A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE PLANEJAMENTOESTRATÉGICO2009-2012.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE PLANEJAMENTOESTRATÉGICO2009-2012."— Transcrição da apresentação:

1 SEÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE PLANEJAMENTOESTRATÉGICO

2 DIAGNÓSTICO

3 INFRA-ESTRUTURA Instalações Inadequadas Instalações Inadequadas Falta de equipamentos e mobiliários que Falta de equipamentos e mobiliários que caracterizem acolhimento na recepção e direcionamento do atendimento.

4 Recursos Humanos Ausência de Equipe Multiprofissional Ausência de Equipe Multiprofissional Parcelamento para a composição dos grupos- envolvimento fragmentado nas ações Parcelamento para a composição dos grupos- envolvimento fragmentado nas ações Fusão, confusão ou sobreposição de papéis Fusão, confusão ou sobreposição de papéis Desvalorização dos serviços, da missão, importância da seção e dos profissionais Desvalorização dos serviços, da missão, importância da seção e dos profissionais

5 Processos de Trabalho Fluxo, diretrizes em construção; Fluxo, diretrizes em construção; Processos não desenhados em toda a conjuntura-Ênfase na construção empírica Processos não desenhados em toda a conjuntura-Ênfase na construção empírica Não direcionado por planejamento holístico, técnico e baseado em dados- predomínio do empírico. Não direcionado por planejamento holístico, técnico e baseado em dados- predomínio do empírico.

6 Visão e Valores Cultura de separação das ações de saúde com a de gestão de pessoas Pessoas ajustadas as suas ocupações com rigidez e conformismo. Este fato compromete a flexibilidade, criatividade e aplicação de formas novas de se trabalhar com a grande demanda; Metas inexistentes às pessoas e a seção. Quando presente é impostas Predomínio de decisões verticais produzindo operações centralizadas o que desencoraja a aquisição de autonomia, auto-realização e tratamento holístico do serviço; Fragmentação de trabalhos e papéis, especializações de funções e rigidez de atividades nas áreas. Associação da capacidade produtiva em quantidade como resultado de qualidade dos serviços oferecidos e indicador de competência do servidor. Ênfase em soluções de curto prazo e em fatores mais focados dando pouco espaço à discussão de resoluções de médio a longo prazo, desconsiderando a função da seção em sua relação com as demais. A busca de estabilidade e segurança (fazer do jeito que sempre foi feito) abre-se aos poucos, pincelando senso de mudança, abertura a riscos e atitudes empreendedoras.

7 O QUE FAZER????? ???????

8 INCORPORAR PRÁTICAS DE SAÚDE PÚBLICA SOMADAS AS TÉCNICAS DE QUALIDADE EM SERVIÇOS EM SAÚDE

9 SAÚDE DO TRABALHADOR PERÍCIAS ASSISTÊNCIA PROMOÇÃO E PROTEÇÃO VIGILÂNCI A REABILITAÇÃO PARTICIPAÇÃODO SERVIDOR PARTICIPAÇÃO DO SERVIDOR

10 ESTRUTURA DE SERVIÇOS DE QUALIDADE HUMANIZAÇÃO(INSTAÇAÕES/ACOLHIMENTO) HUMANIZAÇÃO(INSTAÇAÕES/ACOLHIMENTO) AÇÕES INTEGRADAS COM OS ATORES E CÉLULAS ENVOLVIDOS- POLÍTICA AÇÕES INTEGRADAS COM OS ATORES E CÉLULAS ENVOLVIDOS- POLÍTICA SISTEMA DE INFORMAÇÃO SISTEMA DE INFORMAÇÃO INDICADORES E METAS CONSOLIDADOS ATRAVÉS DE AVALIAÇÕES-IMPACTO INDICADORES E METAS CONSOLIDADOS ATRAVÉS DE AVALIAÇÕES-IMPACTO EDUCAÇÃO CONTINUADA EDUCAÇÃO CONTINUADA ESTUDOS CONDIÇÕES DE VIDA E TRABALHO ESTUDOS CONDIÇÕES DE VIDA E TRABALHO

11 4 PONTOS DE INTERVENÇÃO VISANDO Á QUALIDADE DOS SERVIÇOS DE SAÚDE CONTINUAR CAPACITAÇÃO TÉCNICO- PROFISSIONAL DOS SERVIDORES CONTINUAR CAPACITAÇÃO TÉCNICO- PROFISSIONAL DOS SERVIDORES MELHORAR GRAU DE RELACIONAMENTO COM A COMUNIDADE MELHORAR GRAU DE RELACIONAMENTO COM A COMUNIDADE FACILITAR ACESSO AOS SERVIÇOS FACILITAR ACESSO AOS SERVIÇOS BUSCAR SATISFAÇÃO DO USUÁRIO BUSCAR SATISFAÇÃO DO USUÁRIO

12 PRIMEIRA ETAPA- ATÉ 12/09 DESENHO EDPIDEMIOLÓGICO- MORBI-MORTALIDADE DESENHO EDPIDEMIOLÓGICO- MORBI-MORTALIDADE SISTEMA DE INFORMAÇÃO: PAGE, BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO SISTEMA DE INFORMAÇÃO: PAGE, BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO PLANEJAMENTO DE AÇÕES DE FORMAÇÃO DE GESTORES EM SAÚDE DO TRABALHADOR- PRECEITOS LEGAIS E DE GESTÃO PLANEJAMENTO DE AÇÕES DE FORMAÇÃO DE GESTORES EM SAÚDE DO TRABALHADOR- PRECEITOS LEGAIS E DE GESTÃO PLANO PREVENTIVO PLANO PREVENTIVO AUTO-AVALIAÇÃO AUTO-AVALIAÇÃO ACOLHIMENTO- PRONTO-ATENDIMENTO NAS URGÊNCIAS. APROXIMAÇÃO COM OS AMBIIENTES ACOLHIMENTO- PRONTO-ATENDIMENTO NAS URGÊNCIAS. APROXIMAÇÃO COM OS AMBIIENTES GRUPOS DE ESTUDO-: CIPA.STS GRUPOS DE ESTUDO-: CIPA.STS

13 SEGUNDA ETAPA AVALIAÇÃO AVALIAÇÃO REABILITAÇÃO REABILITAÇÃO OTIMIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA: SUS, IAMSPE. UNIMED OTIMIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA: SUS, IAMSPE. UNIMED CONSOLIDAÇÃO DAS PARCERIAS FORMALMENTE CONSOLIDAÇÃO DAS PARCERIAS FORMALMENTE ESTRUTURAÇÃO PCMSO/PPRA- ADMISSIONAIS ESTRUTURAÇÃO PCMSO/PPRA- ADMISSIONAIS PLANO DE VIGILÂNCIA PLANO DE VIGILÂNCIA MONITORAMENTO INDIVIDUAL MONITORAMENTO INDIVIDUAL

14 TERCEIRA ETAPA GERENCIAMENTO DE CUSTOS- GERENCIAMENTO DE CUSTOS- AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS E PROGRAMAS AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS E PROGRAMAS METAS DIRECIONADAS POR CÉLULA- PRESSÃO NA RESOLUTIVIDADE METAS DIRECIONADAS POR CÉLULA- PRESSÃO NA RESOLUTIVIDADE CCQ EM SAÚDE E SEGURANÇA CCQ EM SAÚDE E SEGURANÇA NÍVEL PRIMÁRIO DE EFICIÊNCIA EM SAÚDE NÍVEL PRIMÁRIO DE EFICIÊNCIA EM SAÚDE

15 QUARTA-FASE 2012 INICIAR A CONSTRUÇÃO DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM SAÚDE COMO UMA DAS VERTENTES DO PLANO DE DESENVOLVIMENTO INSTITUCIONAL DO CAMPUS


Carregar ppt "SEÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE PLANEJAMENTOESTRATÉGICO2009-2012."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google