A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FASE 2: Apresentação do Projeto FazGame Desenvolvimento de uma nova arquitetura para construção de games educacionais Carla Zeltzer 14/04/2013 criação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FASE 2: Apresentação do Projeto FazGame Desenvolvimento de uma nova arquitetura para construção de games educacionais Carla Zeltzer 14/04/2013 criação."— Transcrição da apresentação:

1 FASE 2: Apresentação do Projeto FazGame Desenvolvimento de uma nova arquitetura para construção de games educacionais Carla Zeltzer 14/04/2013 criação coletiva colaboração publicação de games educacionais

2 A Ideia (motivadores) O FazGame é uma ferramenta de autoria de games educacionais que possibilita que professores, alunos e especialistas em determinado conteúdo - sem conhecimento de técnicas de programação ou design - criem games multiplayer disparadores (motivadores) de aprendizagem. Tem como inovação uma interface simples e intuitiva, que propiciará aos autores um ambiente de criação rápida, disponibilizando bibliotecas de cenários, personagens, objetos e outros recursos facilitadores para construção de games de aprendizagem point and click no formato de missões. Ao utilizar o FazGame, estes autores assumem o papel de mediadores do conhecimento e estimulam a aprendizagem de conteúdos significativos através dos games criados. Outro fator inovador do FazGame está nos recursos de compartilhamento integrados ao ambiente tecnológico da internet, redes sociais e dispositivos móveis. Desta forma, abre espaço para o aprendizado colaborativo com a utilização de diferentes mídias, tornando os jogadores agentes da construção do conhecimento.

3 A origem da ideia Como utilizar as NTIC´s para solucionar um dos principais desafios educacionais dos nossos tempos: captar e reter a motivação e o interesse dos alunos para o aprendizado? A resposta está na criação de ferramentas que congregam tecnologia, educação e entretenimento. A função dessas ferramentas é criar conexões entre os diversos conteúdos de aprendizado e as pessoas que interagem durante o processo de aprendizagem – professores, alunos e detentores de conhecimentos específicos. Inúmeras pesquisas e trabalhos apontam para o interesse das crianças e jovens em aprender através de games. Assim foi criado o FazGame, para permitir que professores e alunos criem e utilizem objetos de aprendizagem divertidos e dinâmicos, no formato de games, utilizando as inúmeras possibilidades provenientes do estágio atual de desenvolvimento tecnológico.

4 Inovação e Tecnologia O game é um excelente meio para apresentar e motivar sobre conteúdos e a partir daí apontar para outras fontes de aprofundamento e conhecimento teórico/prático. Nosso objetivo é inserir o game educacional como ferramenta escalável para disparar o aprendizado. Diferenciais & Inovação do : Diferenciais & Inovação do FazGame: Criação de games point and click multiplayer no formato de missões; Interface simples e intuitiva para o professor e aluno; Funções de suporte à gamificação do conteúdo, com acompanhamento do processo de aprendizagem; Compartilhamento e colaboração integrados às redes sociais através de screenshots e quadrinhos; Gamificação de imagens, permitindo a criação de múltiplos ambientes e cenários.

5 Inovação e Tecnologia Existem poucas engines de games voltadas para geração de games point and click no formato de missões. Exemplo de game point and clik: As engines de games existentes não permitem criar um ambiente integrado de conteúdos. Assim o FazGame foi concebido, como um novo produto pensado para educadores e alunos, com mecânicas de jogo bem estabelecidas, para propiciar a aprendizagem.

6 Mercado, Rede de Valor e Oportunidade O FazGame está sendo criado para aplicação em escala, trazendo novos recursos para a Educação Básica brasileira. Por isso, nosso piloto será realizado na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro (SME), que está aberta para aplicar e avaliar inovações tecnológicas e pedagógicas. * Valores aproximados * Fontes: SME e Censo Escola 2009 Dada a sua relevância: Foi pré-qualificado no auxílio ADT1 da FAPERJ; O piloto será desenvolvido em parceria com o UFF MediaLab, sob a coordenação do Prof. Esteban Clua; O piloto será realizado em uma das escolas da SME com perfil para utilizar o FazGame, como o GENTE (Ginásio Experimental de Novas Tecnologias Educacionais), ou um dos GEC´s (Ginásio Experimental Carioca).

7 Impacto Social O FazGame possui as seguintes áreas de impacto social: acesso a bens e serviços (melhorando a qualidade da educação em escala), aumento do capital social e construção da cidadania (estes últimos são resultado de uma Educação de qualidade para todos). Nossos parceiros para aplicação são as Secretarias de Educação, tendo como público- alvo potencial cerca de professores e 12 milhões de alunos do Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio das escolas públicas. O FazGame irá conectar professores e alunos para desenvolvam objetos de aprendizagem no formato de games, que serão compartilhados coletivamente. Com isso, irá contribuir para a melhoria da Educação Pública no Brasil, e consequentemente, para redução da vulnerabilidade social das parcelas menos favorecidas da nossa sociedade.

8 Possíveis Modelos de Negócio O FazGame será disponibilizado na nuvem, associado a um portal de conteúdos na internet/Facebook, baseado em recompensas com modelo Freemium (onde funcionalidades especiais serão cobradas). Quanto maior a publicação de games no portal (feita por educadores e alunos), maior a quantidade de recompensas que o grupo (instituições educacionais) receberá do FazGame - como horas gratuitas de uso e acesso a novas funcionalidades. O que gerará um ciclo virtuoso de geração de conteúdo e acesso ao portal, propiciando um modelo financeiro de patrocínio deste ambiente de aprendizagem. Modelos de receita adicionais: Criação de área de publicação de jogos pagos; Suporte às instituições educacionais na implementação da arquitetura.

9 Eu empreendedor Há 7 anos empreendo na área de Educação. Comecei incubando uma empresa de Educação Empreendedora (com foco nas habilidades empreendedoras) no Instituto Gênesis da PUC-Rio (www.escoladeempreendedorismo.com.br).www.escoladeempreendedorismo.com.br Nessa estrada, encontrei o sentido para os meus projetos profissionais – aplicar meus 20 anos de experiência na área de tecnologia, para desenvolver soluções que possam ser aplicadas em escala, melhorando a base da Educação (ou seja, Educação Básica no Ensino público), e ajudando a aproximar a Educação do ´mundo real´. Para entender as necessidades reais da Educação, coloquei a mão na para aprender a dar aulas para várias faixas etárias, criei, implantei e avaliei oficinas presenciais, jogos presenciais, E-learning e games. Em escolas particulares, em escolas públicas, em universidades, em comunidades, formando professores. O FazGame é um projeto que congrega tudo o que aprendi até agora, onde posso aplicar minha experiência na Educação e em empreender negócios educacionais, aproveitando este momento oportuno para testes/inclusão de novas ferramentas na Educação Pública. Minha meta para 2013, além de realizar o piloto, é captar entre R$ e R$ , para viabilizar o desenvolvimento e lançamento da 1 a versão do FazGame.

10 Nossa equipe Antonio Ramos (sócio, co-autor do FazGame), Bacharel em Psicologia Colaborador da Escola de Empreendedorismo Zeltzer desde 2008, responsável pelo desenvolvimento de material didático (apostila, jogos e dinâmicas). Coordenador e professor da oficina Apreendendo a Empreender para crianças e da oficina de Profissões para adolescentes. Roteirista do 1º GAME da série Empreendendo nas Olimpíadas. Co-autor da ferramenta FazGame. Esteban W. Gonzalez Clua (parceria tecnológica para desenvolvimento do FazGame), Doutor em Ciência da Computação Professor da Universidade Federal Fluminense e coordenador geral do UFF Medialab. Pesquisador colaborador do Medialab MIT. Áreas de atuação: Computação Gráfica tempo real, Video Games, Realidade Virtual, GPUs, visualização e simulação. Um dos fundadores do SBGames, pela SBC. Desde 2010 é presidente da comissão especial de Jogos e entretenimento digital da SBC. Ao longo do piloto, pretendemos incorporar à nossa empresa um profissional de tecnologia.

11 Resumo A empreitada do FazGame é um espaço onde posso apropriar todo o meu conhecimento e experiência em tecnologia e em educação com entretenimento, reunindo pessoas que têm a motivação comum de melhorar a Educação no Brasil, para criar uma solução escalável, de qualidade, e que faça diferença. O FazGame permitirá inserir o game educacional como ferramenta escalável para disparar o aprendizado na Educação Básica, sendo aplicável para escolas púbicas e particulares. Criamos um modelo de negócios que propicia a escala, com recursos gratuitos e pagos (modelo Freemium), e liberação de recompensas que motivam maior uso da ferramenta, gerando tráfego que permite captação de receitas adicionais de patrocínio. Nossos principais clientes (pagadores) são as instituições educacionais e Secretarias de Educação, e nossos usuários são os professores e alunos. Nosso time reúne o know-how tecnológico e o público para realização e avaliação do projeto piloto. Nosso próximo passo é captar os recursos necessários para publicar a 1 a versão da ferramenta.


Carregar ppt "FASE 2: Apresentação do Projeto FazGame Desenvolvimento de uma nova arquitetura para construção de games educacionais Carla Zeltzer 14/04/2013 criação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google