A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte1 DISCIPLINA: Macroanálise das Organizações FONTE: Henry Mintzberg. Criando Organizações Eficazes. Atlas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte1 DISCIPLINA: Macroanálise das Organizações FONTE: Henry Mintzberg. Criando Organizações Eficazes. Atlas."— Transcrição da apresentação:

1 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte1 DISCIPLINA: Macroanálise das Organizações FONTE: Henry Mintzberg. Criando Organizações Eficazes. Atlas. São Paulo: Prof. João Bosco Torres Prof. João Bosco Torres

2 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte2Sumário Providências na criação de cargos Retreinamento sistemático Conferência Treinamento e Doutrinação Quando conhecimento e habilidades são complexos e não racionalizados Treinamento de profissionais Expertise do treinamento Expertise Treinamento fora e no ambiente de trabalho A socialização do trabalhador Socialização formal e informal

3 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte3Sumário Doutrinação fora e dentro da organização Doutrinação interna Programas de aprendizagem: doutrinação + treinamento Doutrinação in-house Importância da doutrinação dos autônomos Quando o Treinamento é mais importante? Quando a Doutrinação é mais importante? Organizações profissionais Treinamento e Doutrinação em unidades de apoio Aprendizado dos administradores Terceirização de atividades de recursos humanos

4 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte4 Providências na CRIAÇÃO de cargos 1.Conhecimentos e habilidades dos ocupantes dos cargos. 2.Normas que devem cumprir. 3.Procedimentos de recrutamento e seleção, de acordo com as exigências dos cargos. 4.Treinamento dos candidatos contratados, visando assegurar que desenvolvam os comportamentos necessários antes de começarem o trabalho.

5 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte5 RETREINAMENTO sistemático A organização deve, posteriormente, reforçar esses comportamentos: Rotação de cargos Rotação de cargos Participação em conferências Participação em conferências Programas de desenvolvimento organizacional etc. Programas de desenvolvimento organizacional etc.

6 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte6 O que é Conferência? Conversa particular ou discussão entre duas ou mais pessoas sobre um tema considerado importante. Encontro formal de especialistas, em que se discutem questões importantes, com eventual confronto de opiniões e tomada de resoluções. Exposição oral perante um auditório de um tema da especialidade do orador. Palestra, aula

7 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte7 TREINAMENTO e DOUTRINAÇÃO TREINAMENTO refere-se ao processo pelo qual são ensinados habilidades e conhecimentos relacionados ao trabalho. DOUTRINAÇÃO é o processo pelo qual as normas organizacionais são adquiridas. O treinamento e a doutrinação se somam àinternacionalização dos padrões de comportamento aceitos pelos trabalhadores.

8 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte8 Conhecimento e habilidades são complexos Quando conhecimento e habilidades são complexos, o trabalhador deve passar muito tempo aprendendo e periodicamente se reciclando. Esse tipo de trabalho é chamado de PROFISSIONAL. Assim, o treinamento é um parâmetro importante no design de um trabalho profissional.

9 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte9 Treinamento de profissionais O treinamento é fundamental para a padronização das habilidades. Os PROFISSIONAIS devem ser treinados durante longos períodos de tempo, antes de assumirem suas posições. Geralmente, esse treinamento ocorre fora da organização (universidades e centros de treinamento).

10 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte10 Expertise do treinamento O treinamento exige expertise extensiva e particular que vai além da capacidade da organização. Portanto, pode-se utilizar universidades e demais organizações especializadas em treinamento de profissionais. Treinamento

11 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte11ExpertiseExpertise = fr. (pronúncia: ekspertiz). Expert = perito Competência ou qualidade de especialista Perícia, avaliação ou comprovação realizada por um especialista em determinado assunto Apreciação feita por especialistas

12 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte12 Treinamento FORA e NO ambiente de trabalho FORA do ambiente de trabalho – O programa de treinamento profissional raramente pode fornecer todas as habilidades e conhecimentos necessários. NO ambiente de trabalho – Assim, o treinamento profissional, em geral, deve ser acompanhado de algum tipo de aprendizagem no trabalho, antes de a pessoa ser considerada totalmente treinada.

13 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte13 A socialização do trabalhador A SOCIALIZAÇÃO é o processo pelo qual um novo membro da organização aprende o sistema de valores, as normas e os padrões de comportamento Boa parte da SOCIALIZAÇÃO desenvolve-se no grupo informalmente na organização. Doutrinação é quando a organização, formalmente, socializa seus membros em seu próprio benefício.

14 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte14 Doutrinação FORA e DENTRO da organização FORA – As organizações permitem que alguma DOUTRINAÇÃO ocorra fora de seus limites, como parte do treinamento profissional: universidades e universidades e outras organizações de aprendizagem. outras organizações de aprendizagem. DENTRO – Mas grande parte da socialização está relacionada à cultura da organização específica, sendo, portanto, responsabilidade da própria organização.

15 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte15 Doutrinação interna Boa parte dessa doutrinação interna ocorre antes de a pessoa iniciar o trabalho, para assegurar que ela esteja suficientemente socializada para exibir o comportamento desejado.

16 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte16 Programas de aprendizagem: doutrinação + treinamento Geralmente, os programas de APRENDIZAGEM contêm boa dose de doutrinação, acompanhada de treinamento. Frequentemente, tal doutrinação é complementada por programas destinados a reforçar a devoção do funcionário à organização.

17 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte17 Doutrinação in-house Os programas de doutrinação in-house são particularmente importantes quando as tarefas são sensíveis ou remotas: Exemplos: Gerentes de subsidiária estrangeira Gerentes de subsidiária estrangeira Auditores Auditores Embaixadores de algum país Embaixadores de algum país

18 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte18 Doutrinação dos autônomos Quando profissionais trabalham com autonomia (fora da empresa), é fundamental uma boa doutrinação e coordenação para assegurar que os indivíduos ajam no maior interesse da organização. As igrejas em geral são exemplos de organizações que confiam fortemente na doutrinação de seus membros e fiéis.

19 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte19 TREINAMENTO ou DOUTRINAÇÃO O treinamento é mais importante quando os trabalhos são complexos, difíceis, habilidades específicas e conhecimentos sofisticados. A doutrinação é mais importante quando os trabalhos são sensíveis ou remotos e os trabalhos são sensíveis ou remotos e a cultura e a ideologia da organização precisam de forte lealdade a ela. a cultura e a ideologia da organização precisam de forte lealdade a ela.

20 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte20 Organizações profissionais Em algumas organizações – conhecidas como profissionais – grande parte do trabalho do núcleo operacional envolve habilidades complexas e habilidades complexas e conhecimento sofisticado. conhecimento sofisticado. Exemplos: hospitais, escritórios de advocacia, instituições bancárias e de ensino etc.

21 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte21 Treinamento e Doutrinação em unidades de apoio O treinamento e a doutrinação são também utilizados extensivamente em muitas das UNIDADES DE APOIO, pois grande parte do trabalho tecnocrático de uma organização é de natureza profissional: pesquisadores operacionais pesquisadores operacionais assessores de apoio (advogados, auditores internos, consultores, psicólogos etc.) assessores de apoio (advogados, auditores internos, consultores, psicólogos etc.) engenheiros industriais etc. engenheiros industriais etc.

22 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte22 Aprendizado dos administradores Há habilidades e conhecimento a serem aprendidos e escolas de administração para ensiná-los. EMPIRISMO – Muitos administradores, especialmente governamentais, não possuem qualquer treinamento gerencial, aprendendo por observação (pode ser insuficiente para uma boa administração).

23 MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte23 Terceirização de atividades de RH A organização profissional passa para instituições externas grande parte das seguintes ações: escolha de seus trabalhadores, escolha de seus trabalhadores, métodos de trabalho, métodos de trabalho, treinamento e certificação de habilidades. treinamento e certificação de habilidades. Tema da vitória


Carregar ppt "MA_20_Formalização do Comportamento - 2a_Parte1 DISCIPLINA: Macroanálise das Organizações FONTE: Henry Mintzberg. Criando Organizações Eficazes. Atlas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google