabelos finos, quebradiços, pelos mais escuros sobre a face.

13 Ganho de Peso Ocorre ganho de peso na barriga e não nos quadris. Estrogênios são responsáveis pela beleza feminina, pelo torneado, requebrado, pelo cheiro típico feminino e também pelo padrão de gordura corporal

14 Sexualidade após a menopausa Estudos apontam melhora na vida sexual após a menopausa = fator psicológico Líbido = estimulado pela testosterona = produção pelos ovários e também pela glândula adrenal Diminuição da lubrificação ou ressecamento vaginal Estreitamento do canal vaginal

15 Cuide-se A mudança de hábitos de vida é fundamental; Portanto: RESGATE-SE!!!

16 Terapia de Reposição Hormonal Estudo americano comprovou: mulheres entre 50 e 79 anos das quais apenas uma parte recebeu a terapia de reposição hormonal. Resultado: constatou-se que, ao contrário, aquelas que fizeram o tratamento tiveram mais infartos e AVC, assim como câncer de mama. Entretanto, as mesmas tiveram de cinco a seis vezes menos câncer de cólon, fraturas e osteoporose.

17 Cuide-se Atividade física prevenir a osteoporose, está provado que melhora o humor e a memória. Recomendações na dieta: Produtos e soja Chá de hortelã Inhame, batata doce e mandioca Linhaça

18 Terapia de Reposição Hormonal Não existe benefícios comprovados sobre os efeitos dos estrógenos naturais para o medicamentoso. (Isoflavona) Mulheres orientais ingerem soja diariamente e têm uma menopausa mais tranqüila, com menos sintomas desagradáveis e menor incidência de câncer de mama. Orientação religiosa e psíquica.

19 Todas as mulheres devem fazer TRH? Reposição hormonal é desaconselhada: Quando não há necessidade fisiológica de fazer reposição hormonal. Motivos estéticos, ( aparência mais jovem) Influência de outras pessoas Alguns médicos recomendam. Reposição hormonal aconselhada: Quando ocorre alterações de comportamento, depressão e osteoporose. Para aquelas em que a perda de cálcio pode implicar problemas graves no futuro como fraturas, dores, perda de altura, deformidades na coluna. Os benefícios pela reposição devem superar os riscos que esta terapia trás.

20 Alimentação Alimentos ricos em soja e seus derivados; Legumes, hortaliças e frutas frescas; especialmente as cítricas ; Alimentos ricos em vitamina A; (são cor de laranja) Folhas verde-escuro como brócolis e espinafre, Alimentos ricos em ômega 3 como peixe e frutos secos; Alimentos ricos em cálcio Ovos; ( 2 a 3 por semana) Cereais, arroz, batata, massa integral.

21 Menopausa e Osteoporose Estrógeno e Vitamina D promovem absorção e fixação de cálcio pelo osso. O que fazer para prevenir a osteoporose?

22 Para refletirmos: Porque a menopausa deveria ser uma das fases mais importantes da vida da mulher?

23 porque os filhos já não precisam mais de tanta proteção, chegou o amadurecimento, provável estabilidade financeira, a aposentadoria, e é hora de fazer tudo que sempre se sonhou e as circunstâncias não permitiram.

24 É hora de viver melhor a sexualidade, com mais desprendimento; porém, por questões culturais, sociais, culpas ou outra coisa qualquer, a Menopausa no Ocidente é vista como o começo da velhice e definhamento.

25 Infelizmente nossa sociedade não valoriza o envelhecer, ao contrário, o deprecia. A mulher ao sentir medo: é gerada a insegurança que gera doença.

26 Alimentação incorreta+hábitos inadequados + vícios cultivados durante toda a vida, como o mal agir e o mal pensar, medo frente a situações novas+dificuldade de perdoar, de entender o outro e a si mesmo, enfim, emoções mal elaboradas, reprimidas teremos um terreno fértil para o aparecimento de sintomas nesta fase de vida.

27 Levamos a metade da nossa vida perdendo saúde, e ao outra metade para recuperá- la.

28 GRH Obrigada 02/03/2011


Carregar ppt "A mulher e seus hormônios Gerência de Recursos Humanos Semana da Mulher 03/2011 Enfermeira Simone Soares COREN-MG 030 528."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google