A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Superintendência de Saúde Coletiva Prioridades e ações em 2002.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Superintendência de Saúde Coletiva Prioridades e ações em 2002."— Transcrição da apresentação:

1 Superintendência de Saúde Coletiva Prioridades e ações em 2002

2 Eixos Prioritários Promoção da Saúde Reorientação do modelo assistencial Desospitalização Implantação/ampliação de novas modalidades assistenciais Ações de Epidemiologia Qualificação da atenção/ inovações assistenciais Suporte Social

3 Promoção da Saúde Agita Rio Ambientes Livres de Tabaco Escolas Promotoras de Saúde (120 escolas municipais, escolares) DENTESCOLA (em implantação) Estruturação do Núcleo de Saúde Escolar na CAP5.3 Número temático da publicação Saúde em Foco sobre Promoção da Saúde (previsão 2º semestre 2002)

4 Reorientação do modelo assistencial Desospitalização Implantação/ampliação de novas modalidades assistenciais

5 Desospitalização Implantação de residências temporárias (30 leitos) para idosos no Viana do Castelo (AP4) 28 leitos de reabilitação no Hospital Municipal de Reabilitação Formação de cuidadores de idosos: Curso de multiplicadores para 39 profissionais de nível superior em abril/maio de 2002 Programados 10 cursos para capacitação de cuidadores informais (1 curso por AP) até agosto de 2002.

6 Implantação/ampliação de novas modalidades assistenciais Criação da Coordenação de Programas de Reabilitação Estruturação da Rede Municipal de Serviços de Reabilitação Reestruturação do Instituto Oscar Clark visando torná-lo Centro de referência em reabilitação Inauguração do Pólo de Reabilitação do PAM Ramos articulado com a Casa Dia - Casa da Penha da Funlar Pólo de Reabilitação no PAM Bangu (em obras)

7 Implantação/ampliação de novas modalidades assistenciais Curso para capacitação de profissionais para assistência em alcoolismo e drogadição (previsão 2ª quinzena de agosto/2002) Ação Macrofuncional de desinstitucionalização da clientela da Fazenda Modelo Implantação de novos CAPS: - Inhoaíba (24 horas) – CAP Madureira (CAPS infantil) – CAP Raul Seixas (CAPS ad) – CAP 3.2

8 Implantação/ampliação de novas modalidades assistenciais Implantação de 157 novas equipes de Saúde da Família. Áreas Prioritárias: Zona Oeste, AP 3.3 e AP 3.1 Ampliação do PACS com contratação de novos agentes Integração do Cartão SUS com o SIAB (Sistema de Informações da Atenção Básica) Realização da Oficina de operacionalização da expansão da estratégia do PACS/PSF

9 Implantação/ampliação de novas modalidades assistenciais Implantação do Centro de Parto Normal de Realengo (em construção) e de Vargem Grande (em licitação) Implantação da Farmácia de manipulação de medicamentos homeopáticos no PAM Hélio Pelegrino Incorporação do profissional massoterapeuta em diversos programas de saúde

10 Ações em Epidemiologia Implantação da vacina tetravalente (tríplice bacteriana + H.influenza) Ampliação da faixa etária da vacina contra a Hepatite B para 19 anos Monitoramento do vírus Influenza em dois pólos (HMLJ e CMS Lincoln de Freitas) Investigação de óbitos maternos Investigação de óbitos por dengue Descentralização do SINAN (em curso) e SINASC (previsto)

11 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Implantação do programa Remédio em casa: 10 unidades implantadas (1 por AP) 32 novas unidades (19 na zona oeste) em julho/2002 (estas 42 unidades irão cobrir 46% dos pacientes hipertensos e/ou diabéticos em tratamento na SMS) Até dezembro, previsão de cobertura das 106 unidades que dispõem do programa de hipertensão e/ou diabetes

12 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Curso de capacitação para atenção ao pé diabético para 560 profissionais de nível superior e 200 de nível médio (início julho 2002) Previsão de ampliação dos pólos de patologia cervical e mamária Ampliação da rede de atenção em saúde bucal, incluindo média e alta complexidade

13 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Implantação do SISPRENATAL Implantação do Comitê de Prevenção e Controle da Mortalidade Materna Projeto de atendimento à mulher vítima de violência sexual (convênio CEPIA) - execução 2º semestre de Processo de credenciamento de serviços e estabelecimento de fluxo para laqueadura tubária e vasectomia

14 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Publicação de decreto no DOM de 18 de janeiro de 2002 aprovando o Programa de Qualificação da Assistência Perinatal na cidade do Rio de Janeiro e garantindo recursos para sua realização Produção de vídeo sobre trabalho realizado pela enfermagem obstétrica na assistência ao parto para divulgação desta estratégia de humanização Ampliação dos leitos de assistência obstétrica e neonatal (Maternidade Mariana Creola - em construção)

15 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Projeto Homens Jovens e Saúde (início em junho/2002) Projeto de prevenção e atenção à violência contra a criança e adolescente (início previsto 2º semestre/2002) Projeto saúde em cena: 1º semestre na AP 3.1 2º semestre na AP 3.2 e AP 5.3 e alguns pólos do PACS/PSF

16 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Programa de Assistência à criança portadora de diarréia persistente – implantação de polo no IPPMG em janeiro/2002 Cinco cursos da Iniciativa Hospital Amigo da Criança Cursos de Unidade Básica Amiga da Amamentação (total de 3 no ano 2002)

17 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Expansão do DOTS (Tratamento diretamente observado) na AP2.1 Processo de indexação da publicação Saúde em Foco. Número temático sobre Avaliação em Saúde distribuído no 1º semestre de 2002

18 Qualificação da Atenção e Inovações assistenciais Estratégias de Prevenção: a) Serviço de Referência em Triagem Neonatal (em implantação no Hospital Municipal Lagoa) b)Teste para prevenção da retinopatia do prematuro c)Triagem auditiva (teste da orelhinha)

19 Suporte Social Implantação do Bolsa Alimentação: - início na AP5.1 - próximas áreas: AP5.2, AP5.3 e nos oitos pólos de acompanhamento de crianças expostas ao HIV Decreto criando Bolsa - Incentivo à desospitalização de pacientes com transtorno mental com história de longa permanência em unidade hospitalar psiquiátrica Dispensação de cadeiras de roda com adaptações (crianças e adulto) com prioridade para escolares.


Carregar ppt "Superintendência de Saúde Coletiva Prioridades e ações em 2002."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google