A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PRO 5775 - ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS MACROECONÔMICAS SOBRE ATIVOS DO IBOVESPA JULHO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PRO 5775 - ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS MACROECONÔMICAS SOBRE ATIVOS DO IBOVESPA JULHO."— Transcrição da apresentação:

1 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS MACROECONÔMICAS SOBRE ATIVOS DO IBOVESPA JULHO 2005 Aluno: Cláudio Antonio Rossi

2 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Empresas e Instituições financeiras existem inseridas num mercado. Este por sua vez segue uma dinâmica básica de funcionamento determinada por Oferta vs. Demanda. J Empresas de capital aberto tem parte dela negociada em mercado, primário e secundário: Ações em Bolsa de Valores J Ações: Sofrem influências diretas das variáveis macroeconômicas que influenciam os riscos e retornos das mesmas Preço das Ações INTRODUÇÃO

3 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Primeiros estudos sobre influência das variáveis de mercado sobre o retorno de um ativo financeiro: Harry M. Markowitz J A Teoria: Investidor baseia-se no retorno esperado e no risco (desvio padrão) que um ativo financeiro possa lhe trazer para realizar seu investimento – Busca a Seleção do Portfólio Ideal: Menor Risco e Maior Retorno.

4 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Curva de Indiferença: É a curva que representa a teoria de escolha do consumidor, na qual em qualquer ponto o consumidor tem o mesmo grau de satisfação ou montante de Utilidade. CONSUMIDOR Bem X Bem Y Y1Y1 Y2Y2 X1X1 X2X2 Curva de Indiferença Restrição Orçamentária

5 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Curva de Indiferença: A estrutura de Risco e Retorno que fornece ao investidor o mesmo grau de satisfação ou utilidade. INVESTIDOR Retorno do Ativo/Portfólio R1R1 Risco 1 R2R2 Risco 2 Risco do Ativo/Portfólio Curva de Indiferença do Investidor

6 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN Fronteira Eficiente J FRONTEIRA EFICIENTE: Região que representa todas combinações possíveis entre risco e retorno de um portfólio. Retorno do Ativo/Portfólio Risco do Ativo/Portfólio

7 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN Fronteira Eficiente Curvas de Indiferença do Investidor J FRONTEIRA EFICIENTE vs. CURVA DE INDIFERENÇA DE UM INVESTIDOR Retorno do Ativo/Portfólio Risco do Ativo/Portfólio

8 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Modelo de Fatores de Mercado (simplificação da Teoria de Markowitz): Este supõe haver uma correlação dinâmica entre o retorno de um ativo, ou portfólio e variáveis do mercado. J Tenta portanto capturar as maiores forças econômicas que sistematicamente move todos os ativos

9 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Testar a relação entre o retorno de algumas companhias de capital aberto, componentes do IBOVESPA e algumas variáveis macroeconômicas. J Abrangência: Período entre Janeiro de 2000 a Dezembro de J Variação mensal. Escopo do Trabalho.

10 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Empresas: Acesita ; Ambev, Aracruz, Banco do Brasil e Bradesco. J Variáveis Macroeconômicas: Inflação (IPC – FIPE:), Taxa de Juros Títulos do Governo (Selic), EMBI+ (Risco Soberano - mede grau de risco de paises emergentes), C-bond (principal título de dívida negociado no exterior), IBOVESPA e Taxa de Câmbio (R$/US$) Componentes do Trabalho

11 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN J Regressão Linear Multipla pelo método dos mínimos quadrados ordinários (OLS) J Primeiramente: Variáveis Macroeconômicas com período coincidente com o retorno do ativo. J Posteriormente Variáveis defasadas um período e dois períodos - Objetivo testar memória Método de Estimação dos Parâmetros do Modelo

12 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN O Modelo = Retorno do Ativo = Fatores de Mercado = erro aleatório

13 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN A Regressão (Software E-views)

14 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN A Resultados

15 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN

16 CONCLUSÕES: J O EMBI tem uma correlação negativa com os ativos utilizados no estudo, praticamente para todos os períodos testados. J O IBOVESPA tem uma correlação positiva com relação a todos os ativos para período coincidente. J O CÂMBIO tem correlação positiva com todos os ativos quando defasado de um período (memória) J Os demais fatores tem correlação variada, ora positiva ora negativa. J O R 2 tende a explicar o retorno dos ativos apenas para período coincidente, diminuindo esta explicação conforme se aumenta a defasagem

17 PRO ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN BIBLIOGRAFIA: J Sharpe, F. Willian; Gordon J. Alexander and Jeffrey V. Bailley: Investiments – Sixth Edition, Prentice Hall 1999 J Varian, Hal R.: Microeconomia: Principios Básicos – 5ª edição, editora Campus. J Wooldridge, Jeffrey M.; Introductory Econometric – A Modern Approach 2ª Edition J MARKOWITZ, H., Portfolio Selection, Journal of Finance, pp.44-58,March,1952. Software Estatísitco: E-views 4,0


Carregar ppt "PRO 5775 - ANÁLISE ECONÔMICA DE SISTEMAS DE OPERAÇÕES PROF. Dr. ISRAEL BRUNSTEIN INFLUÊNCIA DE VARIÁVEIS MACROECONÔMICAS SOBRE ATIVOS DO IBOVESPA JULHO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google