A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Educação & tecnologias: processo e práticas; mitos e desafios Profa. Dra. Stela Conceição Bertholo Piconez

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Educação & tecnologias: processo e práticas; mitos e desafios Profa. Dra. Stela Conceição Bertholo Piconez"— Transcrição da apresentação:

1 Educação & tecnologias: processo e práticas; mitos e desafios Profa. Dra. Stela Conceição Bertholo Piconez

2 Trajetória Grupo Alpha de Pesquisa/CNPq Pós-graduação USP Ambientes Virtuais de Ensino-Aprendizagem

3 Justificativas Aprendizado eletrônico como solução contemporânea para as demandas sociais por educação Mudanças paradigmáticas no âmago da teoria e prática educacional (políticas educacionais) Uso da tecnologia em educação em contraste com a complexidade dos processos de ensino- aprendizagem Inovações no campo do design instrucional

4 Objetivos de pesquisa Prosseguir na investigação do design instrucional contextualizado (DIC) na pós- graduação Investigar o Learning Design (LD) como fundamentação teórico-prática para o DIC Formar professores para uso pedagógico das tecnologias em sala de aula e a distância

5 1. Mudanças culturais e mudanças de saber mutações em educação TIC Redes Digitais SOCIEDADE EDUCAÇÃOTECNOLOGIA EAD E-learning Learning objects Aprendizado eletrônico... _________________________________ Naisbitt &Aburdene (1990), Drucker (1993) e Tofler (2000) – macromudanças sociais, econômicas, políticas, tecnológicas Kerckhove (1997), Castells (1999) e Lévy (1999) – efeitos socioculturais das tecnologias digitais de informação e de comunicação Peters (2003); Doll (1992) – mudanças do paradigma educacional Castells,Manuel et al(2003) A galáxia da internet. Reflexões sobre a internet,os negócios e a sociedade. SP: Zahar, 2003

6 2. Continuum da utilização da web na educação Harmon, S.W. & Jones, M.G. (1999) Fluência tecnológica Largura de banda Ênfase no conteúdo Ênfase nas tarefasÊnfase na comunicação Entrega em rede INFORMACIONAL SUPLEMENTAR ESSENCIAL COLABORATIVO IMERSIVO Trabalho em rede

7 Ferramentas Edição Comunicação Informação Textos* Chat* Banco de Conteúdos* Fórum* Blog / Wiki * Mapeamento Conceitual* Imagens Tabelas e Gráficos Áudio e Vídeo Blog / Wiki Formas* Equações Banco de Exercícios* Banco de Temas Transversais* Banco de Imagens* Banco de Animações/Objetos 3D* Banco de Vídeos/Áudio Glossário* e Dicionário Infográficos e Notícias* Plantão online alunos Plantão online Professor*

8 3. Currículo: abordagens moderna pós-moderna Modelo de gerenciamento científicoModelo dialógico-reflexivo Fatos precisosAbordagens globais EspecificaçãoGeneralização Procedimentos detalhadosInterativo Formalismo rígidoEclético Linear e sequencialComplexo e pluralista Pré-determinadoImprovisado Resultados quantificáveisEm processo de construção Estável e previsívelDinâmico e imprevisível FechadoAberto PositivismoPluralismo epistemológico Interação vertical (prof. x aluno)Interação dialógica __________________________________ William E. Doll (1992) apud Peters, O. Educação a Distância em transição. RS: Editora Unisinos, p.56-57

9 Concepções de Aprendizagem Tarefas estruturadas Contextos + autênticos Modelo para compreensão

10 Tipologia de Aprendizagens Ensino Expositivo Aprendizagem autocontrolada Aprender por exploração Aprender procurando informação Aprender armazenando e gerenciando informações Aprender por comunicação Aprender por colaboração Aprender por representação e simulação

11 O conhecimento em rede: uma educação para era das relações Mudança da metáfora do conhecimento como blocos fixos e imutáveis para o conhecimento em rede O conhecimento é processo; uma abstração de um fluxo total e único em movimento constante Pressupõe flexibilidade, interatividade, adaptabilidade, cooperação, parceria, apoio mútuo e auto-organização O conhecimento é processo de criação, recriação ____________ Lévy, P. (1994) As tecnologias da inteligência.O futuro do pensamento na era da informática. RJ:Nova Fronteira,p. 26 Freire, P. (1987) Pedagogia do Oprimido. RJ:Paz e Terra Piaget, J. Aprendizagem e Conhecimento. N; Hans G. Furth P(1974) Piaget e o conhecimento: fundamentos teóricos. RJ:Forense, p.30 Maturana, H. & Varela, F.G. (1997) De máquinas e Seres Vivos. P.Alegre: Artes Médicas, Morin. Edgard(2001) Introdução ao Pensamento Complexo.Lisboa: Instituto Piaget,

12 Categorização: comunidades e dimensões Praticantes Teóricos Alunos Gestores Desenvol vedores Dimensão organizacional Dimensão do aluno Dimensão tecnológica Dimensão semântica Dimensão pedagógica Aprendizado eletrônico

13 Universo Educação & Tecnologia Educação Conteúdo Comunicação Tecnologia Gestão Coordenação pedagógica Design instrucional Tutoria Monitoria Coaching Mentoria Docência AutoriaRedação Roteirização Web design Programação Administração banco de dados Web development Certificação Pessoas Finanças Marketing Relações institucionais Contratos Iconografia Recursos Web project

14 Filatro, A. Design Instrucional na prática. Pearson Education do Brasil, 2008 Design instrucional Apresentação DI fixo Apresentação DI aberto Apresentação DI contextualizado Ênfase em conteúdos e produtos Ênfase em pessoas e processos Ênfase em flexibilização e personalização

15 Pressupostos e questões A abordagem LD permite a representação de diversas abordagens pedagógicas e diferentes contextos Pode constituir-se em fundamentação teórica para o DIC? Pode ser considerada um ferramental prático para o DIC? A especificação IMS LD é abrangente o suficiente para confirmar-se como um padrão universal

16 Algumas reflexões fundamentais sobre a pedagogia da Aprendizagem on-line Será recomendável transplantar métodos de aprendizagem de espaços reais para espaços virtuais? Será necessário definir aprendizagem e ensino de novo quando usamos a rede? Quais são as estratégias pedagógicas específicas requeridas para a aprendizagem em espaços virtuais e seus ambientes informatizados? Quais são as novas perspectivas pedagógicas inovadoras? Quais são as novas possibilidades tecnológicas?

17 O que é real para os alunos? Apenas o ambiente informatizado de aprendizagem com a tela do monitor como interface. Atividades pedagógicas típicas possibilitadas pelos ambientes digitais de aprendizagem: 1. trocar informações via ou multimídia 2. construir portfólios 3. Pesquisar informações necessárias para resolver problemas 4.navegar individualmente por hipertextos de acordo com suas necessidades básicas de aprendizagem 5. registrar e publicar seus resultados de aprendizagem 6. utilizar e visitar espaços multimidiáticos

18 Confrontando os desafios da cultura participativa: Educação para a mídia no século XXI (Henry Jenkins, diretor do Programa de Estudos Comparados de Mídia do Massachusetts Institute of Technology (MIT) Habilidades necessárias para o futuro: Jogar – capacidade de experimentar o contexto ao seu redor, solucionando problemas. Desempenho – habilidade de adotar identidades alternativas com a finalidade de improvisar e de fazer descobertas. Simulação – habilidade para interpretar e construir modelos dinâmicos de processos do mundo real. Apropriação – capacidade de experimentar e recombinar conteúdos multimídia de forma significativa. Multitarefa – habilidade de observar simultaneamente diversos estímulos do ambiente e focar os detalhes daquilo que é relevante para os seus objetivos. Cognição distribuída – capacidade de interagir de maneira significativa com diversas ferramentas, a fim de expandir as próprias capacidades mentais.

19 HABILIDADES PARA O FUTURO Inteligência coletiva – capacidade de compartilhar e comparar dados com os outros, em função de um objetivo comum. Julgamento – capacidade de avaliar a confiabilidade e a credibilidade de diferentes fontes de informação. Navegação transmídia – capacidade de acompanhar o volume de notícias e informações em várias modalidades da mídia. Redes de comunicação– capacidade de localizar, sintetizar e disseminar informações para as pessoas. Negociação – habilidade de transitar por diversas comunidades, discernindo e respeitando perspectivas múltiplas, compreendendo e seguindo normas alternativas (JENKINS, 2006, p. 04).

20 Novos desafios, novos comportamentos de ensino Professores Desenvolver sistemas de aprendizagem não-lineares em hipertextos Atuar como mediador de seminários virtuais Organizar suporte Planejar o design das meta aprendizagens Saber reutilizar learning objects (LO) Conhecer modelos pedagógicos (comunidades de práxis, ensino recíproco, comunidades construtoras de conhecimento)


Carregar ppt "Educação & tecnologias: processo e práticas; mitos e desafios Profa. Dra. Stela Conceição Bertholo Piconez"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google