A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

APRENDIZAGEM COM MOBILIDADE (M-LEARNING): NOVAS POSSIBILIDADES PARA AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E A FORMAÇÃO DOCENTE? Mestrando Paulo Gaspar Graziola Junior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "APRENDIZAGEM COM MOBILIDADE (M-LEARNING): NOVAS POSSIBILIDADES PARA AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E A FORMAÇÃO DOCENTE? Mestrando Paulo Gaspar Graziola Junior."— Transcrição da apresentação:

1 APRENDIZAGEM COM MOBILIDADE (M-LEARNING): NOVAS POSSIBILIDADES PARA AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E A FORMAÇÃO DOCENTE? Mestrando Paulo Gaspar Graziola Junior – Bolsista CNPq Orientadora: Profa. Dra. Eliane Schlemmer Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS Programa de Pós Graduação em Educação

2 De onde?! Quando?! História de Vida Utilização da TDs Estágio Docente Distanciamento Pesquisa Educacional Digital + Pesquisa mobilidade no contexto organizacional Mediação/Diálogo AlunosProfessores

3 Dúvidas?! De que forma os professores estão se apropriando das TDs no cotidiano? Como propiciar uma formação continuada para além do contexto formal físico e presencial? Que TDs podem ajudar a melhor aproveitar o tempo que temos? Como permitir uma formação que propicie flexibilidade, oportunidades de interação, colaboração, contextualização mais rica e continuamente acessível? As Tecnologias Móveis Sem Fio (TMSF) aliadas a metodologias adequadas a natureza desse meio podem representar uma possibilidade de resposta a essas indagações?

4 Problema emergente Como as TMSF podem contribuir para uma prática pedagógica que privilegia o desenvolvimento de competências numa perspectiva dialógica e cooperativa?

5 Formação Ideal?! Professor Mediador Interações Com o contexto ProfessorAluno Computador Com o meio ambiente Com a cultura circundante PromoverAuto-estima autonomia criatividade Sistematização do conhecimento Responsável pela construção do conhecimento

6 Como?! Formação Perspectiva Vivenciar situações Formação-Ação Processo de reflexão (antes, durante e após a ação) Analisar a prática IndividualColetiva Discussões Reflexões coletivas permite Estabelecer relações Novas reflexões

7 Associação Ação x Formação Ação + Formação Romper Seqüência Conteúdos (EMPIRISTA) Vivência Dialética Professor Alunos Aprender a partir dos próprios erros Como se ensina Tomar consciência Reconstruir continuamente teorias Postura Problematizadora (INTERACIONISTA) Criação Redes de Significados (Ações, reflexões, depurações)

8 Contextualizando... Presencial digital virtual e-learning u-learning Presencial física m-learning invisível e onipresente Modalidades de Ead Interação natural, sob medida, embutidos em todos os locais e em diferentes objetos anytime, anywhere b-learning p-learning Adaptável e sensível ao contexto

9 PDAs, palmtops, laptops, smartphones M-Learning Necessidades Locomoção de pessoas desenvolvimento aplicação Processos de aprendizagem Atores humanos interação geograficamente Crescente formação formal e continuada distantes temporalmente TMSF (Tecnologias Móveis Sem Fio) flexibilidade Oportunidades de interação colaboração aprender tempo lugar

10 M-Learning OBJETIVA Ferramentas de aprendizado do aluno Qualquer momento Qualquer lugar Modalidade ubíqua expandir Consulta informações via internet atividades Anotação de idéias Conteúdos didáticos Sala de aula Limites físicos Corpo docente Metodologia inovadora Registro de fatos (câmera digital) empresa Estratégias de aprendizagem formal informal

11 Ordem tecnológica e econômica Desafios no Contexto Brasileiro Os principais desafios que para que a aprendizagem com mobilidade seja difundida no Brasil Do ponto de vista de resistência à adoção de novas tecnologias e novas práticas de aprendizagem Ordem pedagógica Ordem contextual e social

12 Desafios no Contexto Brasileiro Ordem Pedagógica Discussões genéricas Criar cursos Enfoque tecnológico Formação/ Capacitação profissionais Autonomia dos aprendizes Necessidades Desenvolvimento de uma cultura de aprendizagem Considerar diferentes estilos cognitivos Modelo pedagógico específico

13 Dispositivo

14 Protótipo

15

16 Problemas emergentes Quais as implicações do uso de ML (Mobile Learning) no desenvolvimento de Práticas Pedagógicas? Como essas TMSF (Tecnologias Móveis Sem Fio) podem auxiliar docentes e alunos em ambientes ML? Como podem ser promovidas atividades pedagógicas, que visem a colaboração e cooperação nesse contexto?

17 Contatos Paulo Gaspar Graziola Junior – UNISINOS – Profa. Dra. Eliane Schlemmer – UNISINOS - Sugestões: llha Unisinos no Second Life Grupo de Pesquisa em Educação Digital – GPEdu/CNPq Unisinos


Carregar ppt "APRENDIZAGEM COM MOBILIDADE (M-LEARNING): NOVAS POSSIBILIDADES PARA AS PRÁTICAS PEDAGÓGICAS E A FORMAÇÃO DOCENTE? Mestrando Paulo Gaspar Graziola Junior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google