A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parte 2 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Profª Patrícia Paris T&D Treinamento e Desenvolvimento (Introdução)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parte 2 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Profª Patrícia Paris T&D Treinamento e Desenvolvimento (Introdução)"— Transcrição da apresentação:

1 Parte 2 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Profª Patrícia Paris T&D Treinamento e Desenvolvimento (Introdução)

2 Parte 2 Treinamento e Desenvolvimento Introdução A qualidade e a consistência da administração de qualquer empresa são o seu maior patrimônio. Este patrimônio precisa ser desenvolvido. Os administradores desenvolvem-se através das suas próprias experiências no trabalho e fora dele e são desenvolvidos pela forma como seu atuais e antigos chefes lidaram com eles.

3 Parte 2 O QUE É TREINAMENTO? Treinamento não é algo que seja feito uma vez para novos empregados: é usado continuamente em toda instituição bem administrada. Cada vez que você mostra a uma pessoa como ela deve fazer o trabalho do jeito que você quer, você está treinando. Cada vez que você dá uma orientação, ou discute um procedimento, você está treinando.

4 Parte 2 DESENVOLVIMENTO ORGANIZACIONAL É uma complexa estratégia educacional, baseada na experiência, que emprega os meios mais amplos possíveis de comportamento, e que tem por finalidade mudar as crenças, as atitudes, os valores e a estrutura das organizações, de modo que elas possam melhor se adaptar aos novos mercados, tecnologias e desafios e ao próprio ritmo vertiginoso de mudança.

5 Parte 2 TREINAMENTO É qualquer atividade que contribua para tornar uma pessoa apta a exercer sua função ou atividade, para aumentar a sua capacidade para exercer melhor essas funções ou atividades, ou para prepará-la para exercer de forma eficiente novas funções ou atividades.

6 Parte 2 POR QUE TREINAR? O empregado que adquire novas habilitações deve produzir mais e melhor para a empresa, proporcionando um retorno ao investimento em treinamento. Os empregados são selecionados com base em suas qualificações gerais e as empresas, muitas vezes, têm técnicas, tecnologias, políticas, normas e planos específicos, que precisam ser ensinados. O conhecimento humano e as tecnologias evoluem sempre, exigindo atualização permanente dos profissionais a novas técnicas, tecnologias, processos e hábitos de trabalho. As empresas evoluem: novas funções surgem e outras desaparecem. O treinamento é um benefício que pode contribuir para atrair e reter bons profissionais.

7 Parte 2 TREINAR OU NÃO TREINAR? Nenhuma organização pode escolher se treina ou não seus empregados. Cada novo empregado, independente de seu treinamento prévio, da sua educação e da sua experiência, precisa ser ensinado a executar algumas tarefas específicas. Além disso, surgem novas ocasiões para treinamento quando um empregado é transferido ou promovido, ou quando o trabalho muda e novas habilidades ou conhecimentos precisam ser aprendidos em função de mudanças na instituição ou de avanços no conhecimento humano ou na tecnologia.

8 Parte 2 INVESTIMENTO EM TREINAMENTO É irônico que a maioria das empresas gaste mais da metade dos seus recursos em salários e, contudo, invista menos de 1% (um por cento!) do seu orçamento em treinamento de pessoal. A maior parte delas, na verdade, gasta muito mais tempo e dinheiro na manutenção de seus prédios e equipamentos do que na manutenção e desenvolvimento do seu pessoal.

9 Parte 2 TIPOS DE TREINAMENTO (QUANTO À FORMA DE EXECUÇÃO) - Treinamento no trabalho (on-the-job-training) - Treinamento interno - Treinamento externo - Treinamento à distância

10 Parte 2 FORMAS DE TREINAMENTO NO TRABALHO - Orientação da chefia - Estabelecimento de metas e avaliações - Rotação de funções (job rotation) - Substituições temporárias - Incumbências especiais - Orientação por meio de mentores

11 Parte 2 TIPOS DE TREINAMENTO (QUANTO AO PÚBLICO ALVO) - Integração de novos empregados - Formação de jovens trainees - Capacitação técnico-profissional - Estágios - Desenvolvimento de executivos

12 Parte 2 DESENVOLVIMENTO DE EXECUTIVOS O êxito do desenvolvimento de executivos em uma empresa é resultado, em grande parte, da atuação e da capacidade dos seus gerentes no seu papel de educadores. Cada superior assume este papel quando ele procura orientar e facilitar os esforços dos seus subordinados para se desenvolverem.

13 Parte 2 DESENVOLVIMENTO DE EXECUTIVOS Os administradores se desenvolvem melhor nas organizações que já são bem administradas e reconhecidas pelos seus padrões de boa administração.

14 Parte 2 COMO MINIMIZAR OS RISCOS DA PERDA DOS TREINANDOS Diluir o benefício do treinamento, treinando muitas pessoas. Selecionar bem os treinandos, dando prioridade aos que estão mais identificados com a empresa. Montar um plano de aproveitamento dos treinandos após o período de treinamento.

15 Parte 2 Reflexão... Treinamento x Desenvolvimento Necessidade e Importância Custo x Benefício


Carregar ppt "Parte 2 ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Profª Patrícia Paris T&D Treinamento e Desenvolvimento (Introdução)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google